História Harry Potter e a viagem no tempo - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Harry Potter, Hermione Granger, Lílian Evans, Lord Voldemort, Ronald Weasley, Sirius Black, Tiago Potter
Tags Marotos, Viagem No Tempo
Visualizações 119
Palavras 985
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoas queridas! Dei uma de Fawkes e ressurgi das cinzas. Sei q demorei pra postar capítulo novo, mas eu estava sem tempo e sem motivação 😢😕
Mas agr estou de volta, então aproveitem o capítulo 💓😘

Capítulo 9 - A Batalha contra Voldemort


CAPITULO 8:

A Batalha Contra Voldemort

Eles se levantaram, tomaram café da manhã e foram ao encontro de Voldemort. Essa era a parte mais difícil da missão já que o anel permanecia em seu dedo o tempo todo. Por este motivo era a Horcrux mais difícil de destruir, sem falar que eles teriam que enfrentar Voldemort e todos aqueles Comensais. Mas eles não tinham muito tempo, então foram até uma casa em que Voldemort estava escondido o mais rápido possível. Embora eles estivessem com a Capa da Invisibilidade, eles corriam grande perigo já que a cobra de Voldemort poderia senti-los. Eles ficaram escondidos atrás de uma arvore em um antigo cemitério trouxa onde Voldemort se escondia.

Havia uma grande movimentação de Comensais naquele lugar. Por isso, eles resolveram esperar a hora certa e isso demorou um pouco. Quando os Comensais saíram, só ficou Lucio, Voldemort e Snape que era um espião. Os três entraram em uma casinha no meio daquele cemitério e fecharam tudo.

Neste momento, a cobra do Voldemort começou a ir em direção a eles como se soubesse que havia alguém ali.

- Olhem! - exclamou Rony.

- Esta cobra é a horcrux?

- Sim, ela mesma - respondeu Harry

- Temos que destruí-la.

- Rápido.

Sirius saiu debaixo da capa e foi em direção a cobra.

- Avada Kedavra – disse apontando sua varinha para a cobra, mas nada aconteceu.

- Sirius, não adianta. Nenhum feitiço pode destruí-la.

- Que merda! Porque não me disseram isso antes?

- Nós dissemos isso pra vocês antes, lembram? - falou Hermione

Sirius reclamou. E voltou correndo em direção a eles e a cobra saiu atrás dele. Sirius passou correndo por eles e a cobra atrás. Hermione deu um grito que todos ouviram, até mesmo Voldemort que saiu rapidamente para fora.

Harry imediatamente pegou uma presa do Basilisco e enfiou na cobra. Que começou a se retorcer querendo abocanhar Harry, mas Tiago o puxou depressa para longe da cobra. Rony pegou o dente do basilisco que Harry deixara cair e deu outro golpe na cobra, matando-a. No mesmo instante, uma nuvem preta saiu sem controle destruindo tudo naquele lugar até desparecer.

- Nãaaaoooo... - exclamou Voldemort

Eles pararam por um instante ao ver Voldemort. Então Harry pegou sua varinha e apontou para Voldemort que estava furioso. Os dois gritaram juntos:

- Avada Kedavra

- Expeliarmus

As varinhas de Harry e Voldemort ficaram interligadas. Snape e Lucio se espantaram com isso, mas logo começaram a batalhar com Sirius e Tiago. Snape atacara Tiago enquanto Lucio e Sirius duelavam.

Hermione e Rony davam apoio a eles.

Quando Harry soltou o feitiço, se escondeu atrás de um túmulo.

- Só falta o anel e ele - disse Harry a Rony e Hermione.

- Sim, vamos destruí-lo – Rony concordou.

- Gente, má notícia esperamos muito tempo para atacar. Agora só falta cinco minutos para voltarmos.

- O quê? Tenho que fazer alguma coisa.

- Harry, não dá tempo – Hermione disse.

Mas Harry voltou à frente de Voldemort que estava enfurecido e começou atacá-lo. Hermione e Rony foram atrás dele para dar apoio.

- Expeliarmus!

Nesse momento a varinha de Voldemort saiu voando.

- Muito bom, Rony - disse Hermione parabenizando Rony.

Os dois marotos continuavam a atacar Snape e Lucio quando Hermione jogou um Petrificus Totales em Lúcio.

- Boa, Hermione - agradeceu Tiago

Hermione deu um sorriso. Enquanto Sirius lançou um feitiço em Snape que o jogou longe e com a queda ele desmaiou.

Mas Voldemort tinha recuperado a varinha. Harry atacou-o novamente e Voldemort se defendeu fazendo o feitiço voltar para Harry. Tiago entrou na frente de Harry e o defendeu bloqueando o feitiço. Quando Harry ia atacá-lo novamente o seu tempo tinha acabado e ele começou a voltar para sua época enquanto Tiago e Sirius continuavam a batalha.

- Não - disse Harry furioso chutando uma carteira.

- Harry, se acalma - disse Hermione.

- Me acalmar? Falhamos na missão! E você manda eu me acalmar?

- Calma, Harry. Talvez Sirius e Tiago conseguiram derrotá-lo.

- Ela tem razão - disse Flitwick. - Talvez tudo mudou.

- Como posso ter certeza disso? Nós os deixamos no meio de uma batalha com Voldemort!

- Meu caro, se quer saber mesmo se tudo mudou, suponho que dê uma olhada melhor em Hogwarts.

- Olhar melhor para Hogwarts? O que você quer dizer com isso? - perguntou Rony

- Olhem e descobram. Espero vê-los em breve.

Flitwick saiu da sala e os deixou lá refletindo sobre o que ele acabara de dizer.

- Eu não faço a mínima ideia do que ele quis dizer.

- Vocês não usam a cabeça não é?

- Claro que usamos – Harry disse ainda revoltado.

- Não parece. Olha só: quando Flitwick disse para nós olharmos melhor para Hogwarts, ele quis dizer que quando sairmos daqui nossas memorias serão alteradas.

- E porque só será alterada quando sairmos daqui? Porque ela não pode ser alterada aqui mesmo?

- Isso não sei lhe explicar, mas se nós mudamos o passado de alguma forma isso vai nos afetar agora, independentemente se conseguimos mudar o futuro dos pais do Harry ou não.

- Então vamos logo quero saber se conseguimos mudar alguma coisa – Rony disse impaciente.

Os três saíram da sala e já perceberam de cara que o corredor estava diferente. Enquanto eles iam andando pelo castelo, suas memorias iam sendo alteradas como Hermione havia previsto. Eles ficaram surpresos por tudo estar igual a primeira vez que eles entraram na escola com onze anos.

- É, Hermione, acho que conseguimos – disse Harry sorridente.

- Será que o Fred está vivo também? - Rony perguntou esperançoso.

- Com certeza, está – opinou Harry.

- Tenho que ir para casa logo – disse Rony

- Calma, Rony - disse Hermione.

Os três continuaram olhando admirados para a escola ao ver que tudo havia mudado e que alguma forma Voldemort não tinha atacado Hogwarts.


Notas Finais


Então é isso pessoal, esse foi o capítulo de hj, espero q vcs gostem💓
Queria dizer tbm q esse é o penúltimo capítulo da fic, então...
Acredito q amanhã eu posto o último
Bjs e até o próximo 😉😘💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...