1. Spirit Fanfics >
  2. Headlights On The Highway >
  3. Be Sick

História Headlights On The Highway - Capítulo 28


Escrita por: AngelCerdeira

Notas do Autor


Hoje eu devo postar uns dois capítulos pelo menos. Um agora e outro lá pro fim de tarde.

Capítulo 28 - Be Sick


POV Camila

 

Acordei meio mole, algo não estava certo. Ontem eu e Lauren tivemos que descer as pressas do terraço.  A chuva virou uma tempestade do nada, acho que se não fosse por isso teríamos tido nossa primeira vez. Paramos em frente aos nossos apartamentos rindo feito duas idiotas. Queria ter ido dormir na Lauren, continuar o que começamos, mas Ally escolheu justo aquela hora para por o lixo para fora.

Uma recomendação, nunca irrite uma garota de 1,52 de altura. A cena dela gritando era de assustar, perguntava se havíamos perdido o juízo, tomando banho de chuva poderíamos acabar ficando resfriadas e como iriamos fazer os últimos shows com duas garotas fanhas ou pior ainda, sem voz. Ela conseguiu nos deixar tão culpadas que acabamos indo cada uma pro seu devido quarto.

Hoje iriamos gravar uma participação no E! News. Fiz minha higiene matinal e fui em direção à cozinha, Dinah comia umas panquecas, passei direto, peguei um copo e coloquei um pouco de suco de maçã.

 

- Vai comer só isso? – DJ estranhou – Ally fez panquecas pra todo mundo,

- Acordei sem fome... Cadê a baixinha?

- Foi no outro apartamento garantir que as outras acordem e estejam prontas a tempo.

- Ah.

- Ouvi ela brigando contigo e com a Laur ontem.

- Foi, a gente acabou pegando chuva e por mais que eu não queria a Ally tinha um ponto.

- Onde vocês estavam com a cabeça de pegar chuva?

- Bem a gente tava meio que se pegando então...

- Juízo mandou beijos... Agora vai se arrumar que temos duas horas pra sair.

 

POV Lauren

 

Ouvi outro sermão da Ally enquanto nos arrumávamos. Normani o tempo inteiro rindo e tirando sarro dizendo que era isso que eu ganhava por ser tão safada. Achei estranho a Camz ficar tão quietinha no caminho de ida para os estúdios do E!, normalmente ela é uma das mais animadas, sempre tagarelando e rindo das bobagens da Dinah. Depois de cantar Miss Movin’On ainda ficamos um pedacinho atentando os fãs antes de irmos embora. Nessa hora que DJ me puxou.

 

- Notou que a Mila tá estranha? – Ela perguntou.

- Notei, ela tá toda acanhada.

- E hoje no café ela recusou panqueca e disse que não estava com fome.

- É grave. Camz nunca recusa comida... Deixa eu ver com ela o que tá acontecendo.

 

Alcancei Camila já chegando à van que estávamos usando aquele dia. A segurei pelo pulso, percebi que os olhos dela estavam com um brilho diferente.

 

- Boo, o que aconteceu? – Perguntei

- Nada, Lolo.

- Você tá toda estranha... Algo aconteceu.

- Eu só estou com frio, bobagem, não precisa se preocupar. – Quando ela falou isso eu me aproximei e lhe beijei a testa.

- Camz, você tá quente.

- Eu sei que sou linda... – Ela falou fazendo graça.

- Não, besta. Você está com febre.

 

Puxei-a para o carro, tentei apressar as outras meninas. Tinhas que ir logo pra casa tentar cuidar da Camila. E eu tinha certeza que era hoje que a Ally iria arrancar meu fígado.

Camila é naturalmente dengosa, parece uma criança pequena, mas quando ela fica doente isso fica ainda pior. Entreguei um antitérmico pra ela e mandei ela ir tomar um banho, aproveitei pra troca de roupa e voltei pro apartamento. Iria fazer uma sopa pra ela, não ia deixar que ficasse o dia inteiro se se alimentar. Estava na cozinha quando a Ally sentou-se num dos bancos e ficou me olhando.

 

- Olha, eu não preciso de outro sermão de como fomos irresponsáveis ontem e deveríamos ter imaginado que isso iria acabar acontecendo e nem nada disso.

- Calma Lauren, relaxe. Eu tô vendo como você está preocupada. Não ia falar nada demais.

- É minha culpa.

- A Camila ter adoecido? Não, ela é grandinha, escolheu ficar na chuva, ela é responsável pelos próprios atos.

- Ela é uma criança...

- Ela é um ano mais nova que você. – Ally falou categórica.

- Mas eu sou a mais responsável. Assim que começou devia ter dito para voltarmos.

- Agora já foi, um pouco de repouso e tenho certeza que a Mila vai estar novinha em folha.

- Allycat...

- Quer dormir aqui pra ficar de olho na namorada?

- Posso? Prometo me comportar, é que não vou conseguir dormir se ficar longe dela enquanto ela está assim.

- Por mim tudo bem, apenas combine com a Dinah, afinal elas que dividem o quarto.

 

POV Camila

 

Acho que passei a tarde inteira dormindo. Depois do banho Lauren veio me dar uma sopa e só saiu quando teve certeza que havia terminado, meu corpo estava um pouco dolorido e a febre ainda não havia cedido. Acabei adormecendo, quando acordei estava com um suor pegajoso no corpo, ainda me sentia mole. Pelo menos a febre havia passado e eu achei melhor tomar um banho, estava me sentindo nojenta. Quando sai encontrei a Lauren na sala vendo televisão.

 

- Êpa, mocinha. Quem deixou você sair da cama? – Lauren perguntou se levantando.

- Acordei e o quarto estava vazio... Não posso andar pela minha própria casa?

- Enquanto está doente não. E não deveria ter tomado banho, já está tarde.

- eu tava grudenta!

- Agora já foi, volta pra cama, vou levar algo pra você comer.

 

Sabia que seria inútil discutir com a Lauren, quando ela quer ser mandona não há quem consiga contrariar a menos que você queira sentir uma fúria sem limites e ver aqueles olhos verdes se transformar e vermelho. Me arrastei de volta ao quarto e me enrolei na cama. Alguns minutos depois Lauren entrou com uma bandeja.

 

- O que tem ai?

- Um pouco de chá e panquecas de blueberry que a Ally fez especialmente pra você. Então trate de comer tudo.

 

Terminado o que deveria ser minha janta, Lauren ficou deitada comigo vendo alguns episódios antigos de Friends e Fresh Prince of Bel Air. Eu quase esquecia que estava doente e poderia passar o restante da noite daquele jeito.

 

- Você deveria tentar dormir. – Lauren disse.

- Eu não tenho sono, passei a tarde dormindo.

- Ainda assim, você não se recuperou, teve febre mais cedo. Precisa descansar.

- E como eu vou dormir?

- Eu posso cantar pra ti. – Lauren limpou um pouco a garganta e começou.

 

Settle down with me

Cover me up, cuddle me in

Lie down with me, yeah

And hold me in your arms

 

And your heart’s against my chest

Your lips pressed to my neck

I’m falling for your eyes but they don’t know me yet

And with a feeling I’ll forget, I’m in love now

 

Kiss me like you wanna be loved

You wanna be loved, you wanna be loved

This feels like falling in love

Falling in love, we're falling in love

 

Settle down with me

And I’ll be your safety, you’ll be my lady

I was made to keep your body warm

But I’m cold as the wind blows

So hold me in your arms

 

My heart’s against your chest

Your lips pressed to my neck

I’m falling for your eyes but they don’t know me yet

And with this feeling I’ll forget, I’m in love now

 

Kiss me like you wanna be loved

You wanna be loved, you wanna be loved

This feels like falling in love

Falling in love, we're falling in love

 

Yeah I’ve been feeling everything

From hate to love, from love to lust, from lust to truth

I guess that’s how I know you

So hold you close to help you give it up

 

So kiss me like you wanna be loved

You wanna be loved, you wanna be loved

This feels like falling in love

Falling in love, we're falling in love

 

Kiss me like you wanna be loved

You wanna be loved, you wanna be loved

This feels like falling in love

Falling in love, we're falling in love

 

- Eu realmente poderia lhe beijar agora – falei quando a Lauren terminou.

- Então me beije.

- Eu estou doente!

- E eu não me importo. – Lauren falou juntando nossos lábios num beijo carinhoso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...