1. Spirit Fanfics >
  2. Heat of gold- Bts e originais >
  3. Capitulo dois: salve-se quem puder

História Heat of gold- Bts e originais - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Ah, me inspirei na cena de Transformers para escrever esse capitulo, então dou todos os créditos ao filme, sim?

Boa leitura🌸

Capítulo 2 - Capitulo dois: salve-se quem puder


Fanfic / Fanfiction Heat of gold- Bts e originais - Capítulo 2 - Capitulo dois: salve-se quem puder

Enfim o inverno. Uma estação perfeita para estar com a família e amigos em frente a uma fogueira contando historias de terror e dormir. Os animais já não eram vistos andando por ai e quase não se ouvia o canto dos pássaros; assim que o primeiro floco de neve caiu, um por um foram entrando em suas casas prontinhas para hibernar. O inverno já tinha chegado há dois dias, a neve cobria e congelava tudo o que ali tinha, ficando uma paisagem bonita se não fosse pelo frio. Os moradores da pequena vila andavam sempre bem aquecidos e com uma xícara de chá na mão. As casas, assim como o chão e as arvores, estavam cobertas pela neve.

Pela janela Taehyung admirava a imagem que tinha. Apesar do frio, as crianças- tinham mais casacos do que crianças- brincavam com a neve, hora fazendo guerra, hora fazendo bonequinhos e logos os destruindo para fazer outro. Podia ver também ver algumas pessoas na porta de suas casas com suas bebidas quentes nas mãos, sem se importarem em morrerem congelados. Aquela cena o fez entrar em um belo de um deja vu para a sua infância. Quando ele não tinha com que se preocupar com a coroa e reino. Quando saia correndo pelo castelo fugindo de seu banho se escondendo na cozinha e muitas vezes roubando algum doce, que na cabeça da pequena criança, ninguém percebia.

O tempo foi passando e junto com o seu irmão mais velho tiveram que amadurecer assumir suas responsabilidades como príncipes. Infelizmente, aquelas duas crianças inocentes e alegres foram morrendo, tornando-se calados, isolados e frios assim como o seu pai, para o pesadelo de alguns.

- O que tanto olha meu irmão?- ditou Seokjin entrando na biblioteca encontrando seu irmão mais novo olhando distraído para a janela. Seokjin era três anos mais velhos que Taehyung e filho do primeiro casamento do seu pai com uma princesa da cidade vizinha que, infelizmente não pode conhecê-la por ter falecido quando ainda era um recém nascido. Seokjin, assim como seu irmão, era uns dos príncipes mais belos que existiam. Dono de um belo corpo, olhos castanhos, cabelos negros lábios grossos na medida certa e 1,79 de altura. Uma verdadeira obra de arte.

Taehyung diferente do irmão era loiro e tinha olhos castanhos. Sua pele era mais bronzeada e com varias pintinhas. Tinha puxado a aparência de sua mãe que era uma mestiça loira, do segundo casamento de seu pai. Seus lábios eram pequenos e naturalmente rosados, que com a maquiagem que usava, realçava e destacava a beleza do mesmo.

Ambos os irmãos usavam uma roupa formal preta sob medida e um terno azul por cima com o brasão do reino e outros detalhes que os davam um charme a mais.

- Apenas estava olhando os outros lá fora- disse sem olhar para quem estava ao seu lado agora, também, olhando as crianças. - Parece que estão se divertindo La fora

- parece que querem morrer estando La fora. Vamos vosso pai esta nos chamando, o almoço já vai ser servido.

[...]

[dias atrás; horas após a fuga]

O barulho do encontro do copo com a parede foi ouvido por todo o cômodo fazendo os dois soldados ali tremerem levemente sobre a cadeira diante da imagem de um comandante raivoso.

- Como podem ser tão incompetentes? Como deixaram aqueles animais fugirem?- silencio- RESPONDAM- gritou batendo sua mão direita na mesa.

- N-nós não sabemos senhor, quando fomos chamá-los pela manha, a parede estava destruída e eles tinham fugido- respondeu um temendo as decisões do comandante da li pra frente. Amava tanto seu pescoçinho céus!

Que os deuses o livrassem da forca, Amém.

Kang- DAE era o comandante do exercito de Seul, um homem na fase dos 50 anos, que apesar da idade, comandava aquele exercito há vinte anos com muita dureza e pulso firme. Tinha cabelos já grisalhos, sempre visto com o uniforme e expressão fechada, impondo mais medo do que respeito nos subordinados.

- E o que estão esperando me olhando com essas caras de idiotas? Vão atrás deles e os tragam para mim antes que os coloquem na forca seus imprestáveis.

Os dois não esperaram mais nada ser dito, se levantaram batendo continência e correndo para fora com a intenção de começarem logo as buscas.

[...]

J.seph e seus amigos já tinham acordado. No começo o quarteto temia o que eles poderiam fazer e temiam ainda mais se o exercito fossem atrás deles querendo suas cabeças em uma bandeja. Descobriam que o trio eram híbridos e seus nomes eram J.seph BM e Jungkook.

Cuidaram dos ferimentos, lhe deram onde dormir, o que beber e comer. Não pareciam perigosos, muito pelo contrario, pareciam mais umas crianças descobrindo o mundo. Quando tinham alguma duvida, perguntavam ao quarteto- que aliais estava sendo muito generosos por ajudarem, estavam eternamente gratos por isso-, que de muito bom agrado os respondia e ensinava.

Mas não podiam ficar ali por muito tempo, tinham que partir e bem pra longe. O quarteto resolveu ajudar, dando-lhes comida e roupas embrulhadas em mantas para facilitar em carregar. Em relação aos remédios o que tinham ali, não podia dar a eles, por isso, Hoseok ficou encarregado de ir ate uma vila próxima para comprar o que era necessário a eles e não demorando a voltar. Porem resolveu ficar fora da casa, ainda não tinha concordado com nada disso.

- espero que isso seja o suficiente. Tome cuidado, com certeza o exercito esta atrás de vocês, escondam-se nas montanhas e cavernas, à noite tomem cuidado com as armadilhas e bichos venenosos que estão por ai- Lys disse dando um nó na ultima manta e entregando a BM.

- Lys tem razão, se forem pelas montanhas vai ser mais rápido atravessar a cidade- Jimin aconselhou.

- Nessas montanhas existem muitos ursos, não... – a fala de Lys foi interrompida quando Hoseok entrou no cômodo assustado

- tem soldados vindos pra Ca, tipo... Agora- disse. O que mais temiam estava mais perto do que imaginavam.

Jungkook, BM e J.seph se olharam apreensivos.

Ferrou.

- temos que esconder vocês - Yoongi disse e logo se lembrou- Tem madeira solta no chão- disse e logo os outros entenderam e começaram a procurar a madeira, afastando-as- Vamos se transformem e se escondam ai, levem as mantas.

Dito e feito, os três se transformaram e entraram entre a passagem. Logo os outros arrumaram a madeira de volta se atrapalhando por conta das mãos tremulas.

O som de carros se aproximando foi ouvido. Os quatro se entreolharam saindo da casa ate o cercado onde tinham cinco carros grandes e verdes estacionados e soldados por todo o lado com armas longas, fardados e um ponto no ouvido.

- senhores, eu sou tenente do exercito Chung-ho. Meus homens e eu estamos procurando três híbridos - Soldados se aproximaram do tenente- Que casa bacana. Pena que é nesse fim de mundo, não é?

- Obrigado senhor, gostamos desse fim de mundo e não vimos nenhum hibrido por aqui- Lys respondeu seria e exalando uma áurea de superioridade.

- Sabe General Lys, recebemos um recado dizendo que aqui tinham três híbridos. E por conhecidência, três híbridos fugiram do quartel mais próximo da sua casa. E a fuga desses três me preocupa muito. Não foi a senhora?

- o que me preocupa é vocês estarem em minha prioridade sem minha permissão. – Lys respondeu mantendo o semblante seria, mas mentalmente se perguntando quem foi que deu esse tal recado. Não tinham sai...

Ia matar Jung Hoseok.

- não tem nenhum hibrido aqui e não sei do que esta falando senhor- Jimin se pronunciou.

- O tipo de hibrido de custa vidas humanos e nossa prioridade- disse já perdendo a paciência, aproximando o rosto na do outro, encarando-o no fundo dos olhos. Afastou-se – Vasculhem a propriedade- mandou aos soldados.

- Como assim vasculhem a propriedade você não tem o mandado- Yoongi disse dando passos em direção ao tenente.

- Meu rosto é meu mandado- respondeu curto apontando para o próprio rosto.

Soldados começaram a vasculhar com as armas apontadas, prontas para atirarem.

Em sua sala, comandante Kang-dae ouvia tudo atentamente, assim como as outras abordagens que tinham feito. Analisava cada fala e movimento esperando qualquer sinal para saber onde estavam os híbridos e prender quem os escondia.

Soldados entraram na casa revistando e procurando. Tiraram moveis do lugar, quebraram algumas coisas, mas não estavam achando nada.

Os híbridos que estavam escondidos entraram em alerta quando ouviram vozes e andadas pela casa. Não podiam se mover muito por serem muito grandes e para não fazer barulho.

- Hyungs, eu estou com medo- disse Jungkook por telepatia com os mais velhos.

- Todos nos estamos kook-ah- BM respondeu e inclinou sua cabeça a encostando com a do mais novo como uma forma de acalmá-lo

- Vamos embora não tem nada aqui- um soldado disse dando a volta. Quando chegou a porta gritou para o seu chefe ouvir – Não achamos nada senhor.

- eu estou perdendo a minha paciência, é melhor falarem onde estão os malditos híbridos antes que estoure os miolos de cada um!

- Esta bem, achamos os três híbridos, os ajudamos, mas já faz dias que eles fugiram, nem sabíamos que eram fugitivos do exercito. É o que nos sabemos dos caras- Yoongi disse já aborrecido com a esperança daqueles bundas moles, não via a hora de todos irem embora.

O comandante que ouvia tudo se levanta rapadamente quando ouviu os caras.

- ele disse os caras, eles sabem onde os degradados estão. - disse para o outro ouvir

- Senhor Min., você disse os caras?- Yoongi o olhou confuso- Prendam eles- ordenou e os soldados começaram a mobiliá-los. – Que tipo de generais e comandantes vocês foram, que traíram os próprios irmãos por aberrações? – perguntou com desgosto olhando para cada um - Vasculhem direito. - ditou a ultima frase para os soldados.

- Tenente, use a garota- o comandante disse. O tenente se aproximou de Lys e apontou uma arma para a sua cabeça.

- vocês têm dez segundos, onde estão os Híbridos?

- Já dissemos tudo que sabíamos nos deixe em paz.

- sete segundos.

Os três escondidos que ouviam tudo, saíram onde estavam escondidos ainda em suas formas lupinas atacando os homens. Os quatro do lado de fora ao ouvirem e verem que tinham saído se olharam cúmplices e também começam a lutar derrubando a atirando com as armas que tinham na cintura e as que pegavam dos soldados. Os lobos se certificaram de matar os soldados e pegar as mantas. Lys, Yoongi, Hoseok e Jimin finalizaram a luta com cada um dando um tiro na cabeça do tenente.

- Que o diabo te carregue. – Yoongi disse mentalmente desejando que realmente o traste fosse para o inferno.

- vamos pegar o que der e vamos embora- Lys disse e correram para dentro da casa pegando o que achavam necessário em uma grande manta. Quando recolheram tudo, subiram em cima dos cavalos e fugiram o mais rápido que podiam.

A partir em que eles resgataram os híbridos, eles já estavam na lista negra do governo.

Todavia, o comandante ouvia tudo do outro lado enfurecido. Malditos sejam os deuses que não o servia de nada.

Ia atrás dos sete e ia se certificar de matar um por um com as próprias mãos.

[...]

A Espanha, além de ser um país lindo, é também rico economicamente e também rico em cultura e tradições. Além do mais, ele conta com uma perfeita gastronomia e também inúmeros monumentos espalhados pelo país.

Resumidamente, a Espanha se encontra no governo de Monarquia Parlamentarista. Ou seja, é um governo com um sistema democrático parlamentarista e dividido por poderes políticos. Dentre eles, estão o poder executivo, poder judicial e poder legislativo.

Sobretudo, a Espanha hoje é regida pelo rei Tamar, assumindo o lugar de seu pai, o rei Juan Carlos de Borbón. Este, inclusive, abdicou do cargo.

Além do rei, a nação é regida também pelo primeiro ministro, Kim Namjoom.

Certamente, vale destacar que quando o governo é monarquista, significa que o seu Rei é o chefe de Estado, e também o símbolo da sua unidade e permanência. Portanto, é ele quem arbitra e modera o funcionamento regular das instituições democráticas.

Além do mais, é o rei quem representa o Estado Espanhol nas relações internacionais. Aliás, é ele também que exerce a função de atribuir e comandar a Constituição e suas leis.

Após muitos anos e muitas reuniões, a Espanha e a coréia do sul aceitaram fazer acordos políticos e econômicos, dando brevemente uma trégua na disputa que seus antepassados iniciaram. Por isso, Rei Tamar e o primeiro ministro estavam subindo as escadas para cumprimentar o rei Moon Jae-in.


Notas Finais


Cena de Transformers. Porque sim kkkkk.

Espero que tenham gostado e ate o próximo capitulo ( meio grande mais é necessário hihi)

Bye bye👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...