História Hate To Love You:Temporada 2 - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Meninas Super Poderosas (The Powerpuff Girls)
Personagens Bruta, Docinho, Durão, Explosão, Florzinha, Fortão, Furiosa, Lindinha, Pirralha, Professor Utônio
Tags As Meninas Superpoderosas, Blues, Greens, Os Meninos Desordeiros, Powerpuff Girls, Powerpunk Girls, Reds, Rowdyruff Boys
Visualizações 64
Palavras 1.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Discordia


Fanfic / Fanfiction Hate To Love You:Temporada 2 - Capítulo 14 - Discordia

-Sabia que você apareceria uma hora ou outra.-Disse Brute, encarando Buttercup, que estava com muita raiva dela.


-Eu vou igualar os estragos que você me fez! -Disse Buttercup.


E avançou,tirou os pés do chão e agarrou Brute,fazendo um buraco no teto,Brute a empurrou.


Você não é forte suficiente para me machucar! -Disse Brute.


-Eu só estou começando! -Declarou BC.


Buttercup juntou as mãos,disparando uma feixe de energia esverdeada, Brute criou um escudo em sua frente, para se defender.


Para um contra-ataque, o escudo se transformou em uma esfera de energia, e a jogou contra BC.


-Ugh! -Gritou BC, ao ser atingida no estomago,ela foi mandada para trás,e acertou as costas em um concreto.


Brute aproveitou para avançar contra BC,acertando um soco em seu rosto.


-Isso doi não é!? Mas aposto que não doi mais que levar um chifre!-Provocou Brute.


BC a acertou com uma joelhada na barriga, e uma cabeçada no rosto dela.


-Sua maldita! Você acabou com o meu casamento! E eu vou acabar com essa sua cara de piranha! -Disse BC, carregou seu laser nos olhos e o disparou contra Brute.


Brute usou a mesma tecnica para defender,os laseres colidiram, causando um estrondo,manteram o golpe,até sentirem uma dormência nos olhos.


Brute pegou um grande pedaço de ferro e o atingiu no rosto de BC.


O impacto foi forte,fazendo BC cair, Brute desceu também.


-Você é muito burra mesmo! Você tentou me matar, mas não conseguiu, por que é fraca! Aqui e na cama!-Disse Brute.


BC se levantou,com dificuldade,era uma luta que não podia perder.


E ela não hesitou,voou rapidamente atrás de Brute,golpeou suas costas,e junto de um chute,mandou Brute para baixo.


Enquanto Isso


-Abaixe o tom! Este bar é meu, caso deva lembra-la.-Disse Berserk.


Blossom estava completamente ultrajada,estava no bar vendo Brick e Berserk conversarem,se sentiu enojada.


Ela não estava falando com Brick ultimamente,mas não achava que a fila dele andaria tão rapido.


Se é que tinha andado mesmo, Blossom não conhecia Berserk muito bem,mas elas não tinham simpatizado uma com a outra.


E agora Blossom estava odiando ela.


-Abaixar o meu tom!? Você não percebe que é com meu marido que está falando?-Indagou Blossom, estava tão irritada com a situação presente que havia se esquecido do problema entre eles.


Berserk riu.


-Você dá toda essa liberdade pro seu marido? Não achei que você fosse esse tipo de esposa.-Disse Berserk.


-Berserk.-Disse Brick,tentando interromper.


Mas Berserk o ignorou.


-Mas você não dá,não é? Você é do tipo esposa mentirosa.-Disparou Berserk.


-Quem você pensa que é pra me criticar!?-Disse Blossom.


Berserk deu de ombros.


-É uma critica construtiva,querida,faça algo de útil com ela.-Disse Berserk.


-Eu jamais poderia esperar que você tivesse amizade com esse tipo de gente Brick.-Disse Blossom.


Brick se levantou e foi até Blossom.


-Não acho que preciso que te lembrar que você não está em posição de me cobrar satisfações.-Disse Brick.


-Claro,por que isso não acontece em casamentos,não é?-Debochou Blossom.


Brick bufou.


-Sarcasmo não vai ajudar em nada.-Disse Brick.


-E conversar com essa descompensada vai?-Indagou Blossom.


-Ela é minha amiga,eu precisava de alguém pra conversar depois do que aconteceu,tudo que ela fez foi me ouvir,só isso.-Disse Brick.


-E não podia falar com seus irmãos?-Perguntou Blossom.


-Que são casados com suas irmãs? Eu passo.-Disse Brick.


-Mas por que ELA? Você sempre soube que eu detesto ela!-Disse Blossom.


-Chega disso Blossom! A Berserk é a dona desse lugar aqui! E você não está sendo nada gentil!-Disse Brick.


-Eu não vim aqui pra ser gentil!-Disse Blossom.


-Veio fazer o que aqui então?-Indagou Brick.


-Vim falar com você!-Disse Blossom.


-Bem esse foi um ótimo jeito de iniciar a conversa.-Zombou Brick.


Escutaram um barulho forte,e viram um buraco abrir no teto,e Brute caiu com força no chão.


BC veio logo atrás,preparada para atacar novamente.


Até que um laser vermelho a acertou nas costas.


Berserk.


-Ai!-Exclamou BC,ao colidir com a parede.


Blossom foi até a irmã.


Brute se levantou,e Berserk ficou na frente dela.


-Já chega disso Brute! Olha o que você e essa chifruda fizeram com o teto!-Disse Berserk.


-Do que você me chamou!?-Indagou BC,e cuspiu sangue logo em seguida.


-Meu Deus Buttercup! Por que não para de se meter em encrencas!?-Disse Blossom.


-É culpa desse vaca! E do imbecil do Butch! Eu odeio eles! ODEIO!-Esbravejou BC.


-Do Butch? O que o Butch te fez?-Indagou Brick.


-Vamos embora!-Disse Blossom,e voou com a irmã para fora do PinkPunk! Brick também saiu.


Berserk cerrou os olhos para Brute.


-Obrigado por estragar o meu momento,sua bruta.-Disse ela.


Brute apenas riu.


Mais Tarde


Brick estava voando por Townsville,procurando por Butch,tudo estava acontecendo tão rapido,mal estava tendo tempo de falar com os irmãos.


Decidiu ir a um dos esconderijos dos Rowdyruff Boys,um que era especial para Butch,onde ele teve sua primeira noite de amor com BC.


E o encontrou lá,ele parecia acabado,estava com olheiras,seus olhos estavam vermelhos,parecia que ele não dormia ha algum tempo.


-Butch?-Chamou Brick.


Butch direcionou o olhar ao irmão,e Brick permitiu que ele o abraçasse.


Ele nunca tinha visto Butch tão triste.


-Irmão? O que aconteceu com você?-Indagou Brick.


-Brute,ela armou uma armadilha pra me separar da BC.-Disse ele,quase se afogando em lágrimas.


Só pelo estado de Butch,Brick já sabia como as coisas tinham terminado.


-Eu sinto muito por isso irmão,o que ela fez?.-Perguntou Brick.


-Primeiro ela me deixou desacordado,depois me levou pra casa dela,tirou toda minha roupa e mandou um video idiota pra Buttercup,e ela acreditou,sabia que toda aquela desconfiança daria em algo ruim.-Disse Butch.


Brick cerrou os punhos.


-Essa Brute é pior do que eu pensava.-Disse Brick.


-Se quer um conselho,fique longe delas,de todas elas,aquelas três,elas são problema.-Disse Butch.


E que problema.


Mais Tarde


"Tem certeza de que eu devo ir em frente com isso amiga?" Perguntou Bubbles,na mensagem para Brat.


"Isso" se referia ao plano de Brat sobre pegar Boomer de jeito,algo que Bubbles estava relutante em fazer.


"Com certeza! Agora é tarde pra desistir! Arrasa amiga!" Respondeu Brat.


Bem,era agora ou nunca.


Bubbles entrou no quarto dela e de Boomer,Ben estava dormindo no berço no canto do quarto,Boomer o olhava,estava quase dormindo.


Então Bubbles,atacou,beijou Boomer vorazmente,atirando-o na cama,e indo para cima dele,sem cessar os beijos.


-Bubbles,o que você...-Ele tentou dizer,mas Bubbles foi implacavel.


-Sem desculpinhas! Hoje você não me escapa!-Disse ela.


Puxou a camisa dele para cima,jogando-a para trás,a camisa parecia ter caido no berço.


E ela o atacou novamente,livrando-se da própria camisa,ficando apenas de sutiã.


Forçou as mãos de Boomer contra a cama,apertando seu pulso,e usou o próprio corpo para mante-lo parado,incapaz de fazer qualquer movimento.


Mas que movimento ele poderia querer fazer? Ela era a dominante,tinha de demonstrar aquilo,exatamente como Brat a instruiu.


Boomer,com muito esforço,conseguiu rolar para a borda da cama,mas foi muito rapido,e ele caiu no chão,o barulho fez Ben acordar,mas ele não chorou,e ninguém percebeu também.


Boomer se levantou,estava inegavelmente assustado com o comportamento de Bubbles.


Mas pior que isso,o pulso dele estava vermelho,com uma marca da mão de Bubbles,parecia que ela tinha exagerado na força.


-Meu Deus,eu sinto muito por isso,Boomer.-Disse ela,parecia assustada com o que tinha feito.


Boomer a fitou com uma expressão espantada.


-Caramba,você me machucou mesmo...Bubbles,o que está acontecendo com você?-Perguntou Boomer.


Poderia ser impressão,mas Bubbles sentiu um pouco de hostilidade no tom dele.


-Como assim?-Indagou ela,estava aturdida,aquilo não era do feitio dela.


-Já é a terceira vez que você tenta forçar algo entre nós dois,e dessa vez você exagerou mais do que antes.-Disse Boomer.


Bubbles deixou a resposta escapar de sua boca,assim como não pode evitar o tom decepcionado em sua voz.


-Se você colaborasse,eu não teria de forçar nada.-Disse Bubbles,mas se arrependeu no mesmo momento.


-Então a culpa é minha?-Indagou Boomer.


Bubbles foi tomada por tudo que estava sentindo.


-É! Se você não tivesse nojo de mim,nada disso estaria acontecendo!-Disse Bubbles.


Boomer piscou.


-Me diga por favor que isso não é sobre aquela paranoia da gravidez.-Disse Boomer.


-Viu! Você não esquece!-Disse Bubbles.


-Quem não esquece é você!-Respondeu Boomer,respirou fundo e saiu do quarto.


-Dessa vez não! Você não vai me deixar falando sozinha!-Disse Bubbles,e foi atrás dele.


Deixaram Ben sozinho.


Brat estava assistindo tudo de camarote no conforto do espelho,sua missão tinha sido um sucesso,e Ben estava sozinho.


Ou seja,hora do prêmio.


Ela saiu do espelho e foi até o berço,Ben estava quieto,olhando para o teto azul.


-Oi queridinho! Seus pais brigaram de novo! E é agora que eu me preparo para dar o bote! Mas antes,quero meu prêmio!-Disse ela.


Pegou Ben carinhosamente,ele a encarou,e se encolheu,não reconhecia ela,e ele não estava muito acostumado a ser segurado por outras pessoas que não fossem os pais,os tios,as tias e o avô.


Brat o colocou no chão,ela tinha algo em mente.


Levantou seu pé,e com sua visão apurada,viu exatamente onde pisaria em Ben.


-Como será que você fica quando está enforcado? Já te vi engasgado,mas não estou satisfeita!-Disse ela.


E com força,e sigilo,desceu a bota no pescoço de Ben.


E exatamente como esperava,não quebrou o pescoço do menino.


Mas estava enforcando ele.


-Seu ridiculo! Não vai chorar não!? Ah é mesmo! Você não consegue!-Disse ela,intensificando o aperto.


A pele de Ben estava misturada em um tom roxo e vermelho,Brat estava satisfeita,por enquanto.


-Prontinho! Acho que vou te deixar aqui no chão,Bubbles e Boomer vão ter uma boa surpresa,mas a que vem depois dessa,é ainda melhor!-Disse ela.


Notas Finais


Fui ao médico ontem,por isso não pude postar o capitulo.
Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...