1. Spirit Fanfics >
  2. Heartbeats >
  3. Flowers Grow Out of My Grave

História Heartbeats - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Minha terceira fanfic! Espero que gostem de Merder, por que eles têm uma história tão incrível, e eu sempre quis que tivessem um final feliz.
🥰💞

Capítulo 1 - Flowers Grow Out of My Grave


Fanfic / Fanfiction Heartbeats - Capítulo 1 - Flowers Grow Out of My Grave

Na sala de repouso, Amélia, Meredith e Maggie estavam deitadas se recuperando de um plantão. Até que Meredith foi chamada a recepção.

Meredith: Ah não! Só queria conseguir dormir por 1 horinha...- disse e levantou se vontade nenhuma 

Amélia: Força, pelo menos não está com a barriga do tamanha da minha 

Meredith: Aí, nem me lembre. Minhas costas já doem - falou fazendo um rabo de cavalo em sei cabelo 

Maggie: Nem sei como vocês aguentaram. Não consigo imaginar... - elas riram 

Meredith: Tchau pra vocês...

Amélia: Tchau 

Maggie: Depois fala do que foi o caso! - gritou para Mer conseguir ouvir 


•••Na recepção


Recepcionista: Dr.Grey!

Meredith: Sim 

Recepcionista: Tem um ligação para você. Parece que o paciente só quer seu número para uma consulta particular. Posso passar?

Meredith: Ele falou o nome?

Recepcionista: Não. Posso passar seu número?

Meredith: Pode- demorou para responder, pois estava um pouco preocupada 

Meredith: Mais alguma coisa? 

Recepcionista: Não 

Meredith: Ok, vou passar visita, qualquer coisa só me bipar. - a Recepcionista acenou com a cabeça 

Meredith seguiu com suas tarefas do dia, 3 cirurgias marcadas e 1 de emergência, todas com sucesso.


Meredith: Nossa, preciso urgentemente de um café. - disse entrando na sala dos atendentes

Richard: Como foram as suas cirúrgicas? - perguntou enquanto estava comendo sentado à mesa 

Meredith: Boas, todos estão vivos por enquanto - disse se sentando a mesa.

Meredith: Jo, se precisar conversar, sabe que eu tô aqui. - falou colocando a mão em cima da dela que estava do seu lado 

Jo: Obrigada, mas no momento eu só quero não falar disso - disse dando um sorriso leve e se levantando 

Jo: Tenho que ir...

Richard: O que foram aquelas cartas? Não acredito que depois de todo esse tempo, de tudo que eu lhe ensinei, ele foi embora sem ao menos me dar a oportunidade de dizer adeus... - disse revoltado 

Meredith: Nem eu. Mais uma pessoa me deixou- falou abaixando a cabeça 

Richard: Mer... Você é muito forte, ainda tem muitas pessoas pra você aqui.

Meredith: Eu sei - deu um sorriso leve 

Bailey: Tão com essas caras porque? - disse entrando na sala 

Richard: Karev...

Bailey: Nem fale esse nome... Vamos, vocês têm muito trabalho - falou mandando irem trabalhar 

Meredith: Certo, de nada vale lamentar - levantou e saiu 

Richard: Bailey! - a encarou e saiu também 

Bailey: O que? Ele foi embora, e eu que levo a culpa - disse falando sozinha 

Enquanto Meredith caminhava até a emergência em busca de algo pra distrair sua mente, seu celular começou a tocar, com um número desconhecido...

Meredith: Alô, Dr.Grey

Derek: Oi, Dr.Grey. Sou quem pediu seu número Mais cedo - falou tentando achar uma forma de não assusta-lá

Meredith: Ah sim, do que se trata?

Derek: Eu queria te encontrar em algum lugar, para conversar sobre suas técnicas, sou o Dr.Tony Bayes de NY - disse qualquer nome 

Meredith: Claro! Amanhã é o único dia da semana que não vou trabalhar, se não só no próximo mês

Derek: Pode ser, estou em Seattle. No Sr.Café às 16h?

Meredith: Sim, até Dr. Bayes 

Derek: Obrigada Dr.Grey - disse desligando 


Deluca: Meredith! Podemos conversar? - disse se aproximando dela que estava parada no corredor 

Meredith: Agora não, Deluca. Vou para a emergência... - falo tentando se afastar 

Deluca: Deluca? Andrew! - se mostrou espantado 

Meredith: Que? - disse sem entender 

Deluca: Nada. Posso ser seu residente hoje.

Meredith: Não. Além de não ter sido liberado pela psicológa. Ou foi?

Deluca: Não...

Meredith: Então vai pra casa e não atrapalha mais ninguém- disse saindo 

Deluca: Meredith... - falo implorando pela sua atenção 


"Todo mundo quer uma vida sem dor. E o que isso lhe dá? A dor precisa estar em um cartaz em todo lugar para lembrar as pessoas de que ela existe por um motivo."




Notas Finais


Obrigada por ler, desculpa qualquer erro.
Curtam e comente
Beeeijo 💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...