1. Spirit Fanfics >
  2. Heart repairer! >
  3. Amor? Moranguinho?

História Heart repairer! - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Amor? Moranguinho?


Talvez, só talvez, Jeongin não levasse jeito no amor.

Mas calma aí, ele é um ótimo cupido e conselheiro entre seus amigos, ele sempre consegue dar boas dicas, até mesmo resolver DR's! O que acontece com nosso reparador de corações?

— Não fique assim, Felix. Ele não te odeia, isso tudo é sua mente tentando te afastar e te deixar pessimista. Você fica tão preocupado que nem percebe todas as investidas do Changbin. — O mais novo disse calmamente, acudindo seu amigo que quase chorava ao seu lado na aula de história.

— Eu nunca tinha pensado nisso... Obrigado, Innie! — Felix disse, armando pequenos planos em sua cabeça em se declarar para o garoto baixinho da turma B. — Vai ser difícil ignorar o pessimismo, mas eu vou tentar.

E a aula de história seguiu tranquila. O Yang saiu da sala ainda calmo e sorridente para o pátio no intervalo, até dar de cara com um Jisung chorando debaixo de uma árvore mais afastada, indo rapidamente acudir o amigo.

— O que aconteceu, Sung? — Perguntou, passando a mão nas costas dele, como um gesto de segurança.

— O Seungmin... Por que ele é tão grosso comigo? Eu sempre tento ser tão gentil, mas ele ainda me retorna com apelidos meio maldosos. — Disse com a voz trêmula, passando a mão nos olhos a todo tempo tentando enxugar as lágrimas, soluçando algumas vezes.

— Oh, Jisung. Eu já falei com o Seungmin, e ele também gosta de você, mas ele nunca sentiu isso antes e tenta afastar, ele acha que fazendo isso é menos doloroso que ser rejeitado. Vocês tem que conversar, e conversar logo, isso está machucando os dois cada vez mais. — Disse, chamando o menorzinho para um abraço, tentando acalmar o amigo do choro intenso.

E finalmente acalmou ele com palavras sobre filmes de ação e prometer cheesecake, e ele saiu sorridente em busca de sua paixonite.

Mais alguns passos a frente, via dois de seus amigos discutindo, Minho e Chan.

— Eu sei que não tenho nada com isso, mas pelo menos podiam brigar lá dentro, né? — Jeongin disse afastando os dois.

— A culpa é dele! — Minho disse, bem alto e claro.

— Ah, claro, sempre é culpa minha. — Disse irritado, cruzando os braços batendo o pé, mostrando toda sua frustração.

— Vocês estão brigando pelo que dessa vez?

— A gente está brigando porque o Chris é irresponsável. Porra, ele sempre esquece alguma coisa, datas, entrega de trabalhos, de lavar a louça. — Disse lembrando de tantas vezes que chegavam em casa juntos, já que dividiam apartamento, e encontrava a pia cheia de louça.

— Eu sei, mas eu tento melhorar, e sobre a louça, se você me lembrar eu lavo sem problemas.

— Por que não usar um cronograma? Pode parecer óbvio, mas pode resolver muitos problemas entre vocês, dividir suas tarefas, e talvez um calendário ao lado para marcar datas e acontecimentos importantes. Vocês se amam e ficar brigando por coisas simples assim só vai estar desgastando o relacionamento de vocês. — O mais novo disse tentando apaziguar o ar entre os rapazes mais velhos, que concordaram com jeongin e saíram andando discutindo, dessa vez de uma boa forma, juntos sobre isso.

E agora era sua vez, falar com seu tão temido "crush" do colégio. Hwang Hyunjin, sério, quem não queria um pedacinho daquele anjo? Mas bem, já tinha o benefício de conhecer bem o garoto, pois são bem amigos. Mas faltam duas coisas: Coragem e noção de como fazer isso. Ele era o cúpido, não o atingido pela flecha.

Ele chegou na quadra, onde sabia que o Hwang ficava sozinho treinando uma hora dessas. Chegou pelos fundos, de fininho para assustar o mais alto.

— Hey! — Gritou, apertando os ombros do mais velho.

— 'Taquepariu! — Ele exclamou assustado, rindo depois. — Oi, Innie.

— Oi Hyunjin, podemos conversar? Prometo que é rápido. — Disse nervoso, sentindo suas mãos suando um pouco.

— Claro que podemos. Vamos sentar ali.

Eles foram até as arquibancadas, sentando numa fileira do meio, que era mais confortável.

— Bem, eu preciso começar a falar, né? Olha, eu sou uma pessoa que dá conselhos de amor, mas sou péssimo no amor. — Começou a falar, sentindo seu rosto ficar mais avermelhado. — E eu estou com um problema no amor. Eu não sei me declarar para quem eu amo. E esse alguém é você.

— ...que?

— Que?

— Eu...

— Você?

— Eu acho que também te curto. Sabe, querer dar uns beijo na boca, carinho e ver filme fazendo boiolisse fofinha? — Sorriu e segurou as mãos do menor. — Tipo de pessoa para ver moranguinho junto, sabe?

— MO-MO-MO-MORANGUINHO? — O Yang praticamente berrou no ritmo da musiquinha.

— MO-MO-MO-MORANGUINHO! — O mais velho respondeu ainda no ritmo da música.

— CHEGOU! ELA É ESPECIAL, TÃO CHEIA DE DOÇURA! — GRITARAM JUNTOS.

E essa foi a melhor forma de inicar um relacionamento, claramente sim. E pelo incrível que pareça, deu certo! Moranguinho une corações, então se está com problemas amorosos, veja Moranguinho.


Notas Finais


oi oi, eu estou postando fanfics para ler na quarentena, e essa é a primeira de algumas outras varias, espero que aproveitem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...