História Hate To Love You - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Meninas Super Poderosas (The Powerpuff Girls)
Personagens Docinho, Durão, Explosão, Florzinha, Fortão, Lindinha, Macaco Louco, Prefeito de Townsville, Professor Utônio
Tags As Meninas Superpoderosas, Os Meninos Desordeiros, Powerpuff Girls, Romance, Rowdyruff Boys
Visualizações 214
Palavras 1.487
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Hoje percebi o quanto de feedback estou recendo de vocês,meus leitores incriveis! E graças a isso decidi postar dois caps hoje! É tudo graças a vocês! Vocês são demais!

Capítulo 16 - Declaração


Fanfic / Fanfiction Hate To Love You - Capítulo 16 - Declaração

Blossom não pensou duas vezes e foi embora.


Estava completamente abalada,como pode Brick fazer uma proposta tão imoral quanto aquela?


Ela jamais poderia fazer aquilo,era egoísmo dele,pedir uma decisão daquelas de Blossom.


Como ela poderia cogitar escolher algo diferente? Entre a vida de tantas pessoas e Brick? O bem maior prevalece.


E ele não pareceu se importar em dar um ultimato a ela,como ele poderia ter tanta certeza que ela o escolheria?


Blossom bloqueou aqueles pensamentos,fazia diferença agora? O namoro tinha acabado,ele não a amava o suficiente para entender e aceitar o dever dela.


A tristeza tomava conta,era impossível segurar as lágrimas,mas tudo passa.


Isso deve passar também.


Enquanto Isso


Brick estava imobilizado,assistindo Blossom ir embora.


Ele tinha cometido um erro terrível.


O ultimato acabou se provando uma verdadeira catastrofe,o namoro tinha acabado em um piscar de olhos,e ainda fez Blossom duvidar do amor que ele sentia por ela.


Isso era o pior,mesmo após terem ficado juntos,Blossom disse que ele não a amava de verdade.


Mas ele a amava,então como pode ela não escolher ficar com ele? Onde ele pode ter errado?


Agora era tarde,a decisão havia sido tomada,enquanto a decepção e a raiva tomavam conta de Brick,ele correu para os fundos,precisava de algo para socar.


A primeira coisa que viu foi as barras de ferro da velha maquina de lavar deles,o sentimento tomou conta,as lágrimas caiam desesperadamente de seus olhos,enquanto ele socava com força o ferro,fazendo ferimentos em suas mãos.


Mas aquilo iria cicatrizar eventualmente,mas ele não podia dizer o mesmo de seu coração.


Mais Tarde


Bubbles estava correndo apressadamente pelos corredores da escola.


Precisava encontrar Boomer,precisava dizer que o amava,e que sentia muito por não ter acreditado nele.


Como ela pode ser tão fria com ele? Ela o ama,e apesar disso não conseguiu acreditar nele.


Talvez o passado dele tivesse feito ela ter tal conduta a respeito do ocorrido entre eles,antigamente Boomer faria de tudo para ataca-la,para machuca-la de qualquer forma.


Mas ele mudou,ela sabia,e mesmo assim deixou a decepção do momento cega-la.


Com sorte,ela viu Boomer,estava em frente ao armario dele,parecia triste,e ela tinha que mudar aquilo.


-Boomer.-Chamou ela.


Ele se virou de um sorriso fraco para ela.


-Oi Bubbles.-Disse ele.


Ela parou para analisa-lo de perto,e como ele estava diferente,não era o Boomer de alguns dias atrás.


Os olhos dele ainda estavam um pouco inchados,a tristeza estava visivel,tanto que aquele sorriso não era o sorriso que ela amava,não era o que iluminava o dia dela,como se fosse um segundo sol.


Não esperou nem mais um segundo,o beijou com vontade,para afastar a tristeza dele e matar a saudade que estavam sentindo um do outro.


Boomer demorou um pouco para se cituar e perceber que o beijo estava acontecendo,mas logo a beijou de volta.


E como eles precisavam daquilo,parece que o amor realmente prevalece no fim das contas.


-Bubbles,voce...nossa...o que foi isso?-Perguntou ele,parecia meio atordoado.


-Eu sinto muito Boomer,de verdade,me desculpe!-Disse Bubbles.


Ela aguentou menos do que esperava,lágrimas escaparam de seus olhos.


Boomer enxugou as lágrimas.


-Não precisa se desculpar,nada do que aconteceu foi por sua causa.-Disse ele.


-Mas eu não acreditei em você! Eu te evitei,fui grossa com você todo esse tempo! Você não merecia!-Disse ela.


-Está tudo bem,Bubbly de verdade.Não importa mais,o que passou,passou,eu não te esqueci por um segundo sequer.-Disse Boomer.


-Nem eu! Eu te amo Boomer,eu te amo muito,e não quero mais ficar longe de você!-Disse ela.


-E não vai precisar,eu estou do seu lado,pra sempre lembra? Eu te amo também.-Disse ele,sorrindo.


E se beijaram.


-Preste atenção,hoje,quero que você e seus irmãos vão jantar lá em casa.-Disse ela.


-Isso significa que você..?-Perguntou Boomer,mas Bubbles não o deixou terminar a frase.


-Eu tenho duas noticias muito importantes pra dar pra minha familia,e pro seus irmãos também,por favor,vocês precisam ir.-Disse Bubbles.


-Nós iremos,eu prometo.-Disse Boomer.


Bubbles o beijou e juntos foram para a sala,e quando ele sorriu,ela ficou aliviada,o sorriso que ela tanto amava tinha voltado.


Boomer então percebeu que ela disse que tinha duas notícias para dar,mas não seria só uma? A do namoro deles?


Ele resolveu não perguntar nada,afinal,por que estragar o mistério?


Mais Tarde


Butch e Boomer ficaram bem surpresos quando voltaram para casa.


Eles esperavam encontrar Brick e Blossom fazendo alguma coisa que casais fariam quando sozinhos,mas não encontraram Blossom lá,e nem Brick inclusive.


Mas quando olharam o quintal de trás da casa,se surpreenderam.


-Passou um trem aqui?-Perguntou Boomer.


Butch negou.


-Pior,foi o Brick.-Disse ele.


Eles subiram as escadas e bateram na porta do quarto do irmão,que é claro,estava trancada.


-Brick! Quer explicar por que você quebrou a nossa maquina velha e as minhas peças de carro!?-Perguntou Butch.


A porta abriu,revelando Brick enfaixando as mãos.


-Você se machucou.-Disse Boomer,em um tom de repreensão.


-O que deu em você?-Perguntou Butch.


Brick encarou o chão.


-A Blossom terminou comigo.-Disse ele.


E começou a chorar no mesmo momento.


Os irmãos o confortaram,parece que a coisa tinha ficado feia mesmo,mal conseguiam se lembrar da ultima vez que Brick chorou.


-Por que? Estava tudo tão bem.-Perguntou Boomer.


-Por que eu sou um imbecil! Achei que era uma ótima ideia dar um ultimato nela,exigir que ela escolhesse entre mim e a cidade! E ela não me escolheu,e disse que eu não a amava de verdade!-Disse Brick,


-Eu sinto muito por isso Brick.-Disse Butch.


-É culpa minha! Eu fui muito egoísta! Eu mereço isso!-Disse Brick.


-Mas a Blossom te ama,tenho certeza que ela vai te perdoar se vocês conversarem.-Disse Boomer.


-Eu não sei,ela ficou bem abalada,acho que eu estraguei tudo,tudo mesmo.-Disse Brick.


Enquanto Isso


Blossom chegou aos prantos em casa e foi correndo abraçar as irmãs,que ficaram assustadas com o estado dela.


-Blossy,você está bem?-Perguntou Bubbles.


-O que aconteceu?-Perguntou Buttercup.


-O Brick! Ele me pediu pra escolher entre ajudar as pessoas ou ficar com ele! E eu...eu não pude escolher ele! Por que ele fez isso comigo!?-Disse Blossom.


-Ai meu Deus!-Disse Bubbles.


-Você não errou Blossom! Se ele não pode aceitar que você faça o que tem que ser feito,então ele não te merece!-Disse Buttercup.


-Mas eu amo ele! De verdade!-Disse Blossom.


-O amor nunca é egoísta Bloss! Eu sei que vocês se amam,mas ele precisa entender isso primeiro!-Disse BC.


-E os Rowdyruff Boys virão aqui hoje.-Disse Bubbles.


-O que!?-Perguntaram Bloss e BC,ao mesmo tempo.


-Não! Eu não posso ver o Brick depois do que ele fez!-Disse Blossom.


-Eu sinto muito irmã! Mas eles precisam vir! Você vai entender! Confie em mim.-Disse Bubbles.


Blossom assentiu,e se acalmou,parece que o reencontro era inevitavel mesmo.


Buttercup então subiu para seu quarto e mandou mensagem para Butch:


"Ei,você e seus irmãos vão vir aqui hoje?" Perguntou ela.


Butch estava online,e respondeu rapidamente.


"Sim." Disse ele.


"Fazer o que? E por que minha irmã chamou vocês?" Perguntou BC.


"Não posso contar,mas você vai entender,até a noite,te amo." Disse ele.


Buttercup franziu o cenho.


"Também te amo" Respondeu ela.


Agora só poderia esperar mesmo.


Mais Tarde


Os Rowdyruff Boys chegaram bem na hora,Butch e Buttercup combinaram com os irmãos dele,via celular,é claro,que iriam agir como se não namorassem.


-Boa noite.-Disse Boomer,entrando com os irmãos,as coisas estavam bem estranhas.


Brick olhou para Blossom,seus olhos estavam meio vermelhos,e ele sabia porque,e mentalmente se socou por ser responsável pelo choro dela.


-Olá meninos,o que os trazem aqui hoje?-Perguntou o Professor.


-Eu os chamei,precisamos conversar,nós todos.-Disse Bubbles.


-Do que se trata?-Perguntou Buttercup.


-Vocês já vão saber.-Disse Bubbles.


Todos se acomodaram na sala de estar,Bubbles foi a única que permaneceu de pé.


-Há alguns dias,nós nos reencontramos com os Rowdyruff Boys,passamos a estudar juntos e tal,e eu fiquei muito amiga do Boomer.-Disse Bubbles.


Buttercup estava levemente alarmada,e Blossom já estava subindo a mão para cobrir a boca,algo que ela sempre fazia quando estava surpresa.


-Enfim,o tempo foi passando,nós nos aproximamos,e nos apaixonamos.-Disse Bubbles.


Diferente das irmãs,os meninos e o Professor estavam alegres,como se estivessem ouvindo uma historia de amor.


Boomer principalmente,estava muito feliz.


-Por isso os chamei aqui,eu estou namorando com ele,-Disse Bubbles,estendendo a mão,Boomer se levantou e segurou a mão dela,-E vocês tinham que saber.-Disse ela.


-Eu fico feliz por vocês!-Disse Blossom,e abraçou a irmã e Boomer.


-Qual é a senha do Wi-Fi?-Perguntou Butch.


-É sério?-Indagou BC.


-Mas escreve tudo junto?-Perguntou Butch.


Todos riram,mas ainda faltava a segunda noticia.


-E mais uma coisa.-Disse Bubbles.


Todos prestarão atenção nela.


-Professor,sua pesquisa estava certa,nós somos capazes de conceber se tivermos o parceiro certo,eu estou gravida!-Disse ela.


Blossom e Buttercup gritaram e foram abraçar a irmã,o Professor parecia muito supreso,e feliz também,Butch e Brick estavam impressionados.


E Boomer estava tocindo muito,parecia estar engasgado.


Butch deu um tapa nas costas do irmão,e ele conseguiu se recompor.


-Eu vou ser pai?-Perguntou ele.


-Sim.-Disse Bubbles,sorrindo.


E ele a abraçou e a beijou,uma noticia incrível realmente,valeu a pena a espera.


Mais Tarde


Depois de um jantar alegre e meio estranho,graças a Blossom e Brick,as meninas se despediram e subiram,para conversar.


-Eu vou ser tia! Não acredito!-Disse Blossom.


-Nem eu! Bubbles sua safadinha!-Disse Buttercup,e começaram a fazer cosquinhas nela.


-Eu também estou muito feliz meninas!-Disse Bubbles,entre risos.


-Nossa,ainda não acredito que todas nós ficamos com os Rowdyruff Boys.-Disse Blossom.


Enquanto isso,o Professor entrou em uma conversa de "sogro pra genro" como ele mesmo disse,com Boomer,e Butch aproveitou a distração para subir e tentar se despedir de BC.


Mas ele logo se arrependeria.


-E você BC? Não ficaria com o Butch? Sinceramente.-Perguntou Bubbles,Butch queria ouvir a resposta e esperou atrás da porta.


-Nunca! Eu prefiro morrer de vergonha do que namorar um Rowdyruff Boy!-Disse ela.


"Vergonha..?" Pensou Butch.


Agora tudo fazia sentido.


No Dia Seguinte


Buttercup esperava ansiosamente na sala de aula,queria falar com seu namorado,já que agora eles teriam um sobrinho.


Quando Butch chegou,ela percebeu que os olhos dele estavam vermelhos.


-Tudo bem,Butch?-Perguntou ela,abraçando ele.


Mas ele a afastou.


-Acabou Buttercup.-Disse ele,com a voz trêmula.


-O que acabou?-Indagou ela.


-Nosso namoro,estou terminando com você.-Disse ele.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
E agradeço a vocês de novo! São os melhores leitores do mundo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...