História Happy birthday, Mora! - Starmora - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Guardiões da Galáxia
Personagens Drax, o Destruidor (Arthur Douglas), Gamora, Groot, Personagens Originais, Peter Quill (Senhor das Estrelas), Rocket Raccoon
Tags Casamento, Gamora, Peter Quill, Quill, Starmora
Visualizações 58
Palavras 3.070
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Poesias, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa é a one mais longa que eu já fiz! Demorei 3 horas escrevendo! Sim, 3 horas! Espero que valha a pena. Essa one tá bem melosa mesmo, então se você não gosta de um romance ,vai se fuder! Não sei como você vive sem um romancesinho na vida.
B
O
A
~
L
E
I
T
U
R
A
~
❤♥❤

Capítulo 1 - Capítulo único.


Fanfic / Fanfiction Happy birthday, Mora! - Starmora - Capítulo 1 - Capítulo único.

 Depois que derrotaram Thanos, os Guardiões ficaram um tempo na Terra junto com os Vingadores. Porém, a galáxia precisava deles. Voltaram para o espaço, e,na noite passada, resolveram passar um tempinho em Xandar, para, segundo Peter, relembrar como se conheceram. O planeta havia mudado bastante depois de sua reconstrução, agora havia shoppings, cafés,parecia-se muito com a Terra, havia até praias! Praias pelas quais Gamora tem uma certa paixão. Desde que viu o mar pela primeira vez, se encantou com a imensidão azul, profunda e misteriosa que é o oceano.
~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
A Zen-Whoberi acordou mal-humorada naquela manhã, logo no dia de seu aniversário. Ela não esperava que nenhum de seus amigos lembrasse da festividade, afinal ela nunca foi de comemorar. Alisou a cama com as mãos e não sentiu seu namorado. Abriu os olhos e encontrou um bilhete em cima do que Peter chamava de criado-mudo.

 "Bom dia, Mora!
Eu e os garotos saímos para dar uma passeada. Mantis está no hotel. Não pense que esqueci do seu aniversário! Aliás, vá ao shopping e compre o vestido mais bonito que ver, eu pago. Infelizmente, vou demorar para chegar! Mas a noite nós comemoraremos do nosso jeitinho! OK?
Parabéns pelo seu aniversário,meu amor. Eu te amo
."

Gamora ficou triste por saber que Quill não iria passar o dia com ela, mas feliz por saber que ele lembrou do seu aniversário. Esse bilhete a fez abrir um sorriso e criar disposição para levantar da cama.
~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
A verdade é que Peter estava preparando uma surpresa especial para Gamora. Ele iria pedi-la em casamento.
-Finalmente tomou coragem!- disse Rocket, ao escutar a proposta de Quill.-Espero que tenha mais que 12% de um plano dessa vez!
Peter sabia o quanto ela amava as praias, e o quanto tinha passado a gostar de suas músicas. Resolveu juntar as duas idéias e fazer uma espécie de jogo.
~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
Gamora desceu até a sala de jantar-onde faziam as refeições diárias- e encontrou Mantis lavando a louça que, provavelmente,os homens haviam deixado suja.
-Bom dia, Mantis!
-Ah, bom dia Gamora.Feliz aniversário!
-Obrigada.
As duas conversaram enquanto a mulher verde comia. A Zen-Whoberi  convidou a garota inseto para acompanhá-la ao shopping, a segunda aceitou.
Passaram a manhã se divertindo, depois de chegarem ao shopping, foram ao cinema e até mesmo brincaram em um fliperama. Almoçaram e depois resolveram procurar um vestido para Gamora. Já haviam passado em várias lojas, mas nada. Nenhum vestido agradava a mulher mais perigosa da galáxia.

-Que tal este?- Disse Mantis, mostrando um vestido branco com alguns detalhes em renda. Ele era curto e tinha só uma manga.
-Não, não faz muito meu estilo.
-Tudo bem. Mas lembre-se, pra uma ocasião especial como esta, o vestido tem que ser perfeito!
-Ocasião especial?- Gamora juntou as sobrancelhas - Do que você está falando, Mantis?
-O que? N-nada. Quer dizer, pelo jeito que ele falou no bilhete, eu suponho que seja uma ocasião especial. Não?
-Hum.-Respondeu Gamora, desconfiada.

Os olhos da mulher verde captaram ele, o vestido perfeito. Como ela não havia o notado antes? Era um dos vestidos mais bonitos que já tinha visto. Ele era vinho, estilo "cigana", a saia ,na frente, ia até o meio das coxas e se alongava um porco mais na parte de trás, indo até os joelhos (capa). Era esse, ela já havia feito sua escolha. Pegaram também uma bolsa de mão preta e um salto, também vinho.Pagaram e resolveram ir embora.

-Gamora, me espera aqui um segundo? Vou ao banheiro.
-Tudo bem.

Assim que entrou no banheiro,Mantis pegou seu celular - cada um havia comprado um telefone,quando estavam na Terra- e rapidamente discou o número de Peter. Ele demorou a atender.

-Peter! Finalmente!
-Oi, Mantis. Aconteceu alguma coisa?
-Não, não aconteceu nada. Só liguei pra perguntar se já terminaram por aí.
-Por aqui,já. Mas ainda preciso passar no hotel para pegar minha roupa.
-Então vá rápido! Gamora já escolheu o vestido. Já íamos voltar ao hotel.
-Ah, porra! Tudo bem, vou rápido. Pode enrolar ela mais um pouquinho? Tem certeza que ela não está desconfiando de nada?
-Não, pelo menos eu acho que ela não sabe de nada. Vou enrolar ela mais uns dez minutos.

-Obrigado,Mantis. Te devo mais essa.


A ligação terminou e Mantis saiu do banheiro,pensando no que ia dizer para ficarem lá mais um pouco.

-Aleluia! Já ia entrar aí pra te tirar. Achei que tinha desmaiado ou coisa assim! Vamos voltar pro hotel?
-Ah, na verdade eu lembrei de um brinde que eu vi lá no fliperama. Um chaveirinho em formato de joaninha. Você viu? Acho que vou lá tentar ganhá-lo.
-Tá falando sério, Mantis? Eu tô cansada, vamos voltar ao hotel. Os garotos já devem ter voltado pra casa e eu nem sequer liguei pro Peter hoje.
-Ah Gamora, vamos! Por favor! Eu não ganhei nenhum brinde!- Mantis disse, lembrando que Gamora tinha ganhado um ursinho de pelúcia.
-Tá, tudo bem!

Elas voltaram ao fliperama. Para ganhar o chaveiro, Mantis tinha que acertar cinco bolinhas em um mesmo buraco minúsculo. Ela pediu para Gamora fazê-lo, já que a Zen-Whoberi tinha muito mais habilidade com mira do que ela. Logo, Mantis tinha o chaveiro em suas mãos.

-Pronto! Vamos pro hotel agora?
-Añ, eu queria tomar um sorvete antes.-Disse a garota inseto, lembrando que ainda não haviam se passado dez minutos.
-Tá falando sério?
-Ah vamos! Faz tempo que eu não tomo um sorvete! Desde que voltamos da Terra!
-Ok, mas depois do sorvete voltamos ao hotel.
-Combinado.

Elas foram até uma sorveteria e cada uma comprou uma casquinha de sorvete, depois de dirigiram até o hotel.

-Peter? Já chegou?-Disse Gamora assim que entrou no quarto,estava escuro,era noite, ela não estava vendo nada. Depois que chegaram no seu destino,cada uma seguiu para seus aposentos. Gamora percebeu que o namorado não estava no quarto e acendeu a luz, vendo a cama de casal cheia de pétalas de rosas vermelhas- a sua flor favorita- em cima dela, junto com um bilhete,feito em um papel vermelho, em forma de coração.

"Oi Gamorinha!
Espero que tenha achado seu vestido ideal! Essa realmente é uma ocasião muito especial! É o seguinte, se arrume, fique mais bonita do que você já é (se é que isso é possível), e vá para a recepção do hotel. Você vai participar de um jogo, meu amor, e sei que é muito boa nisso. Sua primeira pista está lá embaixo.
Boa sorte, apesar que eu sei que você vai ganhar.
P.S: Nunca esqueça que eu amo você!
P.P.S: Vou te dizer isso a todo momento agora, espero que não se importe.
"

Ela não se importava de jeito nenhum!
~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
Peter já havia falado com Nova Prime, para poder deixar tudo arrumado. Afinal, ele não iria usar só os arredores do hotel, Quill queria fazer uma coisa grande, magnífica. Em cada ponto do seu plano, havia um soldado Nova para vigiar e garantir que ninguém iria mexer na sua surpresa. Ele queria que tudo saísse perfeito. Os Xendarianos, quando passavam, olhavam admirados, alguns até invejavam.
~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
Gamora estava terminando de se arrumar, tomou um banho relaxante, vestiu o vestido, fez uma maquiagem  leve, calçou os saltos e fez uma trança lateral nos cabelos com as pontas rosas. Mas faltava alguma coisa, e ela tinha acabado de descobrir o que era. Um colar dourado em forma de estrela que Peter havia lhe dado, um dia depois dela ter "voltado a vida". Ela amou o presente, não o usava a todo momento pois tinha medo de estragá-lo, o colar era usado em ocasiões especiais.

Já pronta, pegou a bolsa e desceu as escadas rapidamente, estava com muita pressa para ter paciência de esperar o elevador. Chegando a recepção,  ela notou que um dos enormes sofás da recepção estava sendo vigiado por um soldado Nova. Como ela não havia notado isso antes? Deveria estar tão apressada para ver o namorado, que nem reparou no local. Em cima dele,havia pétalas de rosas vermelhas, assim como seu quarto, só que dessa vez, havia também algumas velas, além do bilhete, é claro.

" '...Leve-me de volta para a noite em que nos conhecemos
(Take me back to the night we met)

Eu não sei o que devo fazer
(I don't know what I'm supposed to do)

Assombrado pelo fantasma de você
(Haunted by the ghost of you)...'
 The night we met - Lord Huron
Essa é a sua primeira pista,Mora. Lembra dessa canção? Foi a canção que estávamos escutando durante nosso primeiro beijo, depois do começo do nosso 'lance implícito'. Siga as pistas e chegará no seu tesouro.
"

Ah, ela lembrava muito bem da primeira vez que escutou aquela música, como poderia esquecer? Mas em que 'The Night We Met (a noite que nos conhecemos)' poderia ser uma pista? Ela pensou no momento que escutaram aquela música pela primeira vez ,e, no beijo.

~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~

Flashback on

Gamora entrou no quarto que dividia com Peter e o encontrou dançando uma música com seu novo Zune. Ela ainda não entendia como ele amava tanto aquelas músicas. Gamora chegou por trás dele e apertou sua cintura, o fazendo levar um susto.
-Aí Gamora! Quer me matar do coração?
-Desculpe! Não pude evitar! O que está ouvindo?
-The night we met. Do Lord Huron. Quer escutar?- ela hesitou um pouco
-Por que não?- respondeu, por fim, o fazendo sorrir.

Ele a deu um dos fones e ela sentiu a melodia invadir seu ouvido. Estava gostando. Peter a puxou pela cintura, colando seus corpos, a conduzindo para uma dança.

-O que está fazendo, Peter?
-Dançando, oras!- Ela fez cara feia. -Ah, Gamora ,vamos! Dançar não vai machucar ninguém!

Ela acabou cedendo. Os corpos mexiam de acordo com a melodia. Ele a girou e depois grudou seus corpos novamente. Peter tinha as mãos na cintura de Gamora, enquanto ela rodeava seu pescoço com os braços. Seus rostos foram se aproximando até suas bocas se roçarem, e, finalmente,os lábios se conectaram.

Flashback off

~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
Nada lhe veio a cabeça, a não ser a ótima sensação dessa memória. Então ela pensou na letra.

Leve-me de volta a noite que nos conhecemos
A noite que...
Nos conhecemos!
Era isso! O lugar onde eles se conheceram! Ela apertou o passo. Apesar do planeta ser totalmente novo, ela lembrava exatamente onde o viu pela primeira vez. No lugar, hoje, funcionava um café. E logo a entrada estava decorada com pétalas e velas, dando destaque a mais um bilhete na parede.

"' ...Ele me segura agora
(It's got a hold on me now)

Eu não posso deixar você ir, baby
(I can't let go of you, baby)

Eu não consigo parar de te amar agora
(I can't stop lovin' you now)

Porque eu enganei ao redor, enganei ao redor, enganei ao redor
('Cause I fooled around, fooled around, fooled around )...'
Fooled around and fell in love- Elvin Bishop
A primeira música que escutamos juntos, lembra? Estávamos em Luganenhum e isso foi logo antes de você me ameaçar e dizer que eu estava a enganando com minha 'feitiçaria pélvica'.
Sua próxima dica é essa, a primeira música que nós escutamos e o que aconteceu logo depois. Não, não estou em Luganenhum antes que pergunte!
Até já!"


Onde ele poderia estar? Ela releu o bilhete e lembrou de um acontecimento, um pouco antes de conhecerem Ego.
~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
Flashback on
Os guardiões estavam de volta a Xendar, Gamora e Peter haviam saído para comprar mantimentos, ela entrou em um tipo de supermercado da Terra,  e ele ficou esperando-a do lado de fora.
Quando Gamora saiu, carregada de compras,não avistou Peter em lugar algum. Passou os olhos pelo local e o viu em uma ponte, dando em cima de uma Xendariana que ,provavelmente, estava passando pelo local. Ela foi até os dois. Assim que ela chegou, Quill a viu.

-Añ, então,nos falamos depois, ok docinho? - A menina deu uma risadinha e se retirou do local.
-Pelo visto, usa sua feitiçaria pélvica com todas.-Gamora disse, o entregando algumas sacolas
-Ciumes, Gamora?
-Eu? Com ciumes de você? Faça-me o favor.

Flashback off

~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
 A ponte! Ela sabia que a ponte havia sido reconstruida no mesmo lugar. E foi pra lá que Gamora foi. Estava com pressa,mas não foi correndo pois os saltos machucavam, então apenas apertou o passo.
Mais uma vez,ela estava certa. O meio da ponte estava totalmente decorado com flores e velas, com um soldado Nova do lado. As pessoas a olhavam admiradas pelo tamanho da surpresa que estava recebendo. Gamora pegou o bilhete, que, dessa vez, estava pendurado na ponte.

" ' ...Eu sei que eu ri quando você saiu
(I know I laughed when you left)

Mas agora eu sei que só me machuquei
(But now I know I only hurt myself )

Oh, oh, traga para mim
(Oh, oh, bring it to me )

Traga seu amor doce
(Bring your sweet loving )

Trazê-lo para casa para mim
(Bring it on home to me)...'

Bring it on home to me -Sam Cooke

Está se saindo bem meu amor!

Nossa primeira dança. O momento em que percebi que realmente estava apaixonado por você. Pense nisso, e descubra onde está sua próxima pista."
 
Essa, ela já sacou de cara!
~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
Flashback on
Mais uma vez, eles brigaram. Peter e Gamora brigavam a quase todo momento, mais a  brigas duravam muito pouco. Sempre um pedia desculpas e tudo voltava ao normal. Dessa vez, Gamora não resistiu ficar longe do seu amado. Engoliu seu orgulho e foi até a sala, onde ele estava, como sempre,escutando música.
-Peter?
-Oi?-Ele realmente estava com raiva.
-Me desculpe! De verdade! Eu errei.-Ele se levantou
-Eu também errei! Sinto muito.-Ele a abraçou e deixou um selinho nos seus lábios.-Dança comigo? Uma dança de reconciliação.- Ela apenas assentiu.
Ele tirou um lado do fone, deu para ela. Deu play na música.
-A música da nossa primeira dança!
-Você lembra?
-Claro que sim.-Ele a gira. Estavam aproveitando muito o momento,  e teriam aproveitado mais se o Groot não tivesse atrapalhado, ele estava maior agora, do tamanho de uma criança de 6 anos.
-Eu sou Groot!
-Drax! Dá pra parar de implicar com o Groot?-Disse Gamora, irritada. Ela cuidava de Groot como se fosse seu filho. E ai de quem resolvesse brigar com a árvorezinha.
-Eu sou Groot!
-Groot, não podemos ir ao parquinho agora! Estamos no meio do espaço!-  o terráqueo disse ao pequeno.
Flashback off
~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~//~
Ela se lembra que, depois daquilo, começaram, juntos, a imaginar como seria levar seus próprios filhos ao parque.
Ela seguiu caminhando para o lugar onde as crianças de Xandar brincavam. E encontrou outro bilhete, dessa vez em um escorregador.
" '... Você pode me ouvir gritando "por favor, não me deixe"
(Can you hear me screaming, "please don't leave me")

Espere, eu ainda te quero
(Hold on, I still want you )

Volte, eu ainda preciso de você
(Come back, I still need you )

Deixe-me pegar sua mão, eu vou fazer o certo
(Let me take your hand, I'll make it right )

Juro te amar toda a minha vida
(I swear to love you all my life )

Espere, eu ainda preciso de você
(Hold on, I still need you)...'
Hold on- Chord Overstreet
Essa música não é necessariamente uma pista, ela explica o que eu senti quando descobri que seu pai tinha te matado. Eu só lembro de sentir um vazio enorme no meu peito. Só de pensar em não te ter mais comigo, me dá vontade de chorar, literalmente. Não consigo imaginar minha vida sem você.

 Mas enfim, sua dica é: O seu lugar preferido,nesse momento, em todo o universo.
Essa foi sua última dica! Você já está chegando ao tesouro.
Até já!"

 
Ela estava com lágrimas nos olhos depois desse bilhete. Essa estava muito fácil, desde que saíram da Terra, ela nutriu uma certa paixão pelas praias, e sabia que existia uma em Xandar. E foi para lá que ela foi, correndo dessa vez, não aguentava mais de ansiedade.

Quando chegou lá ,encontrou uma cama, estilo princesa , no meio da areia, com velas em volta(capa). Deitado nela, estava seu grande amor, o Senhor das Estrelas. Ela tirou os saltos e segurou - os nas mãos. Saiu correndo ao encontro de seu amado. Ao chegar na cama, pulou em cima dele e o beijou,com todo o amor que sentia, ele retribuiu da mesma forma.

-Obrigada!Obrigada!Obrigada! Isso foi incrível! Eu te amo!
-Eu também te amo, Mora.
Eles se beijaram novamente.
-Vamos dançar?-Ele disse , puxando um rádio da areia. Ela apenas assentiu, estava emocionada demais para responder em palavras.
Ele deu play na música, "All I Want- Kodaline". Ambos amavam aquela música. Balançavam os corpos no ritmo. A luz da lua crescente iluminava o mar, deixando tudo mais romântico. No meio da dança, Quill a girou para longe, mas não a pegou de volta, esse era o sinal. Rocket, que observava tudo de longe junto com Drax e Groot,  acendeu com fogo as letras que estavam escondidas na penumbra. Quill se ajoelhou e tirou uma caixinha do bolso. Gamora , que naquele momento só via a luz do fogo, pode ler o que estava escrito.
"CASA COMIGO??"
-Mora, você chegou na minha vida como um furacão, e mudou tudo. Não começamos muito bem, vamos confessar,mas nesse momento eu não consigo imaginar como seria minha vida se você não estivesse nela. Casa comigo?
-Caso! É óbvio!- Ela respondeu com os olhos lacrimejando.
Ele se levantou e a beijou apaixonadamente, como se sua vida dependesse disso. Pediu passagem com a língua e ela cedeu, as bocas dançavam numa melodia desconhecida até agora, mas que ambos estavam adorando. Depois que se separaram, ele abriu a caixa e colocou um anel prateado no dedo dela. Gamora finalizou com alguns selinhos demorados.
-Feliz aniversário,Mora! Eu te amo!
-Eu também te amo, meu Senhor das Estrelas.
Se dirigiram de volta para a cama e Peter fez um sinal para Groot trazer o vinho. A árvore,  quase adulta, trouxe o pedido e duas taças de vidro, se retirando logo em seguida. Peter abriu a garrafa e começou a encher as taças.
-Espero que tenha gostado.Não sei ser muito romântico então liguei pro Tony, pedi ajuda,ele me deu essa idéia.-Quill confessou, enquanto enchia as taças.
-Está tudo perfeito, meu amor.- Ele a deu uma taça de vidro.
-A você, minha noiva.
- A nós, meu noivo.
Eles brindaram, bebendo o líquido em seguida. Passaram a noite e a madrigada curtindo o dia que era só deles, ou melhor, dela. Mas ele também saiu presenteado.





 




 



Notas Finais


Me perdoem qualquer erro! Como é muito grande , não revisei!
Mas enfim.
Até a próxima one ou até o próximo capítulo da minha long-fic.
♥❤♥
Outras histórias minhas:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-way-forward-13870212

https://www.spiritfanfiction.com/historia/like-im-going-to-lose-you-13575097

https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-three-little-words-13594527


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...