1. Spirit Fanfics >
  2. Hating - ABO >
  3. TwentY fivE

História Hating - ABO - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


---------------- BOA LEITURA ---------------

Capítulo 25 - TwentY fivE


Fanfic / Fanfiction Hating - ABO - Capítulo 25 - TwentY fivE

D.O

Adoro quando aqueles cretinos somem assim do nada, aff.

09:35

Kai

Por que você está mandando mensagem??

09:35

Kai

Eu estou tipo, do seu lado.

09:35

D.O

Falta do que fazer #mejulgue.

09:36

***

[Chanyeol]

 

- Estou interrompendo? –soltei ao entrar no banheiro a procura de Baek e de vê-lo abraçando Suho.

 

O baixinho me encarou.

O loiro continuou enfiado nos braços dele.

 

- Vem cá. –chamou.

 

Não entendi muito bem, porém, quando me aproximei mais, pude ouvir o choro abafado do meu amigo. De imediato entrei naquele abraço e envolvi os dois. Estava totalmente confuso.

 

- O que aconteceu?

 

- Nada do que você está pensando. –o arroxeado quase sussurrara.

 

- Não pensei nada demais. –respondi. – No começo achei que era outra pessoa, mas reconheci o cheiro do Suho e sei que vocês não fariam isso.

 

- Eu sou um idiota. –resmungou o loiro, entre nós, chorando.

 

- Não fala assim. –soltou Baekhyun.

 

- Eu ainda não entendi o que aconteceu.

 

- Ele e o “você sabem quem” terminaram.

 

- Sério? Caramba. Isso explica o estado dele. –disse. Kim resmungou novamente. – Mas porque terminaram?

 

- Porque eu sou idiota o suficiente para cuidar da felicidade e bem estar dos outros, enquanto fico aqui chorando. –ele fungou o nariz. – Não que eu esteja reclamando, porque o Baek é bem cheirosinho, mas eu quero o meu moreno. –dito isso, Junmyeon voltou a chorar alto.

 

- Então, por que terminaram? –insisti na pergunta que ninguém me respondia.

 

- Suho pediu um tempo para que o boato se esfrie. –soltou o baixinho.

 

- Ai meu Deus! Eu até tinha me esquecido disso. Mas Suho, o boato vai desaparecer até o fim dessa semana. Ninguém sabe que são vocês. Então, tudo vai ficar bem. –disse tentando conforta-lo.

 

- É que você não viu o jeito que ele ficou. –mais uma fungada. – Não tenho certeza se teremos volta.

 

- Calma Suho. Não pense o pior antes da hora. –soltou Byun.

 

- Baek tem razão. –confirmei. – Ainda mais depois de tudo o que ele fez para ficar com você. Não acho que o Lay abriria mão desse relacionamento tão fácil.

 

- Ele praticamente me expulsou da sala quando pedi o tempo. Não acho que... –o loiro parou a frase na metade e saiu do meio do nosso abraço. – Espera ai... –ele fechou a cara em uma carranca revoltada. -... ele me tocou de sua sala. E eu aqui feito um idiota chorando. Não vou chorar por ninguém.

 

Dito isso, o loiro correu para pia, abriu a torneira, encheu as mãos com água e levou até o rosto. Pouco depois, se secou com papel toalha e voltou a se aproximar de nós dois, que estávamos confusos o encarando.

 

– Obrigado pela ajuda rapazes. Mas não vou ficar chorando pelos cantos. Eu estava pensando nele e aquele imbecil me trata assim? Lay vai ver quem é que vai ficar sofrendo. – então, o ômega passou por nós e desapareceu do banheiro.

 

O de cabelos roxos me encarou.

A expressão facial dele ia de confuso para surpreso.

 

- Seus amigos são todos malucos assim? –perguntou.

 

- Basicamente. Só que o Suho é o pior deles nesse quesito. –ambos gargalhamos.

 

 - Acha que ele vai fazer alguma besteira?

 

- Não. Ele só está tentando fingir que não está triste. Suho gosta muito do Lay. E o professor o adora. Ainda não entendi o porquê da briga.

 

- O jeito é deixar os dois se resolverem. –o menor me encarou.

 

- Vem cá baixinho. –disse o puxando para os meus braços. – Queria agradecer o que fez por Suho. Você mal o conhece.

 

- Só quis ajudar.

 

- Você é incrível. –disse.

 

- Eu sei.

 

- E convencido. –dito isso pressionei Byun contra a parede.

 

- Vai dizer que não gosta? –provocou o outro alfa.

 

- Eu gosto disso.

 

Pouco depois, juntei meus lábios ao dele.

De um jeito ou de outro, sempre acabávamos no banheiro.

 

[***]

Uma semana depois.

 

D.O

Corações... advinha quem é o mais lindo desse grupo?

22:56

Chanyeol

Eu sou o mais lindo desse grupo.

22:56

D.O

Não Channy. Você está pegando o mais lindo da cidade, mas de beleza só o Baek.

22:57

Suho

Ai minhas cutículas.

22:57

D.O

O Channy sabe que estou brincando. Todos nesse grupo são lindos. Mas eu sou mais. #beijosdeluz

22:58

Suho

Depois dessa eu vou até deitar no chão e questionar minhas amizades.

22:58

Chanyeol

E precisa deitar no chão para isso? Basta ler as últimas mensagens que esses malucos mandaram.

22:58

D.O

Maluco são os seus negos. Idiota.

22:59

Chanyeol

Mas vocês são os meus negos.

22:59

Kai

Quem é nego? 

22:59

Suho

Pronto, chegou o rei dos malucos.

22:59

Kai

E porque eu sou maluco jovem Kim?

23:00

Suho

Lembra que semana passada nós fomos tomar sorvete e você subiu no balcão de sorvetes e berrou que era um boneco de neve? Isso é coisa de gente maluca.

00:01

Chanyeol

O atendente não sabia se ria ou se chamava a polícia.

00:02

Kai

O Kyung me desafiou a fazer isso.

00:02

Suho

Outro maluco.

00:02

D.O

E você senhor Junmyeon? Ontem você entrou na nossa sala, se sentou e do nada olhou para o lado e berrou “Essa aqui não é minha sala”, depois saiu correndo e deixou todo mundo morrendo de rir. E depois nós é que somos malucos?

00:03

Chanyeol

Suho, você não fez isso.

00:03

Suho

Foi apenas um equívoco da minha pessoa.

00:03

Chanyeol

Parem de me fazer rir. Vou acordar o Baek.

00:03

Kai

Huuuuum, Baek está dormindo com você....

00:04

Chanyeol

Nem começa Jongin. Eu sei que você também está enfiado nas cobertas do D.O.

00:04

 

(Imagem)

 

Suho

GENTEEEEE, ele parece um ursinho de pelúcia dormindo. Vai se bonito assim na casa do cacete.

00:05

D.O

E eu achando que era o mais bonito desse grupo. Precisava mandar a foto dessa desgraça linda Channy? Aff.

00:06

Kai

Se o Baek souber que você anda mandando foto dele dormindo para nós, o baixinho vai quebrar sua cara.

00:06

Chanyeol

Bem pensado Kai. Mas já apaguei as provas do crime.

00:07

D.O

Se salvou de levar umas porradas.

00:07

Suho

Eu vou dar umas porradas em vocês qualquer dia desses.

00:07

Kai

Mais é muito fofo mesmo.

00:08

Suho

Eu não sou fofo, eu sou adorável.

00:08

D.O

EEEEE convencido.

00:08

***

[***]

 

Já fazia algum tempo desde o término de Zhang e Kim. O boato que circulava pelos corredores desaparecera. Ninguém estava dando mais importância para o professor e aluno que estavam se pegando.

 

O boato da semana era que a professora de artes era homem. Pensei que isso iria aliviar a tensão entre o moreno e o loiro, mas nada mudou. Acho que as coisas ficaram piores entre eles.

 

Durante as aulas, Yixing mal olhava para Suho. Na verdade, ele mal falava com os alunos como antes. O professor simplesmente passava matéria, explicava e nos enxia de exercícios.

 

E Suho começara a fazer pirraça. O loiro era péssimo em matemática, mas começara a tirar notas bem altas, tudo para irritar Lay. E não me pergunte qual a lógica disso, porque tentei entender também.

 

O ômega ainda fingia que não ligava mais para o outro. Mas eu tinha certeza que o menor estava morrendo de saudades. Zhang também estava. Vez ou outra eu o pegava encarando meu amigo.

 

Mas era raramente. Talvez os dois fossem orgulhosos e cabeça dura demais para se reconciliarem. E eu tinha que aguentar a tensão gerada por ambos.

 

Alguém bateu na porta.

Pouco depois, o diretor entrou na sala.

 

- Sr. Zhang, desculpe interromper, mas preciso falar com a sala. –soltou ele. Todos ficaram calados e encarando o homem. E pelo tom de voz dele, o assunto era sério. – Nós descobrimos quem era o professor que estava mantendo relações com um aluno.

 

Suho me encarou.

O loiro ficara mais branco do que já era.

Pensei que a qualquer momento ele iria cair duro no chão.

Notei que Lay também estava pálido.

 

 – E se tratava do treinador Linno. Ele foi pego no vestiário feminino, despido, e com uma das alunas, contudo, os pais não permitiram que eu revelasse o nome. –eu pude ouvir a respiração aliviada de professor. E o menor atrás de mim também estava na mesma situação. – Nós da escola, da secretaria da educação e da polícia vamos tomar conta de tudo. Ele nunca mais chegara perto de um aluno. –completou o diretor. Então, saiu da sala.

 

Kim me encarou.

O loiro estava com uma expressão que dizia “passou perto”.

Dava para ver de longe o alívio dos dois.

 

- E agora? –questionei quase sussurrando.

 

- Agora nada. Que bom que tudo se esclareceu. –ele deu de ombros.

 

- Eu quero dizer sobre você e o Lay. O que pretende fazer?

 

- Eu não vou fazer nada. Não vou correr atrás desse idiota. –bufou em forma de sussurro.

 

A boca dele dizia uma coisa, mas os olhos praticamente chamavam pelo professor. E era triste ver os dois naquele tipo de situação.

 

- Classe. –disse Yixing. – Aproveitando que o diretor abriu a ala para notícias, quero lhes dizer que essa foi minha última semana com vocês. –a sala toda disse “AH!” juntos. – Também estou triste, mas por motivos de força maior, vou mudar de escola. –mais reclamações da sala. – Foi um prazer ser o professor de vocês. E espero que tenham aprendido ao menos alguma coisa comigo e com minhas aulas. –o moreno sorriu, mas quando ele olhou  para Junmyeon e viu o loiro de cabeça baixa, o sorriso se desfez.

 

- E agora Suho? –insisti.

 

- Agora? –suspirou. - Se ele quiser, pode ir para a puta que pariu que eu não ligo. –ao terminar, o ômega ficou de pé, pegou sua mochila e saiu da sala.

 

Segundos depois o sinal tocou.

E eu fui atrás dele.

 

- CONTINUA -


Notas Finais


EM breve mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...