História Havana - One-Shot - Imagine Yoongi - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais, Suga
Tags Bts, Jungkook, Oneshot, Sexo, Suga, Yoongi
Visualizações 928
Palavras 1.126
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi galerão fiz mais uma one do utt
Espero que gostem
>⚠Não foi revisado⚠<

Boa leitura📚

Capítulo 1 - Docinho


Fanfic / Fanfiction Havana - One-Shot - Imagine Yoongi - Capítulo 1 - Docinho

Docinho

— Olha se não é a convidada especial dessa noite — Meu primo JungKook diz quando chega em minha casa

— Jeon eu mandei você parar com essa besteira, afinal não tem motivo pra me ser a convidada especial, Yoongi chamou todas as meninas pra festa não sei de onde você tirou isto — me jogo no sofá

— Você sabe muito bem porque eu estou falando isto, primeiro eu sou amigo dele, segundo ele já falou que tinha uma queda por você, e eu sei que com você é a mesma coisa, adianta nem menti — me acompanha e pega seu celular

— Até parece que o líder do time de basquete tem uma queda por mim, ata Jeon — Falei um pouco nervosa, eu realmente tinha um queda por ele

Ver aquele corpo soado todos os dias de educação física é um grande pecado, mais um pecado tão gostoso de se pagar

— Ou eu tô falando contigo da pra presta atenção — Minha irmã grita do meu lado, ela era mais velha, e a Patricinha da escola e louca por Yoongi, ele era o "único" que não a queria — Você não vai na festa do meu namorado — a olho incrédula

— E dês de quando Yoongi Hyung assentou ficar contigo — Jeon diz a Provocando

— Você vai ver — Ela aponta um de seus dedos em minha cara, RAPARIGA

Ela era a preferida de Omma e Appa, eu não tinha chances de ganha-la

— Appa Omma S/n me bateu o dia todo — e foi ali que aconteceu às mentiras, como sempre ela fazia

No fim estou aqui em meu quarto trancada, eles acreditaram nela, e eu fiquei sem ir na festa

JungKook On

— Cadê ela Jeon você falou que ela vinha — O hyung não parava mais de anda pra lá e pra cá

— Já era pra ela ta aqui — Olho pra porta, mais a única que encontro é Jey, irmã de S/n e minha prima, ela é tão vadia que vem com um vestido justo e decotado

Não acredito que ela conseguiu fazer que S/n ficasse em casa, com certeza ela inventou alguma mentira pra ferrar S/n, Jey vem em nossa direção e encara Yoongi, sério mesmo que ela acha que ele vai querer ela

Yoongi já tem S/n, e ela ganha de todas da faculdade, tanto em corpo e até nos sentimentos

— Oppa vamos dançar — Jey tentava atraí Yoongi mais ele não queria e estava claro isto

Hyung me puxou pra fora da casa, ele me levou até o carro

— Estou ficando louco eu vou pedir para os pais dela, Me mostre o caminho

Falo o caminho aproveito e mando uma mensagem pra S/n se ela já está ponta

S/n On

Consegui pular a janela, estava com uma roupa nem tanto sexy, era só uma blusa fina branca de seda, uma saia rodada preta, e um casaco de exército e um bota com salto preto

Ando pelas ruas, vejo um carro familiar e logo ele para do meu lado, Olho pra dentro e estava Jeon e o Min

— Onde você tava, já íamos te pegar — Jeon diz quando entro no carro

— Ela conseguiu convencer Appa e Omma falando que eu tinha batido nela

— Nem se você contasse os podres dela?

— Nem isso, ela é a queridinha deles você acha mesmo que eu iria conseguir convencer eles

— Você está linda — Ouvi a voz do Min que começou a me encarar e o encaro também, Ele morde os lábios me senti um pouco encomodada

— Da pra vocês não se comerem aqui por favor — KooKie diz com uma cara de nojo

Fomos pra festa, logo na entrada já pude ver minha querida irmã com um vestido colado e minúsculo, ela não tem vergonha, Não? Acho que não

Mais eu tenho vergonha da irmã que tenho se pode-se nem tinha nenhuma irmã, Fomos ao encontro dos amigos deles que já estavam bebendo cerveja

— Então você é a convidada especial ou dizendo a garota mais importante pro Hyung — Um garoto de cabelos Loiros

— Eu não sei por quer todos estão falando isto mais eu tenho medo de perguntar o por quer

— Em umas horas eu te acho muito lesada meu deus — Jeon Diz rindo

Já tinha bebido uns três copos de bebida alcoólica que nem sabia que existia, até agora Jey ainda não veio me encher o saco, graças a deus

— Vamos dançar — Yoongi diz em meu ouvido

Levanto da cadeira e vou até aonde as pessoas estavam dançando igual loucas

Estava de costas pro garoto sentia uma coisa dura em minha bunda, Na mesma hora começa a tocar Havana, rebolo, ele apertar mais minha cintura com mais força, Canto alguns trechos da música

— Vai me torturar mesmo — Sua voz sai rouca fazendo me ficar molhada só com a sua voz

Yoongi coloca meu cabelo só de lado e distribuí chupões em meu pescoço, eles chegaram até a doer, de tão forte que ele chupava

— Vamos pro seu quarto — Viro de frente para o garoto que morde o lábios com um sorriso sacana, me puxa para subir a escadas

Entramos no seu suposto quarto, me beija como se quisesse fazer isso a muito tempo

Tira meu casaco e me joga na cama, Tiro minha bota, vejo ele tirando seu moletom, o chamo com o dedo

Ele parece entender oque eu quero fazer, Chega perto de mim, me ajoelho na cama, tiro seu cinto e sua calça

Antes que eu pode-se tira sua box ele me empurra novamente sobre a cama, tira minha blusa, meu sutiã, calcinha, saia.

Fica entre minhas penas, estimula meu botão devagar fazendo-me contorcer sobre a cama

Sua língua é tão gostosa, sua língua já estava “trabalhando” em me, aquilo era uma sensação tão gostosa, nunca tinha sentido essas coisas com outra pessoa

ele é incrível, do jeito que me enlouquece, faz do jeito que ninguém fez, e que ninguém nunca vai fazer

Meus gemidos já são altos, já estava chegando no limite, quando ele para, o olho inquedula

— De quatro docinho — o obedeço, empino minha Bunda recebo um tapa do garoto

Sinto a cabeçinha do seu pau em minha entrada, em um movimento rápido e forte sinto ele todo em me

Penetra forte me fazendo ir a loucura, nossos corpos se chocando barulhos molhados

— M-Mais rápi-rápido Y-Yoongi

— Vou acabar com você docinho

Puxa meu cabelo e acelera mais as estocadas gemo seu nome alto, rebolo minha bunda recebo uma tapa na bunda, os gemidos baixos e roucos me deixavam ainda mais excitada

Ele sai de mim e senta na cama entendo seu recado e sentei no seu colo aperta minhas coxas

Aperto seu cabelo entre meus dedos, maltrato um pouco seu pescoço branco, ele faz a mesma coisa

— Você é Hmmm incrível garota — Diz em meu ouvido

— Você é...Mais Y-Yoongi A-ahhh

Podia sentir que ele estava mais que satisfeito com oque eu estava fazendo


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...