História Hana, Dul, Set - Capítulo 1


Escrita por: e GirldoYoungjae

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alpaca Rosa, Híbrido, Mina, Orange, Yoonie, Yuri, Yurizando
Visualizações 105
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, FemmeSlash, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiie jovens... Turu bom? Nova fic, nova história!
1* Estou iniciando um projeto que se chama ALPACA ROSA, e está fanfic faz parte dele, o mesmo consiste em um desafio de lançar 5 fanfics YURI em 2018, mas como sou uma ansiosa do car**** não aguentei e lancei o projeto hoje :3
2* Significado (vocês já deviam saber kpoppers e dorameiros)
Eomeoni/Omma/Mãe
Aboji/Appa/Pai

Acho que só isso... BOA LEITURA

Capítulo 1 - Meu presente


Fanfic / Fanfiction Hana, Dul, Set - Capítulo 1 - Meu presente

Acordo cedo já ansiosa para sair, hoje é meu aniversário, meus pais querem me dar um "presente", sei que não é esperado uma ação assim de uma garota de 17 anos mas eles falaram que seria muito especial.

Quero que seja algo que me faça mudar meus pensamentos que estão fixados na minha amiga, desde que ela foi embora cortou totalmente nosso contato e ando muito infeliz por causa disso.

Me levanto de pijama mesmo, indo para o banheiro faço minhas higienes matinais e desço para a sala.

(Aboji) - Mina que bom que já desceu, sua eomeoni foi buscar seu presente... Diz quando me vê descer o último degrau.

(Mina) - Aboji pensei que o senhor e a eomeoni não levantariam tão cedo.

(Aboji) - Tivemos que levantar, seu presente está vindo de Seul e sua eomeoni foi buscar.

(Mina) - Vocês importaram algo para mim?

(Aboji) - Pode-se dizer que sim, mas enquanto espera vá tomar seu café.

Então vou né... O que será? Ando até a cozinha, porém não consigo comer nada, belisco alguns biscoitos. Logo a porta da frente se abre.

Vou correndo para a sala.

(Mina) - Eomeoni...

Ela vem até mim me dando um abraço apertado.

(Eomeoni) - Feliz aniversário minha linda. A solto e sorrio ao ver seus olhos cheios de lágrimas. Você cresceu tão rápido parece que foi apenas a alguns dias atrás que a vi brincando com os vizinhos em Busan.

(Mina) - É eomeoni, mas agora estamos em Daegu a cinco anos.

(Eomeoni) - Sei que você não superou ainda toda essa mudança mas tudo vai melhorar ok?!

(Mina) - É, parece que foi ontem mesmo que eu estava com 16 anos!

Rimos todos juntos.

Logo meu pai vem me abraçar.

(Aboji) - A minha filha espero que esse seja um aniversário especial para você e quero que se divirta, sabe que nós a amamos e pensamos muito na sua felicidade, então por isso para que não fique mais sozinha adotamos algo muito legal para você.

Pensei que eles tinham comprado, então deve ser um cachorro ou algo do tipo, eu vou ter um animaaal. Estou quase explodindo de ansiedade.

(Eomeoni) - Eu vou buscá-la.

Fêmea.

Minutos depois de eu estar completamente louca para ver o que ganhei minha eomeoni entra com uma garota na sala que aparenta ter minha idade, mas ela possuía orelhas de coelho, achei extremamente estranho.

(Mina) - Não entendi... Quem é ela?

(Eomeoni) - Mina está é Yoonie, ela é uma híbrido e seu presente de aniversário.

(Mina) - O que? Vocês estão me dando uma híbrido? Falo em um tom mais alto.

(Aboji) - Yoonie suba para o quarto da Mina, é a segunda porta a esquerda, temos que conversar com ela.

A garota apenas concordou e subiu, ainda assim não olhou para mim.

(Mina) - Eu não posso cuidar daquela garota, animal, aish daquela coisa que está no meu quarto.

(Aboji) - Pode sim, adotamos ela para você então se conforme porque Yoonie é sua.

(Mina) - Mas...

(Aboji) - Mas nada.

Só isso que me faltava, subo a escada enorme de 5 degraus e vou para meu quarto. Abro a porta a fechando com força em seguida, Yoonie está sentada de cabeça baixa.

O que eu faço com essa coisa aqui na minha frente? Eu amo meus pais, mas que ideia louca foi essa?

Aishh, me sento encostada na porta e fico encarando a coisa em cima da minha cama.

Ela olha para mim, mas eu não desvio os olhos e continuo a encarando, vejo a mesma ficar um pouco vermelha. Ela deve ser extremamente tímida.

(Mina) - Yoonie é seu nome né?

(Yoonie) - Sim. Ouço num fio de voz.

(Mina) - Yoonie, Yoonie... Você é o que?

(Yoonie) - Uma híbrida.

(Mina) - Isso eu sei né!  Quero saber híbrida de quê?

Ela se encolhe quando eu falo um pouco mais irritada. Essa coisa é sensível, meu Deus que chatice.

(Mina) - E então? Não vai me responder?

Ela me olha por um segundo e abaixa a cabeça.

(Yoonie) - Sou híbrida de coelho.

Eu já devia ter percebido pelas orelhas, mas não custa confirmar.

Ela não fala muito, na verdade não está falando nada. De qualquer maneira ela não irá embora.

(Mina) - De todo modo, seja bem-vinda a família. Digo me levantando do chão. Sinto a mesma me acompanhar com o olhar. Qual é o problema dela? Hmm você já comeu?

(Yoonie) - Não. Ela responde um pouco baixo. Isso está me irritando.

(Mina) - Quantos anos tem?

(Yoonie) - 15.

Me espanto, pois ela não parece ter 15 anos, seu corpo já é bem desenvolvido, aparenta ser um pouco mas velha, mas o que eu entendo de híbridos? NADA.

(Mina) - Você come o que?

(Yoonie) - Comida.

Ela fala ainda num tom baixo. Meu Deus ergue essa voz garota.

(Mina) - Já que eu sou responsável por você tenho que te alimentar...

(Yoonie) - Eu sou sua. Ela solta me encarando de um jeito estranho. Eu hein, garota doida.

(Mina) - Hm você vai comer?

(Yoonie) - Eu irei lhe obedecer.

(Mina) - Você não é meu animal de estimação.

(Yoonie) - Mas sou sua.

(Mina) - Para de falar isso! Coisa chata.

(Yoonie) - Desculpe. Ela fala voltando novamente a um tom baixo, chega a ser fofo.

(Mina) - Eu que peço desculpas, só estou um pouco estressada. Ela continua calada. Dai-me paciência senhor. Vem, vamos comer.

(Yoonie) - Ok.

Yoonie se levanta e sai antes do quarto me permitindo ver que a mesma possuía um rabinho fofo e branco.

(Mina) - Aah fala sério! Não acredito nisso.

  Em seguida sigo a garota, olhando aquele rabinho balançando, a vontade de puxar ele é grande, mas poderia acabar machucando ela, acho; porque se ela é um híbrido essas orelhas e coisinhas fofinhas fazem parte dela.

Quando chegamos no local, olho para os lados mas não vejo ninguém, será que me deixaram sozinha aqui com essa coisa fofa? Bem no dia do meu aniversário? Só pode ser brincadeira.

Yoonie se senta e fica me observando ir até a geladeira procurar algo para comermos. O olhar dela me faz ficar um pouco envergonhada, porque você está andando e tem uma pessoa olhando fixamente para você, se você cair ela vai ver, se tropeçar também, isso é... Estranho.

O que será que ela pensa? Volto para colocar a comida na mesa, ela desvia o olhar.

(Mina) - Pode comer eu vou trocar de roupa...

Deixo ela sozinha e vou para meu quarto, tenho certeza que quando saí da cozinha ela estava me olhando!


Notas Finais


Gostaram??? Não sei se postarei capítulo novo este ano, quem sabe??
Até logo jovens :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...