História Heart-Shaped Box - Vmin - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Jimin!uke, Relacionamento Abusivo, Tae!seme
Visualizações 25
Palavras 353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Terror e Horror, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leitura ✡️

Capítulo 2 - Forever in debt to your priceless advice.


Fanfic / Fanfiction Heart-Shaped Box - Vmin - Capítulo 2 - Forever in debt to your priceless advice.

The guilty vision [🥀]

Taehyungs P.O.V


Aqueles olhos. Aqueles malditos olhos. Eu os odiava. Ainda mais quando eles olhavam outra pessoa.

Ah Park Jimin, eu sou obcecado por você. Mas odeio quando me desobedece. Odeio muita coisa sobre você. E eu sei que você me odeia.

Mas, não reage contra mim. Por medo. Eu odeio isso também. 

Céus, você me deixa maluco. Pela minha pessoa, eu te bateria todos os dias para aprender a como agir perante mim. Por gratidão pelo meu amor.

Você é um desajustado, e eu prometi para mim mesmo que nunca mais me casaria com um desajustado desde meu último casamento. Quase fui preso pela denuncia daquele maldito do meu ex noivo, mas, eu tenho bons advogados. Por pouco não fui para a prisão.

Nossos planos foram por água abaixo. Ter filhos? Não poderia ter um filho com alguém que me odeia. Investimentos na casa? Eu gasto meu dinheiro com você. Viagens? Não deixo você sair de casa desde o último "acidente" nessas viagens.

Se lembra? Estávamos em uma ilha no Caribe. Um lugar maravilhoso.

Em uma noite, você se levantou para ir ao banheiro e deixou seu celular sobre a cama, e estava ligado. Decidi ler e... Meu estômago revirou. Aquelas mensagens patéticas e você curtindo as fotos dele. Meu sangue subiu.

Esperei você voltar e o agarrei pelo pulso. Bati com toda a minha força. O xinguei dos mais diversos nomes, enquanto apenas ouvia seu choro e suas lamentações. Suplicava feito uma criança. Dizia que sentia muito, e que nunca mais iria se repetir. Mais uma de suas mentiras.

No final, aquilo só me irritou mais. Parei de bater após muito tempo, pelas pessoas que precisavam dormir. Seu choro iria acordá-las. Poderia ter ficado calado. Assim, aprenderia a lição.

Desde então, só tenho lhe agredido mais. Nenhum efeito aparente. Pensei que aprenderia, mas me encontrei enganado.

Então, estamos no chão. Minhas mãos estão ensanguentadas de tanto que te bati. A fúria está tomando conta de mim.

Agarro seus fios e o ergo brutalmente. Eu só conseguia te bater e chorar de raiva. Mas não importam minhas ações, afinal...


Eu estarei sempre em dívida com seu conselho inestimável de nos casarmos.


Notas Finais


bye bae;; 🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...