1. Spirit Fanfics >
  2. Heirs >
  3. One; everfree florest

História Heirs - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


hey, folks!

.

espero que gostem!
perdão qualquer erro!
boa leitura!

Capítulo 2 - One; everfree florest


Fanfic / Fanfiction Heirs - Capítulo 2 - One; everfree florest

― Estão fazendo tudo errado, seus imprestáveis!

A figura feminina estava irritadiça com o trabalho incompetente dos subordinados de sua mãe, Nightmare Moon. Os três homens com roupas escuras encararam a jovem adulta temerosos. Não era fisicamente parecida com a rainha dos pesadelos, como a própria titulou-se, mas o gênio… Ela era, em outras palavras, complicada.

― Mas-mas senhorita, estamos fazendo o nosso melhor… — ela cortou-o bufando.

― Não quero saber, isso tem que estar perfeito! — gritou assustando-os — Não importa como vão fazer, mas quero isso pronto ‘pra ontem. Entenderam?
             
               Eles assentiram imediatamente já usando suas magias para refazer o trabalho. A garota saiu do galpão até o centro da floresta. A barreira multicolorida proveniente dos elementos da harmonia e do coração de cristal era refletida no teto feito de alumínio das casas simples que estavam em todos os lugares. Alguns alados apostavam corrida, feiticeiros iam ao encontro de suas lojas para venderem seus produtos fajutos. E humanos estavam, como na maioria dos dias, produzindo alimentos para toda a floresta.

Algo difícil de conseguir por ali.

Continuou andando despreocupada e encarava os poucos comércios. Todos ali a conheciam, ela era a comandante do lugar. Todos temiam aquela adolescente um tanto rebelde. Ninguém tinha coragem suficiente para encará-la nos olhos.

A Sparkle chegou no sobrado de dois andares e libertando suas asas voou até o segundo andar, onde estavam todos a sua espera.

― Atrasada. — Nightmare disse sem olhá-la e continuou — Sabem por que chamei vocês aqui?

As cinco garotas se entreolharam e negaram.

― Pois bem. — Daybreaker interrompeu a possível fala da sua “adorada” irmãzinha no qual a olhou friamente — Ficamos sabendo que o principezinho herdeiro fez um decreto que cinco garotas daqui da floresta foram escolhidas para irem estudar na escola de riquinhos deles.

― E deixem-me adivinhar: nós que fomos escolhidas, certo? ― Twilight falou tediosa, estava mais do que óbvio para ela.

― Exatamente. ― Shadow respondeu-a.

― E vocês — Chrysalis complementou — terão que dar um jeitinho de pegar os elementos da harmonia e o coração de cristal e nos tirar dessa prisão.

― Mas, eles claramente ficarão nos vigiando o tempo inteiro, como faremos isso? — Sunset Shimmer perguntou confusa.

― Sabemos que darão um jeito. — Discórdia observava as expressões das meninas — Parece que virão amanhã buscá-las, então estejam prontas.

― Tá, tanto faz. — Starlight disse sem dar importância.

Rarity e Fluttershy apenas assentiram. Todas saíram para arrumarem seus pertences e ficaram apenas os lendários vilões de Equestria.

― Acha que elas darão conta? — Chrysalis perguntou para ninguém em específico.

― Esse plano não tem margem para erros.. — Nightmare Moon disse e logo saiu, deixando-os conversando entre si.

Foi para o quarto de sua filha e encontrou-a colocando latas de spray na mochila. Tinha várias coisas sob a cama como: cinco peças de roupa, duas botas, uma necessaire, dois livros de magia avançada, um bloco de notas e algumas canetas.

― Twilight. — chamou-a firmemente. A garota levantou seu olhar e esperou sua mãe continuar — Não quero que mostre suas asas para ninguém em Canterlot, entendeu bem?

― Acha mesmo que mostraria minhas asas para eles? — a garota devolveu com outra pergunta. Sabia que ela não gostava quando fazia isso.

― Já disse várias vezes que odeio quando me responde com outra pergunta, garota. — falou e a Sparkle deu de ombros continuando a arrumar sua mochila.

― Você odeia tudo mesmo. Isso é só mais uma coisa ‘pra lista. — disse sem olhá-la e escutou sua progenitora bufar.

― Está avisada. E finja ser boazinha, sei que é uma ótima atriz. — falou saindo.

― Uhum, tá. — murmurou sem dar a mínima.

.

Mais tarde, as meninas estavam reunidas no quarto da mais velha, Starlight, e traçavam um plano para pegar as relíquias que seus pais ansiavam.

― Mas, pode estar em qualquer lugar. — Fluttershy disse enquanto se aquecia.

― Por favor, Shy, sabe muito bem que aqueles metidos adoram expor seus feitos, por mais bobos que sejam. — Rarity falou e Starlight concordou.

― É, Shyzinha, deve estar num museu ou exposição ao ar livre. — A filha de Shadow debochou levemente da irmã mais nova.

― Ah, então quando chegarmos lá nós procuramos. — Sunset terminou o assunto entediada.

Twilight estava quieta, pensativa. As coisas delas estavam no canto no hall. Rarity encarou as outras meninas que deram de ombros e cutucou a garota.

― Twily, ‘tá tudo ok? — a alada mágica saiu de seus devaneios e encarou a amiga.

― Tá beleza, Rary. — ela observou as quatro e levantou-se — Vou dormir, até amanhã.

― Até. — as garotas falaram em um coro.

― Vou dormir também, tchau ‘pra vocês. — Sunset Shimmer saiu e Rarity despediu-se rapidamente indo atrás da filha de Daybreaker.

― Oh, Shy, vai dormir não? — Starlight perguntou observando a expressão da garota.

― Acho que deveriam ter escolhido o Zephyr ‘pra ir com vocês. Vou estragar tudo, tenho certeza. — A Glimmer aproximou-se da filha de Discórdia e sentou-se ao lado da mesma.

― Discordo. O Zephyr é um idiota que se acha demais. Mais atrapalharia do que ajudaria. E — parou para escolher as palavras certas — você tem muitas qualidades que ele nem sonharia em ter um dia. E vai ajudar e muito a gente.

― Tipo? — a menina perguntou temerosa.

― Bom, — não acreditava que estava fazendo aquilo, contudo era necessário — você tem essa carinha de garota inocente, tem a voz mais-mais… Gentil? Isso, gentil! E fica mais fácil para encenar e ganhar a confiança deles. Você vai a nossa porta de entrada, Fluttershy.

Fluttershy sorriu e abraçou a irmã mais velha.

― Obrigada, Star, agora posso ir dormir melhor. Boa noite. — Shy saiu do quarto da Glimmer que apenas negou de braços cruzados com um pequeno sorriso.

― Até amanhã, pirralha.

.

No quarto no fim do corredor, Twilight observava a barreira pendurada na janela. Quatro meses teoricamente seria bastante tempo mas, na prática era mais complicado. Ficariam sendo vigiadas o tempo inteiro, o que dificultaria e muito o êxito da tarefa. Mas tinha que conseguir.

A Sparkle era uma pessoa curiosa, tinha interesse em saber como era Canterlot e o mundo fora daquela floresta sem graça e monótoma.

Preferiu deixar aquele assunto de lado e foi para a cama. Suas asas magicamente sumiram e deitou-se.

Seria assim de agora em diante.

Pegou o edredom para manter-se aquecida, por conta das noites serem sempre frias na floresta, e adormeceu minutos depois.


Notas Finais


bom, é minha primeira fanfic de my little pony, então não esperem muito disso.

.

espero que tenham gostado!
até a próxima!
beijos 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...