História Have never I ever - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias HyunA
Personagens HyunA
Visualizações 3
Palavras 1.642
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3 - E'dawn


Fanfic / Fanfiction Have never I ever - Capítulo 3 - Capítulo 3 - E'dawn

E’dawn sentia falta das baladas de Seoul, ele viajou para ver a família e as baladas de lá não chegavam aos pés das de Seoul.

-CARA! EU TO MUITO BEBADA! - Grita Hyuna

-EU TAMBÉM- Chega a vez de E’dawn gritar e os dois caíram na gargalhada – Aquele homem está te olhando –  ele aponta

-Apenas ignore e continue a dançar – disse Hyuna

 -Ele está vindo em sua direção – E’dawn sorri de lado

O velho vai até Hyuna e começa a se esfregar nela. A ruiva o empurra, mas ele insiste. E’dawn assiste tudo e acaba interferindo – Dá para você soltar minha namorada seu idiota?! –

Hyuna sorri ao ver a cena e o velho vira para ela – Ele é seu namorado, gostosa? – Hyuna não o responde, vai até E’dawn e o beija.

O loiro não estava tão bêbado quanto Hyuna, no fundo ele queria parar aquilo por saber que a colega não estava sóbria, mas não fez nada a respeito, apenas aproveitou. Quando eles acabaram de se beijar, por conta do folego, o velho já não estava mais lá. Hyuna sorri para E’dawn.

-Uau...- ela diz

-Você tá bêbada- E’dawn ri

-Estou... eu preciso ir ao banheiro – Ela se retira.

A ruiva entra no banheiro. O local estava podre e ela acaba vomitando toda a bebida. Ela limpa sua roupa e ao tentar sair do banheiro, o velho aparece.

-Tá indo a algo lugar, princesa? – Ele pergunta com seus dentes podres a amostra

-Meu namorado está me esperando, licença – Ela tenta fugir, mas o velho a empurra para dentro do banheiro novamente.

-ME DEIXA SAIR! – Ela grita

 E’dawn percebe a demora da amiga e vai atrás, ao chegar na porta do banheiro feminino, escuta os gritos de Hyuna e entra desesperado vendo uma cena que fez seu sangue subir borbulhando. O loiro já não controlava mais seus movimentos e só foi perceber o que estava fazendo quando seguranças da boate estavam o colocando para fora do local por quebrar o maxilar de um senhor de idade. Hyuna vai atrás do colega e o ajuda.

-Obrigado por me ajudar – Ela sorri e tenta andar mais acaba caindo no chão por estar bêbada

E’Dawn sorri e seus dentes estavam com sangue fazendo Hyuna rir -Vamos para casa, gazela... você está bêbada! –

Já estava amanhecendo quando os dois chegaram ao apartamento. O efeito do álcool já tinha desaparecido em E’dawn, mas em Hyuna ainda faltava um pouco. Os dois tentaram entrar sem fazer barulho, mas Hui estava acordado e olhando para a porta de entrada com a cara mais cansada, assustadora e séria do mundo fazendo o loiro e a ruiva se assustarem.

-Bonito em... que bonito... – Hui bate palmas

- O que você tá fazendo acordado essa hora, idiota? – Hyuna entra cambaleando pelo apartamento.

Hui franzi as sobrancelhas – Você está bêbada? – Ele olha com raiva para o amigo

-O que? Eu não tenho culpa de nada! – E’dawn levanta as mãos

-Vocês sabem o quanto eu fiquei preocupado?! – Hui começa a gritar

-Para de gritar! Minha cabeça está doendo! – Hyuna bate nele

-Para, você sabe que eu sempre saio de noite! – E’dawn se joga no sofá

-Não estou falando de você idiota, estou falando da Hyuna! – Hui responde e E’dawn põe sua mão no peito como se estivesse magoado. Hyuna rir da cara dele – Ei gazela, você acha isso engraçado?! – ele revira os olhos – quer saber, eu desisto de vocês, eu vou dormir – Ele vai até seu quarto e se tranca lá dentro.

E’dawn gargalha – O que aconteceu com Hui que eu conheço enquanto eu estava viajando? –

Hyuna não responde, apenas rir.

-Você continua bêbada, vai tomar um banho idiota! – O mais alto a empurra e ela entra no banheiro

 

18 horas depois

 

-Não acredito que vocês faltaram aula por causa de uma balada e me fizeram faltar também! – diz Hui

-Desculpa cara, eu não sabia – Responde E’dawn

-Como tá a gazela? –

-Ela foi dormir – o mais velho responde

- Eu fiquei preocupado com ela...- Hui fala baixo e olha para o chão e E’dawn olha malicioso para o amigo – Não é o que você tá pensan....

-VOCÊ GOSTA DELA! - E’dawn grita

-Dá para você falar mais baixo?!- Hui se desespera e E’dawn gargalha

-Então meu amigo está apaixonadinho de novo? – E’dawn pergunta, mas Hui não o responde por tomar um susto com Hyuna

-Dá para vocês pararem e gritar? Vocês me acordaram! – Ela senta ao lado deles – e minha cabeça está doendo.

-Não é minha culpa...- E’dawn responde e Hui bate em seu braço

-Tanto faz, me acordou – a ruiva senta ao lado de Hui – que horas são?

-18:00 – responde E’dawn calma

-O que?? –

-Você dormiu o dia todo. – Hui gargalha

-Muito fraquinha para bebida! – E’dawn gargalha junto com o amigo

-Eu faltei faculdade por sua culpa! – Ela empurra E’dawn

-Nem vem, você quis me seguir – ele a empurra também -e ainda me ameaçou! –

-Já que vocês me mataram de preocupação, por que não me falam o que fizeram durante o dia todo? – Hui cruza suas pernas

-Bom.. O senhor idiota aqui ficou triste porque o bebezão fugiu de casa... – Hyuna ia dizendo, mas seus companheiros a empurram – e ai resolveu sair...

- E ela me perseguiu!! – Grita E’dawn e Hui gargalha

-Eu o ameacei – Hyuna ri orgulhosa – e ele ficou morrendo de medo

- Não foi bem assim!!- E’dawn cruza os braços e Hyuna gargalha – depois da brincadeira idiota, nós fomos almoçar...

-Bem lembrado!! Você me deve! Eu paguei o almoço para você! – Hyuna aponta para E’dawn

-Eu te paguei na boate! Quando te salvei... – E’dawn sorri malicioso

Hyuna não entende e fica com cara de interrogação até ter um flashback e limpar a boca na hora fazendo E’dawn gargalhar alto.

-Salvar? Como assim? – Hui pergunta confuso

-É, um velho tava se esfregando na Hyuna – Hui põe a mão na boca enquanto E’dawn explicava (dramático)

-Você tá bem babe? Você ta pura? – Ele pergunta e Hyuna olha sério para ele – Caralho.

-Não acredito que você falou isso! – E’dawn ri

-Não, não, não foi o que eu quis dizer... Me desculpa! – Hui fica desesperado

-Cala boca, idiota! – Hyuna o empurra

-Aconteceu mais alguma coisa depois – Hui pergunta de cabeça baixa. E’dawn e Hyuna se entreolham

-Bem.. acontec.... – Hyuna ia dizendo, mas é interrompida

-Não, não aconteceu nada! – E’dawn responde e Hyuna não entende porque o amigo mentiu

-Ótimo, E’dawn acho que se a gente não sair agora, vamos perder nossa sessão! – Hui se levanta

-Espera, onde vocês vão? – Hyuna pergunta

-Desculpa bebê, nossa noite foi ontem – E’dawn pisca para Hyuna e ela revira seus olhos

-Noite dos garotos! – Hui diz animado

-Noite o que? – Hyuna franze as sobrancelhas – Vocês estão me excluindo, é isso?

-Não é isso, hoje completamos mais um ano de amizade, bobinha – Hui abraça Hyuna – se cuida – ele beija a testa da mesma fazendo ela fica paralisada

-Eca, germes masculinos – Ela limpa sua testa e ri – Vocês são uns idiotas por me deixarem aqui sozinha! – Os garotos apenas riem e vão embora

 2 horas depois.

 

E’dawn e Hui estavam saindo da sala do cinema como pessoas normais, até que Hui dá a ideia de dar spoilers do filme para as pessoas que estavam entrando na sala ao lado que, iriam assistir o mesmo filme, mas como a vida não é flores, os dois são retirados do cinema à força. Eles não se importavam e apenas gargalhavam. Depois de um bom tempo, quando a barriga já estava a doer de tanto rir, os dois decidem ir comer algo.

-Você vai falar para ela? – E’dawn pergunta

-Ela quem? –

-Para Hyuna, idiota – E’dawn come sua batata frita

-Contar o que? – Hui finge de desentendido

-Que eu sou a grávida de Taubaté! – O mais novo bate na cabeça do amigo

-Olha, depois de anos com você, nem percebi sua falsidade! – Hui segue a ironia do amigo

-Você é um babaca, sabia? –

-Não mais que você – Hui responde o amigo e logo pisca para o mesmo – mas voltando, eu não acho que ela goste de mim da mesma forma, sabe?

-Ah qual é? Assim que eu cheguei, vocês estavam se comendo! – E’dawn fala alto demais

-Isso Kim HyoJong, fala mais alto mesmo para todos escutarem! – Hui revira os olhos

-Você precisa contar para ela... ou eu vou fazer isso – E’dawn sorri

-Nem tente fazer seus joguinhos! –

Os dois terminam de comer e decidem voltar para casa.

 

-Antes de entrarmos no prédio... podemos conversar? – Hui pergunta

-Sobre? – E’dawn já sabia o que o amigo queria

-Sua viagem... – Hui diz em tom baixo

-O que quer saber sobre? – E’dawn pergunta – Se seu filho na barriga da minha irmã tá bem ou se minha irmã tá bem? Ah, espera, também tem a questão de que os pais de seu melhor amigo, o odeiam por apresentar a irmã para um homem imaturo! – E’dawn vira as costas para Hui mas antes de subir respira fundo e diz – você tem sorte por eu te amar e ainda te considerar como amigo Hui, não estraga as coisas, por favor.

-Me desculpa... – Foram as únicas palavras que saíram da boca do mais velho

E’dawn sobe para o apartamento e Hui decide não subir.

-Me desculpa por isso, irmão... – E’dawn fala sozinho

-Está falando sozinho agora é? – Hyuna senta ao lado do mais novo – Onde está Hui?

-Eu não sei, ele quis ficar lá embaixo... – Ele a responde

-Você está estranho... mas mudando de assunto, por que mentiu para ele? –

-Sobre? – Ele pergunta

-Nosso beijo – Hyuna responde olhando para o chão

-Ah, sobre a noite que você me atacou? – E’dawn sorri de lado

-Eu não te ataquei! Você me beijou! E.. e.. eu estava bêbada! -

-Não, querida, você que me beijou! –

-Não importa, por que não disse a verdade a ele? – Ela pergunta

-Tenho meus próprios motivos, ruiva – E’dawn se levanta e vai até seu quarto

-Vocês são estranhos... – Hyuna continua sentada no sofá

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...