História Hello! - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Assassinato, Comedia, Crimes, Drama, Tragedia, Violencia, Yaoi
Visualizações 65
Palavras 634
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A parte um tá em "A máfia feminina" da @MayByakuya, link na descrição.

Capítulo 14 - Crossover TOP, Parte 2



Kevin On


Grey-Chegamos!

Finalmente!

Kevin- cadê o demônio? 

Kipline-Já tava aqui faz tempo, ele tem cabelo roxo, pele pálida e usa um uniforme azul!

Suline-AH, VAI TOMAR NO CU!

Grey-ó a boca!

Entramos em uma sala toda decorada em azul cobalto e prateado, com uma  cadeira virada pra trás de um jeito que não dava pra ver quem tava sentado nela.

Suline-O.s.y, chegou um cara novo aqui e ninguém sabe oque fazer com ele, podemos jogar na lata de lixo cósmica? 

O.s.y-Obviamente não!

Kevin-Você é o demônio? 

O.s.y-Não.-A cadeira se vira pra frente, revelando um cara de uns 26 anos vestindo um terno azul escuro, com os cabelos azuis-E porque você tá procurando o demônio? 

Kevin-Pra meter o pau nele.

O.s.y-Em qual sentido?

Kevin-No sentido de QUEBRAR A CARA DELE DE TANTA PORRADA,ABRIR A PELE DELE E ARRANCAR TODOS OS OSSOS, TRITURAR E VENDER O PÓ NO MERCADO NEGRO PROS DROGADOS CHEIRAREM.-Dou um passo a frente fazendo de alguma forma o prédio inteiro tremer e fazendo todo mundo pular pra trás. 

Grey-Kevin, você tá bem?

Kevin-Oque?

Kipline-que isso na sua testa?-Levo as mãos a minha testa e sinto algo afiado.

Suline-Um par de chifres, tá cego?

Kevin-Eu fui traído? 

O.s.y-Não, você só tá virando menos humano e mais...ah, sei lá, acontece bastante, tipo com o Kipline - ele aponta pro garoto de cabelos tricolores perseguindo uma borboleta.

Kevin-Me explica o porquê de eu estar rosa agora?

O.s.y-Bom,quando você entra no nox você ganha uma aparência que seria um reflexo da sua alma, de acordo com a suas cores.

Kevin-e rosa seria?

O.s.y-Perigo.Deixa eu ver os outros, azul forte sucesso,roxo instabilidade, vermelho bondade, castanho seriedade, azul cinzento medo, tons pastéis fofura, altruísmo ou sono e rosa claro seria amor.

Kevin-Agora explica porque o puto ali tem pele preta?

Grey-Kevin. 

Kevin-O animal.

Grey-KEVIN!

Kevin-O garoto?

Grey-agora tá certo.

O.s.y-Isso ele que tem que te contar.Enfim, qual o seu nome completo? 

Kevin-Kevin Beddoe Osborn.-Ele abre um computador e.digita alguma merda lá, e fica olhando pro computador perplexo.

O.s.y-ENCONTRAMOS UM SIRYO DA SUICIDALS ROOM.

Suline-como assim?

O.s.y-Vem cá ver.-Todos vamos até lá e passa a minha vida INTEIRA naquela tela, e eu? Saio andando e começo a sentir lágrimas nos olhos, já a galera fica lá olhando.

Grey-isso parece meus assassinatos.

Kipline-Literalmente como eu tô por dentro.

Suline-A última vez que eu vi algo tão ruim? Nem me lembro.

O.s.y- Vocês dizem isso porque não viram a vida do Siryo, aquilo é assustador,fiquei sem dormir por uma semana depois daquilo.Enfim, Kevin?-Viro de costas com receio, já que eu tava sentindo algo descendo dos meus olhos as minhas bochechas, mais só pra deixar claro, NÃO ERAM LÁGRIMAS. 

Grey- Não chora, onii-chan!-Ela vem até mim e me dá um abraço. 

Kevin-EU NÃO TÔ CHORANDO.

Grey-Ok, ok...Então o.s.y, oque você queria mesmo?

O.s.y-Kevin Beddoe Osborn, você já matou alguém? 

Kevin-Você viu a história da minha vida e tá me perguntando isso?

O.s.y-Tanto faz, mataria mais?

Kevin-Talvez.-tento desviar o olhar.

O.s.y-Levem ele pro underground, e Grey, acho melhor você ir embora, o pessoal da máfia deve estar preocupado com você. 

Grey-Ok, acho que já já eu acordo.

Kevin-Pera, me levar pra onde?

Suline-Me segue.


Kipline On


Vou até a Killer's room avisar meus amados loucos que tem gente nova no underground com toda a alegria do mundo, aí eu levo um fora da Suline e vou pra lá com metade da alegria do mundo. 

Kipline-MARSHALL, SIRYO, SACLEW, LILITH, TEM GENTE NO UNDERGROUND, QUEREM CONHECER?

Lilith-Não grita, eu consigo te ouvi-A Saclew a interrompe, quebrando a porta e correndo até lá, deixando seu chapéu cair no caminho.

Marshall- É MENINO? É BONITO? TÁ SOLTEIRO?-a Marshall pergunta me olhando com seus olhos azuis e vermelhos.

Kipline-Ele é gay e não tá disponível, eu acho... 

Marshall-Yaoi?AMO, JÁ TÔ LÁ-Ela sai correndo.

Lilith-Siryo, você vem?

Siryo-Tanto faz, eu acho que sim.-Ele dá de ombros e sai andando, e se abaixa pra pegar o chapéu da Saclew no caminho e a Lilith o segue . Não, pera, eu tenho que cuidar deles né? 

Kipline-ESPEREM AÍ SEUS FILHOS DO FLASH!-Vou correndo atrás deles.



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...