1. Spirit Fanfics >
  2. Haou Airen - Jeon Jungkook >
  3. Capítulo 1 - A mais amada.

História Haou Airen - Jeon Jungkook - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!😄💜

Capítulo 2 - Capítulo 1 - A mais amada.


Fanfic / Fanfiction Haou Airen - Jeon Jungkook - Capítulo 2 - Capítulo 1 - A mais amada.

Haou Airen 

Capítulo 1: A mais amada.

— Exatamente por isso, Jungkook. Eu era apenas uma "companhia" indispensável. Você apenas me usava para satisfazer a si mesmo. Meus sentimentos nunca foram sequer considerados. Estou cansada disso tudo, não desejo voltar a ser o que era. 


Sei bem o que quer dizer, (S/n), eu jamais expressei qualquer sentimento por você por mínimo que fosse. No entanto, não era porque não te amava, eu apenas não tinha a coragem de admitir, ou melhor, ainda não a tenho. Não sou capaz de reconhecer os meus próprios sentimentos.


Sequer posso me atrever a dizer que te amo? Alguém como eu, pode ao menos amar alguém verdadeiramente sem machucá-la? 


Nunca acreditei em algo tão fútil quanto o amor. Apesar disso, sei que esse tortuoso sentimento tantas pessoas já machucou e sinceramente, não gostaria que você, que é tão importante para mim, fosse uma delas.


Se possível, eu gostaria de protegê-la de toda a dor existente e unicamente te dar todo o amor que merece. Lamentavelmente, não sou tão digno a esse ponto. Eu não tenho a valentia para te reclamar como minha, quando você nunca verdadeiramente me pertenceu, ainda que o seu corpo estivesse tão entregue. 


— Não precisa ser como antes. Apenas… Sinto falta do seu calor e até mesmo do seu cheiro. Só queria te ter entre os meus braços mais uma vez. 


Não… Mais vale dizer que eu sinto a sua falta. Suas carícias discretas em meus cabelos enquanto fingia estar dormindo, seus lábios quentes e aveludados em contato com os meus, os seus olhos tão cheios de vida, sempre me olhando com tanta ternura e calidez. 


Não havia maldade em você, apesar de já ser uma mulher, você ainda parecia tão pura e inocente. Exatamente como uma rosa branca, mas aos poucos estava sendo tingida de vermelho, assim como o sangue. Eu temia que em algum momento você se tornasse a minha fraqueza e inevitavelmente, nossa relação terminaria em tragédia.


Ocasionalmente, me sentia culpado por tê-la corrompido de tantas formas e diferentes maneiras. Eu deveria ter apreciado-a mais. Dessa forma, talvez não houvessem tantos arrependimentos agora.


Pode parecer egoísta de minha parte, desejá-la tanto e inclusive ter a promíscua esperança de que você aceitaria. Porém, essas emoções tão desconcertantes, outrora arrebatadoras estão me consumindo gradualmente. Mesmo após esse tempo, ainda não sou capaz de renunciar à você, apesar de já tê-la lastimado anteriormente com a minha decisão. 


— Não posso, Jungkook. 


Sua voz soou apreensiva, o seu olhar parecia perdido em um ponto qualquer. Você não ousava olhar em meus olhos, não havia verdade em suas palavras. Era uma mentira silenciosa, que talvez você esperasse desesperadamente que eu acreditasse. 


Para o seu pesar, esse não foi o caso. Eu a compreendo melhor do que ninguém, ainda que você não perceba de fato.


— Por que você não pode? Eu anseio tanto por você, que poderia enlouquecer! Volta para mim, (S/n). Você não imagina o quanto preciso de ti. 


Talvez seja exagerado de minha parte dizer tais palavras, mas nada posso fazer. Eu estou desesperado com a mera possibilidade de perdê-la de vez. 


Sei que foi cruel de minha parte ter terminado com você, naquela época, no entanto, eu tinha meus motivos. Por mais que quisesse, não poderia simplesmente ficar com você livremente. Haviam muitas restrições que me impossibilitaram. 


Sendo franco, eu não deveria sequer estar contigo agora. Todavia, esse estranho sentimento continua me atraindo até você e eu não sou capaz de me afastar por completo por mais que saiba que não deveria estar ao seu lado.


— Essa maldita aliança em seu dedo, Jeon Jungkook! Por acaso quer que eu continue sendo sua amante? 


Aliança… Se bem recordo, eu passei a usar a partir do momento que percebi que você não é como as outras, nunca foi. Esse anel que carrego em meu dedo, nada mais é do que uma lembrança sua. 


— Você nunca foi minha amante. Sempre foi a única com quem estive.


Sinceramente, no que diabos eu estava pensando? Eu deveria ter me expressado melhor.  Tudo por causa de um mal entendido e palavras não ditas. Realmente sou um tolo.


— Então, esse anel… 


Apesar do que disse, você ainda não parece entender o significado de minhas palavras. Pelo visto, terei que deixar claro de uma vez por todas.


— É o mesmo que seu colar. A escritura em seu pingente é a mesma que tenho gravada em meu anel. 


Devem se perguntar o porquê de existir tal semelhante coincidência. Apesar disso, a explicação é bem simples: eu dei esse colar à você, um mês após o nosso primeiro encontro.


— Mas eu nunca soube o seu significado.  


Claro que você não saberia, eu não disse em momento algum. Não achei que houvesse a necessidade. 


— O que "Airen" quer dizer, Jungkook? 


— O significado literal ou o que significa para mim? 


— O que acha, Jeon Jungkook? Sem brincadeiras, por favor.


Realmente, ver as suas diferentes reações é sempre reconfortante. Você é única e inigualável. 


— Airen, quer dizer amante no sentido literal. Mas se o que procura saber é o que representa para mim, a resposta é tão clara quanto o dia. Significa que você é alguém importante para mim, única e insubstituível. Você é a única com quem sempre almejei estar, mesmo que naquela época, eu a tenha deixado ir.


O mais provável é que você esperasse por uma resposta diferente, algo mais satisfatório para ti. 


Contudo, eu não posso dizer as palavras que tanto quer ouvir, pelo menos não agora. Talvez mais adiante, quando não houverem tantos conflitos. 


O real significado de "Airen" é a mulher mais amada, porém não posso dizer-lhe dessa forma. É demasiado por enquanto. 


— Eu não deveria, cometi um pecado grave. Por Deus! O que eu fiz!?


Após alguns demorados instantes em silêncio. Um silêncio agonizante devo ressaltar, você finalmente disse algo. 


Entretanto, eu não tive tempo de assimilar com clareza as suas palavras. Você parecia aflita, completamente desolada como se tivesse acabado de descobrir algo chocante e essa suposta revelação havia te impactado mais do que deveria, ou seja, nesses anos em que passamos distantes muitas coisas aconteceram e eu não posso sequer imaginar o que aconteceu contigo para estar tão abalada agora.


Mas afinal de contas, que segredos você ainda esconde? 


Apesar da sua inocência, ainda havia uma essência de mistério em você e particularmente, não fui capaz de desvendar nenhum deles. Se bem que, tampouco tentei. 


A sua singularidade que te tornava tão única e distinta das demais. Sua beleza genuína, além de sua personalidade amável foi o que mais me cativou naquela época.  


No entanto, não posso negar que essa determinação que você adquiriu no decorrer dos anos te deixou ainda mais encantadora aos meus olhos. De fato, você se tornou uma mulher esplêndida. 


Notas Finais


Confiram também: https://www.spiritfanfiction.com/historia/amada-pelo-guardiao--jeon-jungkook-20042621

Nos vemos no próximo: #AMaisAmada

Beijos.😘😘
Amo vocês!💜❤💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...