História Half blood Camp (Imagine Jeon Jungkook – BTS) - Capítulo 25


Escrita por: e Ravenna_Blue

Postado
Categorias Bae Suzy, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Bulldok, CL (Chaelin Lee), Got7, Halo (Banda), Miss A, Mitologia Grega, TWICE
Personagens Bae Suzy, BamBam, Chaeyoung, Dahyun, Dino, Fei, Genie, Heecheon, Hyung Eun, Inhaeng, Jackson, Jaeyong, JB, Jennie, J-hope, Jia, Jihyo, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Jungyeon, Kimi, Lee Chaelin "CL", Lisa, Mark, Min, Mina, Momo, Nayeon, Ooon, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Sana, Say, Sora, Suga, Suzy, Tzuyu, V, Yoondong, Youngjae, Yugyeom
Tags Blackpink, Bts, Camp Half-blood, Got7, Half Blood Camp, Imagine, Miss A, Mitologia, Mitologia Grega, Nefertale, Nefertale/ravenna, Twice, Você
Visualizações 156
Palavras 2.655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


NÃO SAIU ONTEM MAS SAIU HOJE.
Amores muito obrigada por todos os comentários do Capítulo (que já vai ser apagado), nós ficamos emocionadas e muito felizes em saber de tudo que vocês pensam da fanfic 💕
Desculpa não responder os últimos, mas o capítulo já vai ser apagado.

Estamos muito felizes com os resultados que a história anda tendo, obrigada por todos os favoritos, já são tantos 💕 e novamente obrigada pelo carinho e apoio que vocês dão a história.

Capítulo 25 - Jennie Kim tarda mas não falha.


Fanfic / Fanfiction Half blood Camp (Imagine Jeon Jungkook – BTS) - Capítulo 25 - Jennie Kim tarda mas não falha.

Ponto de visão. – Lee Lin _______.

Soltei um grunhido e pisquei algumas vezes afim de enxergar melhor o lugar que eu me encontrava, meu celular vibra algumas vezes mas deixo de lado.

- O que... - Sinto minhas costas doerem e vejo que não estou sozinha. - JUNGKOOK?! - Grito e sai de cima dele, caindo no chão.

Olho melhor para o local e vejo que estávamos em um sofá de alguma aérea do cassino.

- Não grita. - Ele coça os olhos e se estica. - Bom dia. - Boceja.

- BOM DIA? - Olho envolta e sinto meu celular vibrar novamente. - Aí que droga! - Acendo a tela e vejo uma mensagem. - Jungkook! - Arregalo os olhos e tento me levantar. - Jeon. - Ele me olha com cara de sono. - Vamos. - Começo a tentar ajeitar minhas roupas. - Temos que ir.

- Por que? - Ele fala manhoso. - Aqui tá bom, a gente abraçado dormindo juntinho e quentinho.

- Acontece que o conto de fadas fica para depois, temos que ir. Agora.

- Por que?

- É… Por que vocês iriam embora agora? - Vejo Baekhyun se aproximar de nós sorrindo. - A festa está apenas começando.

- Infelizmente ou felizmente já festejamos demais e agora vamos ir embora. - Puxo Jungkook.

- Não posso deixar vocês saírem daqui.

- Você não vai, nós vamos sair você querendo ou não. - Puxo Jungkook e saio correndo.

- ATRÁS DELES.

- O QUE ESTÁ ACONTECENDO.

- ELES VÃO QUERER PRENDER A GENTE AQUI. - Olho só corredores. - PARA ONDE?

- SEGUE ATÉ O FIM DO CORREDOR, LÁ TEM UM QUARTO VAZIO E DÁ PARA TENTARMOS LIGAR PARA ELES.

Olho para trás vendo que tinha alguns seguranças atrás de nós, viro mais um corredor e vou até o final dele tentando achar o quarto.

- Achei! - Puxo ele e entramos no quarto. - Liga para o Jin. - Jogo meu celular para ele e começo a "explorar" o quarto proucurando alguma roupa para mim.

- Alô? Jin? Não, é o Jungkook. - Ele continua a falar e finalmente acho uma cômoda com algumas roupas, depois de escolher uma para mim, tiro meu vestido colocando a calça jeans preta e a blusa branca que havia pegado.

- Já termin- Cerro os olhos ao ver Jungkook me olhando. - Que foi? - Reviro os olhos. - Quer parar de me olhar e dizer logo o que Jin disse. - Reviro os olhos.

- Não dava para parar de te olhar e ele disse que estão na parte da garagem do cassino, parece que estão atrás de nós.

- Ótimo. - Reviro os olhos e pego meu vestido e o celular. - Vamos enfrentar uns carinhas no caminho.

~*~

Parei de correr assim que cheguei na garagem, olhei para mim mesma vendo que estava descabelada, com alguns machucados e arranhões.

- _______! - Dahyun grita assim que eu entro na garagem e vem me abraçar. - Achei que não ia chegar a tempo, nós partimos em 5 minutos.

- Tempo? Como assim? - Olhei em volta. - Cadê a Suzy e Taehyung?

- Eles ainda não chegaram. - Ela comprime os lábios.

- Temos uma notícia bem ruim.- Jinyoung chama a atenção de todos. - O raio foi novamente roubado.

- COMO? - Olho para Jaebum que havia gritado. - O que aconteceu?

- Não sabemos. - Rosé fala. - Essa é a questão, ontem todos comeram a flor de lótus e as lembranças ainda não estão totalmente atona.

- Tivemos algumas descrições. - Namjoon fala e começa a descrever a pessoa.

Não! Não pode ser, como assim ele…

- Jay Park! - Jennie se pronúncia.

- Tem certeza que é ele? - Jinyoung olha para Jennie e a mesma assente.

- Conheço a peça. - Ela revira os olhos.

- Oh se conhece né. - Jungkook diz irônico.

- Ih Jungkook o que foi? - Jennie olha para ele e bufa.

- Gente, nós temos um minuto até eles chegarem aqui. - Jimin mostra a tela do celular que estava nas câmeras.

- Precisamos ser rápidos, vamos ir nos carros e separados caso eles venham atrás de nós. - Tzuyu vai até a parede onde tinha várias chaves. - Acho melhor vocês correrem.

Olho para os lados vendo que Taehyung e Suzy não haviam chegado.

- Vem. - Jungkook começa a me puxar.

- Não! - Paro e ele me olha. - O Taehyung e a Suzy ainda não chegaram. - Sinto meus olhos encherem d'água.

- Olha. - Ele coloca as duas mãos em minhas bochechas, segurando meu rosto. - Eles vão chegar, só que você não vai poder fazer nada se não entrar logo em um carro.

Assinto e ele sorri indo para uma lamborghini veneno prata que tinha um teto solar. Assim que entramos continuo olhando para os lados.

- Olha Jungkook. - Aponto para uma adaptação que havia nela. - É um teto solar, já achei por onde te jogar.

- Hahaha engraçadinha. - Ele começa a ligar o carro.

- Como vamos sair daqui? - Olho para as grandes janelas de vidro que deixavam a garagem bem a vista.

- A magia vai começar gatinha. - Jimin para com o carro ao nosso lado. - Aperta o cinto Momo. - Ele fala e sorri ajeitando seu óculos escuro.

Jungkook começa a acelerar e eu arregalo os olhos.

- VOCÊ QUER MATAR A GENTE? - Pergunto sem descer.

- O show está apenas começando. - Hoseok fala assim que passamos o carro dele.

- Jung… - Vejo que estamos indo para as janelas e sento no banco. - JUNGKOOK VOCÊ VAI MATAR A GENTE. - Tampo os olhos e sinto sua mão na minha coxa.

- Calma. - Ele alisa minha coxa e ri, fazendo com que me distraia e apenas sinta um impacto no carro. - Sabe o melhor de carros importados, amor? - Tira com uma mão minhas mãos dos meus olhos. - É que eles são blindados.

- Para onde estamos indo? - Olho para a janela e cerro os olhos vendo um carro ir para uma direção diferente ou se separar no meio do trajeto. - Estou me sentindo em velozes e furiosos. - Falo rindo e ele me acompanha.

- Estamos indo para Kingman, é uma cidade vizinha de Las Vegas que passa na Route 66.

Após mais ou menos uma hora chegamos na tal cidade, ela parecia daqueles filmes antigos e tinha um ar agradável.

Existem fantasmas aqui?

Ri comigo mesma e vi Jungkook estacionar o carro, sai do carro vendo a placa de um hotel.

Após alguns minutos já havíamos pego um quarto e estávamos subindo para ir para o nosso quarto, eu tentei reclamar sobre ele ter pego somente um quarto mas ele me ignorou completamente. Mesmo com o ar antigo, Kingman era uma cidade que parecia ser cara pelo jeito refinado e sua estrutura cara.

- Eu vou tomar um banho. - Jungkook meche em algumas coisas do quarto e depois entra no banheiro.

Fui até o espelho e tirei minha blusa vendo as marcas que estavam no meu pescoço, seios e na barriga.

Sorri automaticamente e olhei para onde havia jogado minha blusa.

- O que... Não... AAAAAH JUNGKOOK, JUNGKOOK. - Subi em cima da cama e continuo gritando.

- O QUE FOI? QUEM APARECEU? É ALGUÉM? - Ele sai do banheiro de toalha na cintura.

- NÃO, ELA TA ME OLHANDO.

- ELA QUEM? - Ele olha pelo quarto procurando.

- ELA. - Aponto. - A LARGATIXA. - Dou pequenos pulinhos e faço uma cara de nojo. - TIRA ELA, TIRA POR FAVOR.

- Eu não acredito nisso. - Ele faz uma cara de tédio para mim. - Você me fez sair do meu precioso banho por causa de uma largatixa? - Ele revira os olhos. - Você tá sem blusa? - Fala tirando a largatixa do quarto e jogando ela pela janela.

- Aish para de me olhar, eu só te chamei por causa da largatixa.

- Ah fala sério.

- Estou falando sério.

- Sabe o que seria mais sério? - Ele se vira para mim sorrindo e me encarando.

- Ah não, eu conheço esse olhar. - Dou passos para trás até bater na cama. - Sai Jungkook! - Me debato assim que ele me puxa.

- Vai ser só mais um round.

- Não vai ser não. - Me debato e ele começa a tirar minha calça.

- Por que você é tão difícil? Não podemos tirar uma trégua não é? - Me olha desafiador.

- Uma trégua então? - Arqueio as sombrancelhas e ele assente. - Tudo bem. - Acabo de tirar as roupas do corpo. - Vamos para o banheiro. - Sorri de lado e ele sorri malicioso.

Ele tira a toalha e me prensa na parede do box beijando meu pescoço. Selo nossos lábios e sinto a água do chuveiro começar a cair em mim.

- Aí tá gelada. - Ri e olhei para ele. - Não temos o dia t- hummm. - Soltei um gemido fraco assim senti chupadas no meu pescoço de forma erótica. - Você podia usar a língua em outro lugar.

- Acho que criei um monstro. - Ele ri e eu o encaro séria. - Fala que você precisa de mim. - Ele fica de joelhos na minha frente. - Se você não falar eu não vou começar. - Coloca uma perna minha em cima de seu ombro.

Senti minhas pernas serem mais abertas e eu puxei seus cabelos consequente o trazendo para mais perto.

- Jungkook. - Falei manhosa e estremeci assim que senti uma lambida na minha entradinha. - Humm. - Soltei um suspiro sôfrego assim que sua língua foi forçada no meu pontinho. - Gukkie, e-eu humm p-preciso de você.

Olhei para o moreno que se afundou entre minhas pernas, suas mãos foram para minha bunda me puxando contra ele enquanto ele chupava meu pontinho diversas vezes fazendo movimentos rápidos e lentos, causando uma fricção gostosa.

Sua língua subia e descia, deixando chupadas lentas por onde passava. Seus dedos foram enfiados e começaram as ser socados de maneira rápida e bruta junto com sua língua.

Sua língua aveludada trilhava um caminho entre minha entrada, deixando uma leve ardência pelas mordidas e chupadas.

- Gukkie, mais um pouquinho. - Mexi meu quadril e ele deu batidinhas no meu pontinho. - A-ah. - Soltei um gemido fraquinho e fui virada com brutalidade para a parede.

- Agora você tá pronta para mim. - Ouço sua voz. - Empina para mim, amor. - Estremeci com sua voz enquanto ele esfregava seu pau molhadinho na minha entrada melada. - Hum? - Ele segura minha cintura e aos poucos enterra seu pau molhadinho na minha entrada toda melada. - A-ah me a-aperta mais.

- G-guuukkie. - Gemi assim que ele começou movimentos calmos e torturantes.

Sentia minhas paredes apertarem cada vez mais ele com uma fricção gostosa e lenta.

- Olha como sua boceta tá me engolindo, amor. - Ele puxa meus seios e eu ofego. - A-ah gostosa.

A água do chuveiro não serão de nada já que meu corpo estava completamente quente.

- AA-AH. - Gemi quando ele começou a socar mais rápido fazendo com que ele soltasse gemidos roucos.

Tentei buscar mais apoio na parede já que suas investidas estavam brutas e fortes, continuei aproveitando o momento e senti novamente suas mãos em meus seios, puxando os bicos e apertando.

- Jung. - Sinto minhas pernas estremecerem e minhas paredes apertarem mais ele.

- A-awn, olha como você me aperta bem. - ele geme e eu começo a rebolar. - Goza amor, deixa vir. - Ele morde minha orelha e eu solto um gemido alto.

Meu pontinho após ser atingido se aperta um pouquinho mais até eu soltar um gemido longo me desfazendo, Jungkook continua seus movimentos, mas agora lentos, tornando tudo mais gostoso.

Meu pontinho soltava espamos por ter Jungkook ainda se enterrando em mim, suas mãos na minha cintura e ele saindo e voltando lentamente fazendo meu interior voltar a ficar molhadinho.

Soltei um gemido começando a rebolar e sentindo tudo em dobro pelo fato de estar sensível.

Ele solta um gemido alto e sai de dentro de mim, gozando na minha perna.

Deixei que a água do chuveiro caísse na tentativa de apagar o calor que meu corpo se encontrava e tentar regular a respiração.

~*~

Ponto de visão — Lee Lin _______ OFF.

Ponto de visão — Kim Jisoo.

Vejo um carro chegar e olho mais atenta.

- SUZY. - Dahyun grita assim que a porta se abre. - ONDE VOCÊ ESTAVA?

- Dahyunnie. - Ela grita e abraça Dahyun. - Eu e Tae não achamos a garagem a tempo, mas assim que vimos uma grande movimentação no cassino tratamos de sair de lá, Sehun estava proucurando todos vocês e achou que todos haviam ido embora. Depois paramos em uma cidade já que era noite e agora que amanheceu continuamos o trajeto, Tae ainda tinha a localização de Jin.

- Ainda faltam quantos? - Ouço a voz de Hoseok.

- Ainda faltam menos da metade para chegar.

- Cadê a _______? - Suzy pergunta assim que me aproximo deles junto com Hoseok.

- Não chegou ainda, ela foi com o Jungkook. - Dahyun responde.

- Devem ter parado em algum lugar também. - Jimin sorri malicioso.

- O que? Eles? - Momo ergue o cenho. - Elas brigam tanto.

- Momo você é burra ou faz cursinho? - Lisa olha para ela e eu não me contive em rir.

- Olha, tem três carros chegando. - Taehyung aponta.

- Viu?! Eu disse que você deveria ter pegado a principal, teríamos chegando antes. - _______ sai do carro e olha para a outra porta onde Jungkook sai.

- Aish, okay eu entendi. - Ele bufa.

- Acha que eles estão juntos? - Sussurro para Hobi.

- Acho que Jungkook já teria me falado, não?

- Não, se a gente esconde isso Hobi, eles podem muito bem esconder também. - Falo e vejo Jennie sair de um carro com Jaebum. - Tchau. - Sorri me contendo para não agarrar ele ali mesmo. - Jennie. - Sorri fraco e a mais nova sorriu para mim me abraçando.

- Rosé e Lisa já estão aqui? - Ela me olha e eu assinto. - Não estranhem se não me verem pelo resto do dia. - Ela morde os lábios.

Franzo o cenho sabendo que ela vai aprontar alguma.

Ponto de visão. — Kim Jisoo OFF.

Ponto de visão. — Lee Lin _______.

Havíamos ido para um hotel da cidade, era uma parte mais urbana mas ainda sim a cidade era bem calma.

Comecei a pensar em mais de cinquenta maneiras de matar Jeon Jungkook.

Ah droga! Querendo admitir ou não ele estava mechendo com muito mais que meu psicológico.

- Achei você. - Alguém me vira para trás e sinto um tapa em meu rosto.

- Jennie? - Arregalo os olhos e ela sorri.

- A vingança é um prato que se come frio. - Ela tira uma espada das costas.

- Eu estou indefesa aqui.- Olho para os lados.

- Só que eu não me importo.

- Mas eu sim. - Chuto um bastão que marcava a passagem do carro. - Vamos lá.

Travamos a espada e o bastão algumas vezes e caio no chão assim que ela chuta meu tornozelo. Jennie tenta cravar sua espada em mim mas sou rápida e desvio, levantando já atingindo o bastão em suas costas.

Meu rosto é pegado e atingido em um carro com força.

Pisco algumas vezes lembrando de me manter acordada, dou impulso e a chuto com tudo, fazendo com que ela vai parar na árvore.

Passo meus dedos pelo meu cabelo e sinto algo na minha mão, sangue!

Se eu tivesse medo de sangue, certamente já teria desmaiado pela quantidade.

- Quer um tempo para se recuperar? - Ela ri e larga a espada. - Não tente nada se não eu cravo essa espada em você.

- Por que não me mata logo? - Falo sentindo uma tontura pela quantidade de sangue que estava saindo.

- Nós te queremos viva.

- Nós?

- Não achou que havia terminando aqui não é? - Ela se abaixa assim que eu vou escorregando no carro até chegar ao chão. - Eles querem um preço bem alto só pela sua cabeça e eu não vou tardar em entregar. - Ela sorri e eu vejo pontos pretos se formando. - Boa noite _______. - Ela sorri e eu apago de vez.


Notas Finais


ENTÃO BB'S FORAM 2000 MIL PALAVRAS E ALGUNS QUEBRADOS.

O CAPÍTULO PRECISAVA SER GRANDE MESMO E ENTÃO??? ALGO A EXPRESSAR?

Jennie Kim tarda mas não falha...
Será mesmo????
Nós???

Dêem suas opiniões nos comentários, vamos estar aguardando vocês e o próximo deve sair sexta/sábado :)))

Novamente obrigada pelo amor de vocês a fanfic 💜
VOCÊS ESTÃO NOS NOSSOS CORAÇÕES.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...