História Hate To Love You - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Meninas Super Poderosas (The Powerpuff Girls)
Personagens Docinho, Durão, Explosão, Florzinha, Fortão, Lindinha, Macaco Louco, Prefeito de Townsville, Professor Utônio
Tags As Meninas Superpoderosas, Os Meninos Desordeiros, Powerpuff Girls, Romance, Rowdyruff Boys
Visualizações 174
Palavras 1.541
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Inesperado


Fanfic / Fanfiction Hate To Love You - Capítulo 14 - Inesperado

-Eu bem que achei estranho,ele já estava demorando bastante para aparecer.-Disse Blossom.


Ela se referia ao Mojo Jojo,que resolveu dar as caras em Townsville com um robô gigantesco novamente.


Alguns hábitos nunca morrem.


-É uma pena,eu não estava com muita vontade de lutar hoje.-Disse Bubbles.


Bubbles andava tão cabisbaixa que estava causando suspeita em Blossom e Buttercup,mas elas não conseguiam perguntar a respeito,talvez fosse algo que Bubbles quisesse manter para si,mas que ela estava agindo estranho,ela estava.


-Então vamos dar um jeito nisso!-Disse Blossom.


E foram ao ataque,Blossom foi para cima do robô,enquanto BC e Bubbles foram pelos lados.


Bloss avançou para o metal em volta do vidro que protegia o Mojo dos ataques,e o rachou,mas não fora o suficiente para destrui-lo.


Buttercup golpeou de lado,chamando a atenção de Mojo,que parecia bravo,e foi a deixa para Bubbles acertar o vidro,que rachou.


-Acham que isso vai me impedir!?-Indagou Mojo,as costas do robô abriram,soltando uma rajada de espinhos em cima,que acertou Blossom,causando ferimentos no rosto,e nos braços.


-Quem você pensa que é pra machucar a minha irmã!-Disse Buttercup,e arrancou um braço do robô e o usou para atacar o próprio.


Mojo praguejou,e começou a sair fumaça do buraco de onde o braço foi arrancando.


Bubbles desceu e atacou uma perna,fazendo o robô perder o equilibrio e cair ajoelhado no chão.


Então Blossom usou sua visão de calor para aquecer o vidro,deixando extremamente fragil,e Buttercup deu um soco muito forte nele,fazendo o estilhaçar,deixando Mojo sem proteção.


-Malditas Powerpuff Girls!-Disse ele,ao ser derrotado por elas,e foi jogado com força dentro do carro que o levaria para a prisão.


E o dia foi salvo novamente pelas Powerpuff Girls!


Mais Tarde


-Então,eu pinto aonde de verde primeiro?-Perguntou Buttercup,ela estava falando com Butch sobre sua moto,que não estava totalmente pronta,mas BC não queria esperar para pintar.


-Pinte a parte da frente,é a unica pronta mesmo.-Disse ele.


Buttercup o fez,após o trabalho que tiveram para consertar os primeiros 30% da moto,ela decidiu que Butch escolheria o primeiro lugar a ser pintado.


-Andou apanhando Butterbaby?-Perguntou Butch.


Buttercup estava com um hematoma no cotovelo,tinha uma coloração roxa,mas o Chemical-X curaria aquilo rapidamente.


-Mais ou menos,lutamos com o Mojo hoje,e em um golpe de sorte ele conseguiu me machucar,mas só isso mesmo.-Disse Buttercup.


-Aquele macaco? Não gosto muito de ver esses seus machucados,talvez eu acabe com ele na próxima.-Disse Butch.


Buttercup o beijou na bochecha.


-Não se preocupe comigo,eu sou uma heroina,isso é o que eu faço.-Disse Buttercup.


-Eu não pretendo te impedir de quebrar a cara dos bandidos,mas você precisa ser mais cuidadosa,por mim,tudo bem? Tente entender o meu ponto de vista.-Disse Butch.


-Eu sei,você se preocupa! E eu te adoro por isso,mas pode ficar tranquilo,tudo bem? Eu vou continuar inteira pra você.-Disse Buttercup.


-Isso é bom,só um pedaço seu não seria o suficiente pra mim.-Disse Butch.


Buttercup sorriu e foi até a moto para pinta-la,Butch sorriu e disse:


-Quem sabe um beijinho não faz esse machucado curar mais rapido?-Perguntou Butch.


Buttercup jogou a lata nele.


Enquanto Isso


Bubbles foi a única que saiu da batalha sem ferimentos,era o minimo que a vida devia a ela,depois de seu coração ter sido esmagado por Boomer,provavelmente ela não poderia ficar pior.


Estava indo a o mercado para comprar o jantar,e era bom por que ela podia refletir um pouco,e gostava de andar também.


O mercado estava relativamente vazio,para a surpresa dela,Townsville era uma cidade movimentada.


Andava distraidamente até esbarrar em alguém.


-Me desculpe!-Disse uma voz que ela conhecia bem,e que outros tempos a deixaria muito alegre em ouvir,mas agora só trazia lembranças dolorosas.


Era Boomer.


-Bubbles,eu não esperava te encontrar aqui.-Disse ele,parecia estar envergonhado.


-Não esperava? Como vou saber se você não estava me seguindo?-Perguntou Bubbles.


-Não é possível que você esteja tão envenenada contra mim desse jeito.-Disse Boomer.


Bubbles não pode deixar de reparar os claros sinais que ele havia chorado em seus olhos,normalmente era a cor azul profunda que chamava atenção,mas o inchaço estava nos holofotes dessa vez.


-A culpa é sua.Foi você que me traiu.-Disse Bubbles.


-Eu não te trai,eu jamais faria isso.-Disse Boomer.


-Mas fez,aquela noite podia ter sido magica sabia? Eu iria contar para as minhas irmãs sobre nós,estava até planejando passar a noite com você,mas parece que você não conseguiu se segurar não é?-Disse Bubbles.


-Eu fui agarrado,ela me beijou a força.-Disse Boomer,com seriedade.


-Acho que fui burra sabe? Pensei mesmo que você tivesse mudado.-Disse Bubbles.


-Eu mudei! E por você principalmente! Você vai deixar uma garota qualquer estragar o que nós dois temos?-Indagou Boomer.


-Eu não deixei nada! Você deixou!-Rebatou Bubbles.


-Então me olhe nos olhos e diz que não me ama!-Disse Boomer,e a puxou para perto.


Ela podia sentir a respiração tensa dele,na verdade ele estava tenso,desde o modo de falar até a linguagem corporal.


Bubbles se viu hipnotizada pelo azul dos olhos dele,parecia o oceano abaixo do céu noturno,o olhar dele a fazia ter um frio na barriga.


Ela não podia negar,ainda o amava.


Mas estava disposta a acabar com aquele sentimento.


-Eu não te amo.-Disse ela,com o maior esforço possível.


Boomer a soltou,com uma expressão de decepção,e foi embora.


Foi por pouco,ela quase não conseguiu se conter.


Mais Tarde


-Nem maquiagem conserta isso.-Disse Blossom.


Ela se referia os ferimentos em seus braços e rosto,tinha levado uma chuva de espinhos que arderam muito quando foram removidos,e a fizeram sangrar também,o que era péssimo,Blossom detestava sangue.


-Não gosto de te ver assim Bloss.-Disse Brick.


-Nem eu! Isso é horrivel pra minha complexidade!-Disse Blossom,mas Brick sabia que ela estava brincando.


-É sério,não quero que você se machuque,eu não suporto isso.-Disse ele.


-Isso faz parte Brick! Eu protejo essa cidade de qualquer coisa que possa causar algum mal a ela! Os ferimentos sempre vão estar presentes.-Disse Blossom.


-Por que? Por que se sacrifica por essa cidade idiota?-Perguntou Brick.


-Não diga isso,defender essa cidade e seus cidadãos é meu dever e orgulho.-Disse Blossom.


Brick bufou,ele tinha que admitir que não gostava do fato de Blossom ser uma heroina,ela se arriscava demais,o perigo é muito grande,e isso o deixava aflito.


Será que ele faria algo a respeito?


Mais Tarde


-Então Bubbles? O que temos pra hoje?-Perguntou Buttercup.


Bubbles sorriu,estava fazendo o jantar,era bom para ela ficar ocupada e não pensar em Boomer e em seu rosto triste que ela encontrou no mercado.


-Hamburgers!-Disse ela,fazendo BC comemorar,Bubbles tinha o hábito de fazer o jantar favorito de todos de vez em quando,menos o dela.


De repente,sentiu sua visão embaçar um pouco,seu estômago embrulhou e ela se sentiu bem enjoada.


-Tudo bem Bubbs?-Perguntou BC.


-Tudo,fiquei um pouco tonta,só isso.-Disse ela.


Enquanto Isso


-Quero a opinião síncera de vocês.-Disse Brick,chamando a atenção dos irmãos.


-Sobre?-Perguntou Butch.


-Nós todos ficamos com as Powerpuff Girls,o que vocês acham sobre essa coisa de elas serem heroínas? Sobre se arriscarem para ajudar os outros?-Perguntou Brick.


Boomer e Butch trocaram olhares curiosos,não era sempre que Brick se importava com coisas como aquela,mas agora ele estava quase fazendo um alarde.


-Eu gosto,a Bubbles é uma heroína incrível! Ela é tão bondosa! E gentil! E linda! E...-Disse Boomer,até parar de repente e ficar com a expressão séria de novo.


Butch colocou a mão no ombro do irmão.


-Vocês vão voltar logo Boom,eu tenho certeza.-Disse ele.


-E você Butch?-Perguntou Brick.


Butch deu de ombros.


-Eu não gosto muito,mas não tem nada que eu possa fazer a respeito,a Buttercup não vive sem isso,faz parte dela.-Disse Butch.


Brick ficou irritado.


-Mas que droga! Eu detesto isso! Odeio ver a Blossom se colocando em perigo,ela estava com machucado no rosto,nos braços,eu não consigo tirar aquela imagem da minha cabeça!-Disse Brick.


Boomer e Butch se levantaram para acalmar o irmão.


-Pega leve Brick.-Disse Boomer.


-Esquece isso,a Blossom é uma lutadora e tanto! Você sabe melhor que ninguém! Não precisa se preocupar assim!-Disse Butch.


-Eu não consigo evitar! Eu preciso fazer com que ela pare com isso!-Disse Brick.


-E o que você pretende fazer?-Perguntou Butch.


-Você não vai simplesmente pedir a ela,não é?-Perguntou Boomer.


-Vou fazer melhor,vou dar um ultimato.-Disse Brick.


-Um ultimato?-Perguntaram Boomer e Butch ao mesmo tempo.


-Isso,a Blossom vai ter que escolher,ou ela fica comigo e deixa de ser heroína,ou continua sendo heroína e termina tudo comigo.-Disse Brick.


-Não faz isso Brick! Você não pode pressionar a Blossom dessa maneira!-Disse Butch.


-O Butch tem razão! Além do mais,quem garante que ela vai te escolher?-Perguntou Boomer.


Brick sorriu.


-Ela disse que me ama,e isso é a maior garantia.-Disse ele.


Mais Tarde


Bubbles estava deitada,tinha se recolido mais cedo,não estava se sentindo muito bem,depois daquela tontura esquisita ela decidiu não fazer mais esforços.


Levantou-se para fechar a janela de seu quarto,e subitamente,sentiu uma enorme vontade de vomitar.


Correu para o banheiro,e todo seu jantar tinho ido embora.


Bubbles respirou fundo,talvez fosse uma virose? Se bem que o Chemical-X a deixa praticamente imune a aquele tipo de doença.


Então o que poderia ser? Ao olhar o caléndario em cima do espelho,percebeu que estava atrasada.


-Não,tudo menos isso.-Pensou ela.


Colocou uma roupa básica,e saiu pela janela,para não chamar a atenção de ninguém,e voou para a farmácia mais próxima.


Ao chegar,comprou 5 testes de gravidez caseiros,e voltou rapidamente.


Trancou a porta de seu quarto e foi ao banheiro.


-Não pode ser isso,não pode ser isso.-Pensou ela,estava desesperada.


Não era algo comum,pela maior parte de sua vida,o Professor Utonium disse a ela e as irmãs que humanos normais não seriam capazes de engravida-las.


Mas o mesmo não servia para Boomer,que foi por acaso com o único cara com quem ela já se deitou,os testes do Professor confirmaram que um Rowdyruff Boy poderia engravidar uma Powerpuff Girl,apesar da composição oposta.


Ao fazer o teste,torceu com cada fibra de seu ser que o resultado fosse negativo,mas seu mundo desabou quando viu um sinal positivo.


Esperou e fez outro teste,fez todos os 5 que havia comprado,e o resultado foi o mesmo.


Ela estava gravida.


Ela teria um filho com Boomer,que a traiu,como ele reagiria? Se é que ela vai contar alguma coisa.


Um rumo bem inesperado,tanto para Bubbles quanto para Boomer.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
PS:Mudei a capa do cap 7! Vão dar uma olhada! E a capa desse capitulo é a minha favorita dos Blues!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...