1. Spirit Fanfics >
  2. He doesn't know how to communicate >
  3. Vinte e um

História He doesn't know how to communicate - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


mas cade os outros dezenove

esses capítulos são tipo reciclados de uma fanfic de 2018 q eu escrevi só uma parte e nem posteikklk
eu tenho o péssimo costume de escrever os capítulos fora de ordem e acabo tendo começos sem meio e meios sem começo e dps fico com dó de descartar

Capítulo 21 - Vinte e um


Sábado.

Acordei com o barulho do meu celular, isso me faz perceber que foi uma péssima ideia colocar minha música favorita como toque do despertador, porque agora eu a odeio com todas as minhas forças.

Forças essas que só servem pra ódio mesmo, porque eu não estava muito afim de sair da minha cama. Mas o despertador não parava, e foi aí que eu percebi que algum ser sem coração estava me ligando às sete horas da manhã de um sábado.

Agora eu tinha vontade de morrer e matar. Meu celular estava no criado mudo do lado da cama, mas quando fui pegá-lo acabei derrubando, e então suas partes se espalharam dramaticamente pelo chão do quarto.

Respirei fundo.

Ele já tinha quebrado mesmo, de que adiantaria me importar com isso agora?

Virei pro outro lado e cobri minha cabeça com o travesseiro, voltando a dormir.


Só escutei o barulho da porta sendo fechada sem qualquer cuidado, arrisco a dizer que escutei também as paredes rachando, e então senti alguém em cima de mim.

Literalmente.

Rapidamente me levantei, tentava manter meus olhos abertos para ver a pessoa que invadiu meu quarto.

— Brendon, filho da p-

— Ei, ei. Sem ofender minha mãe — disse sério — Respeito é bom e eu gosto — agora já estava zoando.

— Me poupe do discurso sobre respeito, o que está fazendo aqui?

Pode parecer estranho, e realmente é, você acordar com seu melhor amigo em cima de você. É irritante também. Mas depois de alguns anos você se acostuma.

— Eu te liguei, mas como não atendeu te mandei mensagem, você não viu?

Me lembrei do que aconteceu com o meu celular mais cedo.

— Ah, descarregou. Por que me ligou?

— Vamos sair hoje?

— Não.

— Espera. Falei errado. Vamos sair hoje.

Coitado, Brendon acha que manda em mim.

— Por que eu sairia com você? Sair no sábado com os amigos é uma daquelas coisas que os jovens fazem?

— É, senhor Dun, eu sei que você tem cento e vinte e cinco anos de idade, mas não vejo problema em te incluir no rolê.

Ele adorava zombar de mim, e do fato de que eu sempre ficava mofando em casa no fim de semana.

Me deitei na cama e cobri minha cabeça com o travesseiro.

— Vou não, Brendon. Seus amigos me assustam.

— É que você ainda não viu o meu melhor amigo. Ele é o cara mais estranho que eu já conheci.


Brendon adorava ir em casa.

Adorava a comida de graça.

— Dona Laura, posso legar mais uma panqueca?

— Claro que sim, Brendon.

— Mas vejam só que falsidade — falei surpreso. Estávamos na cozinha, tomando café.

Brendon olhou para mim.

— O que foi?

— Desde quando você faz teatro? Ou aprendeu sozinho a fingir ser uma pessoa educada?

— Josh, deixa o Brendon — minha mãe se intrometeu — eu conheço muito bem ele, não precisa jogar na cara que ele está agindo estranho.

Minha mãe era adorável.

— Nossa, tia Laura. Depois dessa até vou embora. Desculpa se eu tento ser legal com vocês.

Minha mãe e eu apenas reviramos os olhos para a encenação. Ele parou quando se lembrou de algo.

— Tia Laura, o Josh pode sair comigo e uns amigos meus hoje? — perguntou animado.

Brendon era uma graça, todo bad boy na escola, com um estilo emo repaginado, e insuportável grande parte do tempo. Mas perto da minha mãe era só uma criança.

Minha mãe fez uma expressão confusa.

— O que vocês andaram fumando? Estão doentes ou o quê?

— Por quê? — perguntei preocupado.

— Primeiro Brendon tenta ser educado, e agora Josh vai sair? Acho que a esse fim do mundo eu não sobrevivo.

— Eu já disse que não vou.

— A senhora deixa? — Brendon me interrompeu e ignorou a tentativa de piada de minha mãe.

— Vocês vão vender drogas?

Agora que você deu a ideia...

— Não — ele se apressou a dizer.

— Então tudo bem.

Que parte de eu não vou eles não entenderam?



Notas Finais


nossa n faço nem ideia de quem o josh vai encontrar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...