1. Spirit Fanfics >
  2. Happy Pills - Imagine Suga >
  3. For You

História Happy Pills - Imagine Suga - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


↬ Oi, tudo bem ? Espero que sim^^ ↫

🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸

↬ música de hoje: https://youtu.be/R3PVXVTskVo (Amo essa música ♡♡♡)

🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸

↬ Tenha uma otima leitura 📚↫

🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸🌸

↬Toma seu sorvete (っ・∀・)っ🍦↫

Capítulo 16 - For You


↬✿↫

"As coisas têm vida própria. Tudo é questão de despertar a sua alma. 

Gabriel García Marques - "Cem Anos de Solidão."

↬✿↫

A mulher estava jogada ao chão sem suas roupas, os ferimentos e curativos estavam poucos solto, seus cabelos estavam bagunçados. Ele havia saído novamente, - provavelmente para beber - enquanto isso ela andava com dificuldades para o banheiro, ao chegar lá apenas fechou o box e ligou o chuveiro, se colocando debaixo do mesmo em seguida. Sentia cada parte dos ferimentos flamejarem de dor, cada um doía mais que o outro; ela segurava seus gritos para não sair, ficando apenas em silêncio, que as vezes era quebrado por alguns palavrões que saiam de sua boca.

Ao terminar o banho, se direcionou ao quarto que os dois dividiam. Se secou e colocou uma roupa confortável, vestindo apenas uma calça folgada e uma camisa de mangas que iam até seu pulso; após isso pegou a caixinha de primeiros socorros e colocou em sua cama os curativos e pomadas que ia usar, pegou uma pomada e passou em todas as suas manchas e feridas pelo corpo e rosto. Após isso, pegou umas faixas e uns band-aid e colocou em todas as partes que precisava de seu corpo.

Ela guardou as caixinha dentro do guarda-roupa ao terminar e então viu um porta retrato onde tinha ela, a filha e seu amado que havia partido; pegou o objeto e se sentou em sua cama, ela começou a encarar a foto e apenas começou a chorar em silêncio para si.

-Sinto tanta falta de vocês dois...-Falou baixo entre lágrimas -principalmente de você f-filha, - gagejou por conta dos soluços - eu fico feliz e-em saber que está bem....mas triste em saber que ele te encontrou. - ela olhava fixamente para a foto no porta retrato, então o abraçou o mais forte que pode - Eu prometo que não vou errar dessa vez, pro-prometo que dessa vez eu não vou deixar ele tocar em você.....eu prometo....irei pagar pelo meu erro naquele dia e irei te proteger como sempre era pra eu ter feito. - Continuou abraçando o objeto e ainda chorava constantemente, então acabou adormecendo em meio as lágrimas.

Ouviu alguém a chamando enquanto balançava seu corpo de uma forma rápida e agressiva. Acordou e viu ele a encarando sem nenhuma expressão em seu rosto.

-Estou com fome, prepare algo. - Apenas falou e saiu dali.

-O-Okay...-Se levantou, seus olhos ainda se costumavam com a claridade e andou até a cozinha ainda se despertando do sono.

Ela abriu os armários e pegou tudo o que precisava para fazer o café, sentiu uma dor insuportável em sua perna mas a mesma ignorou. Começou a fazer o café da manhã, Henry estava sentado em um sofá enquanto assistia TV e olhava o celular. Ela então terminou e arrumou a mesa para os dois, colocando cada coisa em seu devido lugar sem erro algum; se direcionou até a sala e o viu vendo uma reportagem no jornal.

-Já está pronto. - Disse ainda sonolenta.

-Até que enfim! Não demore na próxima vez. - Se levantou do sofá e passou por ela indo em direção a mesa e sentando numa cadeira, logo começou a comer.

Gyeo-wool - mãe de S/n - se sentou em frente ao mesmo, logo começando a comer. O silêncio era perturbador para ela, mas sem hesitar ela decide quebra-lo.

-Como ela está ? - Disse enquanto olhava para o prato.

-Ela quem? - Perguntou confuso e olhou para Gyeo-wool.

-S/n, minha filha. - Disse curta e com um tom frio, então olhou para ele fixando seu olhar, fazia um bom tempo que ela não olhava assim para ele.

-Nossa filha. - A corrigiu.

-Sua não, minha. Ela nunca vai ser filha de um monstro como você. - Lançou um olhar ameaçador para ele.

-....Ora ora Gyeo-wool, perdeu a noção. - Olhou para a mesma com o mesmo olhar ameaçador.

-Você que perdeu a noção, por que não deixa ela em paz? Você já tem a mim. - Disse fria e grossa. 

-Tentando proteger ela? - soltou uma risada. - Não me faça rir, por acaso está tentando corrigir o erro que fez ? 

-Se estou ou não, isso não é problema seu. - Continuou a enfrentar ele.

-Não me faça perder a paciência Kim Gyeo-wooli! - Disse já estressado.

-Não estou fazendo nada, você é que não aguenta ter alguém que pode ser superior a você! - disse soltando um sorriso orgulhoso. - Não mexa com minha filha novamente Henry Adams.

-JA CHEGA! - Ficou bravo e acabou se levantando e ficando por cima da mesa, ficando com o rosto bem perto ao dela.

-Que foi? Vai me bater como ontem? Tente, faça como você sempre faz. - O provocou.

Henry levantou a mão para acerta-la mas parou antes de atingir seu rosto, Gyeo-wool continuava a encara-lo sem ao  menos piscar uma vez, não parecia com medo do que poderia acontecer.

-Você e sua filha são duas vadias, a diferença é que ela é uma fraca, já você é orgulhosa e idiota. - Disse debochando.

-Prefiro ser uma idiota do que ser como você. - Aproximou ainda mais o rosto o encarando no fundo dos olhos dele.

-Eu vou sair. - Saiu da cozinha e foi em direção a porta saindo de casa.

Gyeo-wool apenas suspirou em alívio e estava processando tudo o que tinha feito, então logo se deu conta do que poderia ter acontecido por ela ter feito aquilo. Meu Deus, não acredito que fiz isso...eu com com certeza poderia estar com o corpo quebrado ou até mesmo morta.....mas é por você filha, prometo te proteger, vou fazer o que eu já devia ter feito. Pensou.




Continua...


Notas Finais


Oi, voltei cedo né kkkkk, espero que tenham gostado.

Desculpa o capítulo pequeno, criatividade não tá tão legal...Esse foi o máximo eu consegui.

Desculpa tbm os erros ortográficos.

💜 I Purple You 💜


"Cabeleireira Leila: cabelos, unhas, hidratação e unha. Cabeleireira Leila: venha fazer suas unhas, seus cabelos, e até mesmo hidratar suas madeixas de cabelo conosco. Tudo esterilizado para você não ficar mal”

Kkkkkkk desculpa, tchau.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...