História He is a criminal (Suga) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Min Yoongi, Suga
Visualizações 413
Palavras 1.349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!
Naõ tenho muito a dizer, por isso boa leitura!

Capítulo 2 - A shirt


Fanfic / Fanfiction He is a criminal (Suga) - Capítulo 2 - A shirt

Aquilo foi tudo tão rápido eu estava gritando com ele e logo eu sinto ele bater forte em meu rosto. Por causa do impacto eu sou praticamente jogada ao chão como se fosse uma boneca de pano. O meu rosto ardia e ardia muito, eu devo estar com o rosto todo vermelho agora. Eu tento me levantar, mas a única coisa que consigo fazer é me sentar no chão frio.

Yoongi: isso é para você aprender a me respeitar! – ele diz se agachando ao meu lado. Ele estava tão perto que eu conseguia sentir a sua respiração quente no meu rosto, que por acaso já estava quente de mais por causa do estalo. Eu estava disposta a não responder, mas quando ele me perguntou se eu havia entendido eu não resisti.

(S/N): você acha que ganha respeito batendo em alguém? O seu conceito para conseguir respeito é bem idiota! – eu só posso estar querendo apanhar outra vez. Será que eu sou masoquista? Essa só pode ser a única explicação.

Yoongi: vejo que não aprendeu nada – ele diz irritado.

(S/N): a aprendizagem é um processo dinâmico, contínuo, pessoal e acumulativo.

Yoongi: a sua cara gostaria de conhecer outra vez o dinamismo da minha mão? – ele pergunta estreitando a sobrancelha agora parecendo divertido.

(S/N):  dispenso… a experiencia que acabei de ter foi bastante elucidador!

Yoongi: qual a necessidade de responder a tudo? – ele diz agora se levantando e me oferecendo a sua mão para que eu possa me levantar também. Ainda a pouco ele estava quase me batendo de novo e agora me ajuda a levantar? Ele é bipolar? Eu me recuso a segurar a sua mão e me levanto sem a sua ajuda.

(S/N): a minha mãe ensinou-me que é falta de educação não responder o que nos perguntam – digo passando a minha mão na minha bochecha que continua dolorida – olha! Eu só queria ficar com o quarto mesmo, se não quiser eu não me importo de ficar no quarto de hóspedes! – digo indo até a sua cama e me sentando nela.

Yoongi: você é bem irritante! – ele diz passando as mãos pelos seus cabelos de uma forma irritada. Wo outra mudança de humor! – faça como quiser, desde que eu não te veja por hoje… por mim tudo bem – ela sai do quarto batendo a porta com força.

(S/N): ah… - suspiro e logo deito-me naquela cama com aquele colchão que parecia ser feito por deuses. Valeu apena ter levado estalo. Rio com os meus pensamentos e logo adormeço.

[QUEBRA DE TEMPO]

Acordo completamente desnorteada e fico me perguntando aonde eu estava e só depois de uns 15 segundos terem se passado é que eu me lembrei que estava em casa de Yoongi. Eu não tenho culpa se o meu cérebro é bem lento a processar informações assim que acordo. Levanto da cama decidida a tomar um banho relaxante para depois ir comer, que a minha barriga já estava roncando.

Assim que entro no banheiro do quarto de Yoongi fico pasma com a decoração do mesmo. Não é como se eu nunca tivesse visto um banheiro luxuoso, mas aquele… não tinha comparação. Era bem espaçoso, tinha uma banheira enorme. O espaço amplo reunia diversas características que deixavam o ambiente elegante como: bancada de mármore, lustre, tapete persa, revestimento 3D comentício na parede e o vaso para planta espelhado. Aquilo não tinha nada haver com ele. Nada mesmo. Depois de prender o cabelo, em frações de segundos preparo o meu banho e na mesma velocidade em que eu preparei tudo, eu já me encontrava submersa pela água e pela espuma. Demorei mais tempo do que era necessário, mas aquilo estava tão bom…

Saio do banheiro em rolada em uma das toalhas e fico procurando pelas minhas coisas.

(S/N): droga! – digo para mim mesma – não acredito que as minhas coisas ainda estão no carro! Aquele ogro nem se deu ao trabalho de trazer. Ah… mas ele vai me ouvir… e muito.

Depois de um tempo parada no meio do quarto decido que não seria uma boa ideia sair por aí andando com uma toalha, por isso vou até ao seu roupeiro e pego uma de suas camisas. A camisa era azul listrada. Depois de vestir a camisa que parecia um vestido que cobria um pouco as minhas coxas (mas ainda deixava uma boa carne amostra) fico me perguntando se seria uma boa ideia descer assim já que eu não estava usando nada por baixo.

(S/N): o quê que pode acontecer? Nada… - digo na tentativa de me acalmar, já decidida a sair daquele quarto e exigir que ele trouxesse as minhas coisas para dentro – YOONGI… YOONGI… YOONGI – grito em quanto desço as escadas que davam para sala, mas não o vejo por lá. Fico girando a casa toda tentando o encontrar. Estava quase desistindo quando em um dos corredores uma porta é aberta e eu vejo Yoongi saindo junto com dois homens, que eu não conheço

Um deles era baixo e tinha o cabelo pintado de loiro e os olhos pequenos o que deixavam ele ainda mais gatinho, o outro era um pouco mais alto – mas nem tanto- e tinha os cabelos em um tom ruivo (acho). Os nossos olhares se encontram e eu vejo Yoongi me analisando de cima a baixo.

Yoongi: o que você está fazendo aqui? Ainda desse jeito? – ele aponta para a minha roupa e os que o estavam acompanhando apenas nos encaravam, melhor ME encaravam em silêncio.

(S/N): eu estava te procurando! Porquê que as minhas malas não estão dentro de casa? – digo colocando a mão na cintura.

Yoongi: e o que eu tenho haver com isso? – indagou.

(S/N): porquê que VOCÊ – digo retirando uma das mãos da cintura e aponto em sua direção – não as trouxe?

Yoongi: porque eu não sou se empregado! – ele diz já se irritando. Que pavio curto, MEU DEUS!

(S/N): que pena! – digo e logo me arrependo por ter dito isso, porque era quase palpável a raiva que ele estava sentindo. Para aliviar a tensão decido perguntar pelos meninos que o acompanhavam, mas logo recebo uma resposta bem rude do mesmo.

Yoongi: NÃO. TE. INTERESSA – porquê ele está gritando? Realmente eu não o entendo.

(S/N): quê isso Min Yoongi! Deixa de ser rude e apresenta aí – ele tenta segurar o meu pulso, mas me afasto rapidamente – deixa que eu faço isso por você. Oi eu sou (S/N)… - antes que eu terminasse de falar Yoongi segura o meu braço e sai me arrastando pelo corredor até as escadas que davam para o seu quarto… agora é meu.

Assim que chegamos perto da porta do quarto, ele a abre rapidamente e na mesma velocidade em que ele saiu me arrastando pelo corredor, subiu a escada e abriu a porta, eu sou jogada – literalmente – dentro do quarto.

Yoongi: QUAL É A SUA?

(S/N): o que foi que eu fiz agora? – faço-me de desentendida – eu apenas estava te procurando… e depois tentei ser simpática com os seus amigos!

Yoongi: VESTIDA DESSE JEITO? – ele diz apontando para a minha roupa

(S/N): eu não estaria vestindo isso se você não se não tivesses deixado as minhas coisas no seu carro!

Yoongi: VAI PEGAR ENTÃO!

(S/N): AÉ – digo colocando as mãos na cintura outra vez – EU VOU ASSIM MESMO ENTÃO! – ando em direção a porta.

Yoongi: VOCÊ NÃO VAI SAIR VESTIDA ASSIM!

(S/N): E PORQUE NÃO? – indago.

Yoongi: PORQUE ELES ESTÃO LÁ EM BAIXO E VOCÊ ESTÁ MOSTRANDO DE MAIS!

(S/N): SORTE A DELES – digo me virando e segurando a maçaneta da porta.

Yoongi: espera… fica aqui que eu arranjo alguém para trazer as tuas coisas.

(S/N): obrigada – me viro e vou até a cama e me sento nela e fico o observando. Ele parecia irritado mas foi assustador a forma como ele passou de irritado para pensativo – o que foi?

Yoongi: só por curiosidade… o que você está usando por baixo da minha camisa? – ele diz com um sorriso malicioso arqueando uma das sobrancelhas.

(S/N): DESAPARECE! – digo e jogo uma almofada nele, mas ele a segura e atira de volta para cama e sai do quarto – idiota!  


Notas Finais


E o que acharam? Espero que realmente tenham gostado!
BJS <3<3<3<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...