História Harry Potter ea Profecia Perdida - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Aberforth Dumbledore, Argo Filch, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Carlinhos Weasley, Cho Chang, Dino Thomas, Dolores Umbridge, Draco Malfoy, Fenrir Greyback, Fílio Flitwick, Fleur Delacour, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Olívio Wood, Padma Patil, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Percy Weasley, Personagens Originais, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Rita Skeeter, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Sibila Trelawney, Simas Finnigan, Ted Lupin, Viktor Krum, Vincent Crabbe
Tags Harmony
Visualizações 258
Palavras 561
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo curto, mas aguardem o próximo! Não vai demorar muito!

Capítulo 2 - Mais um dia na Toca


Fanfic / Fanfiction Harry Potter ea Profecia Perdida - Capítulo 2 - Mais um dia na Toca

Harry terminou de ler a carta e, com um sorriso no rosto, voltou para dentro da casa. A senhora Wesley estava preparando o almoço e Gina estava a ajudando.
- Harry! - disse a garota ao ve-lo.
- Oi Gina. - falou o garoto sem dar muita importância.
Mas Gina largou seus afazeres e correu escada acima atrás de Harry.
- Precisamos conversar! - anunciou ela parando na porta de seu quarto.
Harry parou nos degraus da escada e se virou para a ruiva. Seu rosto sério indicava que ela não iria desistir.
- Olha Gina, agora não é uma boa hora e eu...
- Vamos conversar agora. - afirmou a garota decidida.
Gina entrou no quarto e Harry a seguiu. Ele se sentiu um pouco estranho, naquele mesmo quarto eles haviam se beijado antes de ele, Rony e Hermione saírem em busca das horcrux. Hoje isso parecia ser uma lembrança distante.
Gina sentou-se na cama e encarou Harry.
- Então? - disse ela.
- Então o que?
- Você me evitou praticamente todos os dias desde que decidiu passar o verão aqui. Eu esperava que quando tudo isso acabasse ficaríamos juntos de novo.
- Eu sei. Eu também pensei isso, mas eu estou um pouco indeciso. Não sei mais o que pensar.
- Pois eu sei! - disse Gina brava - Parece que você consegue derrotar dragões, mas não tem coragem de assumir compromisso com uma garota.
Gina saiu do quarto batendo o pé e bateu a porta atrás de si. Harry massageou o rosto e suspirou, ele sabia que Gina não ia deixar barato, mas ele teria que explicar o verdadeiro motivo pelo qual não iriam mais ficar juntos, mais cedo ou mais tarde a verdade iria aparecer e isso não seria um momento bom.
Harry subiu para seu quarto e viu Ron, o ruivo estava lendo uma matéria sobre quadribol, ele pegou um Profeta Diário, deixado na sua cama pela coruja da família e começou a ler.
" Comensais da Morte atacam vilas bruxas desprotegidas", " Pânico nas comunidades bruxas".
- O mundo está um caos. - murmurou Harry.
Depois disso, o dia na casa Wesley prosseguiu normalmente. A Sra Wesley fez o almoço e todos comeram juntos, mas em silêncio. George estava calado e mal tocou na comida, ele ficava trancado em seu quarto e só aparecia para comer. O sr e a sra Wesley estavam sempre preocupados e comentando das notícias dos Comensais da Morte. Gina evitava falar e olhar para Harry desde a conversa que tiveram mais cedo e o garoto sabia que ela ainda estava brava. O único com que Harry podia conversar era Ron e, ainda assim, eles tinham meias conversas, só falavam de assuntos banais. Harry sentia falta de Hermione, e de como ele podia falar abertamente com a amiga. 
Estavam todos na cozinha, jantando, quando uma coruja cinza entrou pela janela e soltou uma carta sobre a mesa.
- É para o papai! - disse George entregando a carta para o Sr Wesley.
- É do Ministério! - disse o bruxo abrindo e começando a ler - Oh não! Isso é terrível!
- O que houve pai? - perguntou Ron.
- É a Hermione, seu grupo foi raptado pelos Comensais da Morte!
Harry se levantou assim que ouviu a notícia, todos na mesa ficaram sérios.
- Hermione. - disse o garoto. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...