1. Spirit Fanfics >
  2. Happy Forever?... I don't think so >
  3. Cap I - Acordos e Contratos

História Happy Forever?... I don't think so - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hi Naruteiroooos, bom já tô avisando,essa é minha primeira fanfic,e espero que gostem. E se tiver algum erro de digitação,Sorry.

Então...

良好的閱讀/ Boa leitura ;)

Capítulo 1 - Cap I - Acordos e Contratos


Quarta-feira.          17:45 PM

Sakura se encontrava no escritório de sua tia, Senju Tsunade,a rosada olhava e analisava cada movimento, ação e expressão enquanto ela lia a carta e o testamento,foi quando cerrou os olhos com força logo depois abriu esboçando toda a raiva que sentia.

- eu não acredito que seu pai TEVE CORAGEM DE COLOCAR ISSO NO TESTAMENTO!!! - disse a loira dando um soco na mesa com raiva enquanto olhava a rosada.

- Mais e então? O que eu faço? Eu não posso ignorar esse pedido,o testamento específica que a empresa só será entregue a mim, após meu "casamento", é empresa da nossa família,eu não posso cruzar os braços e ignorar - falei baixando a cabeça e sentia meus olhos cheios d'água.

- deve ter outro jeito,Sakura - disse ela levantando da cadeira e colocando a mão na cintura e a mão direito no queixo,seu semblante era pensativo

- eu já tentei,mais o meu pai foi mais esperto - suspiro - ele entregou os documentos e a escritura da casa para o banco,e só Jiraya sabe a senha - disse colocando a mão sobre o rosto.

- eu vou já falar com aquele velho, tarado e... - a rosada interrompe

- Não é culpa dele tia,meu pai fez ele prometer,e como o Naruto fala,ele não é do tipo que volta atrás com a palavra.

- e então, o que você vai fazer? Sabe que seu aniversário é daqui 1 mês - seu tom mudou para algo preocupado após ver o semblante da sua única família.

Tsunade sabia que Sakura se sacrificaria pelo o que seus pais dedicaram suas vidas inteiras,e isso que preocupava a loira,a palavra "sacrifício" era sagrada para os Haruno,e isso significa ter mudanças extremas em seus planos.

- Tia...- Tsunade volta a encarar as íris esverdeadas - eu vou,me casar.

...

Enquanto isso no distrito uchiha

- eu esperava mais de você Itachi, meu sonho era que um dia você assumesse os negócios da família - disse o uchiha mais velho sentado na poltrona de sua sala, enquanto tinha uma "reunião" com seus filhos, Itachi e Sasuke uchiha,herdeiros da empresa Amaterasu.

- meu sonho é que você entenda,que eu escolhi outra profissão.

Disse o filho mais velho que sabia que o mais novo queria assumir a presidência da Amaterasu,para deixar seu pai orgulhoso,mais nada que o mais novo fazia,imprecionava Fugaku Uchiha.

- Muito bem,pois a partir de hoje, você será deserdado - disse ele preferindo partir pra chantagem.

- então... - disse o filho mais velho - que assim seja

Itachi levanta e vai até a porta de saída.

- ITACHI UCHIHA,SE SAIR POR ESSA PORTA,EU VOU... - o mais novo interrompeu

- eu assumo a empresa no lugar do Itachi,pai - disse o moreno com tom de voz calma e fria,seu olhar demonstrava determinação,o que não passou despercebido por Fugaku

Após as palavras do mais novo,Itachi vira em direção de Fugaku e Sasuke

- você tem certeza que está pronto para assumir tal responsabilidade? - perguntou o mais velho com a voz autoritária de sempre,querendo intimidar o filho mais novo,mais Sasuke apenas deu de ombros.

- eu já nasci pronto - disse ele no mesmo tom de voz.

- hum...- suspiro - vou falar com os acionistas,e te dou a resposta de manhã cedo.

Levantou indo em direção a porta, quando parou do lado de Itachi.

- Não vou te deserdarei para não manchar o nome da família Uchiha.

Disse Fugaku saindo em seguida

- Como quiser,"pai" - disse ele de forma irônica

Após Fugaku sair da sala,Itachi foi em direção ao caçula,que tinha um sorrisinho de canto,o que não passa despercebido por quem conhece o seu ego.

- e então, tá feliz? - disse Itachi sentando do lado direito do mais novo.

- Sim,mais não quero perder a postura de profissionalismo - disse ele ficando sério de novo.

- "postura de profissionalismo??" - disse ele abraçando o pescoço do caçula com o braço direito e bagunçando os cabelos negros do menor.

- não é todo dia que vira o dono da Amaterasu.

- PARA PORRA!! - disse Sasuke e o mesmo solta - primeiro,eu ainda não sou dono de nada,e segundo,se fizer isso de novo eu te mato.

- irmãozinho tolo,como consegui ser tão maduro pra um cara de 25 anos?

- E como você consegue ser tão imaturo com 30 anos??

Na mesma hora o celular do moreno começa a tocar.

- Fala logo,Dobe - disse colocando o celular no ouvido.

- eae Teme, tá muito ocupado?- disse o cara do outro lado da linha.

- Eu tava conversando com o Itachi, mais isso não é tão importante - falou vendo o mais velho bufar e revirar os olhos.

- eu tô naquele restaurante,perto da sua futura empresa - disse ele.

- hum...eu e o Itachi estamos indo - disse ele desligando

O mais velho olha para o mais velho, e pergunta com os olhos.

- seria um prazer, acompanhá-lo senhor presidente - disse o mais velho de maneira irônica.

- cala a boca,baka,vamos logo antes que aquele esfomeado coma tudo - disse enquanto os dois levantavam do sofá.

...

No restaurante

- e ele não parou de gritar até que encontrassem o Akamaru - caímos na risada,(menos o uchiha mais novo que mantinha postura) imaginando a cena do Kiba Inuzuka bêbado gritando de madrugada.

- eae, Naruto,como anda seu tio Jiraya?? - perguntou Itachi bebendo outro copo de saquê.

- está bem, só está um pouco estressado por causa do trabalho, pareci que ele recebeu uma notícia assustadora de seu ex-patrão Kizashi

- Soube que ele faleceu uns meses atrás - disse Sasuke dando um gole no seu copo de água, já que o mesmo ia dirigir.

- é verdade,fiquei com pena da filha dele, não deve se fácil perder os pais de uma hora pra outra - disse Naruto com o olha triste.

- vocêaconhece? - perguntou Itachi meio enrolado.

- sim,estudamos o fundamental e médio juntos,agora estamos fazendo faculdade,ela é amiga da Ino, namorada do Sai - disse o loiro terminando sua décima segunda tigela de rámen.

- aquela loira gata que foi lá em casa? - disse Itachi.

- aquela loira,era a Shion, secretária da mamãe idiota,quantos copos de saquê você bebeu? - disse Sasuke vendo a condição do mais velho.

- poucos,uns 10 ou 15 - disse o mais velho.

- é, você tá completamente bêbado,a gente se fala depois Dobe,vou levar esse viado pra casa - disse o moreno se levantando e puxando o irmão.

- Eiii, eunãosou...viado - disse se soltando do irmão - Eu gosto é de mulher.

- tanto faz,vamos logo pra casa antes que dona Mikoto chame a polícia, já passamos o dia todo fora- disse olhando para seu celular.

- já são onze horas - falou o fazendo o loiro se engasgar.

- ONZE HORAS?? - disse Naruto assustado - merda,a minha mãe vai me matar,me ajuda Kami - disse pegando suas coisas e sai correndo.

- Pareci que é só eu e você, irmãozinho - disse o mais velho bem perto do caçula que conseguia sentir o cheiro de álcool puro.

- Tsc...vamos logo - disse o caçula

Quando Sasuke,olha para outra mesa,onde se encontrava uma loira que fazia birra pra não ir embora, enquanto uma garota de cabelos róseos curtos a puxava. Uma situação parecida com a de agora pouco.

- O que você tá olhando ?? - disse Itachi olhando em direção a mesa que estava um pouco longe - aaahh, se apaixonou maninho??

- cala a boca, você só fala bobagens.

...

Após muita "guerra", finalmente Sasuke consegui levar seu irmão para o carro,e vê que ele não vomitou. Logo ele vê que a rosada de antes,levando a mulher aparentemente mais velha,pro carro.

- entra logo tia,eu preciso acorda cedo amanhã - disse a rosada abrindo a porta do passageiro.

- eU nÃo LiGo,VaMoS bEbER mAiS!!! - disse ela berrando enquanto entrava no carro com dificuldade - aPrOvEiTe eNqUaNto VoCê Tá SoLtEiRa, PoRqUe dEpOiS,nÃo VaI cOnSeGuIr Se DiVeRtIr,sObRiNhA - disse a loira

- vou ligar pra Shizune,e avisar que você não vai trabalhar amanhã.

- ApRoVeItA e DiZ pRa eLa fIcAr cOm A tOn tOn...- disse ela apagando logo em seguida.

- aí tia, você não tem jeito mesmo - sussurrou mais pra si do que pra tia que estava desacordada.

Foi quando,Sakura percebeu que a tia estava certa, não sabia como era seu futuro marido,se era ciumento e não a deixaria a,mais veria isso depois,agora precisava cuidar de sua tia que não estava muito bem.

Logo que a Haruno dá partida,um carro passa na sua frente. Mais da de ombros e sai do estacionamento.

...

Dia seguinte

Sakura já estava em direção a saída de seu apartamento para a faculdade, quando seu telefone começa a tocar.

- alô? - disse a rosada ligando o carro

- Bom dia,Sakura-Chan - disse uma voz delicada extremamente familiar

- Hinata!! Já faz tempo que não nos falamos - falei assim que reconheci a voz da mestiça.

- verdade,estou voltando para Osaka hoje - disse ela enquanto saia da garagem.

- que bom,estou muito feliz Hina,me liga assim que chegar,quem vai te buscar no aeroporto??

- O Neji,vai me buscar,preciso desligar,meu pai tá me ligando,tchau

- tá bom,tchau e boa viagem.

Finalizaram a chamada,e logo uma pessoa começou a aparecer nas lembranças de Sakura,Neji Hyuuga o garoto que gostava desde quando se conhecia por gente,ela sempre o amou e admirou,mesmo que fosse um amor platônico. Nunca negou de ficar perto dele,sua presença a acalmava,ele era seu refúgio. Doía só em pensar que irá ter que guardar o que sente por ele a anos, mais dessa vez... será para sempre.

Logo Sakura vê que recebi uma mensagem de seu advogado.

" Bom dia senhorita,pelo o que analisei no testamento,a senhora tem 2 meses para cumprir a cláusula caso contrário,perderá tanto a empresa quanto,a herança e bens..."

A rosada abre a boca,mais não fala nada,pois senti um impacto muito forte,a fazendo desmaiar por 5 segundos, e demora mais 10 para recuperar os sentidos. Foi quando percebeu que havia batido em um carro,seu pescoço estava com uma for insuportável,tenta movimenta-lô mais logo se arrepende,senti algo pingar de sua testa, vê um pequeno corte acima de sua sombrancelha esquerda,mais nada grave.

Foi aí que ela reparou que o motorista do carro da frente não tinha saído.

"E se...",pensou a Haruno que logo sai do carro sem se importar com a dor em seu pescoço,vai até o carro e abre a porta, vê que o motorista está de olhos abertos e está consciente, logo ele virá seu rosto para encarar a rosada.

- onde foi que você aprendeu a dirigir ?? - disse o mesmo saindo do carro - melhor,onde comprou a sua carteira de habilitação??

- me desculpe,eu me distrai - falou abaixando o olhar.

- não sei se você sabe,mais não se deve usar o celular quando estiver...- a rosada interrompe

- eu pago,o,concerto do seu carro - disse voltando a encara-lô transmitindo sinceridade.

- não precisa - disse ele abrindo a porta do carro e entrando logo em seguida - apenas,preste mais atenção,irritante.

Disse ele fechando a porta e indo embora logo em seguida.

"Cara grosso e metido" pensou a Haruno cerrando os punhos e voltando para o carro.

...

Na Amaterasu

O moreno estaciona o carro e vai até o elevador,para o décimo quinto andar,para a sala da presidência, conversar com o seu pai. Assim que tem permissão,entra sem rodeios.

- Bom,vamos direto para o que interessa - diz Fugafu pegando uma série de documentos, enquanto o Uchiha mais novo se senta na poltrona a frente de sua mesa - os acionistas acharam melhor, você assumir, já que tem responsabilidade e compromisso com a "GOT4",mais do que seu irmão - suspiro.

- então isso quer dizer que...- ele é interrompido por Fugafu

- que em breve, você será o presidente da Amaterasu - assim que o mais velho fala isso,o mais novo sorri de canto - porém....

"Porém?" Pensou o mais novo

- você, terá que cumprir uma cláusula - disse ele abrindo uma gaveta e tirando um envelope vermelho com o símbolo de um aro branco.

" A 22 anos,eu e um amigo meu,tínhamos o sonho de fundir nossas empresas,foi quando ele me falou que tinha uma filha de 1 ano. Então decidimos que algum dia,Itachi e a filha dele se casassem, mais eu não esperava que Itachi fosse renunciar a presidência,a 1 ano atrás,passei meses sem ter notícias de Kizashi"

Pensou o Uchiha

"Kizashi,o Naruto tava me falando dele ontem, então quer dizer que ele conheci a tal herdeira"

"Recebi uma visita dele,2 meses atrás,ele me entregou um envelope vermelho,e disse que só poderia se aberto quando chegasse a hora,ele estava assutado,como se estivesse fugindo,no dia seguinte que ele havia em entregado o envelope,eu soube que ele e a esposa estavam mortos".

- e o que,eu tenho haver,com isso? - perguntou o moreno arqueando uma sombrancelha.

- que você,deve se casar com a senhorita Haruno se quiser ser o presidente da Amaterasu.

Assim que Fugafu falou isso,o mais novo,levantou bruscamente da poltrona.

- eu não entendi...isso não estava no contrato - falou ele se exaltando.

O pai havia escolhido um noiva para o irmão do moreno,que acabou indo para o mais novo de brinde.

- estava sim... - suspiro - se quiser ser o presidente,desta da empresa, creio que terá que concordar com os prós e contras.

- tsc,...e esse envelope que você está segurando?? - perguntou o moreno.

- ele deve ser entregue para a filha de Kizashi,no dia da cerimônia.

O moreno foi pego de surpresa, não esperava que assumir a empresa, teria uma cláusula tão...absurda

Será que o seus pais,pensavam que eles iam se apaixonar da noite pro dia?? Então eles não conheciam seus próprios filhos.

...

Assim que Sakura chega, não deixa de notar,que várias pessoas a encaravam,talvez pelo fato do carro dela estar intacto ontem,e hoje estar amassado e arranhado, não muito diferente da rosada que tinha um corte em sua testa.

Logo vê suas melhores amigas e vai em, direção a elas.

- Oi Tema,oi porca- falou com um sorriso forçado.

As garotas arregalaram os olhos, após ver a condição da amiga.

- Testuda,o que aconteceu com você - perguntou a loira.

- Parece que um caminhão passou por cima de você - disse a sincera Temari, irmã mais velha do Gaara.

- meio que foi isso que aconteceu - falei fazendo as três arregalaram os olhos.

Depois de explicar a história

- Cara tonto,e pq ele precisava ser tão grosso??? - perguntou Temari.

- Aaahh,se eu encontrasse um infeliz desse na rua eu...- disse isso cerrando os punhos e com um olhar mortal.

- calma gente,eu tô bem, apesar dele não ter sido muito "amigável",eu tenho que admitir que a culpa foi minha - falei.

- hum... você precisa parar,de mexer no celular quando tiver dirigindo - disse Temari de braços cruzados.

- a Temari tem razão,mais voltando ao assunto - disse Ino - o cara não te flertou ou algo do tipo?? Né??

Incrível como a Ino consegui achar a oportunidade certa pra fazer uma pergunta errada.

- não,claro que não - falei fazendo careta.

- menos mal, já imaginou se esse cara é algum tipo de estuprador?? - falou Temari .

- ele não te deu nenhum apelido,como princesa,linda,flor ou algo do tipo não é??

A rosada começou a pensar,e logo veio uma palavra em sua mente.

- sim...ele me chamou de "irritante" - disse e as duas suspiraram aliviadas.

- pelo menos ele não fez nada, então eu vou logo pra aula,o professor Orochimaru vai dar aula de química - disse a Yamanaka se arrepiando, e sai em direção do corredor.

Só de pensar dele falando sobre sexo, hormônios e etc... Faz qualquer um ficar horrorizado.

- ouvi que o professor Orochimaru é Gay,e que ele pega o professor de educação física,Kabuto - disse Temari

- credo,soube que ele pegava a coordenadora Anko.

- Ele parece uma cobra,aquela língua dele é enorme.

- ok,Temari,eu preciso ir pra sala,a minha aula já vai começar.

Assim que elas se despedem,cada uma vai pro seu canto.

- Bom dia turma - disse um homem alto de cabelos grisalhos,e a maior parte do rosto coberto por uma máscara.

- bom dia - todos responderam em uníssono.

- eu sou Hatake Kakashi, seu novo professor de biologia molecular,e vou logo avisando, não pegarei leve com vcs, farei um teste toda semana para ver o desempenho de vocês, até lá,teremos uma convivência agradável,eu não atrapalho você,e vocês não me atrapalham . - disse ele

- Peguem o livro de Biologia,e abram na página 65.

...

Continua


Notas Finais


Oiiie de novo, não esqueçam de favoritar se vc gostaram da fic... Eu fiz ela de madrugada, então dá um crédito aeee pow

Deixo alguém casar com meu pai (Hatake Kakashi)

bjs e até o cap 2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...