História Heart gold. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Personagens Bepo, Donquixote Doflamingo, Eustass "Captain" Kid, Trafalgar D. Water Law
Tags Heart Pirates, One Piece, Trafalgar Law
Visualizações 6
Palavras 1.838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heya, acabei ficando sem internet por algumas horas mas enfim trouxe um capítulo novo.

Capítulo 3 - "Não é o que parece"


Fanfic / Fanfiction Heart gold. - Capítulo 3 - "Não é o que parece"

(Visão do Law)

Eu estava cansado , depois de mais uma missão bem sucedida consegui mais três corações de piratas na qual eu derrotei sozinho , tudo o que eu precisava agora era de um bom descanso e um banho , pois logo deveria voltar as minhas pesquisas e preciso de um pouco de disposição pra isso.

Chegando no corredor próximo ao meu quarto , senti a presença de alguém suspeito , Shachi e Penguin estavam ocupados cuidando  da manutenção do submarino , Bepo estava atarefado , os outros tinham suas proprias funções a cumprir , então quem estava passeando pelos corredores em vez de estar trabalhando?

Continuo a caminhar sem fazer muito barulho afinal poderia ser um inimigo tentando invadir meu submarino , pelo menos poderia completar minha conta de cem corações .Ao chegar próximo do indivíduo avisto a garota que Bepo quase se matou para salvar , além de interromper o percurso do meu bando o que ela pensa que está fazendo invadindo meu quarto?Isso não vai ficar assim , ela está abusando demais da sorte que tem de ainda estar viva.

Antes que ela se quer possa xeretar, eu seguro seu pulso firmemente , ela olha para mim com cara de surpresa , eu sabia que ela poderia aprontar algo assim que tivesse uma chance , não poderia confiar numa criança afinal das contas.Pergunto o que raios ela estava fazendo , nem responder direito ela conseguia ,seus olhos se movimentavam pela órbita como se procurasse qualquer desculpa para se safar , entendendo o que estava acontecendo resolvi levar ela para a sala de prisioneiros , deixarei ela lá até conseguirmos parar na próxima ilha onde eu mesmo vou deixá-la por sua própria conta.Ou talvez fosse mais fácil acabar com sua vida logo!

Law:_você vai ficar aí quietinha e se tentar fugir , te mato e jogo seu corpo no mar!

Shīru:_E-ESPERA! NÃO É O QUE VOCÊ TAVA PENSAN-fecho a porta da sala antes mesmo de qualquer desculpa esfarrapada que ela desse , a voz dessa garota é irritante!

(Visão da Shīru)

Que ótimo , primeira vez que esbarro com o capitão desse navio e  consigo estragar qualquer chance que eu tinha de ganhar ao menos a confiança dele , agora estou presa numa sala apertada e se tentar sair é morte na certa , não acho que os rapazes ou até mesmo Bepo se virasse contra seu capitão por causa de alguém que nem conhecem direito, droga , não me resta nada a não ser sentar no chão frio e esperar a boa vontade desse tão de capitão me soltar .

E se ele me largar sozinha numa ilha deserta , ou pior , me vender para comerciantes de escravos ?? ...merda eu não tenho planejado nada , nem para onde pretendo ir , como vou saber disso se nem consigo me lembrar de onde eu vim ou quem sou eu ao menos???Bom ao menos posso aproveitar esse tempo sozinha para um possível plano de fuga caso eu vire escrava ou caia numa ilha deserta .

Me lembrei ! Os garotos! Eles sabem o que eu realmente pretendia fazer ali ! Se contarem o que aconteceu talvez o capitão deles me liberte logo ! Isso foi só um mal entendido eu não tenho que me preocupar muito hehehe...assim espero!

(Visão do Penguin)

Droga.Shīru-chan estava demorando muito , será que ela conseguiu encontrar o capitão ? Temo que ele não tenha permitido , ou tenha esbarrado com ela , geralmente quando o capitão não gosta de alguém ele simplesmente olha para a pessoa como se a julgasse por algum pecado.Não acho que Shīru-chan entraria naquele quarto sem pedir depois dos avisos que eu e Shachi demos a ela.

Quando vejo o capitão chegando até eu e Shachi,  logo me dá um frio na barriga por velo com uma cara de como se quisesse matar alguém naquele exato momento , ele chama nossa atenção  para conversarmos , assentimos e o seguimos até um canto longe dos nossos colegas.

Law:_antes de Bepo acabar com o serviço quero que vocês dois matem a garota e se livrem do corpo , creio que amanhã chegaremos na tal ilha e Bepo dormindo e só acordando amanhã de tarde não vai suspeitar de nada!Façam isso eu estou um pouco exausto e sem paciência para ouvir ela gritando . 

Shachi:_ESPERA!CAPITÃO!O que a Shīru-chan fez para ter que pagar com a vida?

Law:_ELA , não fez nada além de tentar invadir e vasculhar meu quarto , não duvido nada dela ser uma espiã ou algo assim só sei que ela daqui não pode sair viva!

Penguin:_capitão por favor , escute , aconteceu um grande mal entendido._contei para ele tudo que aconteceu e o que pedimos para Shīru-chan fazer ele inclina um pouco sua cabeça como se estivesse pensando.

Law:_por que  UM de vocês não foi fazer isso ?

Shachi:_haviam muitas coisas para reparar manualmente achávamos que se Shīru-chan chegasse a pedir sua permissão para pegar as ferramentas para as manutenções mais complicadas , isso já agilizava  enquanto  reparassemos coisas mais simples!

Law:_muito bem , entendi agora , não precisarão mata-la más isso não muda minha ideia de deixá-la na próxima ilha !

Um suspiro de alívio sai de meus pumões , infelizmente Shīru-chan não vai poder ir nessa jornada conosco más ao menos estará viva para seguir sua própria jornada . Apesar de tê-la conhecido somente por um dia , sinto que ela é apenas uma garotinha perdida tentando sobreviver , nem imagino os danos que ela sofreu para ter chegado ao ponto de perder a memória , mas sabendo que ela não será morta já tira um grande peso na consciência que eu e Shachi teríamos que guardar para nós mesmos.

(Visão da Shīru)

Passou um bom tempo que eu tava naquela sala , pensativa , sobre meus planos e tentando recuperar alguma lembrança apenas me concentrando mas todas as tentativas de conseguir ao menos uma memória foram falhas .De repente vejo a porta daquela sala se abrir , aquele homem amedrontador de novo?droga o que será que ele vai fazer comigo ?tenho que pôr o plano de fuga em prática , más e se eu estiver em meio ao mar pra onde eu corro ?Ele não faz nada apenas abre passagem para eu sair sem falar nada , eu avisto Shachi e Penguin , corro para perto deles e agarro no braço de shachi nunca me senti tão alegre quanto naquele momento ele simplesmente me abraça , o capitão deles sai e sobe as escadas com um olhar de "me poupe desse melodrama" , minhas lágrimas começam a descer .

Shīru:_e-eu achei ...q-que ele fosse m-me matar!!

Penguin:_tudo bem Shīru-chan nada de mau aconteceu com voce!

Shachi:_vamos subir , acho que você precisa de um copo de água.

Shīru:_tudo bem ...

Fiz o que Shachi falou , me hidratei como ele havia aconselhado depois de um tempo consegui me acalmar , eles estavam um pouco abatidos por algum motivo , não acho que fosse pela minha causa me pergunto o que será que aconteceu , naquela hora apenas queria dormir ,  fiquei muito tempo naquela maldita sala.Já de noite nem se quer vi Bepo desde a pausa para o café da manhã provavelmente ele deve de estar dormindo , meu sono tinha acabado , eram 3 da manhã nada conseguia me fazer dormir  , provavelmente todos estavam adormecidos em seus respectivos quartos então não acho que havia problema em sair um pouco daquele ambiente cheio de corredores e portas que davam em vários quartos ou salas de operações , subi algumas escadas até abrir um portão e chegar no convés daquele navio era apenas eu e o céu estrelado e....ele?

Law:_o que a garotinha faz uma hora dessas fora da cama?

Ele estava sentado em cima da cerca de proteção , aparentemente escrevendo alguma coisa no caderno que tinha em mãos , eu simplesmente retruco a pergunta com outra.

Shīru:_e o que você faz aqui?não era pra você estar dormindo?afinal ser um capitão de um navio parece meio exaustivo.

Law:_Eu não devo satisfação á uma criança , ao contrário de você que deve umas explicações por várias coisas.

Shīru:_não vou gastar saliva com alguém como você!

De repente ele se aproxima bruscamente e puxa minha gola em sinal de ameaça. 

Law:_escute muito bem pirralha , nenhum dos meus companheiros tinha a obrigação de te salvar daquele pacifista , assim como nenhum deles tinha a obrigação de cuidar de você , seria bom se você ao menos fosse grata não me respondesse dessa maneira !

Shīru:_nunca deixei de ser grata á nenhum deles! Que diferente de você arriscariam a própria vida pelo bem de alguém que não tivesse chance de se defender de um inimigo em comum!

Ele ficou sério por um segundo e depois sorriu , mas não era algo que significasse alegria ou coisa boa , aquele sorriso dele me causava calafrios , ele dava menos medo quando sério.

Law:_não pense que ficará conosco , é bom que se prepare e arrume um jeito de sobreviver , por que amanhã mesmo você seguirá o seu próprio caminho!

Ele fala isso de um jeito tão calmo porém isso não me deixa muito feliz , seguir meu proprio caminho?mas pra onde?Eu de certa forma já sabia disso lá no fundo que eu não seria aceita aqui de qualquer jeito , então será por isso que os meninos estavam meio estranhos!?Eles sabiam disso sem dúvida , mas eu não quero me despedir , como vou olhar pro Bepo?!Eu tenho que dar um jeito de ficar , eu quero ficar  , mas eu tenho que convencer o capitão primeiro!

Shīru:_por que eu não posso ficar?eu vou dar o meu melhor pela tripulação!O mínimo que eu poderia fazer por terem salvo a minha vida seria ajudando você não acha?

Law:_se realmente acha que pode ajudar em algo , ajudaria muito se devolvesse todos os gastos que tivemos com o seu tratamento!

Shīru:_...mas isso não é possível e você sabe!

Law:_exatamente!por isso não quero um membro fraco que nem você para ter mais gastos com remédios e curativos.

Shīru:_Ouça não é preciso eu estar em Campo de batalha pra provar meu valor ! Eu posso ajudar nas coisas do navio e...

Law:_Esqueça garota não estou interessado no que você acha que pode fazer vai estar ajudando muito minha tripulação se estiver indo em bora._ele diz isso enquanto pega seu material de estudo e se afasta me deixando sozinha naquele convés.

Law:_sugiro que entre , caso não queira morrer afogada , pois o submarino vai submergir daqui à alguns minutos.

asseno com a cabeça em sinal de concordância e entro depois dele , logo o portão se tranca automaticamente indicando que estávamos submergindo naquele momento , então esse é o diferencial de um submarino , apenas subo para o quarto onde eu fiquei no último dia , não consigo acreditar como me apaguei à um lugar e á três pessoas em poucos momentos ,  em um único dia estava cativada pela gentileza deles que nem cogitei em arrumar meu próprio rumo , droga amanhã estarei mais perdida do que nunca!

~Continua~



Notas Finais


Obrigado pela leitura e até a próxima ☆


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...