História Hale's bride shop - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Tags Jethan, Lydiaxofc, Malira, Petopher, Scisaac, Sterek, Thiam
Visualizações 147
Palavras 1.934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OI BBS VOLTEMOS

Então, era pra esse capítulo ter saído ontem, mas a desgraça do spirit só realmente abriu no meu computador meia hora atrás, @Shirou_Chan12 que me ouviu reclamar sobre isso um tempão

MAS AQUI ESTÁ, E QUEM ACERTAR QUEM É QUEM NA CAPA E NA SINOPSE NOVAS GANHA UM DOCE

Capítulo 1 - First


Assim que June destrancou e abriu a porta da loja ela precisou se abaixar, desviando do sapato de salto branco que havia sido atirado em direção à sua cabeça. Ela se levantou rapidamente e encarou o espaço onde o sapato havia atingido a porta, e então encarou Peter, que tinha uma expressão culpada e apologética no rosto.

“Que merda foi essa, Peter?” ela perguntou com um misto de curiosidade e raiva “Se essa porra pega em mim eu ia parar em um hospital!”

“Tá, desculpa, desculpa” Peter afirmou, levantando as mãos e a encarando com uma expressão nervosa no rosto “Eu achei que você fosse Chris”

“Chris? Chris Argent?” a mulher levantou uma das sobrancelhas bem feitas com uma expressão debochada no rosto “Pelo amor de Deus, eu sou muito mais bonita que ele” e então passou reto por Peter, caminhando até a sala onde ela passaria o resto do dia desenhando os vestidos que seriam produzidos pela loja.

“Nós brigamos de novo” Peter afirmou, a seguindo até a sala, June revirou os olhos enquanto colocava a bolsa no gancho e andava até a cristaleira amarela, perto da janela da sala. Ela abriu a janela, deixando o cheiro das rosas que a adornavam inundar a sala, enquanto ligava a chaleira elétrica. “Eu realmente achei que ele tinha superado Victoria e estava pronto pra seguir em frente comigo e eu encontro ele onde?” Peter continuou em um tom magoado, se atirando no sofá da sala de June “No parque, com Victoria, mais precisamente, com os lábios colados aos dela”

“Tenso” foi a única coisa que June disse, enquanto deixava que um saquinho de chá caísse na xícara de porcelana branca florida para então enche-la com água. Ela entregou a xícara para Peter e serviu uma para si mesma “Cora e Derek já sabem?” ela perguntou, se sentando na cadeira alta e cruzando as pernas, Peter negou com a cabeça e ela bebericou um pouco de chá, um sorriso malicioso adornando os lábios pintados de batom cor de café “Ótimo, não conte, Cora irá matá-lo e eu terei que ajudá-la à esconder o maldito corpo”

“E você acha que eu vou conseguir esconder isso de Cora por muito tempo?” Peter perguntou, tomando um gole de chá e então apertando a ponte do nariz com a outra mão “Aquela garota tem a porra de um sexto sentido, eu não me surpreenderia em saber que ela já descobriu tudo”

“Que eu já descobri tudo o que?” A voz de Cora soou, enquanto ela entrava na sala, se servindo de chá e se sentando ao lado de Peter “Vamos lá, tio Pete, me fala” e então usou os olhos de cachorrinho, coisa que Peter não conseguia negar nada para.Theo escolheu esse momento para entrar na sala, se sentando no outro sofá e tomando um gole da garrafa de água em suas mãos.

“Eu e Chris brigamos e eu vi ele beijando Victoria no parque” Peter afirmou, tomando um gole de chá e esperando a explosão da sobrinha enquanto June o encarava com uma expressão insatisfeita. Theo assoviou com uma expressão insatisfeita e Cora soltou algo que poderia ter se igualado à um rosnado.“AQUELE FILHO DE UMA PUTA FEZ O QUE?” Ela gritou, jogando a xícara de chá no chão como se não fosse nada e então andando ao redor da sala, os olhos brilhando em dourado enquanto as garras cresciam “AH MAS QUE ELE VENHA AQUI HOJE, EU VOU ARRANCAR O CORAÇÃO DELE PRA ALGUMA POÇÃO DA JUNE”

Enquanto Cora explodia June apenas acenou com a mão, a xícara se reconstruiu e o chão ficou limpo, ela encarou Cora com o cenho franzido “Eu não faço magia negra, porra” a bruxa afirmou, colocando a xícara, agora limpa e reconstruída, de volta no lugar dela.

“ENTÃO EU DOU O CORAÇÃO DELE PRO TITUS COMER, EU NÃO LIGO, EU VOU MATÁ-LO” a loba gritou de novo e Theo se levantou, agarrando ela enquanto June abria as gavetas da cristaleira em busca de algo, ela agarrou uma caixinha de madeira escura e a abriu, andando até onde Cora estava sendo segurada por Theo, que prendeu a respiração “Não, June, não faz isso, já tô calma” mas a bruxa a ignorou e soprou uma pitada do pó púrpura dentro da caixa no nariz de Cora, que desmaiou assim que inalou o pó.

“Eu te disse pra não falar pra ela, porra” June praticamente rosnou pra Peter enquanto ajudava a acomodar Cora no sofá, Derek entrou na sala, seguido por Erica e Boyd e então encarou a loba desacordada com uma sobrancelha levantada, June bufou e apontou pra Peter.

“Brigou com Chris, Chris beijou a ex mulher no parque, fim” Theo disse, colocando uma almofada embaixo da cabeça de Cora. Erica e Derek rosnaram e os olhos de Boyd brilharam de insatisfação. June levantou a caixinha que estava em suas mãos, as sobrancelhas franzidas em uma ameaça silenciosa, imediatamente todos os lobos de acalmaram.

“Foi o que eu pensei” ela afirmou, alisando rugas imaginárias em sua calça branca e ajeitando a blusa vermelha estampada antes de se sentar na cadeira, cruzando as pernas e colocando um dos braços no apoio da cadeira.

“Bom, nós temos trabalho para fazer” Peter afirmou, encarando todos na sala e então se levantando, colocando a xícara de chá na mesa de June e dando um pequeno aceno de cabeça para a mulher, que lhe devolveu um sorriso triste.

“Peter está certo” Derek afirmou, se colocando à frente para apoiar o tio “Todos temos trabalho à fazer, a loja irá abrir em quinze minutos”

E então aos poucos a sala de June foi esvaziando, a deixando sozinha com uma lobisomem ressonando em seu sofá. A bruxa suspirou e ligou o umidificador da sala, aspirando de novo o cheiro das rosas que vinham da janela e abrindo o programa de desenho.

-------

Por volta das dez e meia da manhã a porta da loja abriu, e uma mulher mais velha entrou, seguida por um grupo de seis pessoas. Isaac sorriu por trás do balcão enquanto se levantava para cumprimentar os recém chegados.

“Bom dia, eu tenho um horário marcado para a prova de vestidos” A mulher afirmou, com um sorriso enorme no rosto “Melissa McCall”

“Oh sim, bem vinda” o loiro sorriu, tocando um botão em cima da mesa para chamar Érica, que veio andando com calma do lugar onde ela estava sentada. A loira abriu seu enorme sorriso de boas vindas “Esta é Érica, ela irá atendê-la hoje” Isaac afirmou enquanto Érica dava um passo à frente para apertar a mão de Melissa.

“Bom dia, Melissa” Érica afirmou, apertando a mão da mulher e encarando as pessoas atrás dela “Você trouxe quem com você hoje?”

“Meu filho, Scott, meu enteado Stiles e meus filhos de coração, Lydia, Jackson e Liam” Melissa afirmou, apresentando cada um atrás dela, Érica assentiu e então sorriu de novo.

“Bom, sejam bem vindos à Hale’s, eu sou Érica Reyes e eu irei ajudá-la em sua busca pelo vestido ideal” Então a loira se virou e acenou para que a comitiva à seguisse, ela parou e frente à uma das áreas destinadas para que a família da noiva ficasse enquanto esta provava o vestido. Havia um sofá circular em um tom rose gold, grande o bastante para dez pessoas, assim como um espelho de corpo inteiro e um pequeno palco para que a noiva pudesse se olhar no espelho e mostrar o vestido para os familiares.

O grupo se acomodou no sofá e Érica voltou sua atenção para Melissa novamente.

“Você tem alguma ideia do vestido que você procura?” Érica perguntou e Melissa acenou, sorrindo.

“Sim, longo e simples” a mulher respondeu, ao mesmo tempo em que Lydia e Jackson responderam “Personalizado”

“Jackson e Lydia, já disse à vocês dois que eu não vou aceitar isso” A mulher afirmou com um sorriso gentil, enquanto os dois negaram com a cabeça.

“Mel, você sonha com o casamento perfeito desde sempre” Lydia afirmou com a voz doce “Você nem mesmo nos ouviu quando pedimos para que contratasse uma organizadora, a gente sabe que você detestou tudo em seu casamento com Rafael, então deixa pelo menos a gente te dar o vestido perfeito agora” a ruiva afirmou com um sorriso suave e os olhos levemente arregalados.

“Sim, eu pesquisei sobre a loja e eles trabalham exclusivamente com uma das melhores estilistas de vestidos de noiva, você viu alguns dos vestidos no desfile do ano passado na tv comigo e com Ethan e eu sei que você amou” Jackson afirmou com um sorriso no rosto “Além do mais, esse é o presente de casamento meu e do Ethan pra você, aceite, por favor”

Melissa virou para Scott que apenas assentiu para o que Jackson afirmou, dando à mãe um sorriso encorajador.

“Então eu vou aceitar o vestido personalizado” Melissa afirmou, dando á Érica um sorriso apologético, enquanto a loira apenas balançou a cabeça, as mechas loiras fazendo um movimento natural.

“Eu irei pedir para que chamem a senhorita Blackthorn” a loira afirmou “Com licença” e então chamou Theo, que veio de uma das araras de vestidos, segurando um dos modelos que ele estava arrumando.

“Sim, Reyes?” o homem perguntou em um tom profissional, acenando para as pessoas na área com um sorriso pequeno.

“Você pode chamar a senhorita Blackthorn, por favor? Eu irei pegar uma cadeira para ela” a loira perguntou e o outro apenas assentiu, os dois pediram licença para os clientes e rumaram para partes diferentes da loja.

“Pelo amor de Deus, comportem-se!” Lydia afirmou para os homens ali sentados quando os dois funcionários já não estavam ao alcance de sua voz.

“E desde quando nós não nos comportamos, Lydia?” Stiles perguntou em um tom de voz ofendido e foi respondido apenas com uma sobrancelha arqueada por parte da ruiva “Okay, é normal que a gente vacile, mas porque essa agonia toda aqui?’

“Primeiro, eu não quero que vocês baguncem com o dia especial de Melissa” Lydia pontuou, sorrindo levemente para a mulher “E segundo, estamos falando de June Blackthorn, uma das estilistas mais jovens e bem conceituadas, ela já desenhou e produziu um vestido mais caro do que seu carro, seu apartamento e todos os seus bens juntos” a ruiva afirmou ao ponto de que Stiles assoviou.

“E quem foi o louco que gastou tanto em um vestido?” Stiles perguntou chocado e Lydia revirou os olhos.

“Um príncipe da Arábia Saudita” a ruiva respondeu, olhando ao redor da loja “Aquele vestido foi uma das coisas mais lindas que eu já vi na vida, foi costurado com diamantes e safiras de verdade e bordado com fios de ouro, fora o véu que acompanhava” ela divagou, sonhadora.

Então um barulho de saltos contra o chão acarpetado da loja foi ouvido e duas figuras aparecem no campo de visão do grupo, o funcionário anterior, Theo e uma mulher alta, de cabelos castanho escuros presos em um coque por um pedaço de madeira, usando uma calça cintura alta branca de tecido leve e uma blusa de manga longa vermelha estampada. Os dois caminharam juntos até chegarem à frente do grupo, a mulher então deixou que um sorriso grande adornasse os lábios cor de café, Lydia não conseguia tirar os olhos dela e Stiles e Scott tentavam controlar a risada enquanto encaravam a ruiva, Melissa se levantou e estendeu uma das mãos com um sorriso enorme no rosto.

“Eu sou Melissa McCall, a noiva” a mulher afirmou com um sorriso enquanto as mãos macias de June retornavam o aperto.

“June Blackthorn” a castanha afirmou com a voz neutra “Vamos criar seu vestido?”

 


Notas Finais


Já sabem né? Quero comentários.

Gente, eu adoro receber comentários de verdade, mas do que um "amei" ou "continua" ou "aguardando". Eu gosto quando vocês comentam as partes do capítulo que gostaram, quando vocês dão dicas e sugestões, eu gosto de ler suas críticas CONSTRUTIVAS e seus surtos sobre o capítulo, esses são comentários bons de verdade


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...