História .heart shaker - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Kai, Sehun
Tags Chanbaek, Cheerleader, Colegial, Fem!au, Fluffy, Sekai
Visualizações 63
Palavras 1.833
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, FemmeSlash, Fluffy, LGBT, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAA eu amo chanbaek
view em aoa

boa leitura

☆ notas finais ☆

Capítulo 1 - .troca de clubes e pedido de namoro


 

Vamos lá hyung, não é um bicho de sete cabeças. – Jongin convencia o Park ir falar com Byun Baekhyun a líder de torcida mais gata e gostosa da escola, suas curvas pareciam desenhadas pelos anjos, com os pincéis mais delicados do céu, seus lábios carnudos rosados cobertos por um gloss labial, suas coxas fartas e seu sorriso angelical era um conjunto de qualidades que atraia Chanyeol. Toda vez que Channie pensava nela, seu coração batia mais rapidamente.

— É fácil, muito simples. Ir falar com a menina que você possuí uma paixão platônica. – Debochou o menino bagunçando seus fios rosados recém tingidos. 

— Pare de colocar pressão hyung. – O Oh repreendeu Jongin, e quando Chanyeol ia se manifestar, Sehun o interrompeu. — Ele tem que saber que isso é para ganhar ponto para o trabalho, e ganhar um encontro talvez, estou certo Jongin? – Sehun deu um rápido selinho no Kim e as bochechas do moreno ruborizaram. Chanyeol revirou seus orbes e levantou da cadeira ajeitando seus óculos e pegando sua pasta transparente que contém as perguntas que devia fazer a Baek. Verificou o gravador no bolso traseiro da calça seu olhar pousou na menina que tinha sua total atenção sempre, tão clichê, apaixonado pela capitã do time de cheerleader. meses mais velha

— Aigoo, fiquem quietos, vocês estão me irritando. Vou ir lá, agora ou nunca. – Disse com a voz transbordando confiança, porém, por dentro era o oposto. 

Andou em passos calmos, Chanyeol suava, o nervosismo era o seu aliado, e se cometesse a gafe de gaguejar – ou até mesmo vomitar de nervoso. 

O Park se aproximou da mesa que estava repleta de meninas com as saias curtíssimas do uniforme de Cheerleader, com as bandejas que contia pouquíssimo alimento para manter o padrão.

— Olá, desculpe atrapalhar, o Junmyeon me pediu para vir falar com você, para fazer a entrevista. – a morena assentiu e abriu o sorriso mais lindo que Chanyeol já viu. 

— Claro, estou ansiosa. Pode ser depois do treino das cheerleaders, oppa? – O garoto sabia que ela estava o seduzindo, aquele 'oppa' vacilante foi golpe baixo.

— Pode sim, na arquibancada C? – Baekhyun assentiu e o lançou uma piscadela voltando a atenção a suas amigas, Chanyeol se retirou e voltou a mesa dos amigos contando sobre a curta e rápida conversa.

                    (...)

Chanyeol bebericou seu expresso e folheou seu caderno para modificar algumas perguntas. Sehun e Jongin trocavam carícias enquanto dividiam um milkshake. Estavam no restaurante da mãe de Channie, Sehun adorava os muffins que a senhora Park fazia. Jongin acariciou os fios negros do Oh e depositou um selar na bochecha do menino. 

— Eu ainda não decidi a última pergunta. – Reclamou Chanyeol retirando seus óculos fundo de garrafa  bebendo o resto do café. – Melhor, eu não faço ideia. – Completou. 

— Pergunta a ela qual é seu conselho para uma menina virar Cheerleader, viu Channie. – Sehun debochou.

— Pronto. – Chanyeol olhou a hora no celular e levantou recolhendo suas coisas. – Preciso ir, depois passam na minha casa, ok? – O de fios rosados deu um beijo em sua mãe antes de sair.

Ao chegar na escola Chanyeol caminhou em direção ao campus, onde acontecia o treino de Cheerleaders. Dito e feito, Elas estavam em pirâmide e quando Baek viu os cabelos chamativos de Chanyeol deu um aceno e falou algo com o menino que a sustentava e ela deu um mortal e o garoto loiro a segurou perfeitamente. 

O Park negou brevemente e fechou os olhos sentindo medo por Baekhyun. A morena correu até Chanyeol. 

— Oi, desculpe, ainda não tinhamos acabado. – Baek abriu um sorriso encantador e arrumou sua franja. — Vamos começar? 

O rosado assentiu e caminhou atrás da moça, a Byun contava sobre como era os treinos paralelamente, e por incrível que pareça, Chanyeol adorava a voz da tal.

— Bom, a primeira pergunta é como você mantem seu físico, sua rotina de exercícios. — A garota mordeu o lábio inferior e sorriu.

— Eu faço apenas duas refeições por dia,  almoço e lanche da tarde, pequenas porções. Faço circuitos montados pelo meu personal, porém, antes de contratá-lo eu mesma montava meu percurso. – Chanyeol pegou a caneta e desligou o gravador, riscando a pergunta. 

— Nossa, apenas duas refeições? Sehun não fica sem comer nem por uma hora. – Baek caiu na gargalhada e Chanyeol apenas soltou uma breve risada. Voltou a ligar o gravador e voltou a ler a próxima pergunta.

— Se você não fosse Cheerleader, o que seria? –  A Byun cruzou as pernas e uma expressão tristonha se apoderou do rosto angelical.

— Eu amo nadar, seria do time da natação. Infelizmente minha mãe quer que eu seja do time das melhores. Trauma de infância, ela quebrou o tornozelo e seus sonhos foram interrompidos. – O Park engoliu em seco e seu olhar pousou nos papéis. 

Perguntas e respostas até que finalmente – ou infelizmente para Chanyeol – estava na última. Já era oito horas da noite, só tinha os professores para fazer a reunião pedagógica. Baek era divertida, sempre contava piadas e com um belo sorriso, mesmo com os comentários mais idiotas que Channie soltava, ela ria e aquilo era tão benigno para Chanyeol. 

— Qual é seu conselho para as meninas que quer entrar no time? – Perguntou, Baek ajeitou-se no banco da arquibancada.

— Não queira entrar no time apenas para ser popular ou sair com os garotos do futebol, entre por amor, admiração e força de vontade. Não queira fazer algo que não deseje, não seja influenciada, faça por paixão. – Chanyeol estava mais apaixonado pela menor.

— Foi a melhor entrevista que já fiz. – O maior contou e começou a guardar suas coisas.

— Sério? Estava tão nervosa.–  Baek suspirou aliviada e se levantou.

— Sim, foi um prazer ter a entrevistado. – A Byun sorriu envergonhada.

— Adorei conversar com você, você não é apenas inteligência Park. – Chanyeol riu e coçou a nuca desconfortável (?).

— Obrigado, digo o mesmo.– Não, você não é inteligente, droga, você é inteligente apenas... – Baekhyun começou a rir, adorava o jeito tímido e embaraçoso de Channie.

— Eu entendi, obrigada, você foi o único que me tratou normalmente, sem formalidade.  – Baek depositou um selar na bochecha de Chanyeol e assim as mesmas ficaram rosadas que fez o garoto ficar ainda mais bonito e fofo nos olhos da morena. 

— Preciso ir, combinei de sair com meus amigos. – Baekhyun assentiu e pegou a caneta no bolso da blusa do garoto e na palmatória do próprio, e anotou seu tão sonhado número. 

— Me manda uma mensagem. Adorei conversar com você. – Baek sorriu e seguiu seu caminho deixando Chanyeol plantado igual uma esponja no fundo do mar. 

(...)

Chanyeol mandou uma mensagem para Baek no mesmo dia, e assim eles conversaram por horas. Uma amizade cresceu e assim dias se passaram. 

De noite, Chanyeol já estava deitado em sua cama quando seu celular apitou avisando sobre uma nova mensagem.

~ channie, quero te fazer um convite – baek 

O coração de Chanyeol foi parar na boca, com um sorriso nos lábios ele correu para digitar uma resposta. 

~ fique à vontade... – pcy

~ pode me encontrar daqui uma hora na frente do clube de natação da escola? – baek 

Chanyeol respirou fundo e mordeu o lábio inferior. 

~ isso é proibido baekhyun ×-× mas eu vou, te vejo lá – pcy

~ xoxo channie – baek 

O menino suspirou e levantou do seu redemoinho de edredons. Retirou sua camisa e colocou uma regata branca com uma jaqueta jeans. Substituiu sua calça de moletom por uma bermuda da adidas, sua preferida e continuou com seu par de chinelos da mesma marca da bermuda.

O relógio custava a dar uma hora, e quando o relógio marcou uma da manhã ele saiu de casa e seguiu para a escola, que não ficava longe, apenas dez minutos de sua casa.

Quando chegou no Colégio, Baek o esperava sentado no banco vestindo um short jeans, um top azulado com um vans branco. 

Ela pulou do assento e caminhou até Chanyeol, dando um abraço apertado e um beijo da bochecha. 

— Você deve está se perguntando, por que essa menina louca está entrando na escola às... – A morena olhou o relógio e voltou a falar. — Uma e treze da madrugada. 

— Estou me perguntando isso. –  O Park riu e Baekhyun parou em frente do muro do ginásio. — O muro é alto, tem certeza que quer pular? – Baek assentiu. 

— Quero fazer alguma loucura Chanyeol, e eu acho que você seria o único a topar algo desse tipo, minhas amigas são medrosas demais.–  Baekhyun soltou uma risadinha e colocou as mãos no bolso traseiro do short. 

— Me sinto lisonjeado, ser convidado para quebrar regras com Byun Baekhyun. – Channie sorrir e escalou o muro com tanta facilidade por conta de seu um metro e oitenta e cinco de altura, parecia tão fácil até a menina tentar, ela parava e ria de sua dificuldade.

A frequência cardíaca de Chanyeol acelerou, Baek retirou seu short e revelou a parte de baixo de seu suposto biquíni. Após a blusa que confirmou a teoria do biquíni da morena, que é amarelo. Por último foi o tênis.

— Por favor, diz que você está com roupa de banho. – Um sorriso genuíno cruzou o rosto de Baek.

— Serve o short?  – Chanyeol esperou algum comentário de Baekhyun e depois ela riu pulando na piscina.

—  Anda logo Chanyeol! – A Byun se recostou na borda da piscina e observou o Park retirar sua jaqueta e sua blusa revelando seu físico indiretamente definido. 

Baekhyun gostava do que estava diante de seus olhos. 

O garoto acompanhou Baek na piscina, o contato com a água fria foi um choque para seu corpo, entretanto, ele logo se acostumou com o choque. 

Eles brincaram e conversaram, todavia quando Baek soltou quatro palavras tudo em volta de Chanyeol parou.

—  Eu gosto de você. – O Park procurou algum requisito de brincadeira no olhar da menina.

— Eu gosto do seu jeitinho atrapalhado, e da maneira que você não disfarça que gosta de mim. Eu gosto muito de você.   –   O corpo todo do menina tremeu a cada palavra dita, e quanto mais Baek se aproximava de si parecia que iria ter um ataque cardíaco.

O maior tentava organizar seus pensamentos para falar algo.

— Eu gosto de você Baek, de verdade, a última coisa que esperava era que fosse recíproco. –  A menor acariciou o rosto de Chanyeol e um selinho foi depositado em seus lábios e logo aprofundaram para um beijo, o coração de ambos batia em descompasso, as borboletas saem dos casulos e fazia cócegas que era tão indiferentes para os dois.

Ao quebrarem o beijo com selinhos. Baekhyun piscou várias vezes para saber se aquilo era real ou apenas uma peça de seu subconsciente.  

— Faz uma coisa por mim? –  Chanyeol perguntou. E Baekhyun assentiu veemente. — Larga as cheerleaders e entra no time de natação? - Um belo sorriso rasgou os lábios da menina, escondeu seu rosto no pescoço do Park.

— Eu aceito só se você aceitar ser meu namorado. – Chanyeol soltou uma gargalhada. 

— Com toda certeza. – O Park sentiu uma onda de felicidade o atingir com toda força, e ele amou a sensação em ter Byun Baekhyun em seus braços, sua namorada.


Notas Finais


eu estou muito envergonhada, eu escrevi esse one para a fada ~raraqs, parabéns florzinha, obrigada pela ajuda em meus plots malucos, guerreira por ouvir minhas ideias de fanfics que nunca sai do esboço. felicidades e que seus sonhos sejam realizados, forças por mais um ano nesse mundo horrendo eh isto

te amo xoxo

*eu li essa one várias vezes, sorry por algum erro. n aprendi o caralho do 'a'*

feliz aniversário ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...