1. Spirit Fanfics >
  2. Handjob >
  3. Pego em flagrante

História Handjob - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Pego em flagrante


Já era tarde, perto das cinco.

Todos os meninos estavam já em casa, alguns tinham saído para comer, já outros ficado em casa. Ou melhor, Chan, Woojin, Jeongin, Felix e Minho tinham saído. E Changbin, Seungmin, Hyunjin e Jisung, haviam ficado.


Cado um estava fazendo o que bem entendia, Changbin estava dormindo, Seungmin tomando seu banho, Hyunjin e Kkami na sala. E Jisung, em seu quarto.

Como qualquer adolescente a flor da pele, ou um pouco passado. Mesmo com seus dezenove anos ainda tinha as vontades de um adolescente recém entrado na puberdade. A vontade de se masturbar.

Pegou seu celular, se ajeitou em sua cama, abaixando as calças, e a cueca também. Uma mão em seu membro e outra em seu celular.

Abriu a guia anônima, pegou fones e os colocou. Esquecendo do mundo ao redor. Apenas colocou seu pornô, e começou a mexer a mão. Com os minutos passando, seu pau já estava em pé.

Raramente soltava um gruido, nao era difícil os manter, mas achava mais legal não os manter. Mas com gente em casa, se privava disso.

Muito focado em ouvir os dois homens gemendo, e com a mão em uma velocidade alta, que já começava a doer, por estar a um tempo grande ali.

Seus olhos já se encontravam fechados, agora era só o sons e a sua imaginação.

Quando abriu os olhos para ver mais da cena. Seus olhos passaram pela porta, quando iria continuar viu o Hwang parado na porta com a boca aberta e paralisado.

― H-hyunjin?

Quando notou como estava puxou seu cobertor que estava perto de si. Se tampando por inteiro.

― Então... Você estava batendo uma? ― Sem vergonha alguma logo perguntou. Han queria morrer e matar o Hwang, quando entrou no quarto nem havia lembrado de trancar a bendita porta.

E agora estava em um situação constrangedora. Hyunjin parado na porta o olhando enquanto estava tampado para o mais velho nao ver mais do que já havia visto.

― Seu a-animal sai daqui!

― E por que eu sairia? ― Fechou aporta atrás de si. Nao evitando a troca de olhares.

― E por que ficaria? ― Retrucou com uma pergunta lógica, por que Hyunjin ficaria junto de Jisung na sala? Depois de o ver fazendo coisas íntimas. Foi pego desprevinido pela resposta do mais alto.

― Por que eu tenho tesão em você... ― Deu um sorriso sacana, Jisung ficou mais travado e confuso. Não esperaria esse tipo de resposta vindo de Hwang Hyunjin.

― E-entao aquelas brigas s-sao faxada?

― Talvez...

O seu tom era baixo, caminhava calmamente até o mais baixo, se apoiando na cama, selou os lábios. Passando de um selinho a um beijo quente.

Hyunjin logo se sentou no colo do mesmo. Sentiu o membro pulsante abaixo de si. Para sentir melhor logo deu algumas reboladas no pau do mais novo. Sentia as mãos do Jisung em seu quadril.

― Você está bem animado né? ― Questionou entre o beijo, se referia sobre ele o questionar antes e agora apertar seu quadril e o beijar com vontade.

Nao obteve resposta apenas um resmungo que parecia ser uma concordância. Viu que o o garoto nao tomaria atitude alguma no ato, então puxou a coberta para destampar o garoto.

Meio assustado pelo ato repentino nao ligou e apenas sentiu a mão do de cabelos longos rodear seu pau e fazer movimentos lentos, e torturantes.

― Vai mais rapido Hyun... ― Sua voz tinha um tom de sofrego. Isso fez o garoto que comandava ali sorrir divertido. Ver o Han emerce a si era maravilhoso.

O torturou por mais alguns minutos e as vezes fazia movimentos rápidos, mas ele nao duravam mais que cinco segundos. Era uma forma de fazer Jisung o implorar.

― Você quer fazer o que comigo Jiji? ― Usou um apelido falando arrastado perto da orelha do garoto, sua mão nao havia parado, ainda fazia movimentos lentos. Meio zonzo pelo prazer tentou responder.

― T-te f-foder...

― O quê? Nao ouvi direito!

― Te foder. ― Respondeu quase gaguejando, queria ainda torturar o Rapper mas cederia o pedido do mesmo.

Retirou sua calça e sua cueca de uma forma lenta, o garoto com a mente nublada assistia isso é se conseguisse raciocinar direito pensaria em muitas coisas erradas. Sua camisa foi retirada sem alguma calma e paciência.

Totalmente nu foi para cima do garoto que tinha apenas a parte de baixo sem roupa alguma. Sem nenhuma precipitação apenas se sentou no colo do Jisung.

O Dançarino sentiu o Pau, que nem era muito grande nem muito pequeno, digamos mediano, em sua bunda. Voltou com os movimentos lentos e subiu o quadril e o desceu.

Os gemidos do Han era todos de sofrego. Mesmo amando ter o Hwang quase quicando em seu pau, odiava os movimentos lentos e seu membro nao estar dentro do mesmo.

― Você gosta?

Deu mais algumas movimentadas em sua bunda. Ouvi um resmungo como confirmação, tendo uma ideia maravilhosa logo o questionou novamente.

― Eu perguntei, me responda corretamente. ― Fazendo uma "pose" de durao, o questionou. Jisung nao conhecia esse lado do Hwang. E claro que havia amado esse lado dele.

― Sim!

Exclamou em um tom alto. Estando satisfeito com a resposta do mais novo, tomou a decisão de logo realmente sentar no pau necessitado do mesmo.

Descendo as bandas lentamente e soltando gemidos pelo seu interior estar sendo preenchido, os dois gemidos se misturaram. Para nao gemerem muito alto, o Visual teve a ideia de o beijar enquanto ainda descia a bunda.

― Hyung... mexe o quadril... q-quica no meu p-pau... ― Suplicava enquanto tinha seus olhos fechados pelo prazer que a bundinha do mais velho lhe proporcionar.

― Você quer que eu sente no seu pau?

― Uhum... ― Novamente, resmungos como resposta. Sendo um bom garoto decidiu atender o pedido do mais novo. Começou a realmente se mexer.

Seus movimentos eram lentos porem com força, sentiu as mãos estarem de volta em sua cintura. Com as mãos presentes em seu corpo acelerou. O quarto era preenchido com os sons das peles se batendo.

Os dois tinham as respiração pesada. O ar estava totalmente pesada e com cheiro de sexo.

― H-Hyunjin... sua bunda é m-maravilhosa.

Elogiou o garoto que agora quicava com velocidade. Sentia seu orgasmo o mais perto, mal tinha forças para formular frases.

O Hwang vendo Jisung estar totalmente emerce ao prazer e a si, continua com os movimentos rápidos e começou a bombear o seu próprio pênis.

Sentindo o seu interior preencher de porra percebeu que o garoto abaixo de si tinha gozado, e também pelo gemido alto de Jisung.

Mesmo com o mais novo já ter gozado Hyunjin continuava rebolando  e se movimentando. Tanto com a bunda e com a mão no proprio pênis.

Passando um minuto, quase dois o mais alto já havia se desmanchado na própria mão. Cansado apenas se escorou no Jisung.

― Hyunjin...

― Hm?

― Temos nos limpar. ― tentou levantar o garoto que estava com todo seu peso em cima de si. Mas falhou.

― Claro.


Notas Finais


Então... acho que o primeiro ship de woo+members vai ser woobin.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...