1. Spirit Fanfics >
  2. Hating the Playgirl >
  3. Nostalgia

História Hating the Playgirl - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Nostalgia


Jennie POV

Eu estava ocupada olhando para o meu redor. Sim, apenas para manter meus olhos longe dessa loira irritante. Ela estava ocupada olhando para o cardápio, muito lenta para pedir. Eu, por outro lado, sei perfeitamente o que vou almoçar desde o momento em que entrei neste restaurante.

A garçonete, como sempre, estava ocupada olhando para ela, como se ela fosse algum tipo de pedaço de carne pronto para ser comido.

Ela estava desesperada.

Ela me lembrou a garçonete de Nova York quando Lisa e eu tivemos nosso primeiro encontro.

Oh, caramba Jennie Kim. Recomponha-se!

Esse não foi um daqueles flashs de memórias, certo? Pare de fantasiar e ter os chamados sentimentos nostálgicos! Não havia nada para ansiar!

Esta foi a razão pela qual eu queria recusar a comer esse tipo de almoço, como quer que fosse chamado, com ela. Aposto que ela estava fazendo isso de propósito.

Qual era o plano dela? Ela quer que eu reflita sobre o nosso passado? Ou ela estava apenas zombando de mim com sua atitude de 'estou tão feliz agora'. Ou talvez ela estivesse fazendo isso apenas para me arrepender das decisões que tomei no passado, no momento em que a afastei.

Arrogante, idiota narcisista!

Você me deixou, foi você...! Eu deveria fazer você sentir pena de perder alguém, e não o contrário!

Eu a odeio tanto. Sua presença já era o suficiente para me irritar.

"Por que você me odeia tanto, Jennie Kim? Não me lembro de ter feito algo a você".

Sim, antes, eu a odiava muito, mesmo que ela não tenha feito algo ruim comigo. Naquela época, eu era meio imprudente, odiando-a por machucar outras pessoas. Mas agora, acho que tenho todas as razões do mundo para desprezá-la, certo?

Eu a odeio, mas eu estava almoçando com ela. Contendo minha raiva e agindo como se fôssemos apenas amigas que não se viam há anos e tendo uma mini reunião feliz.

Que grande hipócrita.

"... e o bife e a massa com molho marinara". Minhas sobrancelhas subitamente se curvaram à sua declaração.

"Eu não te pedi para você pedir para mim". Eu disse a ela. Ela se virou para mim e sorriu.

"Esse foi o meu pedido. Você também vai querer esse?". Seu sorriso ficou mais amplo.

Eu juro, eu queria tirar aquele sorriso arrogante do rosto irritante! Ela sabia perfeitamente que eu pediria aquela famosa combinação de bife e macarrão, certo? Não me diga que ela já esqueceu disso! Eu pedi quase todas as vezes que fomos em um enco... comer fora antes!".

Você está realmente testando meu temperamento, hein, Lisa Manoban. Bem jogado. Mas eu não vou trocar meu pedido por isso, você ter pedido o que eu gosto não vai me impedir de comer o que eu quero.

Era o meu favorito, e não vai ser a idiota da Lisa Manoban que vai me impedir de comer aquela refeição. Além disso, eu que vou pagar por isso! E se eu mudar meu pedido para outra coisa, ela pode concluir que de alguma forma me afetou por algum motivo.

"Eu vou querer o bife com macarrão". Eu disse à garçonete. Eu me virei para Lisa e sorri para ela enquanto continuava com meu pedido. "Com molho marinara".

Por um segundo, pensei que havia vencido, mas depois percebi estar errada. Seu sorriso outrora arrogante se transformou em um sorriso divertido. "O que eu mais gosto". Ela comentou.

Meu sorriso desapareceu de repente e foi substituído por uma cara fechada. Eu olhei para ela e ela apenas continuou sorrindo para mim.

Pare de me olhar e sorrir sua idiota!

Desviei o olhar, não aguentava mais. Perdi outra disputa com ela! Eu odeio tanto essa idiota! Eu queria tirar aqueles olhos da órbita ocular e pisotear com meus próprios pés!

Eu estava me tornando hostil! Todos os créditos para você, Lisa.

"Como você gosta do seu bife, senhora?". A garçonete perguntou docemente para ela.

É sério isso? O que havia com todo mundo se apaixonando pelo chamado charme? Aposto que se eles conhecerem sua verdadeira face, todos se sentirão da mesma maneira que eu me sinto.

Ódio!

"Mal passado". Ela disse. Eu olhei para ela e ela fez o mesmo. "Parece firme por fora, mas no fundo é realmente macio e sensível por dentro".

Senti meu estômago revirar e meu coração bater freneticamente quando ela disse cada palavra enquanto olhava para mim diretamente nos olhos.

Sobre o que era tudo isso?

"Boa escolha, senhora. E para a senhora?". A garçonete perguntou.

Eu me certifiquei de olhar para Lisa enquanto dizia cada palavra. "Muito bem. Cozido de maneira lenta. Perfeitamente moldado por um longo período de tempo para ficar duro por dentro".

Lisa riu e chamou a atenção dos outros. "Parece delicioso". Ela comentou.

Por alguma razão desconhecida, eu corei. Essa idiota!

"Pare de rir, você está nos envergonhando". Eu faço uma careta para ela.

Ela me deu um sorriso cômico e disse: "Você nunca deixa de me surpreender". Ela terminou com uma piscadela.

E lá estava novamente, meu coração, oh meu pobre coração sensível. Por favor, pare de disparar sempre que esse sorriso brilhar para você. Ela não é nada além de problemas. Já passamos por esse estágio, certo? Então, por favor, ouça o cérebro e comece a racionalizar!

"E você ainda é a mesma garota que...". Minha tagarelice foi interrompida por um telefonema. Eu olhei para meu telefone e vi o rosto de Rose piscando na tela.

Oh, merda. Eu esqueci completamente dela! "Com licença, tenho um telefonema muito importante". Ela se inclinou para trás e assentiu para mim, como se estivesse me dando permissão para sair. O que é que foi isso? Eu estava afirmando um fato, não pedindo seu consentimento!

Eu apenas revirei os olhos e me levantei. Afastei-me um pouco mais da mesa e atendi meu telefone. "Rose".

"Onde você está? Por que você me deixou com esse idiota? Você está fazendo isso de propósito?". Ela estava claramente chateada. Eu me perguntava o que James fez com ela dessa vez que a deixou tão furiosa.

"Me desculpe, ok? Lisa me pediu para...".

"Espere, o que?". A voz de Rose diminuiu. Seu tom de repente de transformou de ira em deleite.

Movimento errado de novo. Por que eu divulguei essa notícia para ela? Ela definitivamente vai me perguntar sobre tudo. Bem feito, Jennie Kim.

Mas então, talvez ela seja a minha razão para poder escapar desse almoço. Sim, vou apenas dizer à Lisa que Rose estava me procurando, e ela precisa de mim agora! Ou eu vou pedir para ela se juntar a nós! Isso seria bom! Não será estranho novamente.

"Diga, Rose? Você está com fome, certo? Então, por que...".

"Apenas continue com seu encontro, Jennie. Eu posso suportar James por mais alguns minutos. Eu vou apenas...".

"O que?".

"Não me use como desculpa para sair desse restaurante, Jennie. Eu te conheço perfeitamente. Você está pensando em uma maneira de sair desse lugar, mas eu sei que lá no fundo, você está realmente gostando". Ela definitivamente estava gostando disso tudo.

"Rose! Isso não é...".

"Tchau, até mais!". Ela disse como se estivesse cantando. Eu estava prestes a protestar, mas ela já desligou.

Que grande melhor amiga eu tenho aqui.

Pelo menos nós duas estamos na mesma situação estressante. James ao lado dela, Lisa do meu. Haverá um momento em que estaremos fora do alcance desses loucos?

Eu arrastei meus pés de volta para a nossa mesa. Eu não tinha escolha; eu tenho que suportar ela. Lisa, como sempre, estava sorrindo para mim. Eu queria ter um motivo para sair daqui, rápido.

Então, de repente, uma ideia surgiu em mim. Sim, acho que vai funcionar.

Sentei-me e sorri para ela. "Era Rose. Você sabe, ela está presa com James e está ficando louca por estar sozinha ao lado dele. Ela queria que eu...".

"Ela já me deu um aviso". Ela me cortou e me mostrou seu telefone. Não ousei olhar para o que Rose escreveu naquela mensagem. Eu sei perfeitamente que era sobre mim e minhas desculpas. Uau, Rose, você está realmente pensando na minha frente, hein?

Você deveria ser a oradora oficial da turma, não eu.

Eu tentei o meu melhor para não fazer uma careta para ela. Em vez disso, eu apenas lhe dei um sorriso caloroso apenas para me manter longe de outro momento humilhante que ameaçava explodir a qualquer momento. "Ela queria que eu... ficasse aqui para que ela tivesse mais tempo para irritar James". Eu completei minha última frase, o sorriso ainda intacto.

Ela olhou para o lado e riu suavemente. Meu coração de repente pulou uma batida ao vê-la rindo assim. Ela era... ela era fofa quando tentava reprimir suas risadas.

Eu fiz uma careta para mim mesma. Minhas feições mudaram instantaneamente de aborrecimento para calma. Minha capacidade de pensar foi repentinamente jogada fora do meu cérebro bobo. O ódio foi inesperadamente transformado em desejo.

Inclinei minha cabeça para o lado e a observei, seu rosto lindo, seus cabelos agora castanhos, sua risada sumptuosa, sua mão longa e esbelta que cobria seus lábios suaves.

Tudo sobre ela... eu sou...

"Aqui estão seus pedidos".

Sério, eu literalmente me choquei quando a garçonete colocou nossos pedidos em nossa mesa.

Esse foi definitivamente um momento perfeito! Eu estava prestes a perder a cabeça naquele momento! Essa foi provavelmente a primeira vez que fiquei agradecida por alguém estar atrapalhando meus pensamentos!

Vi Lisa balançar a cabeça com um sorriso ainda estampado no rosto. Aposto que ela me viu me mexendo há segundos atrás. Ela realmente acha divertido toda vez que eu faço algo vergonhoso, hein?

Nós duas comemos em silêncio. Eu estou bem com isso. Eu estava com medo de poder fazer algo estúpido novamente. A última coisa que eu queria agora era satisfazer o ego dela, me humilhando na frente dela ou a fazer pensar que eu estava me comportando assim por causa da presença dela.

Oh, por favor, eu realmente aposto que ela estava pensando isso. Que eu perco todos os sentidos em mim sempre que ela está por perto.

Eu só quero que esse almoço termine logo.

Sei perfeitamente que isso tudo é culpa minha. Eu e minha boca grande. Fui eu quem entregou as informações sobre Rose ser a garota mascada e agora ela estava usando isso contra mim.

Mas havia uma pergunta que ainda estava me incomodando. Por que de todas as coisas que ela poderia pedir em troca para guardar esse segredo, ela pediu logo um almoço comigo? E ela também mencionou há um tempo atrás que estava no baile de máscaras. Então, isso significa que foi mesmo com ela que eu dancei.

Mas por que? Por que ela faria isso? Qual era o motivo dela? Ela ainda tem...

"Jennie?". Eu fui tirada de meus devaneios quando Lisa chamou minha atenção.

"Sim?". Eu respondi imediatamente. Eu não quero que ela pense que eu estava viajando na frente dela.

"Nós terminamos". Ela disse diretamente.

Minha boca ficou aberta. Por alguma razão desconhecida, meu coração doeu ao ouvir essas palavras. "Nós... nós terminamos?". Eu perguntei nervosamente. De alguma forma, ela leu as perguntas dentro da minha cabeça?

Ela terminou comigo. Conosco.

"Sim". Ela respondeu sem hesitar.

Desviei o olhar apenas para evitar seu olhar. "Oh". Foi a minha única resposta. Pronto, você finalmente tem sua resposta, Jennie.

"A menos que você queira alguma sobremesa. Eu estou satisfeita com o que comi".

Eu me virei para ela e dei-lhe um olhar interrogativo. "O que?".

"Parece que você está decepcionada por termos terminado de almoçar e se você ainda quer passar mais tempo comigo, eu estou bem com isso".

Eu olhei fixamente para ela, sem saber o que dizer ou fazer. E então isso me atingiu. Tão estúpido da minha parte! Claro que ela estava falando sobre o almoço! O que aconteceu comigo? Além disso, eu não deveria sentir remorso, mesmo que ela estivesse falando sobre o nosso término.

Eu me odeio por concluir as coisas com tanta facilidade! Seria uma grande humilhação se eu tivesse aberto a boca naquele momento e começado a fazer perguntas estranhas!

"Não. Estou cheia. Nós já podemos ir. Acabamos". Eu disse a ela.

"Bom. Vamos então". Ela se levantou e caminhou em minha direção para puxar minha cadeira. Eu só estava olhando para ela o tempo todo em que ela estava fazendo o ato de ser uma dama.

Ela me acompanhou para fora do restaurante com ela abrindo a porta para mim. Eu ainda estava em estado de choque. Por que ela estava agindo assim? Ela estava tentando ser a super impressionante?

Eu estava prestes a ser ousada e perguntar a ela o que isso tudo significava, mas então outra coisa me surgiu. "Espere. Eu ainda tenho que pagar por nosso conta". Saí e estava prestes a entrar no restaurante novamente, mas senti Lisa agarrar meu braço, impedindo que eu entrasse.

"Você estava realmente viajando naquela hora, hein? Eu já cuidei disso, Srta. Kim". Ela disse com um sorriso convencido.

Humilhação total, novamente. Continuei fazendo isso comigo mesma. Ainda tenho alguma dignidade na frente dessa surtada que é Lisa Manoban?

"E por que você faria isso? Eu pensei...".

"Jennie!". Ouvi alguém chamar meu nome por trás. Eu me virei e vi Rose saltitando em nossa direção.

Voltei minha atenção para Lisa e a vi sorrindo de orelha a orelha. "Eu mandei uma mensagem para ela te buscar aqui".

Revirei os olhos e virei a cabeça novamente. Comecei a dar um passo para longe dela, mas senti suas mãos segurando meus ombros gentilmente, me fazendo grudar no lugar.

Eu congelei no momento. Ela estava planejando fazer alguma coisa... alguma gracinha.

Vi Rose dando um passo lento em nossa direção. Ela estava olhando para nós com diversão evidente em suas feições.

E então, de repente, minha atenção saiu de Rose no momento em que senti a respiração de Lisa na curva do meu pescoço. Eu estava ofegando por ar e meu coração estava disparado como o inferno! Toda sua respiração estava enviando calafrios à minha espinha.

Você está planejando me beijar, Lisa?!

"Você ainda me deve outro almoço pelo seu segredo, Jennie". Ela falou tão devagar e tão baixo.

Meus olhos se arregalaram com isso. Eu ainda estava ofegando por ar e meu coração poderia explodir a qualquer momento. Ela me soltou e senti que estava prestes a cair no chão por falta de energia. Era como se Lisa sugasse toda a vivacidade que tenho dentro do meu corpo.

Por que você está fazendo isso?

O que você está planejando?

Por que você continua me dando emoções confusas?

Oh. Por que eu me sinto como...

Estou com um grande problema. Novamente.


Notas Finais


Um capítulo inteiro só de drama Jenlisa hein? KKkkkk

Eu adoro o fato de que a Lisa se diverte muito conversando em metáforas enquanto a Jennie fica quase a ponto de dar uma bofetada na cara dela kkkkk.

Melhor ainda é elas fazendo as coisas e quando dá errado elas inventam uma mentira qualquer. Melhor exemplo disso é a Lisa apontando para o restaurante fazendo beicinho. Eu não sei vocês, mas na minha cabeça essa safada tentou a sorte, se desse certo era lucro, se não é só jogar uma desculpa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...