1. Spirit Fanfics >
  2. Hanada Simulator Love >
  3. Lutando Como nunca, Perdendo como sempre PT 1

História Hanada Simulator Love - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Primeiro Ep dessa historinha que tem tudo para causar, Se vc veio para cá sem saber do que se trata passa na twitch no canal @HanadaLol, tu vai gostar

Capítulo 1 - Lutando Como nunca, Perdendo como sempre PT 1


Fanfic / Fanfiction Hanada Simulator Love - Capítulo 1 - Lutando Como nunca, Perdendo como sempre PT 1

Hanada, ou tbm como é conhecido Gustavo Lol, um jovem garoto indie/emo de 17 anos, Com seu corpo franzino de 1,71cm e seus grandes cabelos que cobrem seus olhos lhe causando um ar de mistério, Nunca foi um jovem muito conhecido ou popular, seu círculo de amizades sempre foi pequeno, talvez por culpa de sua dificuldade em novos relacionamentos, onde quando tentava tinha que viver a sensação se suor excessivo nas mãos, gagueira, corpo trêmulo e tantas outras coisas que a ansiedade acompanha, Porém Hanada decidiu que seu último ano escolar seria diferente de todos, não sendo mais um figurantes e Sim se tornando o protagonista, Hanada queria viver as vastas sensações que a área escolar pode causar a adolescentes iludidos e bobos, E por isso em sua nova escola ele decidiu tomar uma postura diferente.

Segunda-feira 5:45 da manhã

Seus olhos se abrem lentamente com o delicioso barulho da chuva batendo em sua janela, bom, seria delicioso se hanada não tivesse que andar 2,5 kms debaixo dela, Devagar o desespero começa a tomar conta de seu coração, que começa a procurar todas os caminhos onde essas míseras gotas de água poderiam desencadear um efeito catastrófico nesse dia especial, Hanada junta suas mãos e dá um tapa em seu rosto,

- NÃO ESTRAGA TUDO SEU IDIOTA!

Ele grita para si mesmo, talvez alto demais, de repente um voz feminina exclama da porta semi-aberto de seu quarto

- Tudo bem, querido?

Hanada vira seus olhos em direção a porta, onde enxerga sua mãe olhando para ele.

H- A quanto tempo você me tá aí me observando?

Ele vira os olhos tentando fugir do olhar dela

MH- o suficiente para saber que você anda se preocupando demais como sempre

Hanada tem um ligeiro calafrio, aquela mulher sempre está certa a seu respeito

MH- não se preocupe, eu vou te levar de carro

Ele se alivia um pouco, se levanta e arruma suas coisas, além de escovar seus dentes por cerca de 3 minutos e 34 segundos, após sua refeição matinal e uma bronca sobre deixar uma colher de macarrão em seu quarto, ele entra no carro com sua mãe, um pouco pensativo demais, porém torcendo para que tudo dê certo, sua nova escola iria ocupar uma boa parte do dia de Hanada, ele esperava no mínimo arrumar uma namorada para tentar fazer esse tempo passar de maneira menos dolorosa (Ou talvez um Namorado?) Depois de um beijo na bochecha de sua mãe, Hanada desce na frente de sua nova escola, com suas mãos segurando as alças da mochila como aquele grito silencioso de ANTISOCIAL AQUI, Porém era um hábito até normal ali naquele espaço, Hanada corre até o lugar coberto mais próximo para se esconder da chuva ( e não estragar sua chapinha?)

???- Ótimo dia para começar o ano, Não acha Vermelhinho?

Você olha pro lado procurando quem disse aquilo, você quase não encontra, até olhar na direção do chão e achar um Anão disfarçado pela sua baixa estatura

Hanada emite um gaguejo, porém responde

H- é..... Sim Sim, normalmente não sou eu que fico molhado nessas situações

A-Há Há Há Há, que bela piadoca

Ele lhe estende a mão

A- Prazer Sou o Anão, é assim que me chamam, meu nome real não posso te dizer (Eu n sei o nome real do Anão)

H- Prazer, Hanada, você já sabe de qual sala você é?

A-Terceiro B, se não me engano

Hanada percebe que os dois são da mesma classe

H- Ah que legal, vamos estudar juntos

A-Hm, Ótimo, Adoraria passar mais tempo com alguém assim como você

H- Assim? Como?

A-Sabe......

Ele pede para você se abaixar, então ele sussurra algo em seu ouvido

 “Gostosinho”

Rapidamente você se distancia dele, você percebe seu sangue esquentando no seu rosto, você ficou totalmente vermelho

H- Que?? Eh-Voc-AAAAAA-Socor.....

O Anão ri de maneira compulsiva

A-sua cara foi ótima HAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA HAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA HAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA HAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA HAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA 

Você o ignora e vai para sua sala esperar que as aulas comecem, você entra na sala e procurar algum lugar para se sentar, você resolve não se sentar nem muito no meio e nem muito no fundo, você acha uma cadeira no exato centro da sala, e resolve passar esse seu próximo ano ali

Na sua frente tem uma garota com fones de ouvidos e seus cabelos que lhe caem aos ombros, ela lê um manga yaoi em sua mesa, sem se importar com os arredores, você simplesmente se senta na cadeira e espera por ali enquanto mexe no seu celular, derrepente você começa a ouvir gritos na sala

???- SUCUMBA SIKIRO! MAIS UMA VEZ VOCÊ PERECEU EM MINHAS MÃOS

Você olha na direção dos gritos e vê dois jovens com celulares em suas mãos, eles parecem estar jogando alguma coisa

???- IRMÃO TU JOGA DE YASOU E QUER TER OPINIÃO, DOENTE DE MERDA

Você simplesmente começa a ignorar os gritos com um olhar de espanto

(Voz feminina)

???- Desde do primeiro eles são assim, Não ligue muito para eles.

Em sua frente a garota do Yaoi fala com você

N- Prazer, Nahcope.

Você responde dizendo seu nome

N- Bom Hanadinha, Bem vindo, a maioria das pessoas aqui eu já conheço a algum tempo, e por experiencia eu diria que você parece ser alguém legal

Ela chega perto e cochicha no seu ouvido

“Falar nisso quando você entrou na sala o garoto da segunda fileira teve uma reação meio estranha, talvez ele tenha uma quedinha por você”

H- Por mim? Isso é... meio estranho

N- Mas pode acreditar, talvez eu tenha que te apresentar todo mundo aqui, já que os céus colocaram essa função para mim, de pouco a pouco irei te dizendo, Ah sim, Aquele garoto se  chama Bk Alias, Ou se quiser Matheus.

Você vê uma linda garota na sala, rodeada de outras pessoas, ela parece ser incrivelmente carismática, Você pergunta

H- Quem é aquela?

N- Hmm, vejo que já se interessou pela Anna Weeb, Realmente, boa parte das pessoas aqui se interessa por ela, Ela é a Presidente da classe, e as pessoas ao redor dela são, Luan, Herick e Arbore.

Ela esboça um sorrisinho

N- Todos seus Oponentes.

Ela vira pro outro lado

N- Ali nos temos KuroHige, o Garoto mais bonitinho da sala, Vou te contar um segredo, eu tive um crush nele desde o fundamental.

???-NAH COPE, DECIDE ISSO PARA GENTE!

Vocês olham pro Lado

N- Fala Sikiro

S- SEJA JUIZA DO NOSSO PEDRA, PAPEL, TESOURA!

N- Me dê um bom motivo para eu fazer isso

Deluka entra na conversa

D- PQ ESSE CRETINO FICA ROUBANDO NO MEIO DO JOGO!

S- COMO SE ROUBA NO PEDRA, PAPEL, TESOURA SEU ANIMAL DE TETA?

D- VOCÊ SABE MUITO BEM

S- Pera, aliás, quem é esse cara?

D- Vdd, quem é você da mecha vermelha?

Hanada fica um pouco calado, enquanto junta coragem para responder

H-Eu S......

Nah Cope o interrompe

N- esse é Hanada, uma fofura não?

D- Ele tem cara de jogador de Janna

S- Pela primeira vez na vida concordamos com algo.

Sikiro se coloca a frente

S- Prazer Hanada, sou Sikiro

Deluka cochicha atrás

“Sequilhos, Sequilhos”

D- E eu sou Deluka

Sikiro Cochicha atrás

“Babaca, Babaca”

Hanada pensa consigo mesmo, parece que esse vai ser um ano divertido.

Vocês conversam por um certo tempo, de repente o professor entra em sala, todos vão em para seus lugares, o professor pega o canetão e escreve no quadro branco, “JULIUS”, ele coloca a bolsa na mesa e começa a falar

J- Prazer sou Julius, o Professor e regente dessa sala, acredito que a maioria aqui já me conheça, mas ao que não estão acostumados, Sou professor de Português e redação nessa sala, espero poder ajudar vocês no que precisar.

Nesse momento todos os outros alunos já estavam na sala, parecia ser um bom primeiro dia de Aula, Pelo menos PARECIA, até aquele momento.

 


Notas Finais


Segunda parte dessa historia do balaco baco em breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...