História Heaven Can Wait... (Imagine) - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Michael Jackson
Personagens Michael Jackson
Visualizações 41
Palavras 991
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 💖
Na foto está como você estava vestida neste capítulo ❤️

Capítulo 25 - Uma recaída brusca!


Fanfic / Fanfiction Heaven Can Wait... (Imagine) - Capítulo 25 - Uma recaída brusca!

-Sai dali e subi as pressas de volta para o quarto.

–Tory! Tory! -Chamei desesperada por ela.

–O que houve? -Perguntou assustada.

–Você não sabe quem foi que voltou depois de muito tempo!

–Quem? 

–A Elza!  

–Sério? -Pôs com cuidado Katie e Kessie deitadas sobre a cama pois já estavam dormindo.

–Sim! E não está mais loira! O que será que ela quer?

–Bom, vamos pôr as pequenas em seus quartos e vamos descer para descobrir!

–Está bem! -Peguei Katie e Tory pegou Kessie, nos dirigimos ao quarto delas e as pusemos em seu berço.

–Vamos? -Me estendeu sua mão.

–Vamos! -Tory e eu descemos juntas e fomos direto para a sala de estar onde encontramos Elza sentada no sofá bebendo algo.

–Elza? O que você faz aqui? -Perguntei calma.

–S/N Olá! -Me cumprimentou falsa, Tory e eu sentamos ao sofá do lado.

–O que você quer aqui? -Tory também perguntou mais sem paciência.

–Bom, tenho certeza de que não devo satisfações a vocês duas do que eu vim para fazer aqui! 

–Claro que tem! Você está na minha casa...

–Sua casa? Haha! Você é iludida não?

–Você é quem é iludida de vir aqui e achar que Michael ainda quer alguma coisa com você!

–Vi nos jornais que vocês tiveram gêmeas, é verdade? -Deixou a xícara sobre a mesinha ao lado.

–É verdade sim! 

–Posso vê-las? 

–Claro que não! -Ri mais logo voltei a ficar séria, ouvi alguém entrar então olhei em direção a porta, era Michael, ele percebeu que estávamos ali então veio rápido.

–Elza? -Também não entendeu o motivo de sua visita. –O que você está fazendo por aqui? -Perguntou com o seu jeito educado que as vezes me irritava se tratando de Elza.

–Eu soube sobre suas gêmeas, vim para visitá-las! -Levantou e foi até ele para lhe cumprimentar com um beijo na bochecha.

–Sim! Era de se esperar que logo apareceriam no jornal! -Sorriu bobo.

–Bom, eu posso vê-las? -Insistiu.

–Claro!

–Que não! -Terminei brava.

–Por que não S/N? -Michael me olhou sério.

–O que você acha? Eu não quero ela perto das minhas filhas! -Falei com convicção e bastante brava, Tory segurava em meus braços e os acariciava para tentar me acalmar.

–Ela só veio para vê-las! 

–Mas eu não quero! -Insisti.

–Me desculpe Elza, eu não sei o que deu em S/N. -Sorriu sem jeito para ela o que me fazia ficar ainda mais brava e com ciúmes, confesso.

–Eu entendo Michael... -Se fez de coitadinha.

–Eu tenho nojo de você... -Falei direta para ela a encarando com um olhar fuzilador.

–Já chega S/N! -Me encarou com um olhar sério.

–Michael você precisa respeita-la! Ela não quer! -Tory disse.

–Eu não vejo problemas em levá-la para conhecer minhas filhas, não esqueça que elas também são minhas! 

–Tudo bem Tory... -Sorri agradecida para ela. Michael tentou segurar em meu braço mais o puxei. –Não me toque! -Sai da sala e fui para o quarto, Tory veio comigo.

–Não se preocupe S/N, mesmo Michael sendo ingênuo ele é muito protetor, não deixará nada acontecer a suas pequenas! -Sorri fraco mais agradecida por ela pensar daquela forma.

Por Michael...

–Já estou cansado de brigar com S/N, o que estou fazendo de errado?

–A culpa não é sua querido... -Pôs suas mãos sobre meus ombros, sem jeito sai de perto. 

–E então vamos ver as minhas princesinhas? -Sorri fraco.

–Claro! -Seguimos e então subimos para o 1° andar de Neverland, Elza e eu seguimos até o primeiro quarto que era o de Katie. –Katie! Que nome lindo! -Falou ao observar o nome de Katie na porta de seu quarto.

–Sim é realmente um nome muito lindo! E a propósito, eu adorei o seu novo visual!

–Obrigada Michael! -Sorriu com um belo sorriso, entramos no quarto e com calma nos aproximamos do berço, Elza observou Katie com um novo sorriso maravilhoso nos lábios.

–Ela é linda Michael! É muito parecida com você! 

–Você acha mesmo?

–Claro! Olhe! -Voltei a olhar para ela que dormia como um anjinho mais fofo.

–Você tem razão... -Sorri sem jeito.

–E como se chama a outra? -Elza perguntou ao perceber o silêncio entre nós.

–Kessie!

–Vamos, quero conhecê-la! -Fiquei encantado com o jeito diferente de Elza, além do visual o seu jeito mudou bastante. Seguimos então para o quarto de Kessie e então entramos.

–Essa é a minha terceira princesa! -Sorri bobo.

–As duas são realmente a sua cara! -Apenas ri e voltei a lhe observar.

–São sim...

–O que foi? -Perguntou tímida.

–Nã-não é nada! -Desviei o olhar mas Elza segurou em meu rosto e o redirecionou de volta para ela, encantado aos poucos íamos nos aproximando para nos beijar.

–O que isso significa? -Ouvi a voz de Tory o que me fez acordar na hora um pouco assustado.

–Tory? Nã-não foi nada! -Menti feio.

–Michael, eu não sou criança! -Sai do quarto pois sabia que poderia acordar Kessie.

–A culpa foi minha, eu... Vou embora! -Elza se retirou.

–Elza espere! -Pedi nervoso.

–Como assim Elza espere? Você está louco? Se S/N estivesse entrado ali naquele momento provavelmente você estaria frito!

–Oh meu Deus o que eu fiz, o que eu irei fazer?

–Você eu não sei mais eu preciso contar para ela!

–NÃO! Você não pode! -Pedi nervoso.

–Você está brincando com S/N Michael! Você não entende que ela te ama e que essa Elza é uma pessoa horrível?

–Eu sei que ela me ama e eu a amo bastante e supeer mesmo!

–Sério? Não foi o que pareceu!

–Me deixe concertar as coisas por favor!

–Não sei não, é a segunda vez que vocês brigam por causa dela! Você irá perde-la tão rápido que não irá se dar conta! -Falei direta e fria.

–Eu sei que o que fiz foi errado mais eu não quero mais saber da Elza, eu amo a S/N!

–Prove!

–Eu não preciso provar...

–O que está acontecendo aqui? -Tory e eu trocamos olhares ao olhar para S/N.


Notas Finais


Escrevi esse capítulo com desgosto da parte de Michael, mais acontece 😪❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...