História Haki to no Seikatsu - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Destino, Haki, Luta, One Piece, Poder
Visualizações 14
Palavras 934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem deste novo capítulo!
No próximo já começa um novo arco!

Capítulo 3 - Notre Foyer, a Casa da OGRS


Fanfic / Fanfiction Haki to no Seikatsu - Capítulo 3 - Notre Foyer, a Casa da OGRS

Após o Matheusu me explicar tudo que estava me deixando bugada, nós nos despedimos nos meus pais, que já eram conhecidos do Matheusu, dizendo que íamos ao Shopping, mas pegamos um Uber e fomos até a base da OGRS. Durante todo o caminho, nós fomos conversando sobre coisas triviais, como se nada tivesse acontecido nas últimas horas. Por questões de segurança, fomos deixados em uma praça próxima e depois caminhamos um pouco até chegarmos em uma parede, que requisitava Haki do Armamento para abrir, e assim Matheusu o fez.

            Ao abrir da grande parede de tijolos, eu me deparei com uma linda praça subterrânea com chafarizes, bancos e diversas pessoas. Logo, todas estas pessoas começaram a olhar para nós, então Matheusu logo exclamou para todos:

            - Quero que vocês conheçam a terceira usuária de Haoshoku, e que agora será nossa Nakama, a Manoera Costa. – Após ele terminar de fala, logo todos começaram a aplaudir, e confesso que fiquei bem envergonhada

            - Ei, eu já disse que não decidi se vou me juntar a vocês ou não.

            - Mas tenho certeza que você vai querer, você tem o sangue D. nas veias

            Quando ele falou isso, logo me lembrei do sobrenome do meu pai e do meu avô, e pensei o que diabos este sobrenome tem a ver com o movimento, mas fingi não me importar.

            - Só para você saber, ninguém aqui consegue ler sua mente. É totalmente impossível para qualquer pessoa ler a mente de um usuário de Haoshoku. – Ele fez uma pausa- Bem, nós estamos agora na base principal da OGRS, que chamamos carinhosamente de Notre Foyer. Aqui é a praça principal, onde socializamos, porém, existem estes três tubos que levam as outras partes da Foyer. Duda-san, por favor, reúna os vice-líderes e o auxiliar-geral na Sala de Reuniões – ele pediu para uma pequena menina, que atendeu prontamente- O tubo da esquerda leva para a área de treinamento, o da direita para os dormitórios e o do meio à área administrativa. Você pode explorar tudo depois, mas agora temos uma reunião para ir! – Começamos a ir em direção a sala de reuniões

            - Matheusu, isto de vice-líder, auxiliar...  Como funciona?

- Isto não é muito importante, já que a hierarquia serve apenas para organizar a OGRS, já que todos somos pessoas lutando pela liberdade, mas, já que você quer saber, a OGRS é composta por 24 pessoas atualmente, sem contar você.  Eu sou o líder, que serve como coordenador, e sou auxiliado pelos dois vice-líderes, cada um especializado em alguma tarefa, e pelo auxiliar-geral, que ajuda a todos os membros da OGRS. Na parte não executiva, nós temos os membros-gerais, que são 14, e os 6 novos-OGRS, que são iniciantes e não dominam tanto o Florring. Bem chegamos agora.

Quando chegamos, Matheusu, cavalheiro como sempre, abriu a porta para mim, e eu entrei. Logo, me deparei com uma mesa quadrada e linda de quatro lugares, com três pessoas sentadas nos cantos, que eu desconhecia totalmente. Logo atrás de mim, o líder entrou e tratou de me apresentar os outros:

- Manô-chan, estes aqui são as principais pessoas da OGRS. O sentado à esquerda é o Gaburieru Back-san. – Back fez um breve comprimento com a cabeça - Ele é o vice-líder de Haki e professor – eu acho que estava me apaixonandinho por ele, de tão belo e gentil que ele parecia ser, mas meu amigo continuou- Aquele à direita é o vice-líder administrativo...

- Gabriel Pilgrin, ao seu dispor, Mellorine- ele veio até mim e beijou minha mão

- E, por fim, aquele esquisitão lá é Auxiliar-Geral da Ordem, o Joan Willian-san.

- Oi.

“Que oi seco”, eu pensei, mas eu estava mais ocupada pensando no quão kawaii era o Gaburieru Back. Ele era tão lindo, o homem perfeito, e eu já imaginava nosso casamento. Eu decidi que chamá-lo-ia para comer um sorvete mais tarde. Nos meus sonhos românticos, fui “acordada” pelo Matheusu, me apresentando uma das membras:

- Ei, BakaManô, acorde, eu quero te apresentar à Duda-san. Ela é muito fã sua- ele apontou para a pequena menina de antes, que estava escondida atrás da porta- Venha, Duda-san, e se apresente a ela, não seja tímida!

- Gomen'nasai, Matheusu-sama! – Ela se virou para mim- Eu sou a Eduarda Ninnin, mas você pode me chamar de Duda – Ela disse, me dando um abraço

- A mãe da Duda – Matheusu disse- foi morta quando ela tinha 5 anos por um dos oficiais da AEF, por suspeitarem que ela era você –eu pude ver algumas lágrimas escorrendo dos seus olhos- Eu tenho certeza que vocês podem ser amigas.

- Mas você vai se juntar a nós ou não? – Perguntou o esquisitão do Willian.

- Calma, Will-san, deixe ela decidir com calma. – Disse o Matheusu, imponente

- Não, eu já me decidi- respondi- Eu vou me juntar à Ordem. Eu confio em você, e, além disto, eu quase morri, então acho mais seguro para todos- eu também tinha uma razão chamada Gaburieru Back para querer ficar, mas isto não importa

- Ótimo – Matheusu disse, esboçando um gigante e indiscreto sorriso- Creio que você vai continuar morando na sua casa, mas mesmo assim você vai ter uma cama e um armário no Dormitório Feminino. Eu vou continuar indo na escola com você enquanto você ainda estiver em treinamento, que, aliás, vai ocorrer todos os dias na Área de Treinamento, das 13h às 19h, com o Gaburieru-sensei. – “Fantástico”, pensei – Duda-san, por favor, leve-a para conhecer toda a Notre Foyer.

- Hai, Matheusu-sama! Vamos?

Nos colocamos a conversar e a ir conhecendo a Foyer, a grandiosa casa da Ordre.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!

Manoera Pilger: 翻訳

- Nakama - 'Amigo' (a), 'Companheiro' (a) {Japonês}
- Notre Foyer - 'Nossa casa' {Francês}
- ...-san - Forma de tratamento, utilizada em uso geral {Japonês}
- Mellorine - Tipo de sorvete doce italiano [Usado como elogio] {Italiano}
- Kawaii - 'Fofinho' (a) {Japonês}
- Baka - 'Idiota' {Japonês}
- ...-sama - Forma de tratamento, utilizada para pessoas "superiores", muito respeitoso {Japonês}


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...