1. Spirit Fanfics >
  2. Happier >
  3. Ele quis fazer dupla comigo

História Happier - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor



Capítulo 2 - Ele quis fazer dupla comigo



                        ☆☆☆

  Entrei em casa, jogando minha mochila na sala e indo direto  para a cozinha.
    Cozinhei miojo para mim e peguei uma latinha de refrigerante, rumando até  a sala novamente e me sentando no sofá.  Liguei na Netflix, tratando de continuar algumas séries nunca terminadas graças  a minha preguiça . Mas acabei pegando no sono, como sempre.
    Não  sei ao certo quanto tempo dormi,mas só  acordei duas da tarde e teria dormido mais se não  fosse a vibração  chata de mensagens   vindas do meu celular.

    
              ◇   Os foda ◇

    Rosinha

- vamo sair?

   
   Hobi Sunshine

- vamo!
   
- tô no tédio

                                                          Me 


Não  tô afim -


     Olhei a tela de meu celular, vendo uma hora aparecer que meu melhor amigo digitava , e na outra minha amiga . Lá  vem.

 

  Hobi Sunshine

- qual é ,_______?

- só  pensa  em ficar trancada em casa ;-;

   
    Rosinha

- verdade

- como pretende  socializar  assim? Arrumar um boy ?

   
    Me 


E quem disse que eu quero 'socializar''?  -


Muito menos um homem. -


Muito chatos !  -


    Rosinha


- não  quero saber.


  - se arruma , já  vamos aí  na sua casa.


      Hobi  Sunshine


- sim!


      


    O único  problema  nos meus amigos era que sempre queriam acabar com minha vergonha tentando  me enfiar no meio dos outros e até  bancarem os cupidos. Besteira . Já  faz dezessete  anos  que sou solteira e estou muito bem com minha vida .
   Preferi não  arriscar levar uns cascudos,  então  tirei a bagunça  da sala e subi para meu quarto. Olhei para minha cama , e ela parecia me chamar .


   - hoje não  dá,  caminha - falei sozinha e rumei até  meu guarda roupa . Escolhi uma calça  jeans  preta , camiseta dos Beatles e um conjunto de calcinha e  sutiã na cor cinza. Entrei no banheiro  e me despi, indo para o box.


   Vestida e de cabelo arrumado - em um rabo - peguei meu smartphone . Eles já  estavam na minha rua . Desci o lance de escadas de dois em dois degraus , saindo de meu ponto seguro  e trancando a porta . O carro vermelho de meu amigo estacionou em frente a minha casa. Sempre perguntei  aos meus pais porque  não  podia dirigir, e a resposta era sempre a mesma,   " você  é  desastrada "    .Nem sou tanto assim, só  as vezes .


   - posso saber aonde vocês  vão  me levar? - indaguei depois de entrar  no veículo , colocando o cinto.


   - primeiro  ao shopping pro Hoseok  comprar  outro moletom pra mim, já  que ele fez o favor de perder o meu - a ruiva acusou, fazendo o outro bufar .


   - não  tive culpa , para de jogar na minha cara - ri e olhei a janela. Esses dois pareciam mais cão  e gato, mais no fundo se amam .


   Hobi deixou o carro no estacionamento e então  saímos.  Só  pelo grande número  de automóveis  já  dava para perceber que o shopping  estaria  lotado . Passamos pela porta automática e eu suspirei,  devo ter algum problema com pessoas . Nem entrei e já  sinto minha mão  suar .
  
   - já  sei até  em que loja podemos ir - Rosé  me puxou com seu braço  direito, e fez o mesmo com o Jung, com seu outro braço  . Credo!! Quanta gente.


   - e esse? - já  devia ser a décima  roupa que meu melhor amigo  experimentava e todas eu disse  estar   ótimas .


   - lindo - disse o vendo revirar  os  olhos.


   - você  sempre diz isso ,______ .


    - todas ficaram ótimas, na minha opinião  - dei de ombros . A ruiva ao meu lado se encontrava  impaciente  , queria provar também.


   - Deixa eu provar agora,  Jung Hoseok? - se levantou do sofazinho  colocando as mãos  na cintura.


   - tá , vou ficar com a primeira  e essa - se virou e entrou no provador.  Rosé  entrou em outro, com algumas peças  de roupa em suas mãos.  Endireitei minha  postura ao ficar sozinha , pronta para ter que opnar mais um pouco .



     Senti meus olhos pesarem de sono , então  encostei minha cabeça  no vidro do carro.  Passamos mais tempo do que esperava nas lojas, acabou que os dois levaram várias  sacolas , enquanto  a mim, só  duas .
   Paramos em frente a minha casa e eu desci , dando tchau  para meus amigos e rumando para a entrada de minha humilde residência.  Estava tudo  apagado , sinal  de que ninguém  estava.
  


   
    Pela primeira  vez na vida não  consegui pregar os olhos. Me virei de um lado para outro e nada de sono.
   Não  tinha motivos , a não  ser a escola e os trabalhos  em grupo  ou dupla que sempre ocorrem , também  tinha as provas . Ah !
    Depois de navegar na internet,  vendo   vídeos  aleatórios, senti meus olhos pesarem , enfim , então  adormeci em cima de meu notebook.



                          ☆☆☆


   Bocejei enquanto  adentrava a escola , não  tinha dormido o necessário  e isso irá  me custar muito para ficar acordada e ouvir todas as explicações dos professores.
   Ajeitei a alça  de minha mochila nas costas , indo em direção  ao meu armário.  Hobi  oppa não  havia me esperado hoje porque iria chegar na segunda aula e Rosé  só  aparecia no último  momento,  faltando um segundo para fechar o portão.
   Peguei os livros necessários  para as aulas de hoje , indo para a sala . A maioria da minha turma já havia chegado , e de costume,  faziam baderna. Não  que estou reclamando,  longe disso, para falar a verdade até  os admiro. Todos falam com todos e eu aqui, só  sei falar se me dirigir a palavra ou para ser grosseira , em modo de defesa, quando me tratam mau ou fazem piadas sem graça.


    Me joguei sobre a carteira , deitando minha cabeça  na mesma. Fechei meus olhos e por pouco não  acabei dormindo, graças  ao professor.  Olhei  a carteira  de minha melhor amiga e a porta, suspirando ao ver a hora . Ela não  viria.


  - bom dia , turma - passei o olhar  para o homem a frente. Esse pegou um giz de sua caixa , se aproximando do quadro - como de costume, darei o primeiro trabalho do bimestre .


   Apertei meus dedos , sentindo minha mão  começar  a suar .


   - poderão  formar  duplas  ou grupos , contanto que todos  façam - suspirei aliviada. Com a palavra  'poderão' , ele quis dizer talvez , se quiséssemos. E , bem, não  quero e nem tenho com quem fazer.
   O barulho de mesas e cadeiras se arrastando, havia começado. Dei uma breve olhada pela sala,  todos  faziam grupos , menos Jimin. Seu olhar  se cruzou com o meu e o loiro sorriu , fiz o mesmo por educação.  O garoto se levantou , falou com o seu amigo e veio na minha direção,  com as mãos  no bolso de sua calça.


  - oi - sorria , ainda .


   - ãhn .... oi - queria desviar o olhar , para ver se minhas bochechas  esfriavam, mas não  consegui.


    - você  não  tem dupla , né?  - perguntou o óbvio,  nem respondi - ah, que idiotice a minha - nem me fale - vim pedir para se sentar  comigo - arregalei de leve meus  olhos . Em todos  esses anos,  dessa indústria  vital, essa é  a primeira  vez que isso me acontece.


   - quer fazer dupla ? Comigo? - apontei para mim mesma . Será  que estava faltando  espaço  nos outros grupos ?


   - sim , não  quer fazer?  - arqueou a sobrancelha, se aproximando  mais. Agora podia sentir as pontas de minhas orelhas  pegarem fogo.


   - é- é... c-claro - desviei meu olhar .


   - tá  bom,  vou pegar minha mesa - se distanciou , somente para pegar a carteira,  voltando  e grudando-a  na minha - a lista é  bem extensa, mais é  fácil -  juntei forças para o fitar , ele sorria para mim. Ele gosta de sorrir. Mas admito  que tem um sorriso  bonito.


   - se ajudar, sou boa em química - uma frase sem gaguejar , ótimo  progresso.


   - ajuda , e muito - olhei a folha de questões, complicadas , mas dava para fazer. Comecei a responder  , sentindo o olhar do Park em mim.


   - pode deixar, eu faço  alguns - pegou de mim . Endireitei minha postura , toda a sala havia ficado em silêncio. Não  queria que o som de minha respiração  o atrapalha-se , então tentei a controlar por estar ofegante. Parei para o observar, aproveitando sua distração. Jimin era bonito,não  podia negar , seus cabelos pintados eram brilhosos,combinando com sua pele branquinha ,seus olhos pequenininhos  , que ficavam menor quando sorria, o tempo  todo ,e sua boca...essa parte me prendia mais que o resto. - se continuar a me olhar vou ficar envegonhado - riu nasal.


   - desculpa - abaixei a cabeça. De alguma forma Jimin me deixava ainda mais tímida  que o normal, oque não  era nada bom . Meu nível  era de cem por cento, com o garoto, o dobro .


     Depois  que o trabalho  havia acabado, todo mundo voltou  para seu lugar . O professor permitiu que ficássemos  de boa , já que faltava dois minutos para o intervalo, boa parte da sala  conversava, o resto mexia no celular , oque eu fiz também.


      
    Me


Posso saber o motivo  da senhorita
ter faltado? -


  
   Rosinha


- foi mau, me atrasei mais que o normal
:')


Me


Tá  aprontando  Roseane? -


 


  Rosinha

- eu não  haha

  

   Me


Tô de olho ●_● -


 


  
      Guardei meu aparelho no bolso da saia , quando o sinal tocou. Me levantei da cadeira , abaixando para pegar uma nota de dinheiro  da minha mochila.

   - _______ , vai morar aí?  - olhei para a porta. Hoseok estava parado na mesma , com cara de impaciente.

   - pera aí  - fui até  o mesmo,  abraçando  sua cintura - pensei que ia faltar  também.

   - nem que eu quisesse, minha mãe  não  iria deixar  - suspirou,  o olhei  incrédula.

   - então  , se sua mãe  deixasse  , iria me largar  sozinha ? - fiz bico.

   - não,  só  se você  tivesse faltado também  - semicerrei os olhos em sua direção.

    Rumamos para o refeitório, Hobi foi procurar  uma mesa vazia para nós  dois e eu entrei na fila de lanches. Não  demorei a pedir , um sanduíche  e suco . Ergui um pouco meus pés  para procurar meu amigo,mas franzi o cenho ao ver ele na mesa do Jimin . Ele levantou o braço, me chamando. Me aproximei  em passos lentos, tendo o olhar dos garotos.

   - não  tinha mesa vaga, mais cabe nós  aqui  - nem precisei dizer nada , só  olhei meu amigo maluquinho e o vi engolir em seco.

   - não precisa ter medo de nós - o mais branco zombou , o olhei sem algum sorriso - foi uma brincadeira - ri sem ânimo  e me sentei  ao lado de Hoseok. Logo uma conversa começou  a fluir , meu amigo falava com eles como se os conhecesse  a anos . Por um breve momento  senti o olhar  de Jimin em mim,queria o encarar também,  mais agora eu estava irritada e, como sempre, com vergonha.
   Eu de verdade não  gosto de pessoas,zero  chances de me dar bem com elas.

 
  

  



  


  


 
   




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...