História Hearthstone - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Bts, Hoseok, Hybrid!au, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Sugamon, Taegi, Taehyung!top, Vhope, Vmin, Yoongi Híbrido, Yoongi!bottom, Yoongi!omega, Yoonkook
Visualizações 268
Palavras 522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DESCULPEM A DEMORA
EU ESQUECI QUE TINHA ESSE CAPITULO PRONTO E ESQUECI DE POSTAR

MIL PERDOES

Capítulo 37 - Odeio essa parte.


   Passou as mãos no rosto assim que abriu os olhos, sua cabeça rodopiava e o barulho incessante do despertador fazia-a doer mais.

   Desligou o alarme e suspirou, voltando a se deitar.

   Fitou o travesseiro vazio ao seu lado. A mão gordinha alisou o tecido macio, suspirou pesado, sentindo o cheiro forte do Jeon ainda presente ali.

   Ainda encarando o vazio, sentiu seus olhos encherem de lágrimas. Se proibiu de chorar, não aguentava mais aquilo.

   Respirou fundo e se virou, sentando na cama. Acabou. Pronto. Não havia mais o que fazer.

   Pegou seu celular e arregalou os olhos, estava muito atrasado para o trabalho. Pulou da cama e se arrependeu no mesmo momento, sentiu-se tonto e quase caiu no chão. Sentia todo o álcool em seu organismo se mexer em seu estômago, subindo para a garganta. Alguns poucos segundos depois, correu até o banheiro e teve seus minutos de desintoxicação.

   Quando acabou, foi direto para o chuveiro lembrando de tirar as roupas só quando estava debaixo da água.

   Tomou um banho demorado, com a lentidão da enxaqueca guiando seus movimentos, fez o resto de suas higienes. Colocou o uniforme do trabalho, tomou meia cartela de remédios e saiu de casa.

   Aquele seria com certeza um dia de merda.

°•°•°

   -Yoonnie-ah, você me atrapalha assim hyung! -Jungkook manhou, se mexendo na tentativa de ver o que escrevia no caderno. O moreno riu, indo de um lado para o outro na frente do garoto.

   Jungkook estava na casa dos Kim, estava em pé na frente do balcão da cozinha, tentando terminar sua tarefa da escola, mas aparentemente, Yoongi havia tirado o dia para lhe atasanar -estava na cozinha por estar tentando fugir do híbrido.

   -Yoonnie... -já tinha desistido. O moreninho riu.

   O Jeon olhou para ele com um olhar descrente, mas um sorriso no rosto. Agarrou a cintura do felino e o viu dar um pulinho. Virou-o de frente para si e o encheu de cosquinhas, fazendo se debater em seus braços enquanto ria.

   -Gatinho travesso. -mumurou, beijando a bochecha do menor.

   Yoongi sorriu, iniciando um beijo.

°•°•°


   Aquilo poderia até mesmo ser cômico.

   Jimin e Taehyung estavam destruídos. Os rostos cansados, as olheiras escuras em baixo dos olhos, a falta vontade visível que eles claramente tinham em estar la.

   O Kim estava estirado no balcão, sua cabeça parecia que ia estourar a qualquer momento, nunca pensou que aquele mercado poderia ser tão iluminado, seus olhos ardiam. Gemeu frustrado.

   -Porre? -ouviu a voz do loiro, levantou o olhar e arqueou a sobrancelha.

   -Você não parece diferente. -Jimin riu, mas queria chorar.- O que aconteceu? -perguntou, sentando da forma certa na cadeira e se espreguiçando.

   O menor deu de ombros, subindo e se sentando em cima do balcão.

   -Uma sogra vadia. Um pé na bunda. Eu bêbado e chorando no final. -deu de ombros de novo, encarando o Kim.- Um clichê.

   -Sinto muito. -mumurou, o loiro sorriu.

   -É....Eu também. -abaixou o olhar, sentindo a vontade de chorar voltar.- Mas e você?

   -Uma discussão enorme. Eu fazendo merda. Meu...amigo indo embora. -desviou o olhar, mordendo os lábios.- Algo do tipo.

   -Sinto muito...

   -É.... -riu triste. - Eu também....


Notas Finais


desculpem mesmo a demora, era pra ter saído isso ha um bom tempo

apartir do próximo capítulo essa água com açúcar toda vai acabar e as coisas vão ficar mais interessantes

obrigada por ler e favoritar:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...