História Heartbroken - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias A Seleção
Personagens Adele Station, America Singer, Anne, Aspen Leger, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Princesa Daphne, Princesa Nicoletta, Rainha Amberly, Rei Clarkson
Tags América, Carter, Escolha Errada, Kriss, Marlee, Maxon, Novo Destino, Rainha, Rebeldes, Rei, Sobrinha
Visualizações 217
Palavras 794
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Talvez vocês queiram me matar depois desse capítulo? Talvez! Ou talvez não....só leiam😁.
E obrigada pelos favoritos gentee❤

Capítulo 11 - Other eyes


Fanfic / Fanfiction Heartbroken - Capítulo 11 - Other eyes

★。 ゚P.V.O Maxon゚ 。★

Parece que quanto mais eu tento me aproximar dela, mais ela se afasta, eu estou tentando não sair do meu quarto e ir implorar por perdão aos seus pés.
Ouço batidas na porta, quando abro a porta, na esperança de ser América, era Kriss.
-Oi meu amor-seus olhos tinham brilho de travessura.
-O que você quer Kriss?- Minha voz saiu amarga, o que não é novidade, nós dois sabemos que essa relação é falsa.
-Queria te ver-diz enlaçando seus braços no meu pescoço e entrando no quarto.
-O que você quer desta vez?-digo revirando os olhos.
-Só sua companhia-Diz me dando vários beijos no rosto, que os interrompo.
-Kriss! Não comece.- saio dos seus braços.
-Por que não Maxon? Eu sou sua esposa, parece que somos dois estranhos aqui nesse castelo!.
-Kriss eu não quero te magoar, mas não é você que eu quero e você sabe disso!.
-Então é isso, é só aquela ruivinha sem sal aparecer, que você passa a me tratar mal?- seu olhar tinha raiva, eu realmente não queria ver Kriss com raiva.
Me levanto e ponho a mão no ombro dela.
-Não é isso...
-Então o que é? -seus rosto tinha uma expressão sombria.
-Eu só estou cansado, meu dia foi cheio,só quero descansar.-meus olhos cansados encontram os seus que pareciam tristes.
-Tudo bem então-antes de sair ela me dá um abraço , que retribuo.
-Boa noite
-Boa noite, Kriss.
Me deito na cama cansado e tento planejar algo que prenda a atenção da América, ela não pode ficar brava comigo para sempre!
No dia seguinte, minha dor de cabeça só havia piorado, mandei que trouxessem meu café em meu quarto.
Fui para a varanda e fiquei observando o jardim, mais especificamente, o nosso banco.
Quantas coisas não haviam acontecido ali? Quantas promessas? Ela era minha e eu a magoei.
-Maxon?-Meu pai entra no meu quarto me tirando dos meus pensamentos.
-Sim pai?-digo sem olhar em sua direção.
-Por que você não desceu para o café?
-Estou com muita dor de cabeça.
-Ora Maxon, um futuro rei não se abala por uma dorzinha de cabeça- reviro os olhos.
-Hoje é meu dia se folga pai, me deixe descansar.
-Só vim te avisar uma coisa- sinto sua presença ao meu lado- se você continuar deixando a Kriss chateada por conta de uma cinco qualquer, haverá consequências não só para você, mas também para ela, deixa aquela garota em paz, sua esposa está  lá precisando de você, se concentre em nos dar um herdeiro.
A não, de novo não! O encaro.
-Vai me bater se eu não quiser ser mais o marido de Kriss? Porque eu não vou finger ser uma pessoa que eu não sou, quanto aos herdeiros, espere sentado.-Digo saindo do quarto.
-Maxon! Volte aqui, eu estou ordenando-deixo ele falando sozinho e vou para o jardim.
Me sento no banco de forma que eu ficasse confortável, e só aproveitei o silêncio que foi rompido com a voz de Kriss.
-Por que você não apareceu no café? -Sua voz estava preocupada.
-Estou com dor de cabeça- digo olhando pra ela.
-Posso me sentar?
-Claro- chego um pouco para o lado para que ela pudesse se sentar.
Depois de alguns minutos em um silêcioso desconfortável Kriss revolve se pronunciar.
-Maxon...
-Sim?
-Me desculpe por ontem à noite, eu me descontrolei- sua voz tinha um tom de vergonha.
-Não tem problema, eu dei motivos.
-Por que nós não podemos nem tentar?- ela me encara.
-Nós tentamos, você se lembra?-Olho no fundo dos olhos dela.
-Era tão bom, nos divertíamos tanto.
-Ainda podemos ser assim, só me desculpe,a presença da América me deixa estranho.-Confesso envergonhado.
Ela deita sua cabeça no meu ombro e eu deito minha cabeça na sua.
-Eu estou tentando ser melhor...
-Eu sei, e agradeço muito por isso.-dou um beijo em sua testa.
-Vamos tentar de novo?-Kriss me pergunta com os olhos esperançosos.
-Não sei se consigo Kriss, eu não quero magoar mais ninguém.
-Mas Maxon eu estou pedindo, por favor, só para no final não dizer que nós não tentamos- seus olhos tinham esperança.
-Sim Kriss, nós podemos tentar de novo- olho pra ela.
-Eu te amo Maxon!- Seu rosto de aproxima do meu e quando vi já estávamos nos beijando, era doce, quase perfeito, só seria perfeito mesmo se fosse a América bem ali ao meu lado, nos afastamos e Kriss continuou deitada no meu ombro, isso não mudou meu mundo, mas se a América não me quer mais, eu só posso lutar pelo amor da minha escolhida, e com aquele beijo, eu criei novas esperanças, acho que desta vez pode dar certo, tem que dar certo.

Quando olho para frente, vejo uma figura de cabelos vermelhos correr para dentro do castelo, ai nao América!

Notas Finais


Espero que tenham gostado e comentem o que vocês acharam....até o próximo cap👋.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...