História Havia só tristeza 2--Fillie - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Fillie, Lumax, Soah (e Outros Shipps)
Visualizações 93
Palavras 1.228
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Me siga no insta: @stranger_bts333💜👼
vejo vcs nas notas finais🍁❤️
Boa leitura🌻💛

Capítulo 15 - Eu te odeio finn


Acordo e vejo que eu e renan estamos abraçados, 

e Poliana no nosso meio,

Eu ainda sinto um buraco no meu peito, oque a Poliana disse estava me matando, oque o finn havia dito também estava me machucando tanto.

Deus! Oque eu fiz pra merecer isso?!

Eu amo tanto a Poliana, e oque ela disse me cortou, eu sei que foi da boca pra fora, e assim como o finn ela fala mentiras quando está estressada, mas ainda sim me cortou.

Poliana era simplesmente perfeita, seu cabelo negro como o de finn caia super bem para sua pele pálida, sardas que parecem constelações, NARIZINHO arrebitado, bochechas bem marcadas e boca rosada,

Ela era a mistura perfeita minha e do finn,


"Oque está fazendo?" Renan diz se espreguiçando na cama.

"Vendo a Poliana" digo a dando um beijinho na sua pequena testa,

"Ela é linda como você!" renan diz e eu coro, 

ele não estava gostando de mim! E simplesmente impossível, ele é um anjo... meu anjo!

"O..o..brigada" digo gaguejando,

"Vou fazer uns waffles pra Poliana, e um café pra você" ele diz se levantando da cama e saindo do quarto.

"Mamãe?" Poliana diz abraçando minha cintura e afundando sua cabeça nos meus seios, e eu solto um suspiro de alívio por saber que está tudo bem entre nós.

"Oi princesa, já acordou?"

"Sim... Mamãe, desculpa por eu ter falado aquilo ontem, eu estava estlessada, eu te amo mais que tudo nesse mundo, plomete não me deixar nunca? " Poliana diz me olhando com os olhinhos marejados,

Ela era tão fofa e tinha tantos sentimentos pra uma menina de 4 anos,

Eu a amava tanto!

"Claro filha, eu te amo tanto, tanto, tanto, você é minha princesinha! E EU NUNCA VOU TE DEIXAR!" digo abraçando forte a Poliana

"EU TE AMO UM TANTÃO ASSIM OH" Poliana diz fazendo um círculo no ar e eu rio.

"Eu te amo daqui até a lua!" digo e Poliana ri,

"Eu te amo daqui ate la em outlo mundo" Poliana diz me beijando.

Arrumo a Poliana coloco o seu uniforme e a levo pra escola,

Aviso ao segurança pra não deixar nenhum Finn Wolfhard, buscar a Poliana ou algo do tipo,

O finn é meio doido e eu não duvido disso.

Volto ao apartamento de renan, ele tinha ido trabalhar já que era taxista,

Então eu, Rafael e lilia fomos ao shopping tentar me destrair,

Estavamos tomando sorvete quando do outro lado vejo uma loja de bebê, e deixo uma lágrima solitária rolar,

Sinto tanta falta do meu filho,

Do meu Gabriel,

Do meu bebê,

Lilia e Rafael me abraçam 

"Millie, você tá chorando por causa do Gabriel né? Fica tranquila amiga você vai engravidar de novo" Lília diz me dando um beijo na bochecha

"Tudo isso foi culpa do Finn Wolfhard aquele babaca" renan diz, da uma pausa e passa as mãos no rosto tentando amenizar a raiva, ele sempre fazia isso quando estava com raiva 

"Ele fez isso, quando ele reapareceu eu não gostei nenhum pouco! Eu só não falei nada porque seus olhinhos estavam brilhando de amor por ele e o da Poliana também, millie eu tô puto com ele sério, se ele vier com ladainha eu..." ele para de falar e quebra uma colher de plástico do sorvete com as mãos,

E eu e lilia nos entreolhamos com a testa franzida,

O Rafael simplesmente odiava o finn!

"Rafael calma..." eu e lilia falamos juntas e ele pede desculpas.

PV FINN

Droga!

PUTA QUE PARIU! EU SOU UM OTARIO, ESTÚPIDO, IDIOTA!

EU ME ODEIO COM TODAS AS MINHAS FORÇAS!

PORQUE EU FALEI AQUILO COM A MILLIE?

Ela deve estar sofrendo tanto,

A consequência de ter bebido em 4 dias havia chegado, minha mente estava me matando, os meus piores demônios estavam me atormentando por ter falado aquilo com a millie!

Ela precisa de mim nesse momento, ela precisa de mim, a Poliana precisa de mim,

EU preciso delas, eu preciso delas, eu não consigo viver sem delas,

Porque eu bebi tanto quando a millie perdeu nosso filho!? 

Eu destruí a sua autoestima, eu a machuquei, eu, eu mesmo,

Jogo uma garrafa de cerveja na parede e prometi que nunca mais iria beber por elas, eu preciso mudar por elas,

A poliana iria ter tralma como eu tive com meus pais brigando, e eu não quero isso pra ela, não quero essa vida pra millie, quero que a millie me perdoe e veja a mulher maravilhosa que ela é, mas se eu a conheço ela deve estar listando todos os seus defeitos, e eu provoquei isso, eu sou um lixo,

Algumas horas depois:

Estou no meu carro indo em todos os lugares da cidade, fui a escola da Poliana mais o segurança não me deixou entrar, fui no apartamento mais novamente o porteiro não me deixou entrar, 

shopping? Será que a millie está no shopping?

Estaciono o meu carro que estava com a cadeirinha da Poliana e alguns de seus pertences, 

e no banco do passageiro da frente tinha um óculos de sol da millie eu o pego e o aperto tanto que deixo marcas em minhas mãos, coloco o óculos e era como se eu sentisse a millie perto de mim, eu estou totalmente decidido a trazer as mulheres da minha vida de volta.

Saio do carro e vou pra dentro do shopping, quando eu estou desistindo vejo millie, Lília e Rafael tomando sorvete e se divertindo.

PV MILLIE 

DROGA! Vejo finn se aproximando da nossa mesa e eu começo a tremer,

Os olhos de Rafael estavam lotados de furia

"Rafael... Por favor... Me deixa ouvir o finn, não bata nele, eu preciso disso, preciso ouvi-lo pra seguir minha vida" digo calmamente com olhos marejados olhando para o Rafael,

Ele coloca os pulsos de baixo da mesa e sussurra um "droga"

Me levanto da mesa e vou até o finn

Nos nos encontramos e ele estava suado, ofegante, e certamente era crise de ansiedade,

Dou um tapa nele, e todos no shopping param pra olhar e fazem um o com a boca,

Já podia ver as pessoas tirando foto e provavelmente sairia amanhã no jornal "Finn Wolfhard foi flagrado brigando com sua namorada no shopping"

Que se foda!

"VOCÊ É UM FILHO DA PUTA, UM IDIOTA, UM PORRA DE UM DOENTE, QUE SEMPRE ME USOU PRA TIRAR O SEU VAZIO" grito.

Eu queria fazer ele sofrer,

"Mills... Eu sei... Eu estava bêbado, você não é uma inútil, puta que pariu você e simplesmente tudo pra mim, tudo millie... Me perdoa vamos voltar pra nossa casa... Sua casa!" Finn diz calmamente mas ainda sim preocupado.

"Aquela não é minha casa, nunca foi finn... Oque você fez não tem perdão, não tem, eu tô me sentindo uma inútil como você diz, é se você quis me destruir e me fazer acreditar que eu era tudo isso parabéns finn, você conseguiu." digo respirando fundo e me permito deixar algumas lágrimas rolarem no meu rosto, Finn respira fundo e tenta pegar na minha mão mais eu a retiro.

"Millie não diz isso... Eu te amo...." ele diz, 

ele estava sem palavras? Ele me disse aquilo tudo ontem e está sem palavras? Fala sério finn wolfhard.

"MILLIE VOCÊ É TUDO PRA MIM, VOCÊ É MINHA ALMA GÊMEA, MEU AMOR, MINHA VIDA, POR FAVOR ME PERDOA PORRA" ele grita.

"Você me ama finn? Então eu vou te dizer uma coisa... Oque você sente por mim não é amor, quando você faz algo pra magoar uma pessoa que você ama, isso é uma puta de uma sacanagem, e você me destruiu finn... completamente... Isso não é amor isso é uma coisa nojenta... Finn você tranzou com a maddie... Eu perdi um filho caralho, eu te odeio finn."

Continua 


Notas Finais


Hi anjos💜👼

Blá... Blá... Blá sei que não é oq vcs esperam mas vai esse mesmo pq eu tô morta de sono😂💚

(Desabafo 2: Eu me sinto completamente inútil sabe? Essa dias parecem não ter fim esta sendo muito difícil essa semana... Eu não sei quantos mais provavelmente eu perdi muitos "amigos", eu mudei de cidade, escola... E eu fiz amigos novos mas eles me deixaram por algum motivo e eu não sei se o motivo sou eu, estava tudo tãoooo bem, e derrepente eles me deixaram, minha autoestima está indo de mal a pior.
Eu fui numa festa com umas exs amigas e eu ouvi um menino dizer "Essa meninas temq ficar em casa lavando louça" pqp mano que ódio, o problema da humanidade é isso, o machismo, o preconceito, e etc... Eu simplesmente odeio o machismo isso é uma coisa tão nojenta... Eu simplesmente queria ver a qualidade que eu tenho que as pessoas dizem.)

Foi esse o capítulo espero que tenham gostado💖👼
Até a próxima🌻💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...