1. Spirit Fanfics >
  2. Head Firt - Markhyuck >
  3. Capítulo Único

História Head Firt - Markhyuck - Capítulo 1


Escrita por: __Lanna_

Capítulo 1 - Capítulo Único


Donghyuck estava quase arrancando os próprios cabelos e ainda não tinha chegado nem na metade horário de trabalho que fazia todos os dias. Era seu aniversário, ele tinha acordado animado para o seu dia pronto para lidar com tudo, mas quando não encontrou Mark pelo apartamento que dividiam tudo mudou.

Mark sempre acordava primeiro e costumava o arrastar para fora da cama o obrigando a fazer sua rotina de higiene pessoal, tomar café da manhã e sair com tempo suficiente para que não chegasse atrasado no trabalho. O mais velho definitivamente era um anjo.

Por mais que se conhecessem a menos de um ano as coisas evoluíram rápido entre eles. O respeito e carinho que tinham um com o outro desde a primeira vez que se viram e dividiram uma mesa em um restaurante só foi chamar atenção de Donghyuck quando eles foram falar sobre seus sentimentos.

Era uma noite de verão calma. Os dois se encontravam deitados lado a lado no pequeno jardim, com o cheiro de grama molhada por conta da chuva rápida da tarde rodeando eles. Em outros dias Mark não deixaria que Donghyuck ficasse lá fora e corresse o risco de ficar gripado, mas tinha que contar uma coisa e perto das estrelas ele se sentia mais confortável.

-Você não precisa ficar nervoso, sabe? Eu acho que sei o que quer me contar.- Donghyuck falou brincando com uma florzinha ignorando o olhar surpreso do mais velho.

-Como sabe?- A voz de Mark era apenas um sussurro o que fez com que o outro olhasse para ele.

-Eu conheço você e está tudo bem. Vou apoiar você do jeitinho que você é, sem mudar nada e muito menos colocar. Você é perfeito assim, Mark.

Donghyuck observou atentamente o rosto do homem ao seu lado e a sensação que sentiu em seu peito quando um sorriso se abriu e os olhinhos de Mark brilharam tanto quanto a galáxia foi impossível explicar.

-Eu amo você, mas não precisa mentir se não sente o mesmo. Apenas seja sincero mesmo que as coisas mudem entre nós.- Mark disse após algum tempo perdido olhando as estrelas sentindo o olhar atento de Donghyuck ao seu lado.

Como resposta, Haechan levou uma das mãos até o rosto do mais velho o puxando levemente para si o beijando calmamente. A sensação do sorriso se formando entre o beijo nunca vai da mente deles, muito menos a felicidade que transbordava dos olhos dos dois quando voltaram a se encarar antes de Mark pular para o colo de Donghyuck o abraçando e ficando assim por um bom tempo.

Vê-lo bem, feliz, satisfeito com ele mesmo, com o que faz e motivado a lutar pelos seus sonhos se tornou o motivo de Donghyuck viver. Foi ali, quando Mark assumiu seus sentimentos, que o mais novo soube disso. Soube que estaria completo desde que tudo estivesse bem com Mark.

Perdido na perfeição que tinha ao seu lado, não notou quando seu chefe bateu na porta da sua sala o liberando para ir embora bem mais cedo que o usual, mas não o contrariou. Recolhendo suas coisas, caminhou para fora da sua sala indo até o elevador quando sentiu alguém tocar no seu braço e lhe estender uma pilha de envelopes coloridos.

Abriu o primeiro e não pode conter uma risada alta vendo que era um cartão de aniversário de um dos seus colegas de trabalho. Já dentro do elevador abriu o segundo apreciando as palavras de carinho escritas ali e pegou seu celular abrindo especificamente no grupo do trabalho onde agradeceu pelo carinho.

Distraído com isso, acabou esbarrando em alguém enquanto caminhava para a saída e quando se virou para se desculpar encontrou Mark tentando conter uma risada. Era adorável como Donghyuck era extremamente comportado no trabalho e uma criancinha em casa. É uma das coisas que levou Mark a fazer o que fez hoje.

Pegando Donghyuck pela mão e o puxando até seu carro, não se preocupou em dar uma explicação ou responder as várias perguntas que o outro fez apenas dirigiu cantarolando baixinho a música do rádio enquanto o aniversariante tinha um bico emburrado nos lábios. Mark não perderia tempo em o beijar se não estivesse dirigindo e isso pudesse colocar a vida do seu grande amor em risco.

-Aqui. Coloque e eu ajudo você a chegar em casa. - Mark disse entregando uma venda preta e esperando que a tarefa fosse feita, milagrosamente sem birra.

Todo o caminho até o apartamento deles foi feito cheio de muita risada, pequenos xingamentos e tentativas falhas de roubar selinhos de Mark. O mais velho posicionou Donghyuck na frente da porta ordenando que o mesmo ficasse parado enquanto arrumava os últimos detalhes para a sua surpresa.

Não era grande coisa, mas assim que o mais novo retirou a venda e seu rosto foi tomado por uma expressão surpresa em seguida lágrimas de felicidade brotaram em seus olhos foi o bastante para Mark saber que tinha acertado em
cheio. A pequena sala estava decorada com balões, iluminada com uma luz amarelada e que de alguma forma servia apenas para deixar Donghyuck mais bonito que o normal.

Mark o guiou até a pequena mesinha de centro onde o bolo estava esperando por eles. Após o pedido ser feito, Donghyuck assoprou a velinha se voltando para a pessoa sentada ao seu lado. Nesse momento queria ser bom com as palavras, mas não conseguia. Então, o beijou de maneira profunda lhe pedindo passagem para que pudesse continuar o que não demorou para ser cedido.

Eles eram como o mundinho um do outro. Donghyuck amava tanto Mark, amava quando o mesmo o chamava de grudinho, neném, quando caiam em uma competição para ver quem era o criança entre eles, quando preparam surpresas incríveis como essa um ao outro. Amava principalmente quando Mark o abraçava por trás sussurrando o quanto o amava e como eram incríveis juntos, sobre como iriam longe juntos.

Donghyuck iria sempre proteger, amor e cuidar de Mark não importa se estariam juntos para sempre.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...