1. Spirit Fanfics >
  2. Happy Valentine's Day... >
  3. Capítulo Único

História Happy Valentine's Day... - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii passando pra desejar um feliz Valentine's day pra vcs com esse casal que amamos

Capítulo 1 - Capítulo Único


"É Sam,parece que precisamos da Rowena "- diz o Winchester mais velho - "Tá esperando o quê para ligar pra ela,Sam?"-



"Espera aí, porque tem que ser eu? Qualquer um de nós pode fazer isso "



"Fica mais fácil se você ligar. Vocês dormem juntos e não me diga que não."- então deu uma piscada para o irmão e seguiu rumo a cozinha. 


  Sam então olhou pra Cass que era o único que sabia e o mesmo se defendeu - "Não fui eu. Vocês que são muito barulhentos." Diz Castiel se referindo à minha em que Rowena passara no bunker com Sam.



  O Winchester mais novo então foi para seu quarto e discou o número que já sabia de cor. Chamou uma, duas,três vezes,para por fim ele ouvir a voz que desejava.


"Olá Samuel "


"Rowena, Oi. Precisamos de sua ajuda. "


"Ah Claro Samuel eu estou bem ,obrigada por perguntar. E sim eu posso ajudar vocês. Me peguei as 20h. Seja pontual. "


Então a ruiva desliga o telefone com um sorriso triunfante  sem dar a chance a ele de responder. 


No bunker, Sam era puro nervosismo. Iria encontrá-la  e tinha certeza que ela estava mais bonita do que a última vez que a vira. Tê-la tão perto de novo depois das noites que tiveram era um exercício de controle. Vendo que tinha que sair para não se atrasar,apenas avisou ao irmão que tinha algo a resolver e que não voltaria no mesmo dia.

  Às 20h em ponto estava Sam em pé na porta do prédio da ruiva que saia do elevador incrivelmente bela em um vestido verde segirando sua mala exalando elegância.  Por um momento era como se percorresse eletricidade pelo corpo deles no exato instante em que seus olhares se cruzaram.


"Boa noite Samuel " - disse a ruiva ao gigante esperando apenas o cumprimento da parte do gigante, mas é surpreendida quando ele a tona pela cintura e a beijando como se a vida dos dois dependesse daquilo e ela deixa a mala cair e passa as pequenas mãos pelos cabelos do rapaz. 

"Eu estava com saudades ruiva"- diz enquanto a solta e põe a mala dela no carro. 


Logo já estavam no carro a caminho do bunker, achava Rowena, mas não entendeu quando Sam parou o carro na frente de um hotel 5 estrelas,então ela olha pra ele desconfiada


" O que estamos fazendo aqui Sam? Tem alguma coisa a ver com o caso?"-pergunta ela 


"Tem sim,com o nosso caso"- responde ele e então sai do carro seguido por ela e entrega  a chave nas mãos de um jovem que trabalhava no hotel.


   Sam segurou as mãos de Rowena e seguiram para fazer o check-in, ela mesmo confusa não disse nada.

  Guiada por Sam ela abre a porta do quarto que ele havia reservado e fica maravilhada com o que vê e logo a postura séria que Sam mantinha se desfez.Era um jantar à luz de velas e havia pétalas de rosas vermelhas e brancas por todo o quarto.   Ele então puxa uma cadeira para ela se sentar e depois se senta à frente dela.


"Samuel…"

"Não diga nada agora,a apenas aproveite"- e dá um sorriso para ela.


Eles jantam e depois Sam põe uma música e convida a ruiva para dançar com ele e ela prontamente aceita.  Durante a dança não foi preciso palavra alguma para saber o quanto estavam felizes. Durante a dança Sam acaricia o rosto dela com cuidado e o leva de encontro ao seu iniciando um beijo calmo enquanto suas mãos passeiam pelas curvas da menor  e o Beijo se torna mais voraz enquanto ele rapidamente encontra o zíper do vestido que a bruxa usava e o abre vendo o vestido deslizar pelas belas curvas. Ele logo começa a despir e agora os dois trajavam apenas peças íntimas. E Sam a olhava com paixão e era o que não só ele,mas ela também sentia. Ele avança para o pescoço da mais baixa depositando Beijos e mordiscando enquanto tirava o sutiã dela. Em um rápido movimento estava na cama com ele por cima dela massageava os seios e sugando para então fazer uma trilha de beiijos até a intimidade da ruiva. Ato que a fez gemer e ela apenas continuou e quando percebeu que ela já estava pronta se tornaram um só. Tudo que se podia ouvir no quarto de hotel eram gemidos e um chamando pelo outro pedindo por mais. Quando enfim chegaram aos seus ápices caíram na cama sorrindo e não era como se Rowena fosse deixar Sam parar. Pouco tempo depois, ela estava montada no colo do rapaz que a segurava pelas nádegas para ajudar com os movimentos de sobe e desce. Em um momento inesperado, Sam a carrega e a põe em cima da penteadeira onde ela entrelaça as pernas ao redor dele e ele volta às estocadas cada vez mais fundas e fortes a levando ao ápice novamente e ele também não demora muito a sério derramar dentro dela.


Depois dos momentos intensos voltam a cama onde ela deita sobre o peito do maior e se sente incrivelmente segura. Ele acredita entrega uma caixinha preta e ela percebe olha curiosa.


"Feliz dia dos namorados "- fala o rapaz


"Namorados? Eu achava que eram apenas noites casuais "


Então Sam abre a caixa e revela um par de alianças em ouro branco - "Se você quiser essas noites vão se tornar comuns e será nosso primeiro dia dos namorados de muitos."- diz o gigante esperançoso 


"Samuel, não brinca com isso. Sei que todas as noites que passamos juntos foram lindas e incríveis, mas você não deve estar pensando direito. Eu gosto do que temos Sam,não quero acabar com tudo. Você não está considerando tudo o que virá depois,os outros caçadores, seu irmão, Castiel, sua mãe, nenhum deles irá gostar de te ver com uma bruta, especialmente sendo eu."



"Ah Rowena , eu realmente não me importo. Dean e Cass não são problema,quem você acha que me ajudou a escolher as alianças?  E é só você dizer sim e eu sou capaz de enfrentar qualquer coisa por você. E então? " 


Ouvir tais palavras do caçador emocionou a ruiva que o encarava com lágrimas nos olhos.


"Como eu posso negar se você me rendeu gigante?"


"É você fez de mim um homem apaixonado.  Eu te amo ruiva. "


 É após a troca das alianças se amaram outra vez tendo como única testemunha a lua que os observava pela janela. Quando eles estavam quase dormindo a bruxa o chamou 


"Sam?"


"Hum?"


"Eu também te amo alce "


E ele sorriu com a declaração, sabia que significava muito para ela ouvir e dizer aquelas palavras e se sentia honrado por terem sido ditas à ele.


Notas Finais


Me perdoem por não saber escrever hot ! Espero que tenham gostado e beijinhos de luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...