1. Spirit Fanfics >
  2. Harry Potter - As Marotas e o Vira-tempo. >
  3. À beira da verdade.

História Harry Potter - As Marotas e o Vira-tempo. - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, meus amores!
Perdoe-me pela demora.
Espero quê gostem..❤️

Boa leitura!❤️

Capítulo 18 - À beira da verdade.


Fanfic / Fanfiction Harry Potter - As Marotas e o Vira-tempo. - Capítulo 18 - À beira da verdade.

           

   Narrador's P.O.V. 

             

 Torre norte, sala de adivinhação - Hogwarts. 

_ Fez muito bem, Albert. 

_ Obrigado, vossa alteza. _ Albert sorriu, feliz por ter concluído corretamente seu trabalho. _ Não fiz nada além do quê minha obrigação.

_ Mesmo assim, você disse o quê era para ser falado. Em nenhum momento ouvir você passar do ponto. _ O príncipe insistiu e voltou a andar pela sala de aula. _ Creio que agora, elas estão cientes dos perigos que as cercam e talvez, elas fiquem longe de algo perigoso. 

_ E... talvez. Se bem que isso é difícil... As três tem personalidades forte. A senhorita Brown, é devidamente controlada mas tem influência das mais velhas. A senhorita Foster tem uma personalidade decidida e ela sabe do que quer...E aquela ruiva?! Ah, aquela sim, gosta do perigo. Na verdade, ela é o perigo! É teimosa como uma mula e sempre faz o que vem a cabeça, e ainda incentiva as amigas, isso que é pior. Alteza, essa garota vai me dar trabalho! Eu não sei como o guardião não quis abandonar o posto, não é para qualquer um. _ Albert dizia tudo de uma vez e o príncipe apenas solta uma pequena risada, do qual o maior a sua frente bufa. 

_Sol..._ O príncipe sussura. A sua mente é preenchida pela garota de cabelos ruivos e olhos como o mar... Na sua mente, ela sempre estava lá. _ Sim, Albert. Não é para qualquer um. Mas o guardião gosta dela e ela é como se fosse a irmã mais nova dele... Ela é parecida com ele na questão de se jogar em qualquer situação, a questão que ele tem poderes e habilidades para se defender e ela não... Não ainda, assim como as outras. Acho que é por isso que ele gosta tanto dela. São parecidos. 

_ É aquele velho ditado "uma cobra conhece a outra". _ Albert diz e o príncipe ergue uma sombrancelha. _ Perdão, alteza. 

O príncipe olhou-o com seriedade e depois começou a rir. 

_ Por que vocês têm medo de fazer essas comparações quê envolve ela?

_ Bem...Vossa alteza sabe o por quê... Ela é importante para o senhor e...

_ Acalme-se, Albert.E por favor, não me chame de senhor. Eu sei o que você falou e sei que não foi por maldade e sim uma comparação... Se bem que ela não ia gostar de ser comparada com uma serpente. 

_ Realmente não. Acho quê os guardiões virão aqui... _ Foi só ele terminar de falar, que três garotos apareceram na frente deles. _ Pontuais. 

Os três guardiões colocaram o braço direito no peito com os punhos fechados e prestaram-se de joelho, curvando a cabeça. 

_ Vossa alteza. _ O saudaram juntos com a voz pontete. 

_ Guardiões. _ O príncipe os saudou de volta. _ A quanto tempo... Informações?

Os três guardiões levantaram-se e olharam para o príncipe. 

_ Temos muitas...._ Respondeu o guardião de sol. _ Qual vossa alteza, quer ouvir primeiro?

_ As boas...? _ O guardião de Hellen perguntou.

_ E ruins. _ Completou o guardião de Thai. 

_ Todas. _ O príncipe cruzou os braços. _ Eu tenho todo tempo do mundo..._ Ele sentou-se em uma cadeira. _ Podem começar. 

***

Torre sul, sala de astronomia - Hogwarts. 

_ A gente não morreu... Acho quê a maçã realmente não foi enviada pela rainha má da branca de neve. 

_ É. De onde você tira essa idéias sem noção, Thainá? 

_ Hora... Você nunca viu a animação da Disney? Está tudo lá nas história! 

_ Você sabe que essas histórias infantis na verdade, foram criadas com muito mais violência do que aparentam, não é? _ Hellen perguntou e Thai deu de ombros. _ Essas histórias eram macabras e tinham finais nada felizes do quê as histórias quê contam hoje. 

_ Ah... É tão macabro quanto ver aqueles garotos juntos de novo? _ Thai perguntou e apontou para trás de Hellen. A loira virou-se e viu os marotos e Will, raysa, Moon e Keila... E Mas um garoto e uma garota.Todos juntos, entrando na torre de astronomia. _ O que eles estão fazendo dentro da torre? 

_ Eu não sei, Thai. 

_ Unnie, será que eles vão fazer um... Surubão? 

_ THAI!

_ O quê? Eles estão entrando para dentro de uma torre de astronomia e com algumas garotas... E mais dois desconhecidos. Ou eles vão se pegar ou vão se matar. _ Thai explicou, exasperada._ Siga a minha linha de raciocínio, Hellen. 

_ Eu Vou seguir eles que eu encontro respostas mais rápido! 

_ Vamos dar uma de espiãs? Adoro! _ Thai diz, e logo segue Hellen que já abre a porta e entra. Thai vai logo atrás e sobe as escadas, seguindo Hellen que sobe degraus no prefeito silêncio. _ Estamos parecendo as três espiãs. Só falta a Sol aqui, e estaria completo! 

Hellen vira-se rapidamente.

_ Para de falar! _ Hellen sussura. _ Eles vão ainda descobrir a gente! 

_ Tá bom, desculpe. _ Thai sussurra de volta. _ mas isso está sendo irado!

As duas subiram os degraus até chegar a outra porta da sala de astronomia. De lá, as duas marotas ouviram várias vezes ao mesmo tempo e eles pareciam discutir. 

_ Aish.

_Eu disse que se eles não tivesse se pegando, estariam se matando. 

_ É. E eu não tenho paciência! _ Hellen confessou e revirou os olhos sem paciência. 

_ E o quê você vai fazer, Hellen-unnie? _ Thai perguntou, curiosa. 

_ O quê eu já deveria ter feito a muito tempo! _ Hellen diz, decidida. 

 Aloira segurou na marceneta e empurrou a porta com tudo. Todos viraram-se sobressaltado com o arrombamento da porta e Hellen e Thai entraram para dentro da sala. Keila, Moon e raysa, tinham os olhos arregalados. Os marotos abriram sorrisos nervosos para as marotas... Will... Bem, ele tinha uma expressão mais séria e as duas pessoas desconhecidas pareciam assustadas. 

_ Essa semana eu estou em um estresse que vocês não estão entendendo. E por isso, eu não estou com paciência nem agora e nem nunca! Ou vocês falam o quê estão escondendo, ou eu arranco a verdade de vocês a força e podem crer... Vocês não vão querer quê isso chegue a esse ponto. Então... Quem vai começar a falar?  

Todos os conhecidos trocaram um olhar e logo voltaram a olhar para as duas. Era hoje que elas estavam a beira da verdade. Era hoje que elas iriam descobrir a verdade. 

Será que realmente vão descobrir? 

***



Notas Finais


A verdade está próxima, anjos!
O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...