1. Spirit Fanfics >
  2. Hell's Flame >
  3. Capítulo 1

História Hell's Flame - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1


Assim que ela apareceu chamou a atenção de todos, tanto por sua aparência quanto sua vestimenta um pouco incomum para uma garota vestir.

Akame Nara era seu nome tinha 15 anos, cabelos negros lisos e olhos brancos, ela usava um kimono preto com a manga esquerda abaixada mostrando uma tatuagem de chama negra que vinha do ombro e ia até a bochecha.

A maioria ali eram garotos, alguns a olhava com admirados e um pouco surpresos, outros a olhavam como se ela não fosse nada. A mesma arqueou a sombrancela segurando sua língua para não xingar aqueles imbecis.

Masculinidade Fragil.


Pensou se encostando em uma árvore longe se todos. Seu olhar encontrou um garoto de cabelos vermelhos e brincos de hanafuda, ele parecia surpreso e perdido. 

- Olá a todos, obrigado por comparecerem a seleção final nesta noite.- Duas garotas gêmeas falaram ao mesmo tempo, uma tinha cabelo branco enquanto a outra tinha cabelo preto.- Existe vários demônios capturados por exterminadores nessa montanha, mas eles não podem sair devido a glicínia que cresce o ano todo. Agora vamos começar a seleção.

Akame estalou o pescoço, se endireitando enquanto seguia o mesmo caminho que os outros.

Aria-sensei e passarei com certeza, eu prometo.

~~~~~~~~~~~~~☆~~~~~~~~~~~

Correndo rápidamente pela mata alta Akame pensava no que poderia fazer para poder sobreviver durante a seleção. Com sua visão aguçada a mesma corria pela floresta evitando habilmente cada obstáculo. De repente a sua frente o garoto de brincos de hanafuda tinha acabado de matar dois demônios.

O mesmo fez uma expressão determinada fechando os olhos enquanto chorava.

- Você está bem?.- Akame perguntou sua expressão estava confusa.

Assustado o garoto virou rápidamente, sua katana apontada para Akame, a mesma abriu um sorriso divertido, enquanto o garoto abaixou a katana sem jeito.

- M-me desculpe, você me pegou de surpresa.- Falou coçando a nuca enquanto olhava para a garota.

- Hmpf, não baixe a guarda assim, quer morrer.- Falou a garota cruzando os braços.

- N- não é que estava pensan-

Um grito ao lado chamou a atenção dos dois, um garoto corria desesperado olhando para trás. Akame olhou atentamente e arregalou os olhos antes de puxar o garoto ruivo pelo colarinho prensando-o na árvore mais próxima.

- Mas que porra e essa?.- Resmungou, ignorando o rosto corado do ruivo.

- E-eu sinto cheiro de podre.- Falou se recompondo um pouco. O mesmo virou o rosto para ver melhor, ali oni gigante perseguia o garoto, braços saiam de seu corpo.

Em uma de suas mãos um garoto ensanguentado, o mesmo foi erguido para o alto enquanto o oni abriu sua boca enorme cheias de dentes devorando-o. O corpo do demônio começou a ficar maior, o mesmo juntou seus braços antes de estica-los em direção ao rapaz que estava caído no chão, pegando-o pela perna e abrindo sua boca.

Akame sangue os dentes sua mão foi ao punho de sua katana pronta para tira-la, mas o garoto ruivo foi mais rápido cortando os braços do demônio com que parecia ser uma respiração da água, o mesmo se pôs na frente do rapaz caído.

- Exibido.- Resmungou a garota correndo para ficar ao lado do ruivo.

O oni se virou olhando para a máscara do ruivo antes de ri.

- Aqui vem outra pequena raposinha.-Falou deixando todos confusos.

- Eu raposinha, em que ano da era meiji estamos?.- Perguntou o demônio. 

-...estamos na era taisho.

- O NOME DA ERA!!! ATE O NOME DA ERA MUDOU. POR QUANTO TEMPO EU FIQUEI PRESO NESTE LUGAR?! MALDITO UROKODAKI!!!- Gritou o demônio assustando todos.

- Por que você odeia o Orokodaki-sensei?.- O ruico perguntou confuso.

- Você sabe o motivo! Eu fui capturado por ele quando ele ainda era um exterminador, foi a 47 anos durante o período edo...durante a era keio.

- Isso é impossível! Um demônio não Pode sobreviver durante todo esse tempo.- Akame falou brava, estava cansada de roda aquela conversa fiada.- Se prepare demônio nojento irei cortar sua cabeça.

- Espere, precisamos de um plano antes de enfrentar esse demônio.- O ruivo falou segurando o braço da morena. A mesma suspirou, saindo bruscamente do aperto do garoro.

- 12,13...e você o 14°.- Apontou para o garoto ruivo.

- O que você quer dizer com isso?.- Perguntou confuso.

- Estou contando o número de aprendizes do Orokodaki que eu já comi.- Falou pondo as mãos no rosto como se tivesse rindo.- Tinham dois que me deixaram surpreso,um garoto de cabelos rosa e uma garota de roupas floridas.

O ruico o demônio desacreditado, ela tinha vistos eles e lutado com um deles, então como...

- Reconponha-se garoto.- A morena falou surpreendendo o ruivo.- Vamos mata-lo logo de uma vez.

A morena puxou a katana das costas, a mesma tinha uma cor vermelha com uma misturada de preto, a mesma atacou o demônio rápidamente cortando o  seus braços, o ruivo  logo atrás cortou os restos dos braços mas foi atingido por um golpe sendo lançado em uma árvore e perdendo a consciência.

- Droga.- A morena falou derrapando pela terra, o garoto ruivo parecia ter acordado e pronto para atacar novamente.- Temos que evitar esses golpes deles, assim poderemos cortar seu pescoço.

O ruico concordou, os dois correram ao mesmo tempo e pularam em direção ao demônio, dois punhos foram erguidos e lançados na direção de ambos. O garoto desviou com a cabeça rolando de costas até ficar de pé, Akame usou uma das mãos para pegar impulso tanto um mortal para frente. 

O demônio os olhou em pânico total, o som de suas respirações podiam ser ouvidas.

-Mizu no Kokyuu Ichi no kata: Minamoh giri

- Kuroi honō no kokyū ichi no kata: Moyasu

Ambos cortaram ao mesmo tempo o pescoço do demônio, que arregalou os olhos desacreditado. O garoto ruivo suspirou se virando para a morena que guardava a katana na bainha.

- Sua respiração...eram chamas mas negras.- Falou impressionado.- Nunca tinha ouvido falar.

- Isso não importa.- Falou dando de ombros.- O garoto fugiu...covarde.

O ruico virou para o demônio com uma expressão triste, sentindo um cheiro triste o mesmo pegou a mão do demônio que se disolvia.

- Deus, por favor...se ele renascer que não seja um demônio.

Akame o olhou por alguns segundos antes de abaixar o olhar para o chão, esse garoto lhe lembrava sua falecida irmã mais nova, a mesma foi morta por um demônio, por isso Akame resolveu ser uma exterminadora ela não queria que as pessoas sofressem  como ela sofreu.

- Obrigado por sua ajuda.-  O ruico falou sorrindo.- Qual é o seu nome?

- Nara Akame.

- Kamado Tanjiro.

- Bem, Tanjiro...- A morena sorriu passando seu braço pelo pescoço de Tanjiro.- O que acha de formamos uma dupla?

Tanjiro a olhou surpreso antes de sorrir concordando, com os dois juntos talvez eles pudessem passar pelo o exame.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...