História Heart Of Stone (Vmin - ABO) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Tomorrow X Together (TXT)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Soobin
Tags Drama, Menção Jikook, Romance, Sadfic, Vmin, Vmin!flex
Visualizações 96
Palavras 912
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Como eu te conheci


Flashback on*

Eu fui estudar em uma escola nova e como eu sou um alfa lúpus, ninguém chegava perto de mim por medo. Era um pouco irritante ouvir eles falarem de mim pelas costas.

-É aquele alfa lúpus?

-Ele nao pode matar alguém andando por ia livremente?

-E se ele entrar no cio aqui?

Jm-Eu posso ouvir vocês, idiotas.

Fui para o banheiro e ouvi alguém chorando, pelo cheiro era um ômega.

Jm-Com licença.

Me aproximei, um garoto abriu a porta e limpou o rosto.

Jm-Você está bem?

Que pergunta Jimin, é óbvio que não.

Jk- to.

Ele foi sair do banheiro.

Jm-Você nao parece bem. Posso te ajudar?

Jk-nao.

Jm-...

Ele saiu do banheiro.

Depois de alguns dias, descobri que o garoto sofria muito bullying e batiam nele, por isso ele estava chorando no banheiro. Eu estava indo para o refeitório, o dia estava calmo.

Ele se sentou e ficou quieto, um garoto pegou e bateu na nuca dele. Me sentei em uma das mesas e olhei para ele.

Por que ele não faz nada?

Ele saiu do refeitório, Meu lobo estava incomodado.

Um grupo de alfas entrou no refeitório.

-Parece que o jungkook não veio.

-Deve ter aprendido que aqui não entra bolsistas.

O nome daquele ômega é jungkook? E estão implicando só porque ele é bolsista?

-ele ainda está pela escola, sinto o cheiro dele.

-acho que ele já aprendeu a lição, vamos deixa-lo em paz.

-ainda não.

-Ele não perde por esperar.

Rosnei baixo.

Um deles olhou para mim.

-ele rosnou para mim?

-Aquele merdinha?

Jm-Algum problema?

-nao.

-sim, por que está olhando a gente?

Jm-Livre arbítrio,  conhece?

-escutando nossa conversa também.

-gente, ele é o alfa lúpus, não irritem ele.

Jm-Boa docinho.

-Vamos embora.

Na saída vi eles batendo no jungkook.  Senti o ódio crescer e fui para cima deles rosnando alto.

Eles se assustaram e saíram correndo, jungkook tentava se levantar. Me abaixei até ele o pegando no colo.

Jm-Onde você mora?

Jk-na ****.

Jm-Se segura em mim, eu vou te levar em casa.

Ele se segurou. Fui andando em direção a casa dele, ele parecia bem mal.

Jm-Eles não vão te machucar mais,não se preocupe.

Jk-por que está me ajudando?

Jm-Eles são uns idiotas, é doentio ver alfas batendo em um ômega.

Chegamos na casa dele.

Jm-está entregue.

O coloquei no chão com cuidado.

Jk-obrigado por me ajudar.

*Jimin*

Soobin-entao o papai não era tão chato.

Jm-Eu não sou chato.

Soobin-é sim.

Jm-E por que eu sou chato?

Soobin-porque você vive trabalhando e tá sempre sério.

Jm-O papai nem sempre está em um dia bom.

Soobin- percebi.

Jm-amanha você vai começar a ir para a creche.

Soobin-o que? Por que?

Jm-Você já está com 5 aninhos.

Soobin-e daí?

Jm-Você já devia ter começado a creche, e vai começar a escola com 6.

Soobin-aff, eu nao quero.

Jm-Nós vamos ir comprar seu material.

Soobin-nao.

Jm-Nao seja teimoso.

Ele fez bico.

Jm-Promete ser bonzinho?

Soobin-nao.

Jm-Filho... É necessário.

Soobin-nao é.

Jm-Você não vai ter o papai pra sempre, precisa estudar para ter um bom emprego e se manter.

Soobin-creche não garante emprego.

Jm-Soobin, é algo necessário que todos temos que passar.

Soobin-Chato.

Jm-Nao é questão de ser chato.

Soobin-te odeio.

Jm-Soobin.

O repreendi.

Soobin-eu não vou me comportar lá.

Jm-Você tem que se comportar.

Ele cruzou os braços.

Soobin-nao.

Jm-Eu não estou perguntando, é sua obrigação se comportar.

Soobin-nao é.

Jm-É sim, você mora comigo, não é maior se idade, não trabalha e ainda é criança. Tem que me obedecer.

Soobin-nao tenho.

Estava começando a ficar irritado.

Jm- Eu não quero brigar com você.

Soobin-entao não briga.

Ele saiu andando pela casa. Respirei fundo.

Jm-Vai se arrumar.

Soobin-não.

Jm-anda, soobin.

Soobin-eu não quero.

Jm-Nao é o que você quer, é o que eu estou mandando.

Soobin- Você não manda em mim!

Jm-Otimo.

Como eu queria que o jungkook estivesse aqui. Respirei fundo e subi para o meu quarto trancando a porta.

*Soobin*

Estava com fome, fui pegar algo para comer. Peguei uma cadeira e subi em cima, peguei o presunto e o queijo, fui descer da cadeira. Acabei me desequilibrando.

Cai da cadeira, bem encima do meu braço, senti uma dor insuportável. Gritei alto pela dor e comecei a chorar.

*Jimin*

Ouvi o grito de soobin e corri até a cozinha, ele estava no chão chorando.

Jm-O que aconteceu?

Me abaixe até ele o pegando no colo com cuidado. Ele estava segurando o braço.

Soobin-T-ta doendo.

O coloquei deitado no sofá  com cuidado e corri para pegar a bolsinha com os Documentos dele. Logo voltando e colocando a blusa amarrada com cuidado nele para imobilizar o braço.

Jm-Vai ficar tudo bem.

O levei para o hospital, o braço dele estava quebrado. Os médicos o levaram para uma salinha,entrei com ele.

Medico-o que aconteceu?

Soobin-E-eu fui pegar algo para comer na geladeira, só que eu não alcançava... então eu subi na cadeira e acabei caindo.

Médico-Poderia ser bem pior, nós vamos fazer um raio x para poder engessar.

Eles tiraram o raio X e depois engessaram o braço dele. Me deixaram com a receita do remédio dele,e deram alta. Ele estava sonolento por causa do remédio para dor, o peguei no colo e fui para o carro

Jm-Você está bem, meu amor?

Ele acabou dormindo. O coloquei na cadeirinha e prendi o cinto, dei um beijo em sua testa e entrei no banco do motorista.

Dirigi até em casa e estacionei o carro, peguei soobin no colo e o levei para o quarto dele, o deitei na cama.

Peguei o cobertor e o cobri... Sai do quarto dele e fui para o meu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...