História Heartbreak Hotel - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso
Tags Cavaleiros Do Zodiaco, Elvis Presley, Saint Seiya, Seisao, Seiya X Saori, Seiyaxsaori
Visualizações 44
Palavras 1.257
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fala pessoal desculpem pela demora dos capítulos, aulas hoje em dia... Enfim aqui esta mais um capítulo como vocês viram no titulo, sim vai ter o filho da mãe da historia (vamos dizer o "vilão" literalmente da historia) que já já vão saber do motivo, mas fiquem com capítulo e boa leitura!

Capítulo 4 - Uma visita não muito agradável, O Passado e a Declaração


 

Faltando apenas dois dias para Seiya terminar seu trabalho na Fundação, Saori recebeu uma visita e tanto quando não muito agradável. Julian que também é dono de uma empresa, foi fazer uma pequena visita a Fundação. No passado o falecido avô da Saori havia prometido a neta para um companheiro de longa data que também tinha um filho, ambos podemos dizer o "futuro" das duas empresas. A família de Julian é uma das maiores exportadoras de peixe do Japão. Saori no início tinha discordado do avô pelo casamento arranjado, mas com o tempo podemos dizer também que ela aprendeu a amá-lo. Julian é bonito, tem um porte alto e até musculoso, e faz sucesso com a mulherada. Saori era muito nova na época e acabou sendo iludida por ele que se aproveitou dela e tudo mais, com isso a deixou até meia fria com qualquer relacionamento, e agora estava ele ali, olhando para a frente do prédio da fundação, como se nada tivesse acontecido.
Saori quando recebeu a ligação sobre isso, quase teve um troço ali mesmo. Tanto que se perguntou o que raios ele fazia ali. A secretária começou a fazer fofocas com todas as garotas sobre um homem alto e bonito que veio a fundação conversar com Saori. O homem exalava charme em todas as mulheres e foi direto para a mulher principal, ou seja, Saori. Chegando na sala dela, ele bateu a porta e entrou na sala, sem pedir licença.


Saori - "Ainda lhe falta modos, Julian..."- disse ela escrevendo algo sem encará-lo a sua frente.

Julian sorriu, e se surpreendeu-se de como ela havia mudado. Saori sempre foi bonita, mas com um rosto de menina, e agora que tudo mudou, ela estava crescida, e com um rosto de mulher, que estava tirando o fôlego dele. Ambos tiveram uma breve conversa da razão dele estar ali, e o melhor, o que ele queria com ela.


Julian - "Saori... eu quero me desculpar com você por tudo o que aconteceu..." Dizia se aproximando da mesa dela. "Eu quero voltar com você, Saori".


Enquanto Julian falava tudo aquilo, Saori o olhava sem entender, algo do tipo "o que é que esse cara quer comigo?" Por um momento a mulher lembrou de quando era mais nova e de tudo o que Julian fez para ela. Teve os momentos felizes é claro, mas foram poucos, Saori também lembrou de quando Julian se aproveitara dela de forma vergonhosa tanto para ela e quase nada para ele e etc.


Seiya que estava de partida, decidiu "falar com ela" antes de sair, e meio que sem querer querendo, ouviu toda a conversa, por um momento, achou que tudo o que havia acontecido entre eles, foi apenas um caso para ela ou algo assim. Mas depois que Saori começou comentar sobre o Seiya e de como ele e diferente de todos os outros e inclusive do Julian. O homem num estado de provocação, começou a questionar sobre Seiya. O eletricista que estava do lado de fora, bateu na porta, sendo que Julian simplesmente ignorou e fechou a porta na cara do moreno, sendo que Seiya entrou a força, e Saori se levantou, e Julian começou a brigar com o moreno, e Saori interfiriu na hora antes que ambos começassem  a brigar, ate mesmo apanharem ali mesmo, Saori agradeceu aos favores do Seiya e pediu a ele para partir, Seiya achando aquilo estranho, partiu sem dizer nada.
Saori quase pediu para Julian sair em vez do moreno, mas não teve coragem. Depois de Julian se recompor e reclamar com a mulher que era muito larga com os empregados ,incluindo por ser mulher, ele perguntou mais uma vez quem era Seiya, Saori nem o olhou, e disse não na cara.


Julian - "Não? Não o quê?". Perguntou incrédulo

Saori - "Eu não quero reatar com você Julian... você acha que eu esqueci de tudo o que você me fez? É muita tolice pro meu gosto". - Disse se levantando para guardar o resto dos papéis numa gaveta, e se virando de costas para ele.


Julian apenas ficava olhando para ela de baixo e voltando para baixo novamente, e abriu um sorrisso debochado e malicioso, Saori voltou-se para ele em direção a porta, abrindo para ele, Julian apenas balançou a cabeça, e partiu dizendo que ira voltar. Saori fechou a porta e voltou pra sua mesa, e logo lembrou-se do Seiya.


Saori marcou um encontro com o Seiya, no mesmo bar da primeira noite para tentar explicar o que tinha acontecido e também o que quase aconteceu, Seiya que estava com dúvidas também ficou atento quando Saori estava explicando o seu passado com o Julian.


Saori - ''Bom, acho que tudo começou quando meu avô me disse que eu iria me casar. E que me havia explicado do por que e que não tinha muita escolha". - Disse encarando o copo de cerveja sem olhar para o moreno a frente.

Saori - "Eu tinha 19 anos quando tudo aconteceu. Meu avô me apresentou o Julian, que na época tinha fama de ser bem mulherengo e eu não tinha gostado muito daquilo, mas depois de um tempo, eu acabei não aguentando..."

O que deixou Seiya mais interessado e a fitou. Saori ficou meia ruborizada com aquilo e continuou.


Saori - "Julian era meio temperamental e... se zangava fácil, e eu achava aquilo estranho e nós nos separamos. Depois de um tempo reatamos e aconteceu".


Seiya - "Foi sua primeira vez?" - Ele perguntou dando o último gole no copo, e se serviu de mais e a ela também.


Saori - "Sim...e me arrependi amargamente depois. Ele tinha insistido tanto que aceitei, e depois de um tempo ele sumiu e foi achado com duas mulheres num quarto".


Seiya - "Duas mulheres?" - Perguntou ele surpreso.


Saori - "Sim... duas. Eu fiquei abalada e meu avô cancelou tudo, e agora depois de anos ele vem como se nada tivesse acontecido".

Seiya - "Saori... ele já te bateu ou algo assim?" - Peguntou curioso e quase preocupado.


Saori - "Nunca e se ele tivesse feito isso, eu já teria aberto o jogo". - Disse bebendo quase tudo de uma vez.


Seiya fez mais algumas peguntas e ficou satisfeito, mas Saori havia dito para esqueçer sobre aquilo, por que ela também queria esquecer disso.


Seiya aproveitou o momento, e começou a dizer que depois de um tempo, não tinha encontrado a tal pessoa certa, Saori concorda e Seiya continua dizendo no início da relação deles já estava começando a gostar dela e que também achava que estava esperando por ela também há anos, o que a deixou surpresa.


Seiya - "Eu sei que você pode achar clichê, mas... eu sinto algo mais afundo entre nós, e como se eu estivesse esperado a minha vida toda para te encontrar"


Ela respondeu a ele que também se sente assim, e que tambám sentia isso em relação ao Julian, o que deixou Seiya meio cabisbaixo, mas que não era forte, ela confessou com o Seiya que também se sentia assim com ele, de tanto falarem daquele jeito, que as outras pessoas os olhavam com reprovação, algo do tipo "por que vocês dois não se pegam logo em?".
E para fechar, Seiya havia dito que pela primeira vez estava realmente gostando de ficar com ela, ou melhor, estava começando a amá-la, e foi ai que ela não resistiu e o beijou e ele na hora a correspondeu, e ambos saíram na mesma hora e passaram a noite juntos. Foi a primeira noite dos dois.


Notas Finais


Bem pessoal parece que as coisas vão ficar mais interessantes daqui pra frente, por que o proximo mano... ate la vocês vão saber do por que, mas enfim espero que tenham gostado do capítulo e fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...