1. Spirit Fanfics >
  2. Hawk Moth e o Poder Absoluto >
  3. Uma constatação

História Hawk Moth e o Poder Absoluto - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Antes de mais nada, obrigada por estar aqui!
Eu vinha pensando nessa história há um tempo e preciso confessar que não tenho ainda uma ideia fechada sobre ela. Escrevi até um certo ponto e tenho medo de me perder... O problema é que simplesmente preciso compartilhar isso imediatamente, não aguento mais guardar só pra mim. Então vou postar logo esse comecinho, mas não vou marcar como terminada, já que a intenção é que tenha mais capítulos.
Já ia me esquecendo: não consegui pensar num título, então deixei esse por enquanto, mesmo não estando satisfeita. O objetivo é colocar a história "no ar" rsrsrsr
Espero que curtam.
Quem tiver interesse, publiquei uma pequena fanfic e três contos mais curtos, que particularmente gostei muito de escrever. Procura lá no meu perfil.
Agora vamos ao que interessa: a história.
Boa leitura!

Capítulo 1 - Uma constatação


Passara-se uma semana desde o dia em que Hawk Moth fora derrotado novamente e que, para seu maior desespero, Mestre Fu havia abdicado da função de guardião em prol de Ladybug. Gabriel se sentia esgotado, não conseguia bolar novos planos, a fim de obter os miraculous pelos quais tanto ansiava. Nathalie havia tentado de todas as formas dar forças ao vilão, sem sucesso.

Paris estava relativamente tranquila naquele período, sem os constantes ataques dos akumas. Ladybug e Chat Noir estranhavam aquela maré de calmaria, ao mesmo tempo em que agradeciam aos céus pelo merecido e necessário descanso. Saíam para as patrulhas noturnas apenas pelo costume e prazer de estarem juntos, pois nunca havia nada a combater.

Em casa, Adrien percebeu o comportamento diferente do pai. Era um diferente aparentemente bom, pois Gabriel parecia menos ocupado e mais próximo, fazendo algumas refeições junto do filho e mantendo conversas breves com o rapaz. Todavia, apesar daquela mudança agradável ao jovem, Adrien podia perceber um certo ar de tristeza na áurea de seu pai.

De fato, Gabriel Agreste transparecia a angústia que lhe consumia e que era interpretada pelo filho como tristeza. Porém, em momento algum havia desistido dos seus planos. Pelo contrário, seu abatimento decorria justamente do esforço aparentemente inútil que vinha empregando para encontrar novas saídas. Ansiava por ter uma ideia que liquidasse definitivamente a questão.

Era a centésima vez que Gabriel assistia aos vídeos da sua última derrota. Procurava por alguma informação que iluminasse a sua mente. Naquele sábado, finalmente, teve um estalo que lhe renovou as esperanças. No mesmo instante, Marinette, Tikki, Adrien e Plagg tiveram um mau pressentimento.

- Nathalie, venha ao meu escritório. Agora.

Em breves instantes, ele ouviu a assistente bater na porta.

- Entre, Nathalie.

- Pois não, senhor. O que deseja?

- Eu estive analisando os vídeos de nossa última luta durante toda esta semana e acredito que fiz uma descoberta que pode me levar até a portadora do miraculous da Ladybug e, por consequência, aos demais miraculous que estão sob sua guarda. Quero que você me traga a lista de alunos da classe de Adrien em uma hora.

- Claro, Gabriel. Farei isso imediatamente.

Nathalie saiu do escritório do chefe um tanto quanto curiosa, mas restringiu-se a cumprir com a obrigação de que ele lhe incumbira. Em menos de uma hora, deu dois toques na porta do escritório de Gabriel. Entrou silenciosamente.

- Aqui está o que me pediu, senhor.

Gabriel olhou a folha, onde estavam escritos os seguintes nomes: Adrien Agreste, Marinette Dupain-Cheng, Alya Césaire, Nino Lahiff, Chloé Bourgeois, Sabrina Raincomprix, Max Kanté, Rose Lavillant, Juleka Couffaine, Lê Chién Kim, Mylène Haprèle, Ivan Bruek, Alix Kubdel, Nathaniel Kurtzberg e Lila Rossi.

- Tem certeza de que são apenas esses os alunos da classe de Adrien?

- Sim, senhor.

Nathalie aguardava novas ordens ou a sua dispensa, mas Gabriel prosseguia observando a lista em silêncio. Após alguns minutos, voltou a se manifestar.

- Nathalie, eu tenho aqui comigo os nomes dos jovens que receberam os miraculous do velho guardião e que se apresentaram na última batalha, a mando de Chloé. Além da própria Chloé, compareceram Max, Nino, Alya, Kyoko, Kim e um jovem de cabelo azul.

- O nome dele é Luka Couffaine, irmão de Juleka Couffaine.

- Nathalie, você percebe a ligação entre eles? Todos os portadores são amigos do meu filho, a maioria é da turma dele. 

- Sim, senhor. É verdade.

- E não é só isso. Dentre os alunos da turma de Adrien, apenas dois ainda não foram akumatizados. Ou melhor, apenas um não foi akumatizado, o meu próprio filho, sendo que a akumatização de Marinette Dupain-Cheng foi frustrada. Justamente ela, que eu acreditava que seria minha obra prima.

Nathalie permaneceu em silêncio, esperando que Gabriel concluísse seu raciocínio.

- Enfim... É quase certo que a Ladybug seja uma das colegas de turma de Adrien. E diante das informações que colhi, resta-me apenas uma opção: Marinette Dupain-Cheng. Quero que me traga imediatamente todas as informações possíveis sobre essa garota, especialmente uma foto dela.

Nathalie saiu exasperada do escritório. Como reuniria tantas informações assim, de uma hora para outra? Precisava de tempo para fazer aquele levantamento sem atrair suspeitas.

Decidiu fazer uma pesquisa no Google e teve a grata surpresa de obter algumas informações da jovem em redes sociais. Uma foto grande e suficientemente nítida, ao lado de Kyoko. Suas preferências e gostos pessoais, em especial o fato de ser uma aspirante a designer de moda e grande admiradora de Gabriel Agreste. Encontrou a foto em que ela posava ao lado de Adrien, usando o chapéu coco pelo qual havia sido a vencedora do concurso promovido por seu chefe. Reuniu aquelas informações e voltou ao escritório do estilista.

- Dez minutos, Nathalie. Bastante rápido. Espero que tenha trazido informações úteis.

- Aqui está a foto que o senhor me pediu.

Gabriel comparou a foto de Marinette com a foto de Ladybug e ficou impressionado com a semelhança.

- Não há dúvidas de que são extremamente parecidas. Não fosse pela máscara, eu diria que são idênticas. Algo mais?

- Marinette Dupain-Cheng é filha de Tom Dupain e Sabine Cheng, donos da boulangerie que fica próxima à escola Françoise Dupont. É uma aspirante a designer de moda e sua maior referência é o senhor, Gabriel. Ela já executou alguns trabalhos, sendo o mais notável a capa do último disco da estrela de rock Jagged Stone. Ela também foi a vencedora do seu concurso para confecção de um chapéu coco.

- Sim, eu me recordo disso. Marinette tem um talento nato. Quero que a traga aqui ainda hoje. Se for preciso, diga que pretendo contratá-la como minha estagiária.

- Pois não, senhor.

Tão logo se viu longe de Gabriel, Nathalie deu um suspiro profundo. Sentia seu coração oprimido diante da ordem do chefe. O que ele pretendia fazer com a jovem Marinette? E se estivesse errado em suas conclusões? Todavia, sua posição não lhe permitia qualquer questionamento. Devia apenas obedecer.

Bateu na porta do quarto de Adrien.

- Pode entrar.

- Boa tarde, Adrien.

- Boa tarde, Nathalie. Algum compromisso de última hora?

- Não. Preciso apenas lhe pedir um favor. É sobre sua amiga, Marinette.

- Marinette? O que tem ela?

- Ela é aspirante a designer de moda, não é verdade?

- Sim, mas... por que quer saber disso?

- Não sou eu, é seu pai. Ele quer vê-la ainda hoje. Poderia me dar seu número?

Adrien fitava a assistente, ao mesmo tempo desconfiado e surpreso. Entretanto, não tinha qualquer motivo concreto para se opor ao pedido. Pegou seu telefone, digitando algo no aparelho.

- Estou te enviando o contato.

- Obrigada, Adrien. Com licença.

Antes que ela saísse, Adrien lhe fez um pedido.

- Nathalie, por favor, me avise quando ela estiver para chegar. Gostaria de estar presente para recebê-la. Marinette é uma de minhas melhores amigas...

- Como quiser Adrien.

Assim que saiu do quarto, Nathalie telefonou para a jovem. Marinette estava compenetrada em um trabalho de design e atendeu sem olhar de quem era a ligação.

- Alô?

- Marinette?

- Oi, sou eu. Quem fala?

- Boa tarde, Marinette. Aqui é Nathalie Sancouer, assistente de Gabriel Agreste.

Marinette levou um susto tão grande que se levantou de supetão e acabou batendo com a cabeça na cama. Aquilo fez com que ela perdesse o equilíbrio e derrubasse vários objetos pelo quarto. Tikki arregalou os olhinhos, espantada com a reação da garota.

- A-a-assistente do Ga-ga-gabriel Agreste?

Marinette tapou o microfone do telefone.

- Tikki! Socorro!!!

- Calma, Marinette. Ela não vai te devorar. – a Kwami ria.

- O senhor Gabriel gostaria que você viesse até a sua casa hoje. Pode ser às dezesseis horas. Tudo bem pra você?

- Cla-claro. Mas... Qual o motivo desse convite?

- Isso ele lhe dirá pessoalmente. Seja pontual.

Às quatro horas da tarde em ponto Marinette se apresentou na mansão Agreste. Adrien a recebeu ao lado de Nathalie, com um grande sorriso no rosto. Estava realmente feliz pela amiga, embora receoso pelo que seu pai pretendia fazer.

- Boa noite, Marinette. Pode entrar e aguardar na sala. Adrien lhe fará companhia por enquanto.

- Oi, Marinette. Tudo bem?

- O-oi A-Adrien. Tu-tudo.

- Está nervosa?

- Ne-nervosa? E-euu? – Marinette deu um suspiro profundo antes de confirmar – Muito. Adrien, você sabe o que o seu pai quer comigo?

- Suponho que seja algo relacionado ao trabalho. Relaxa. Ele não vai te devorar.

- Espero que não mesmo.

Os dois riram baixinho. Nathalie chamou a garota.

- Marinette, pode entrar. O Senhor Gabriel Agreste a aguarda em seu escritório.

- Posso entrar junto, Nathalie?

- Não, Adrien. Seu pai pediu que ela entrasse sozinha.

Marinette lançou um último olhar de súplica para Adrien.

- Vamos, Marinette?

- Va-vamos.

A garota entrou no escritório logo atrás de Nathalie. Enquanto via a porta se fechando atrás da amiga, Adrien sentiu um estranho aperto no coração.


Notas Finais


Pleeeeease, me digam o que acharam, do tema, da escrita... Sempre dá pra aprimorar, mas pra isso preciso ouvir de vocês o q tá bom e o q tá ruim. 😊
Por favor, curtidas tb são muito bem vindas!
Beijos e obrigada! 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...