História Harry Potter E O Vira-Tempo Amaldiçoado - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Visualizações 13
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eae pessoas,tudo bom?
Então,estava pensando,e decidi escrever um capítulo,espero que gostem!Quero saber a opinião de vocês sobre a volta dessa fanfic!
Lumos!

Capítulo 13 - A luta decisiva


Dumbledore(Pensamento)-Passaram-se muito tempo...Já não tenho a mesma força que antes...Algo deve ser feito a respeito!Antes que algo de ruim aconteça a-De repente uma nuvem cinza se forma em torno de Hogwarts-nosso universo... 

Hogwarts,19/08/2005...

Harry(Pensamento)-Aparatamos na Sala Precisa(o único lugar que poderíamos aparatar)e fomos atrás dos outros.Quando saímos,encontramos alunos correndo,pessoas em pânico,professores fazendo feitiços de proteção,Hogwarts estava um caos imenso.Sai correndo com Rony,Hermione e Gina e encontramos Neville,Luna,Minerva,Cho e Dino. 

 Neville-Graças a Merlin vocês chegaram! 

 Minerva-Senhores,venham comigo.-Diz nos guiando até um corredor escuro e sombrio na escola-Juro usar somente para fins acadêmicos!-Diz e uma porta se abre,revelando uma espécie de Câmara.-Todos os fundadores tinham suas “Câmaras Secretas”e é minha função guardá-las.Essa no caso é a Câmara de Rowena Ravenclaw 

Rony-Olhe Harry!Um diadema!Será o verdadeiro? 

Harry-Só há uma maneira de saber...-Digo pegando um dente de basilisco e enfiando rapidamente no diadema,não deixando nem um espirito sair. 

Rony-Funcionou?-No mesmo momento,sinto uma dor insuportável,como se estivesse fraco demais para fazer algo. 

Minerva-Acalme-se rapaz-Diz vindo me socorrer.Ela sussurra algumas palavras que não consegui entender,e depois de poucos segundos,volto ao normal. 

 Harry-Horcrux número 4 derrotada!-Saímos dali e fomos até um corredor mais sombrio,muito mais escuro 

Minerva-Alohomora!-Disse e uma porta se abriu,lá encontramos o medalhão da Sonserina,que Rony quebrou.Voltei a sentir aquela dor que mais parecia que eu havia levado um Cruciatus e,novamente Mcgonagall sussurrou aquelas palavras,me fazendo sentir melhor,mais uma horcrux havia sido destruída.O céu que antes estava cinza,com um tom sombrio,agora voltará a sua cor normal. 

Harry-Todas as horcruxes derrotadas!Agora,só falta algo...E sei bem onde encontrar 

Minerva-Não...Você não está pensando nisso... 

Harry-Sim,estou!-Digo com um tom de coragem na minha voz

Minerva-Não!É muito arriscado!

Harry-Eu tenho que ir!

Gina-Não vai Harry!Não vai!

Harry-Desculpa Gina,mas tenho que ir!-Digo aparatando para a mansão Riddle,eu já havia ido naquele lugar no meu universo,nesse universo teria que ter uma mansão da família Riddle.Chego em uma mansão velha,acabada,invadida por plantas.Abro o portão enferrujado,e dou 5 passos,até que Lord Voldemort se materializou na minha frente. 

Voldemort-Hahahahahah,pobre Potter,pensou que seria fácil me derrotar?Pensou que me derrotaria apenas quebrando as horcruxes?Não é bem assim,rapaz...Avada Kedavra!-Diz e caio duro no chão-Harry Potter está morto!Finalmente pude fazer oque tentei durante anos! 


Abro meus olhos,e me encontro em King's Cross,como em meus sonhos,lá vejo Alvo Dumbledore.

Dumbledore-Harry!Oque aconteceu pra você vir parar aqui?

Harry-Aquele-que-não-deve-ser-nomeado senhor,ele lançou um Avada Kedavra em mim.

Dumbledore-E matou sua última horcrux...

Harry-Como aconteceu no meu universo,diretor?

Dumbledore-Sim...Agora acorde e lute contra Tom Riddle! 


Abro meus olhos,lentamente,e vejo que estou caido no chão,e Lord Voldemort rindo.Me levanto rapidamente,puxo minha varinha e jogo um Bombarda Maxima nele.Que defende com um Protego.Começamos um duelo de feitiços não-verbais.Eu estava me sentindo muito bem,como se o Avada Kedavra tivesse feito me melhorar,agora,Voldemort é que estava fraco.Continuamos lutando,até que consigo atingir Lord Voldemort,que se desfragmentou.Quando tive a certeza de que ele havia morrido de vez,aparatei até Hogwarts. 

Gina-Harry!Que bom que você está vivo!-Diz pulando em cima de mim e me abraçando 

Minerva-Como ocorreu lá rapaz?Voldemort morreu? 

Harry-Sim diretora!Voldemort morreu! 

Minerva-Isso merece uma comemoração!-Diz dando um aceno com sua varinha,fazendo com que aparecessem banners com o brasão da Lufa-lufa,e com alguns símbolos que representavam eu,Rony,Hermione e Gina.Seguimos Mcgonagall até o Salão Principal,onde estava todo decorado com as cores da Lufa-lufa,nos sentamos na mesa de nossa casa,jantamos,e escutamos o discurso de Minerva.Só quando  estava no dormitório,me veio uma pergunta na minha mente:Como eu voltaria pra casa?!


Notas Finais


Então?Gostaram?
Acho que ficou bom...
Como será que o Harry vai voltar pra casa?Não sei...
LORD VOLDEMORT MORREU NOVAMENTE!
A PAZ PREVALECERÁ POR HOGWARTS POR UM BOM TEMPO!(Será que vai mesmo?Não sei...)
Até o próximo capítulo,
NOX!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...