1. Spirit Fanfics >
  2. Heart and Soul >
  3. Bônus; brat.

História Heart and Soul - Capítulo 2



Notas do Autor


olha o pornozao olha la

Capítulo 2 - Bônus; brat.


— Hora de eu ditar as regras por aqui, bebê.

Sasuke disse e sorriu. Sakura, que estava no chão, olhou-o desconfiada.

— O que vai fazer, Sas.. — e foi acertada com um tapa fraco no rosto.

Senhor Uchiha, Sakura.

Ela mordeu o lábio e assentiu.

— Como é pra me chamar de agora em diante, minha vadiazinha? — ela achou a sensação de ser xingada estranha, mas não reclamou.

Até gostou, pra sermos sinceros.

— Senhor Uchiha.

— Muito bem, você é uma menininha tão boazinha, e eu gosto das minhas cadelinhas obedientes — novamente Sakura sentiu o ventre formigar e sorriu com a sensação.

Ser submetida a esse tipo de tratamento — somente na hora do sexo — era estranhamente bom, logo para ela, que sempre amava estar no controle de toda e qualquer situação. Mas, por mais que gostasse de Sasuke no comando, sua vontade mesmo era de provocá-lo e fazê-lo ficar puto.

Senhor Sasuke — Sakura disse e ele a encarou de cima, com cara de mau — Por que não me fode logo?

— Porque eu que dito as regras, Sakura. E é Senhor Uchiha, e não “Senhor Sasuke” — pegou no pescoço da garota, apertando um pouco — Entendeu agora? Ou eu terei que te ensinar — apertou mais ainda, fazendo-a sorrir — na marra?

Privação de ar era seu fetiche favorito.

— Senhor Sasuke — ela falou com um pouco de dificuldade — acho que vai ter.. que me ensinar!

Ele rosnou e soltou seu pescoço, indo até a sala, deixando Sakura sozinha por alguns minutos. Uh, Sasuke a queria de joelhos, então por que não provocá-lo mais?

Levantou-se do chão e sentou na cama, estralando o pescoço e em seguida jogando-se no móvel.

Até ele aparecer, aparentemente puto.

— Quem mandou você levantar, Sakura!? — se pôs em cima da garota, que riu e cobriu os seios com os braços.

— Ninguém precisa mandar, Sasuke, eu faço o que eu quiser — e aí, somente aí, ele entendeu.

Ela era uma fodida brat. E estava provocando-o propositalmente.

Filha da puta.

Sem pestanejar, o Uchiha pegou a mulher e jogou-a sobre seu ombro, fazendo Sakura dar um gritinho surpreso.

Chegou na sala e a deixou no tapete, enquanto sentava na poltrona. Ela estava inteiramente nua. Seus cabelos estavam soltos e sua pele brilhava um pouco.

— Ajoelha, amor.

Seu orgulho foi pra puta que pariu quando ele disse “amor”. Ela o obedeceu na mesma hora, ficando novamente de joelhos em sua frente. Apoiou-se nas pernas de Sasuke, ficando entre as mesmas e deitando a cabeça na esquerda.

Uma das mãos do homem acariciou o cabelo rosado de Sakura, que quase ronronou.

— Estou com uma dúvida, Sakura.

Seus olhos levantaram para o rosto de seu senhor e estavam com um brilho confuso — Sobre o que, Senhor Sasuke?

Sasuke bufou, mas relevou.

— Se te chamo de gatinha, por quase ronronar quando eu te toco suavemente, ou de...

— Prefiro que me chame de vadiazinha, Sasuke.

O Uchiha pegou em seu pescoço e ela ficou surpresa com o ato repentino, mas sorriu maliciosa quando viu a expressão de raiva misturada com prazer dele.

— Eu já falei e não vou repetir, Sakura. É Senhor Uchiha, porra.

Ergueu o corpo, fazendo-a ficar literalmente em seus pés e percebeu que gostava da visão.

— Levante-se.

Mas ela se jogou no chão, ficando completamente deitada. Usou seus pés para acariciar lentamente a coxa de Sasuke, que não tirava os olhos daquela cena, desacreditado com tamanha desobediência.

Pegou Sakura pelos braços e a pôs sentada no sofá. Olhou naqueles olhos esverdeados e se perdeu na imensidão que era aquela alma.

Se ajoelhou em sua frente e colocou ambas as pernas dela em seus ombros. Analisou o sexo rosado da mulher e mordeu o lábio. A Haruno achou aquela cena extremamente erótica e piscou, sem querer.

Aquele pequeno movimento fez Sasuke perder o controle e abocanhar a intimidade rosada de uma vez. Deslizava a língua vagarosamente pela fenda molhada da mulher e chupou seu pontinho com força.

Sakura gemeu alto e recebeu um aperto nas coxas. Ele se afastou a lambeu os beiços, sorrindo maldoso.

— Te deixei gemer?

Ela tombou a cabeça pra trás e levou outro aperto, dessa vez mais forte — Me responde, Sakura.

— Hmm.. hmmm — negou com a cabeça. Seu rosto estava vermelho e suado, e Sasuke sorriu com a visão.

Ela era a coisa mais erótica e sensual que ele já havia visto.

Voltou com os movimentos em seu sexo, dessa vez usando um dedo para estimulá-la. Sakura se segurava ao máximo para evitar de gemer, saindo pequenos chiadinhos que só excitavam mais o homem.

Percebeu que ela estava perto de seu limite quando começou a se contorcer.

Parou com os movimentos e ela o fitou, raivosa.

— Por que parou!?

— Porque você só vai gozar no meu pau.

Virou-a no sofá com brutalidade, deixando Sakura de quatro e completamente a sua mercê. Ela, pra melhorar a situação, começou a balançar a bunda de um lado para o outro.

Sasuke sem pestanejar, largou um tapa fortíssimo em sua nádega direita, o que a fez ficar automaticamente vermelha.

— Uh, sua bundinha realmente fica vermelha como teu rostinho, gatinha — tomou um punhado de cabelos rosas na mão e os puxou pra trás, fazendo o corpo dela ir de encontro com sua virilha.

Sem perder mais tempo, penetrou-a com força. Fundo. E lento. Puxou mais forte os cabelos dela investiu mais fundo.

— Hmm, agora tem... permissão pra gemer.. porra!

Soltou as madeixas rosas e aumentou a velocidade, indo cada vez mais fundo. Sasuke a completava tão bem que cada vez que entrava parecia tocar seu útero.

— S-Sasuke! — gemeu alto e a mão dele foi até seu pescoço, apertando-o com força, ato que fez os olhos dela encherem de lágrimas, enquanto a outra estapeava sua bunda.

Ela estava perto, tão perto.

E quando ele percebeu que iria gozar também, rosnou e fez uma série de movimentos que foram o fim de ambos.

— Eu. Já. Disse. Que. É. Senhor. Uchiha!

E gozaram juntos, pela primeira vez naquela noite.



Notas Finais


o famoso hot na pressa

bdsm levíssimo pq não era o foco na história
quem sabe eu faça uma realmente pesada e poste aqui algum dia
boa noite blaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...