1. Spirit Fanfics >
  2. Has the clock already struck? - Jeon JungKook >
  3. Capítulo 7 Sete

História Has the clock already struck? - Jeon JungKook - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


oii meus bolinhos, tudo bem? Espero que sim. Agora vou estar atualizando as fanfics de forma mais rápida. Minhas aulas foram suspensas por 15 dias por causa do bendito Coronavírus. Espero que fiquem bem meus bolinhos, se previnam, por favor.

Leiam o capítulo abaixo, com a música: UNIQ-Eoeo.

Boa leitura 📖.

Capítulo 7 - Capítulo 7 Sete


Fanfic / Fanfiction Has the clock already struck? - Jeon JungKook - Capítulo 7 - Capítulo 7 Sete

          Seoul, 24/07/2014 

                    Lee Yuna


–Eai galera, o que pediram? - perguntei ao me sentar na mesa, observando todos ali. Namjoon e Iseul estavam voltando do caixa, apenas. 

–Kimchi e lamen com algas. - disse Jin me olhando e sorrindo. 

–Ah sim. - sorri de volta e o mesmo passou a mão na nuca, parecendo estar envergonhado. 

Olhei para JungKook de relance e o mesmo estava mexendo em seu celular enquanto ria. Devia ser alguma de suas ficantes. Antes eu gostava tanto dele, mas agora minha visão sobre ele mudou totalmente. 

–Amiga, o que acha dessa roupa? Está muito cara? - Ahri, que está do meu lado, pergunta me olhando e mostrando seu celular com uma roupa e um preço razoável. 

–Está ótima, e ficaria linda em você. - falei a olhando e sorrindo brevemente. 

–Obrigada. - agradeceu sorrindo fechado. 

–Você devia sorrir mais vezes, você fica mais linda sorrindo. - Jin falou pra mim, fazendo com que só nós dois escutassemos seu comentário. 

–Assim você me deixa sem graça. - falei colocando uma mecha do cabelo atrás da orelha. 

–Vamos comer, estou cansada. Vida de idol não é fácil. - falou Naeun passando a mão nas coxas e sorrindo fraco. 

–Ainda nem começou. - falou TaeHyung passando os braços pelos ombros de Hoseok. 

–Pois é, será ainda mais difícil para o líder do grupo. Não é mesmo meninos? - olhou arqueando as sombracelhas para os meninos e eles riram fechado. 

–Nós nem damos trabalho, Hyung. - falou Jimin enquanto mexia no celular. 

–Sei. 

Olhamos para Iseul, que será a líder do grupo e rimos sem parar. 

–Aigoo, eu mereço viu. - falou rindo baixo. 

A comida chegou poucos minutos depois e nos servimos. Saímos do local e fomos para a o dormitório dos meninos a pedido de Namjoon, nos chamaram para ver um filme. 

–Se sintam a vontade. - disse TaeHyung quando entramos no grande dormitório. 

–O Jimin deixa algumas cuecas espalhadas pela casa. Mas, é só ignorarem esse fato. - Yoongi disse e todos rimos.

–Ya! Assim você queima meu filme. - disse Jimin corado. 

–Então pegue essas cuecas logo. - Falou Jin rindo e lhe dando um tapa na cabeça. 

Sentei no grande sofá da sala e por azar, provavelmente, JungKook sentou do meu lado, enquanto Sojin estava do outro. Revirei os olhos e tentei sair, mas o mesmo pegou em meu pulso fortemente e me obrigou a ficar ali. 

–O que pensa que está fazendo? - perguntei o olhando e respirando fundo. 

–Você vai ficar aqui, do meu ladinho. Temos que aprender a nos suportamos, por causa dessa maldita dança. 

–Babaca. 

–Metida. 

–Calados, o filme vai começar. - Naeun disse apontando o dedo em nossa direção. 

Assentimos com os ombros escolhidos e o filme começou. Era de ação e terror. Os que eu mais gosto. 

–Quem respirar morre, quero ver o caralho do filme. - Yoongi disse. 

–Ok. - todos disseram em coro. 

Depois de uns 30 minutos de filme, comecei a sentir uma enorme vontade de dormir, descansei em um ombro qualquer e simplesmente adormeci. 


           Jeon Jungkook 

Senti um peso em meus ombros e rapidamente despertei de meu pequeno cochilo, observando Yuna dormindo. 

–Ya, acorda Lee Yuna. Aigoo. - reclamei baixo e vi seu rosto sereno, enquanto dormia. Ela é bonita. Balancei minha cabeça em negação e voltei a assistir o filme.  


                      [...] 

Acordei após receber tapinhas fracos no rosto e abri meus olhos lentamente, vendo ser TaeHyung. 

–Vamos, acorde rapaz. - disse calmo e olhou para Yuna que estava dormindo em meu ombro - Acorda ela também, tá? 

–Tá bom. - falei revirando os olhos e mexendo meus ombros na tentativa de acordá-la. 

–Aish. - a mesma ignorou e agarrou a gola da minha camisa, jogando sua coxa por cima da minha e apoiando a sua cabeça melhor em meu ombro. 

–Ya! Está louca!? - a empurrei levemente com as mãos e levantei do sofá, vendo ela abrir os olhos e me olhar raivosa. 

–Não estava vendo que estava dormindo babaca!? Não podia esperar para eu acordar? - perguntou se levantando e se aproximando perigosamente do meu rosto. 

–Você estava se esfregando em mim, queria que eu fizesse o quê? - perguntei e a olhei fixamente. Essa garota é o demônio em pessoa! 

–Mais que absurdo! - me olhou indignada e Jin se pôs entre nós dois antes que algo pior acontecesse. 

–Parem por favor. Vocês estão sendo extremamente infantis e ninguém aguenta mais ver vocês dois brigando por coisas idiotas. - disse Jin enquanto massageava suas próprias bochechas. 

–Vem comigo, Yuna. - Jin falou pegando delicadamente em seu braço e a puxando para um dos quartos. 

O que será que vão fazer lá? Por que estoy pensando nisto mesmo? 


                 Lee Yuna

Jin me puxou para um dos quartos e fechou a porta em seguida. 

–Tudo bem? - perguntou se aproximando de mim. 

–Claro. - falei sorrindo e cruzando meus braços. 

–JungKook só é bom com quem o convém, mas ele tem um ótimo coração. Logo vocês se acostumam. 

–Acho que não, ein. - falei sorrindo fechado e ele me olhou sorrindo também. 

–Aliás, queria saber, se você quer sei lá... Sair comigo algum dia desses? - perguntou passando a mão na nuca. 

–Ah... Pode ser. Mas é como amigos, sim? - perguntei e o mesmo assentiu rapidamente. 

–Então tá. Pode ser amanhã? - falou mordendo os lábios. 

–Pode. Naquela pizzaria de idols? - perguntei rindo e ele concordou sorrindo aberto. 

–Às 20 horas nos encontramos lá? 

–Sim. - falei e ele sorriu. 

–Então tá. Qualquer coisa que precisar ou se quiser conversar, pode me chamar ok? - disse e assenti.

–Posso te abraçar? - perguntei e ele assentiu. 

Passei meus braços ao redor de seu pescoço e ele passou os seus ao redor da minha cintura. Me aconcheguei em seus ombros e ele apertou minha cintura, me soltando em seguida. 

–É melhor nós irmos, se não irão desconfiar que estamos fazendo algo. - falou sussurrando em meu ouvido e eu assenti, saindo de seus braços. 

Abri a porta e no momento, vi Ahri e Naeun se jogando pros lados; Ahri fingindo estar olhando as unhas e Naeun mexendo no celular. 

Puxei as duas pelo cabelos e elas levantaram do chão reclamando. 

–Quer dizer que alguém aqui tem um encontro com o homem mais gato da Coréia? - Ahri perguntou cutucando meu braço e dei língua para ambas. 

–Eu tenho namorado, suas loucas! - falei rindo e Naeun me empurrou levemente. 

–Mas olha, se eu não fosse lésbica, eu pegava. - disse rindo e fomos em direção a saída do dormitório, onde o resto das meninas nos esperavam.




Notas Finais


eai, gostaram? Espero que sim. Deem sua opinião pf, ajuda muito. Amo vocês jsudkakak ❤️. Até a próxima bebês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...