1. Spirit Fanfics >
  2. Hakai no jidai >
  3. Hakai no jidai: part.2: Defeat.

História Hakai no jidai - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Hakai no jidai: part.2: Defeat.


Hell Man pegaria Akuma pelo rosto e começaria a socar seu estômago, repetidamente.

Hell Man: -- Não é porque você é um garoto, que eu irei ter pena de você...dentro do ringue, você é um lutador comum! -ainda socando a barriga do garoto.

Akuma estaria vomitando sangue.

Akuma: -- Eu só...quero o dinheiro... -segura o braço de Hell Man, enquanto o aperta.

Hell Man: -- Me largue... -joga Akuma pra longe, enquanto seus punhos pegam fogo.

Akuma se levanta lentamente, mas Hell Man apareceria atrás do garoto, e, com seus punhos em chamas, fazendo uma enorme "ventania" de fogo.

Akuma: ((Q-quente...)) -o garoto vai caindo.

Hell Man o pegaria pela nuca, e o arremessaria pra longe. O homem não descansa e vai, em uma velocidade extraordinária, na direção de Akuma, com seus punhos em chamas.

Hell Man: -- A luta... -ele acertaria um enorme soco no rosto do garoto, que ainda estaria no ar.- ...acaba aqui!! -suas chamas ficariam maiores e mais intensas, e com o impacto do soco, o homem faria Akuma voar pra fora do ringue, o eliminando da rodada da noite.

Akuma iria voando pra fora do ringue em câmera lenta, enquanto sangrava pelo nariz e pela boca.

Akuma: ((Eu...p-perdi...como sempre...))

O garoto colide em uma pilastra de ferro, o fazendo cuspir mais sangue, logo o mesmo desmaiaria.

Akuma acordaria, logo vendo o rosto de seus irmãos, preocupados.

Mitsuki: -- Você acordou! -ele abraça seu irmão mais velho.

Akuma: -- É...acordei... -ele retribui o abraço.

Sakura daria um soco na cabeça de Akuma, ela estaria irritada.

Sakura: -- SEU IDIOTA! FICAMOS PREOCUPADAS!!

Akuma: -- Foi mal, Sakura...eu só queria ganhar a grana.

Kibōnii: -- Sakura, não bata no Akuma... -ela apertaria a orelha esquerda de Sakura.- ...já você, Akuma...o que deu na sua cabeça?

Akuma: -- Eu já disse...eu queria a grana, mas...eu enfrentei um homem muito forte, logo de cara... -ele se levanta, mas logo cairia de joelhos.

Akuma estaria sentindo muita dor, logo Hell Man entraria na sala da enfermaria.

Hell Man: -- Você acordou, garoto.

Akuma: -- Você... -ele se levanta, mesmo sentindo muita dor.- ...é bem forte, mesmo.

Hell Man: -- E você também é...e a sua resistência é maravilhosa! Se você continuar assim, irá se tornar um lutador profissional. -ele entrega um cartão e algumas ataduras.

Akuma: -- Valeu...

Hell Man sairia da sala.

Alguns minutos se passariam, e os 4 irmãos já estariam em casa.

A casa deles era enorme. Ela se localizava em um dos melhores pontos da cidade: o bairro dos lobos. Guardas, com um nível altíssimo de luta e poder, cuidavam da cidade.

Kibōnii: -- Akuma, você sabe que não precisamos do dinheiro...temos uma ótima condição de vida.

Akuma: -- Se tivéssemos uma "ótima condição de vida"... -ele aponta pra janela, na direção de Up City.- ...estaríamos lá!

Sakura: -- 'Cê tá ligado que lá não é um lugar honesto e puro, né?

Akuma: -- Eu sei, mas...não queria ter o medo de ser atacado por um desses robôs malditos que essa família maldita joga aqui. -ele começa andar até o seu quarto.

Mitsuki estaria observando toda conversa da escada, que era do lado da sala (aonde os mais velhos estavam).

Akuma entra em seu quarto, trancando a porta e ele se joga em sua cama, logo dormindo.

No dia seguinte...

Akuma acordaria com a luz do Sol batendo em seu rosto.

Akuma: -- merda... -ele se levanta, com dor no corpo inteiro.

O garoto sai de seu quarto, mas, de repente, levaria um enorme soco no estômago.

Sakura: -- ACORDOU TARDE DEMAIS, PANACA!!!!

O garoto sairia rolando pelo chão e bateria na parede, fazendo a casa tremer toda.

Akuma: -- Bom dia...Sakura... -ele se levanta, com suas mãos na barriga.

Kibōnii: -- Sakura!! -ela apertaria a orelha direita da garota, a fazendo gritar de dor e tentar fugir.- Pare de bater no Akuma!

Akuma vai até a mesa de café, logo começaria a comer uma torrada e uma enorme caneca de café.

Kibōnii: -- Vá com calma, Akuma.

Akuma: -- "Xerto". -diz de boca cheia.

Mitsuki: -- Não fale de boca cheia...é nojento!

Akuma abre a boca, mostrando a torrada toda mastigada.

Mitsuki: -- Eca! Que nojo, maninho!

A cena cortaria e veríamos Akuma, andando de moto por Down City.

Akuma: ((Eu...tenho que treinar pra ganhar a grana de todas as noites.))

Cairia do céu, de repente, um robô na frente de Akuma, o fazendo frear a moto com tudo, mas o mesmo acabaria caindo da moto e se machucaria.

Akuma: -- droga...o quê foi isso? -ele olharia pra frente e veria um robô de 2,00 metros de altura.

O robô olharia pra Akuma, com seus olhos vermelhos.

Akuma: -- droga...!

A máquina parte pra cima do garoto, com suas luvas de boxe. Mas, de repente, o robô pararia, o mesmo parecia estar paralisado.

???: -- Cheguei bem na hora, 'bro! -a figura sorri.

Fim da part.2...

To Be Continued...


Notas Finais


Se algum erro ortográfico (ou até mesmo na história) aparecer, por favor, me avise!
Obrigado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...