História Hate or love ? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance, Yaoi
Visualizações 114
Palavras 863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que goste da minha nova fanfic, e nos vemos na próxima semana haha, os capítulos sairão semanalmente, obrigado a todos(a).

Capítulo 1 - Quem é ele ?


Fanfic / Fanfiction Hate or love ? - Capítulo 1 - Quem é ele ?

 POV's Gus. 

Primeiro dia de aula nessa cidade nova, só espero passar um bom tempo na aula e voltar tarde para casa... Hora de levantar.

Me levanto, coloco uma blusa de manga longa preta acompanhada de um colete, uma calça preta e tênis pretos também. Eu amo preto! 

Vou em direção ao banheiro. Faço minhas higienes, e rapidamente já estou pronto para ir. Minha escola nova é na rua de cima, então não tenho que gastar muito tempo para chegar lá. 

Antigamente eu morava com a minha vó no interior de São Paulo, mas minha mãe engravidou e quer "cuidar de mim"... Na verdade, ela quer alguém pra ajudar ela nas coisas. Ela tenta ser uma boa mãe, porém o tempo dela já foi. Sempre vivi com a minha vó. Minha mãe nunca tirou umas férias para ficar comigo. Então... Meio que a gente nunca foi mãe e filho.

Agora ela me transferiu para esta escola, ela está morando com um cara estranho. Não gosto dele, ele já a agrediu. 

Bom vamos lá! Minha casa agora é pequena, são três cômodos: Sala, banheiro, cozinha, quarto e uma lavanderia do lado de fora. Eu fico na sala, e o resto vocês já sabem que acontece.

Saio pela porta devagar para não acordar ninguém.

Caminho por uns cinco minutos e já chego na porta da escola. Vou em direção ao corredor de salas, e rapidamente, entro na sala que me foi inscrita: "1°F".

 Logo de cara esbarro com um garoto, que por sinal, era bem bonito. 

????: Cuidado por onde anda!

O rapaz, analisou-me dos pés a cabeça, como se estivesse analisando meu corpo. Por um momento, eu duvidei de sua sexualidade. Até que sua respectiva namorada, chegou. 

????: Ei amor, calma! Esse é o garoto novo que te falei. Prazer, meu nome é Maria Eduarda, mas você pode me chamar de Duda. 

–Oh, me desculpem, e prazer. Sou o Gustavo, ou Gus como preferir. 

Duda: Sem problemas, esse é meu namorado Thony. Ele está em um dia ruim, NÃO É AMOR? –Disse ela, exaltando um pouco de sua voz–.

Thony : Sim. -O rapaz bufou–.

Duda: Espero que goste da escola. Qualquer problema ou dúvida, pode falar comigo, okay ?

–Okay! Muito obrigado, e desculpa mais uma vez.

Dito isso, eu fui me sentar atrás de uma menina que tinha dreads. Ela estava do lado de uma outra garota que havia cabelos longos, e um corpo até bonito.

Logo a aula começou, era Português. Uma professora baixinha adentrou a sala e disse que iria passar um teste diagnóstico.

{...}

Fui entregar o teste, junto comigo aquele garoto Thony eu acho que é o nome dele, entregou junto comigo. Bufei de raiva.

Após isto a professora nos entregou as provas e pronunciou-se. 

Professora: Vocês foram muito bem. Thony e Gustavo, vocês gabaritaram, parabéns. Eu irei aplicar um trabalho, e quero que seje em três. Por favor, montem trios.

????: Oi, Gus ? Não é? Quer vir fazer trio com a gente?! Ah desculpa não me apresentei, sou Jeniffer e essa é a Kemily. Ela parece meio doida, mas no fundo do fundo, é bem legal. 

Kemily : Vai se ferrar, Jeniffer.

–Ah sim! Está tudo bem haha, eu posso sim fazer grupo com vocês. Obrigado pelo convite. 

Jennifer: De nada! Senta aí com a gente. 

Sentei-me junto com elas, e assim iniciamos o nosso trabalho. Elas pareciam legais. Ao fim da aula me separei, e fui conferir as mensagens do meu celular. Haviam notificações do meu namorado, e rapidamente, abri a caixa de mensagens. Verificando-as com certo nervosismo, afinal, nós não nos falávamos já faziam dias e dias!

"Mateus: Oi Gus! Quero terminar o namoro, okay ?
Gus: Oi? Como assim Mateus? Eu estou a uma semana sofrendo basicamente, com você me dando mil e um vácuos. E agora, você vai jogar nossos dois anos de namoro fora?

Mateus: Desde que você foi em bora, eu conheci outro menino, e eu tô começando a gostar dele. A gente já saiu e tudo, quero assumir um relacionamento com ele!
Gus : AH QUE ÓTIMO, ALÉM DE ESTAR GOSTANDO DE OUTRO E ME DANDO VÁCUO ME TRAIU! BELEZA, FAZ O QUE QUISER. 
Não faz nem um mês que sai daí. Bom saber que você se importa comigo, viu?

Mateus: Porém, eu já tô gostando dele antes de você ir em bora. Só estava tentando ignorar, desculpa Gus!
Gus: Vai se fuder Mateus. E vê se não fala mais comigo, você perdeu todo meu respeito! Quando essa paixonite acabar lembre-se da merda que você fez. Seu idiota. Boa sorte no seu namorico, babaca!

Você bloqueou Mateus e excluiu o contato com sucesso". 

Não tô acreditando que ele fez isso! Abaixei minha cabeça sobre a mesa e comecei a chorar, até que peguei no sono.

{...}

Fui acordado pela menina de dreads, ou Jeniffer.

Jennifer: Gus! Gus !!!! GUS !!!!!

– Hm ? Ah oi, o quê houve ?

Jennifer: Você dormiu. Já está na hora de ir em bora, já são 12:40, imagino que deve ter acontecido alguma coisa. Seus olhos estão vermelhos como se tivesse chorado. Disse para os professores que você não estava se sentindo bem. Você está bem? 

–Estou sim, obrigado. Já vou indo então. Até mais, Jennifer.


Notas Finais


Obrigado à todos que leram até aqui, até semana que vem!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...