História Heavenly - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Twice, Tzuyu
Visualizações 23
Palavras 332
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


um mês sem postar nada mas eh isto

me desculpem, vou tentar ser mais frequente

Capítulo 3 - Capítulo III


- Se você pudesse ser qualquer coisa, o que você gostaria de ser? – Jeongyeon perguntou de repente quebrando o silêncio na enorme biblioteca, atraindo a atenção da mais velha para si.

Jihyo piscou algumas vezes antes de sorrir e responder, - Eu seria o mar. – Jeongyeon sorriu satisfeita com a resposta, voltando a se concentrar no livro. A mais velha acreditava que o mar nada mais era do que uma biblioteca de todas as lágrimas do mundo. E achava isso lindo.

Elas nunca haviam visto a imensidão das águas, o azul infinito e lindo; desde que se lembram, elas estudam e vivem naquele internato, já tinham perdido as contas de quantos aniversários e alegrias haviam comemorado lá, mas nunca se esqueceriam do dia em que se conheceram. Fora nesse mesmo dia que elas prometeram que iriam juntas conhecer o mar, não importa quanto tempo demorasse.

Jihyo gostava de pensar que tudo na vida era destino.

Jeongyeon acreditava que tudo era coincidência.

Mas ambas sabiam exatamente o que sentiam uma pela outra. E sabiam também da forma como isso era recebido. Mas não falavam em voz alta. Qualquer pessoa poderia dizer que o amor entre as duas era a coisa mais pura e linda que existia, pena que só era sentido.

Ninguém saberia dizer ao certo porque elas não falavam isso em voz alta, talvez nem elas saberiam dizer.

- E você, o que seria? – Jihyo quem quebrou o silêncio dessa vez. Jeongyeon poderia ouvir aquela voz pra sempre, levantou sua cabeça e olhou os grandes olhos castanhos sorrindo para si.

- Eu seria o céu. – Respondeu depois de alguns segundos.

- Por que o céu? – Jihyo a olhou com o semblante franzido em confusão, nunca imaginaria que sua amiga responderia isso.

- Dessa forma eu estaria onde quer que você esteja, cuidando de você.

Afinal, nada mais importava para Jeongyeon, não importa o quão brega ela sempre parecia para suas outras amigas; a única coisa que de fato lhe importava, era Jihyo.


Notas Finais


vou tentar atualizar mais hoje


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...