1. Spirit Fanfics >
  2. Headlights On The Highway >
  3. Nova York

História Headlights On The Highway - Capítulo 8


Escrita por: AngelCerdeira

Notas do Autor


Escrevi mais um capítulo, espero que gostem.

Capítulo 8 - Nova York


POV Lauren

 

Tínhamos acabado o show em Long Island e seguimos para o hotel. Iriamos passar 3 dias em Nova York pra promover a banda. Hoje o dia seria tranquilo, depois do show estaríamos livres pra descansar já que no dia seguinte teríamos uma bateria de apresentações. A divisão dos quartos ficou igual a dos apartamentos, Camila iria ficar num quarto com Dinah e Ally e eu dividiria o meu com Normani.

 

- O que pretende fazer o restante do dia, Lauren?

- Sinceramente, só quero ficar quietinha aqui descansando, explorar NYC vai ficar para outra vez.

- Não vai nem levar a Mila num encontro, vocês não tiveram tempo desde que ficaram juntas.

- Ai Mani, ia ser complicado. Que desculpa eu ia dar pras meninas pra sair só com a Camz? Não quero levantar suspeitas.

- Eu sei que a relação é de vocês, mas acho bobagem ficarem escondendo isso.

- A Camz também não gosta, já tivemos até um principio de discussão por causa disso.

- E já? Então por que ainda estão nesse segredo?

- Eu não me sinto a vontade em contar, não quero ninguém julgando nosso namoro. Eu amo a Camila e acho que isso é algo que interesse só a mim e a ela, ninguém tem nada com isso, sabe?

- O que eu sei é que eu quero um dia conseguir sentir por alguém o que tu sente pela Mila.

- Mas tu não gosta do Arin?

- Eu gosto dele, claro, mas anda tudo tão complicado agora, a gente não tem tempo de se ver ou se falar direito. E mesmo assim, o que eu senti por ele não é metade do que tu sente pela Mila. Tu já viu a cara que faz quando ela canta? O quando ela entra no mesmo local que você está? Teu rosto se ilumina todo, só em falar dela tu fica com um sorriso bobo e a forma que tu falou agora que a amava foi tão honesta, tão aberto. Vocês são um desses casais que faz a gente acreditar no amor.

- Own, Manibear. Eu prometo que quando casar com a Camz tu vai ser a minha madrinha.

 

Depois que tomei um bom banho pra relaxar, resolvi ligar o notebook e ficar no tumblr um pouco. Deixei meu Skype ligado quem sabe não conseguia conversa um pouco com a Vero, ainda não havia contado nada sobre meu romance com a Camila pra ela. Sei que ela é bi, mas simplesmente não conseguia me imaginando mando uma mensagem pra ela do nada com dizeres do tipo “Hey Bitch, adivinha quem tá com a Cabello”.

Vejo que alguém puxou conversa comigo, vou animada olhar e era Camz

 

C: Lolo...

L: Oi, meu amor.

C: Tu conhece a banda Daughter?

L: Conheço não.

C: Tava escutando uma musica deles e acho que você vai gostar.

 

Camila me mandou o link da música Youth e realmente era uma canção linda demais. A voz parecia entrar na minha mente e ficar ressoando mesmo depois da canção ter acabado, enquanto ouvia, fui procurar a letra pra ler com mais calma. Era uma letra forte.

 

L: Camz, por que achou que eu ia gostar dessa música?

C: Ela me lembra você, o tipo de música que você gosta e tem uma frase que lembrou a gente.

L: Qual?

C: And if you're in love, then you are the lucky one

L: Então, nos somos os sortudos?

C: Eu acho que sim. Baby, as meninas tão combinando de sair pra jantar. Você vai querer ir?

L: Prefiro ficar deitado, amanhã vai ser tão puxado, quero descansar o máximo possível.

C: Então eu vou avisar que vamos ficar, invento alguma desculpa e a gente pede comida pelo serviço de quarto, pode ser?

L: Claro, vem assistir um filme aqui.

 

Normani ainda estava no banho quando Camila bateu a porta do nosso quarto.

 

- Cadê a Manibear?

- No banho se arrumando pra sair com as meninas...

- Então será que a senhorita poderia me deixar entrar no quarto?

- Não! – Falei rindo enquanto me afastava dando passagem pra Cabello. Assim que ela passou com o corpo a puxei para um beijo. – Opa, quase ia esquecendo, tem pedágio pra entrar.

 

Camila riu e me deu um selinho pouco antes de se jogar na cama enquanto eu trancava a porta. Deitei-me ao lado dela, falei que havia separando um dos meus filmes favoritos para vermos juntas. Wait For Forever com Rachel Bilson, era um filme fofo e que pouca gente conhecia. Espero que ela goste.

 

- Já comentei que adoro teu perfume?

- Poutz, eu esqueci da tua alergia Lolo...

- Tudo bem, eu não vou morrer.

- Tem certeza?

- Tenho sim, posso até fazer isso – enterrei meu rosto no pescoço da Camila, traçando uma linha com meu nariz da base até a altura da orelha onde eu dei uma leve mordida sentindo ela se arrepiar. Segui paro o outro lado do pescoço dela agora distribuindo mordidas leves e pude notar sua pele toda arrepiada.

 

Camila puxou meu rosto, seus olhos estavam escuros de desejo, ela tomou meus lábios de assalto em um beijo urgente. Nossas línguas travavam uma gostosa batalha a qual confesso estar perdendo, Cabello sempre conseguia a dominância no beijo. Ela rapidamente inverteu nossas posições ficando por cima de mim. Suas mãos deslizavam pela lateral do meu corpo, eu tinha uma mão em sua nuca e a outra segurava sua cintura.

 

-AHRAM! Será que dá pra acabar com essa pouca vergonha aqui no meu quarto – Falava uma Normani achando graça da situação.

-Mani, volta pro banho – Respondeu a Camila sentando por cima de mim.

- Olha eu jurava que a Lauren que seria a safada de vocês duas, mas me enganei... Mila, só tem cara de santa.

 

Eu ri disso e afastei delicadamente Camila de cima de mim. Normani sabia que estávamos juntas, mas não precisava ver a gente se agarrando né. Independe de ser um casal hetero ou não, algumas coisas não devem ser feitas com plateia. Pelo menos eu não gosto de publico.

 

- Olha só a Mani, toda linda. Vai arrasar quarteirões por Nova York. – Falei finalmente prestando atenção em como Normani se vestia.

- Mila, sem ciúmes. Lauren não é meu tipo.

- Hahaha, pera... A Lauren não é teu tipo por que é menina ou por que é muito branca?

- Eu não sou muito branca.

- Amor, tu reflete a luz de tão branca.

- Isso é por que eu tô sem praia pra ir, quando a gente vai ter uma folga e eu vou voltar a ter uma cor decente quando for pra Miami.

- Sim, chega de falar da cor da minha garota. Normani fugiu da minha pergunta. E ai?

- Eu nunca tive interesse em garotas, Mila.

- Nem mesmo na Ally?

- Ficou maluca? – Normani falou espantada.

- Os fãs shippan vocês, procura no tumblr por Normally. Só não é tão grande quanto Camren, por que né, somos as melhores – Falei dando um selinho na Camz.

- Não, Allycat é uma irmã pra mim, acho que eu não conseguiria ficar com nenhuma menina da banda.

- Opa, mas fora da banda ainda é uma opção aberta. – Falei gargalhando já

- Pera que vou avisar a Vero, ela te acha linda.

- Quer saber, me errem. Eu vou atrás da Ally e da Dinah, aguento vocês duas não.

 

Depois que Normani saiu pedimos uma pizza e começamos a ver o filme. A historia desse filme eu acho adorável, especialmente a carta final que o Willy escreve. As meninas ainda não haviam voltado, mas Camz já começava a bocejar de sono, perguntou se podia dormi comigo um pouco até a Normani chega e logico que eu disse que não havia problema, adorava a sensação de dormir com ela em meus braços. Acabou que nos duas caímos no sono e Mani nem se deu ao trabalho de nos acorda, dormimos agarradas até o outro dia.


Notas Finais


Então o que vocês estão achando da Normani?
E a música que a Cabello mostra pra Lauren é essa aqui: http://www.youtube.com/watch?v=2QT5eGHCJdE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...