1. Spirit Fanfics >
  2. Hazbin Hotel (interativa) >
  3. Porcos são assustadores, Molu!

História Hazbin Hotel (interativa) - Capítulo 20



Notas do Autor


@UlittleMystery fez o capítulo :D

Sona Psyops - Capa: Caitlyn.

Capítulo 20 - Porcos são assustadores, Molu!


Fanfic / Fanfiction Hazbin Hotel (interativa) - Capítulo 20 - Porcos são assustadores, Molu!

May. 

 

Não foi difícil encontrar o endereço do Elias... Meu querido irmão, o que me deixou muito preocupada! Se for tão fácil achar o endereço dele, significa que todos podem encontrá-lo. 

Andando elegantemente pelo local, vou na recepção e sorrio para a recepcionista, a mesma me encarou por alguns segundos e sorriu. 

- O-Olá! Pelo o que posso recebê-la, May? – Perguntou Luzidia com um olhar suave, ela era um demônio pássaro, asas azuis e um bico preto, ela era da espécie: Arara-azul – Quer reservar um quarto, ver um parente ou algo do tipo? 

- “Sim, Elias... “Fire” – “Digo“ e a mesma começa a mexer no computador, ela me encara em dúvida após conseguir a resposta. 

- Bom, ele não está aqui e ele não me deu a permissão de deixar alguém entrar... – Falou Luzidia olhando para o lado – Porém, acho que algo pode fazer a chave aparecer... 

- “Sim, eu sei” – Minhas mãos foram para as bochechas dela e ela me encarou diretamente nos olhos, ela ficou paralisada enquanto caia na minha ilusão, fazendo ela ver o que ela tentava ao máximo esquecer, as minhas  mãos foram procurar a chave reserva da casa de Elias e logo a pegou – Fácil demais... 

Indo para a casa de Elias, rapidamente sei de tudo sobre ele nessa vida. Ele deveria esconder melhor suas coisas, sinceramente, de qualquer forma, eu me sentei no seu sofá... Era confortável e eu sabia que não demoraria muito para ele chegar aqui, principalmente pelo fato de que ele normalmente evita a recepção. 

Quando eu olhei para o lado, vejo uma raposa branca andando pela casa do mesmo... Isso era no mínimo interessante. 

Quando ele finalmente chegou, não foi uma surpresa para mim o que aconteceu, ele simplesmente veio para cima de mim, como alguém rancoroso... Sim, talvez eu tenha exagerado na minha proteção, talvez eu fui uma má irmã? Será que foi isso o que aconteceu? Eu fracassei com minha única tarefa como irmã e acabei... Destruindo a vida do meu irmão? 

Ele se transformou em uma espécie de monstro roxo e com entre 2 e 3 metros de altura, a tática dele era o que eu havia pensado antes, então, apenas deixei um clone ser atacado pelo mesmo. Foi engraçado ver a “fúria” em pessoa. 

De qualquer forma, não irei ficar contado sobre tudo o que aconteceu, até por que... Você já sabe. Vou apenas explicar uma coisa: Anli, o meu amigo anjo, é um bruxo. Foi condenado para a morte e escapou da mesma pela viagem para o inferno imediata... Em resumo foi isso o que aconteceu, ele está vivo a mais tempo que todos outros – tirando a Família Magne – daqui. Ele é um dos mais velhos e um aliado importante. 

A batalha iria acontecer em breve, mas quem se importaria demais com dois irmãos poderosos brigando e lutando um contra o outro sobre algo que provavelmente poderia ser resolvido em uma simples conversa? 

- Maaaaaaay! - Molu foi em direção a mim quando me viu na rua, ele voou até meu peito, em uma forma de abraço e começou a subir para ver meu rosto direitinho – O que aconteceu, May? Eu vou fazer um café para você e tudo vai ficar bem, vamos! - Molu se separou de mim e ficou no chão, a uma distância boa de mim apenas para virar um monstro de 14 metros de altura – Vamos, temos que ir logo... - Sua voz ficou mais... Nada, ele continua com a mesma voz fina e bobinha de sempre. 

- “Sim, vamos logo” – Subo no mesmo e Molu levita, começando a voar e me levar para um lugar especial - “Você sabe que seria mais rápido ir com meu teletransporte?” - Molu não me respondeu e me levou para uma espécie de floresta – “Não acredito nisso...” 

- É rapidinho! - Ele pegou uma cesta de sei lá onde e começou a colher umas frutas angelicais – Okay, peguei as que nasceram agora... - Estávamos na Cidade de Dite. 

- “Podemos sair daqui?” - Pergunto com um suspiro e Molu joga uma cesta para mim – “Okay, okay, eu vou pegar outras frutas... Vai ser rápido.” 

Enquanto eu ando pela Cidade de Dite e pegando as frutas que eu encontrava entediada, eu não sei por que eu, MAY, A OVERLORD DA DANÇA, se deixa ser controlada por um molusco!... Enquanto eu pegava as frutas, eu vi um rabinho rosa passando por alguns lugares... Por favor que não seja um porco. 

Mas, quando eu ia pegar uma frutinha especial, uma cenoura angelical... Um porco foi desesperadamente para meu lado pedindo a cenoura. Minha reação como uma das Overlord mais poderosas? GRITAR DE MEDO E PULAR PARA UM GALHO É CLARO! Pois porcos são assustadores e completamente feios! 

Minhas mãos assustadas se afastam enquanto o monstro estava me encarando... E Molu apareceu para me salvar desse monstro, com um suspiro ele rapidamente pegou o porco com seus tentáculos e o comeu. 

- A “Overlod da dança” com medinho de um animal tão pequeno – Zombou Molu enquanto mastigava o porco. 

- “PORCOS SÃO ASSUSTADORES, MOLU!” 

- Sim, sim, são. 

Após eu ter certeza que o animal não sairia da boca de Molu, eu subo nele novamente e fomos embora da Cidade de Dite. Voltando para a mansão, eu simplesmente me sento em uma das cadeiras enquanto Molu faz o café, ele me passa o mesmo com facilidade e se senta na cadeira, começando a beber outro café enquanto me passava a sopa de frutas. 

Nesse momento, eu tive que me transformar em uma humana apenas para aproveitar tudo feliz, Molu me encarou muito feliz em me ver em minha real forma, porém tentou esconder isso. 

- Então... Algo vai acontecer com o Vox? Valentino? Qualquer pessoa? - Perguntou Molu animado. 

- Vox... Inimigo de Alastor, neutro comigo e o resto, namorado e ex-namorado de Valentino – Falo por telepatia enquanto mexo meu café - Nada demais, se ele continuar fazendo coisas pequenas e não fazer algo contra o Alastor que o deixe puto... Por exemplo... 

- Por exemplo? 

- Miles está no hotel da Princesa Charlie... 

- Ah! Miles, eu gosto dele... Mesmo nunca tendo falado com ele... POR QUE NUNCA ME DEIXOU FALAR COM ELE? - Perguntou Molu irritadinho – E também, nunca pude conversar com um overlord... Eles são moluscofóbicos? 

- Você é uma das minhas fraquezas, Molu... E eu nunca conversei com o Miles – Falo por telepatia e logo viro o café em uma golada enquanto Molu dava um sorrisinho para mim – De qualquer forma, ele está no Hazbin Hotel e pelo visto, tanto ele quanto Alastor são próximos de Husky – Falo com um sorriso - Ele terá que se ver com muitas pessoas se fizer algo de ruim para ele... - Falo telepaticamente fazendo Molu concordar com um sorriso assustador. 

- Ele terá que ser comigo! O Molusco mais forte de todo o Gresti! - Falou Molu enquanto bebia o café - Agora, vamos falar de outra coisa? O que você vai fazer amanhã? 

- Lutar com Elias... - Quando eu passo essa mensagem, Molu quase cospe o café. 

- O QUE? MAY! VOCÊ ESTÁ LOUCA? VOCÊ VAI LUTAR COM ELE? A PESSOA QUE VOCÊ JUROU NUNCA ENCOSTAR UM DEDO? - Eu olho para o lado e quando tento falar algo, Molu vira o molusco pequeno - Você está louca. 

- Molu, me escute! Ele não quer me ouvir... Eu só quero que você não fique irritado, eu tenho que fazer isso, ele irá me escutar! - Falo flutuando até ele – Por favor, Molu... 

- Não! Eu não vou ficar aqui com você, você não quebra promessas... E se você quebra promessas, eu nunca poderei te encarar novamente – Falou Molu fazendo lágrimas escorrerem pelos meus olhos - ... Desculpa, May, mas você sabe a minha opinião sobre quebrar promessas... - Apenas concordo com a cabeça enquanto Molu saia da mansão, me deixando totalmente sozinha... Mais uma vez - Eu vou voltar depois de amanhã... Okay? 


Notas Finais


Todos os fodões tem medos e entre outros... E May tem medo de Porquinhos - igual a mim.



Luzidia é uma referência a OSNF também-

Quando May está na forma "Caitlyn" pode se comunicar com todas as pessoas por telepatia :3

Boa tarde para todos e boa sorte para os próximos a escrever <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...